Ultimas Notícias
Página Inicial / DESTAQUE / 1º Leilão Girolando acontece nesta quinta-feira, 13, na 31ªExpoama

1º Leilão Girolando acontece nesta quinta-feira, 13, na 31ªExpoama

Acontece nesta quinta-feira, dia 13, na 31ª Exposição Agropecuária de Marabá (31ª Expoama), a partir das 19 horas, o 1º Leilão Girolando, promovido pela RR Agropecuária e Fazenda Sororó, que no último domingo, 9, realizou o 14º leilão Nelore. Ao bater do martelo serão vendidos, no tatersal do Parque de Exposições “José Francisco Diamantino”, cerca de 40 lotes de fêmeas e entre 10 e 20 lotes de machos. O financiamento será em 30 parcelas, sendo algumas iniciais duplas e, depois, unitárias.  Na ocasião, a RR também oferecerá 500 bezerros e touros da raça Nelore.

Em entrevista ao Site Zeca News, o pecuarista Reinaldo Zucatelli, que promove e leilão, contou que, há cerca de 5 anos implantou uma base leiteira na fazenda, comprando várias vacas Gir leiteiras, de boa procedência. “Cada uma dá de 8 mil a 12 mil quilos de leite por ano, uma média de mais de 30 litros por dia”, informou ele, acrescentando que, com essa base, está fazendo Girolando com os melhores sêmens de touros holandeses de renome. “Com isso, nós vamos ter um Girolando que é o que mais se adapta à nossa região, devido ao calor”, detalhou.

Segundo Reinaldo Zucatell, devido à boa produção das Girolandas, quem adquirir esses animais, com o prazo elástico que será dado, vai pagá-los com a própria produção. “É importante ter uma vaca Girolanda, pois, hoje no Brasil, a produção média de uma vaca comum é de 2,5 litros de leite por dia. Logo, o produtor tem de ter até 20 vacas para tirar 50 litros de leite. Já com três Girolandas, ele produz a mesma coisa”.

Sobre os leilões da Expoama 2017, Zucatelli afirma que tem participado de todos e as ofertas estão sendo muito boas, todos os leilões têm se destacado. “Eu acho que vai ser um dos melhores anos de leilão”, avaliou,

“O agronegócio é o que ainda sustenta o nosso país em todos os sentidos e em Marabá não é diferente, principalmente com a pecuária, que hoje movimenta a região”, afirma Reinaldo ao falar sobre o setor do agronegócio regional. “É pena que o valor da arroba do boi [que está em R$ 120,00] caiu um pouco, cerca de 10%, por essa questão momentânea do JBS, mas logo vai recuperar. A nossa economia da região depende da pecuária, do agronegócio”.

Além da agropecuária, Reinaldo Zucatelli é conhecido empresário do ramo de veículos na região e no Estado. No estande da RR Veículos está lançando o Fiat Argo, moderno e com alta tecnologia, o Jeep, “um carro que veio pra ficar e está tendo boa aceitação”, a nova Triton e a Mitsubishi, principais marcas.

“Acabamos de abrir o primeiro Posto Rede 10, na BR-222 com a VP-8; e também uma loja de variedades, a Di Casa, fazendo um laboratório”, anunciou ele, que começa a expandir os negócios entrando em outros ramos.

Compartilhe: