Tite nega problema físico na Seleção Brasileira: “A equipe voou”

Seleção Brasileira conviveu com problemas físicos em sua participação na Copa do Mundo da Rússia. Antes mesmo de estrear, perdeu o lateral direito Daniel Alves, contundido, e precisou recuperar o substituto Fagner, o meia Renato Augusto e o atacante Neymar. Durante o torneio, lamentou as lesões do lateral direito Danilo, do esquerdo Marcelo, do volante Fred e do atacante Douglas Costa. Tite, no entanto, negou que a sua equipe tenha sido prejudicada pelos problemas físicos após a derrota por 2 a 1 para a Bélgica, em Kazan, pelas quartas de final. “Em termos físicos, a equipe voou. O aspecto físico não foi determinante. A equipe voou, com transições em baixa, média e alta velocidades. Voou”, defendeu o treinador. Esse tom foi usado também quando o assunto era Neymar, que passou os últimos meses em reabilitação de uma cirurgia para corrigir uma fratura no quinto metatarso do pé direito. “Ele estava em franca evolução e chegou ao ápice. Antes do último jogo, falei para ele que tinha voltado à plenitude. Voltou acima do que eu imaginava, com grande desempenho técnico”, exagerou Tite. A análise certamente não vale para Fred. O volante liberado para acertar a sua transferência do ucraniano Shakhtar Donetsk para o inglês Manchester United em meio à preparação brasileira para a Copa machucou gravemente o tornozelo direito em uma dividida com Casemiro. Ainda assim, não foi cortado. E deixou de ser uma opção para substituir o companheiro, suspenso, contra a Bélgica. Fernandinho jogou e marcou um gol contra. “O Fred sofreu uma pancada e não conseguiu…