Ultimas Notícias
Página Inicial / DESTAQUE / Com ambulâncias recuperadas, Samu-192 volta a atender com capacidade total

Com ambulâncias recuperadas, Samu-192 volta a atender com capacidade total

Até pouco tempo, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu -192) de Marabá trabalhava em situação precária, diante da falta de ambulâncias de reserva, o que muitas vezes resultava em atraso no socorro a quem necessitava. Agora, com o total de seis viaturas em boas condições, o trabalho dos socorristas flui sem atropelos, porque existem três ambulâncias recuperadas na reserva técnica.

Segundo Walternice dos Santos Vieira, coordenadora componente do Samu -192 -Região Carajás -, esse serviço em Marabá está autorizado a funcionar com três ambulâncias, sendo duas unidades de suporte básico (USB) uma de suporte avançado (USA) e reservas para substituições ocasionais.

O que transforma uma USB em USA são as equipes e os equipamentos. Na primeira, a equipe é composta por um técnico de Enfermagem e um condutor socorrista; no segundo caso, um médico, um enfermeiro e um condutor socorrista, mais equipamentos de UTI móvel. Por isso, qualquer viatura que entre em pane é facilmente substituída por outra da reserva técnica.

Ainda de acordo com Walternice, o Samu-192 faz, em média, 600 atendimentos por mês, com destaque para os acidentes de trânsito, envolvendo motocicletas; seguido de casos clínicos, a exemplo de hipertensão arterial, diabetes e psiquiatria, dentre outros.

Descentralização

No momento, o Samu-192 de Marabá trabalha com duas bases: uma anexa à Secretaria Municipal de Saúde, com atendimento somente por USB; e outra anexa ao Hospital Municipal, trabalhando exclusivamente com a UTI móvel. A intenção é fazer, até o fim deste ano, mais uma descentralização, com base no Bairro São Felix, para um atendimento mais célere aos núcleos do outro lado do Rio Tocantins.

Como se trata de órgão regional, o Samu-192 de Marabá ainda auxilia oito municípios vizinhos na regulação dos atendimentos. Ou seja, os usuários-informantes ligam para o 192, existente só em Marabá, que, por sua vez, avisa o sistema de ambulâncias dessas cidades circunvizinhas conveniadas. Nesse caso, devem conveniar-se em breve mais três municípios. (Ascom PMM)