Polícias Civil e Militar em atuação nas buscas à quadrilha de assaltantes em Brasil Novo

Sobre o caso do assalto a agência do Banco do Brasil, ocorrida na madrugada desta terça-feira, 1°, no município de Brasil de Novo, sudoeste paraense, a Polícia Civil informa que agentes de segurança já foram deslocados para o local a fim de atuarem nas buscas à associação criminosa. Dentre as medidas adotadas estão a atuação de policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação de Altamira (NAI) e da Superintendência Regional do Xingu, além de policiais militares da região de Altamira que também foram deslocados de imediato para Brasil Novo. De Belém, foram acionados policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Antisequestro (DRRBA), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e policiais militares da Companhia de Operações Especiais (COE). A Polícia Civil esclarece que segundo informações preliminares, por volta de 2h da madrugada, cerca de nove homens armados com fuzis e espingardas calibre 12 chegaram ao município em, pelo menos, dois veículos. Parte do grupo passou a atirar em direção ao destacamento da PM para conter os policiais, enquanto os demais foram até a agência e invadiram o prédio a tiros. Em seguida, usaram explosivos para abrir o cofre. Na fuga, os criminosos pegaram cinco moradores como reféns. Eles foram levados nos veículos até a saída da cidade, onde foram liberados. Ninguém ficou ferido. Depois, os assaltantes tomaram rumo em direção ao município de Altamira. Na estrada, um dos veículos, modelo Fiat Uno, usado pelo bando, foi incendiado sobre uma ponte. O grupo seguiu pela estrada vicinal conhecida como…

CONTA DE LUZ: MAIO COMEÇA COM BANDEIRA TARIFÁRIA MAIS CARA

 

Com a entrada no mês de maio, os consumidores sentirão um aumento nas contas de luz. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mudou a bandeira tarifária de verde para amarela.

O valor cobrado com a alteração será de R$ 1 a cada 100 kilowatts hora (kWh) consumidos. Segundo a Aneel, a mudança ocorre em razão do final do período chuvoso.

Com o início do período seco, cai o volume de chuva sobre os reservatórios das principais usinas hidrelétricas geradoras do país. Com isso, há a necessidade de se fazer uso da energia produzida pelas usinas termelétricas, que têm maior custo de produção.

Composto pelas cores verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2), o sistema de bandeiras foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica.

Com a adoção da bandeira amarela, a Aneel aconselha os consumidores a adotar hábitos que contribuam para a economia de energia, como tomar banhos mais curtos utilizando o chuveiro elétrico, não deixar a porta da geladeira aberta e não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar-condicionado. (Com informações da Agência Pará)

 

Compartilhe: