É NESTE DOMINGO A 2ª CORRIDA UNIVERSITÁRIA DE MARABÁ

13 de Abril de 2018 Está tudo pronto para a 2ª Corrida Universitária de Marabá, que ocorre neste domingo (15). A organização do evento é da Universidade do Estado do Pará (Uepa), em parceria com a Universidade do Paraná (Unopar). A corrida terá início às 6h30 e percurso total de sete quilômetros. Os coordenadores do evento Danielle Monteiro (Uepa) e Jaffé Santos participaram do Programa Clube da Manhã, da Rádio Clube, com o radialista Zeca Moreno e concederam entrevista a RBATV. Danielle disse que foram 300 inscritos e esse número superou a expectativa, tanto é que foi aberto um lote especial com mais 50 inscrições e encerraram nesta quinta-feira (12). “Além dos 300 inscritos, temos o pelotão dos militares que também participarão do evento”, disse. As categorias são: universitários (masculino e feminino); atletas de 18 a 35 anos (masculino e feminino); atletas acima de 36 anos (masculino e feminino) e atletas com deficiência. O total em premiação será de R$ 3.150, segundo Danielle Monteiro. A entrega dos kits começou nesta sexta e ocorrem de 9h até às 19h e no sábado (14), de 8h às 12h, na sede da Uepa, localizada na Avenida Hiléia, na Agrópolis do Incra, no Núcleo Cidade Nova. Para pegar o kit tem que está com o documento de identificação. Jaffé Santos, também da coordenação do evento, disse que essa corrida vai oferecer o que há de melhor aos atletas. Quem se inscreve tem direito a camisa; chip localizador, número de peito, medalha para quem chegar ao final, ponto de hidratação…

MARABÁ:PROJETO “EU RECONHEÇO”

 

O ministério público estadual dará inicio ao projeto “eu reconheço” cujo objetivo é o reconhecimento de paternidade de estudantes das escolas de rede pública do município de Marabá.
A terceira etapa do projeto está marcada para o dia 14 de abril às 8 horas na escola municipal José Flavio Alves de lima no bairro Araguaia. a ação é uma parceria da defensoria pública e do núcleo de prática jurídica da faculdade carajás.
o público-alvo são os alunos das escolas públicas do bairro Araguaia e do quilômetro 7 nova marabá.durante o evento também serão realizados atendimentos jurídicos e de saúde.
 

Compartilhe:

Campanha “Criança e Adolescente não dirige” é realizada em Marabá

A 10a Promotoria de justiça da Infância e Juventude de Marabá, representada pela titular, Ligia Valente do Couto de Andrade Ferreira, dando continuidade ao Projeto “Criança e Adolescente não dirige” reuniu, no último dia 10, com representantes do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU), Departamento de Trânsito do Pará (Detran), e Polícia Rodoviária Federal, (PRF), com o objetivo de discutir e elaborar ações articuladas entre estas entidades de fiscalização de trânsito para educar e orientar crianças e adolescentes sobre a proibição e consequências do ato ilegal de conduzir veículos automotores sem a devida habilitação. O projeto visa reduzir o número de acidentes de trânsito causados por crianças e adolescentes que conduzem irregularmente veículos automotores. O objetivo é a redução de vítimas, de óbitos e de gastos na saúde pública pelos traumas decorrentes das colisões envolvendo veículos, pedestres e motoristas. Durante a reunião, Lígia Ferreira ressaltou aos participantes a campanha nacional “Maio Amarelo”, que visa conscientizar os condutores de veículos automotores sobre a importância da educação no trânsito para a redução do número de acidentes. Assim, foram propostas diversas ações a serem executados no município de Marabá no mês de maio, dentre as quais campanhas educativas no trânsito com panfletos e atividades nas ruas, exposições e palestras nas escolas. Já estão agendadas visitas em três escolas públicas do município de Marabá: Escola Estadual de Ensino Médio Geraldo Veloso, Escola Estadual de Ensino Médio Anízio Teixeira e Escola Estadual de Ensino Médio Acy Barros. Serão ministradas palestras aos alunos, pais e responsáveis, diretores e professores,…

Dois fenômenos naturais causaram a forte chuva em Paragominas e pode ocorrer tempestade na segunda-feira, diz Sipam

Em apenas uma hora, choveu 110mm, causando alagamentos por vários bairros na noite desta quarta-feira, 11, e madrugada de quinta-feira. Previsão é de chuva fraca até domingo, 15, mas tempestade na segunda-feira, 16. Segundo informações do Sistema de Proteção da Amazônia, dois fenômenos naturais que causam instabilidade de nuvens ocorreram ao mesmo tempo na região de Paragominas, sudeste do Pará, na noite desta quarta-feira (11). O resultado foi uma chuva intensa em um curto período e ao menos 300 famílias ficaram desabrigadasapós terem suas casas invadidas pela água durante a enxurrada que atingiu o município. O número de atingidos foi divulgado pelo Corpo de Bombeiros nesta quinta-feira (12). Duas crianças morreram ao serem arrastadas pela força da água. A Prefeitura municipal declarou estado de calamidade pública devido as fortes chuvas que atingiram a região. Em apenas uma hora, choveu 110mm, causando alagamentos por vários bairros. Vista área de Paragominas: enxurrada afetou diversos bairros e deixou ao menos 300 famílias desabrigadas (Foto: Reprodução/TV Liberal) “O volume de chuva de 10 mm em uma hora é considerado uma chuva forte. Em apenas uma hora em Paragominas a gente teve próximo de 100 milímetros”, explicou o meteorologista Márcio Lopes. Nesta quinta-feira o dia ficou bastante nublado em Paragominas. Mas a previsão é de chuva fraca durante os próximos dias, até domingo (15). Entretanto, é possível que ocorra uma tempestade na segunda-feira (16). “Não sei o que aconteceu em Paragominas, se estourou represa, só sei que a cidade tá debaixo d’água”, diz uma moradora em um vídeo gravado na madrugada desta quinta-feira.…