Ultimas Notícias
Página Inicial / Home / Secretário de Saúde lamenta incidente no Hospital Materno Infantil e afirma que está providenciando câmeras de monitoramento

Secretário de Saúde lamenta incidente no Hospital Materno Infantil e afirma que está providenciando câmeras de monitoramento

“Foi um incidente, não é algo corriqueiro, mas nos deixa muito preocupados”. Foi o que disse ao Zeca News, na manhã desta quinta-feira, 3, o secretário municipal de Saúde, Marcone Leite, ainda assustado com o ataque ocorrido na noite de ontem, quarta-feira, 2, no Hospital Materno Infantil de Marabá.

Era por volta das 20 horas, segundo as testemunhas, quando um homem, que se fazia passar por acompanhante de uma grávida, se dirigiu à Recepção e apontou uma arma para a cabeça de um das atendentes.

Daí em diante, ele invadiu a Sala de Acolhimento e implantou o terror. Sempre ameaçando atirar, fez um “arrastão”: levou 30 celulares, bolsas e outros objetos de valor e fugiu levando como refém o acompanhante de uma grávida.

Já na rua, tentou fugir no carro do refém, mas, acabou atropelando uma criança, abandonou o veículo e correu para destino ignorado. Equipes da Policia Militar e Guarda Municipal vasculharam o Núcleo Pioneiro, mas não localizaram o assaltante, descrito pelas vítimas como magro, moreno, usando camisa escura e boné branco.

Marcone disse que, coincidentemente, ontem durante o dia ele estava assinando contrato para a colocação de câmeras de monitoramente nas unidades de saúde e hospitais públicos municipais, a fim de inibir essas ações. “Não houve violência física, mas, certamente, houve dano emocional”, lamenta o secretário de Saúde.

Ações

Acerca das ações da secretaria para este semestre, Marcone Leite informou que nos bairros continuam as operações de combate ostensivo ao mosquito palha, que transmite a leishmaniose. “Tivemos vacinação de cães e gatos no Bairro Independência e, na ocasião, os nossos agentes de saúde aproveitaram para detectar animais com sintomas de leishmaniose”.

Sobre reclamações quanto ao funcionamento da carrocinha, Leite afirma que esse equipamento está em plena atividade, mas não pode atender todas as solicitações ao mesmo tempo, “embora ninguém fique sem atendimento”.

“As demais ações, como o ‘Corujão’ nos postos de saúde seguem com sucesso e agora, em agosto, vamos retomar a realização de cirurgias eletivas, que há muito tempo estão acumuladas”, anunciou o secretário.