Ultimas Notícias
Página Inicial / DESTAQUE / Justiça toma depoimentos do mandante e assassinos da mulher esquartejada às vésperas do Natal

Justiça toma depoimentos do mandante e assassinos da mulher esquartejada às vésperas do Natal

Será agora no dia 14 de julho, na 3ª Vara Criminal do Fórum de Marabá, a tomada de depoimentos do mandante e matadores de Andreia do Nascimento Brígido, 30 anos, assassinada em dezembro de 2016 por encomenda do marido, Janair França, por motivo de ciúmes. Serão ouvidas 27 testemunhas, 13 de defesa e 14 de acusação, o grande número de pessoas motivou que as oitivas sejam feitas no salão do júri.

Janair pagou R$ 5 mil pela morte da mulher, que, depois de assassinada, teve o corpo esquartejado, com os pedaços sendo colocados em vários sacos de plástico e espalhados em diversos locais da Nova Marabá.

No decorrer das investigações foi preso João Batista Ferreira do Nascimento, que tentava vender a motocicleta da vítima por R$ 5 mil. Na casa em que ele morava, na Folha 11, foram encontrados os documentos da moto, muito sangue e sacos plásticos.

Sem saída, restou a João Batista confessar o crime, mas disse que foi obrigado por dois desconhecidos a esquartejar o corpo da mulher. Uma terceira pessoa foi persa, mas seu nome foi mantido em sigilo pelas autoridades.

Após indicação de João Batista, partes do corpo de Andréia foram encontradas na Rodovia BR-230 (Transamazônica) e outras na Folha 17. Janair, o marido, foi preso no dia de Natal.

Compartilhe: