Indústria de transformação volta a contratar no Pará, aponta Dieese A pesquisa aponta que o setor voltou a criar postos de trabalho, após sete meses com saldo negativo. Mais de 100 postos de trabalho abriram.

Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconomicos do Pará (Dieese-PA) divulgou balanço sobre os postos de trabalho no setor da Indústria de Transformação no Pará, relativo ao mês de agosto deste ano. A pesquisa aponta que o setor voltou a criar postos de trabalho, após sete meses com saldo negativo.

No mês de agosto foram feitas 2.731 admissões contra 2.622 desligamentos gerando um saldo positivo de 109 postos de trabalho, o que representa um crescimento de 0,13%. No mesmo período do ano passado, a situação foi inversa, foram perdidos 136 empregos em todo o Estado.

Região norte

As análises do Dieese-PA mostram ainda que no mês de agosto, o setor em todos os Estados da região norte apresentaram saldos positivos na criação de empregos formais. O maior crescimento foi do Estado do Amazonas, que gerou 475 postos de trabalho; seguido de Rondônia, com a geração de 284 postos; de Roraima, com 145 postos novos empregos; e do Pará com saldo positivo de 109 postos de trabalhos.

Ainda de acordo com o Departamento, no mês de agosto foram feitas no setor da Indústria de Transformação em toda a região norte, 8.421 admissões contra 7.296 desligamentos, gerando um saldo positivo de 1.125 postos de trabalho.

Compartilhe:

Itaituba (PA): Avião de pequeno porte cai em garimpo e piloto morre

Um avião monomotor com duas pessoas caiu no garimpo do Creporizão, próximo ao município de Itaituba, no início da tarde desta quarta-feira (11).

Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto Paulo André Fernandes, que morava em Belém,  morreu. O único passageiro sofreu ferimentos e está internado em um hospital de Itaituba.

Compartilhe:

ACIDENTE FERIADO NA RODOVIA TRANSAMAZÔNICA BR -230 ENFRENTE POSTO DO BOLINHA CIDADE NOVA

Nesta manha de quinta feira 12 de outubro, ocorreu um acidente que envolveu dois veículos na BR-20, Altura do posto do bolinha próximo uma praça em construção.

O motorista de um  celta preto perdeu o controle, se chocou com outro veiculo pilotado por uma mulher.

A policia rodoviária foi acionada,  e já localizou o motorista infrator. A mulher saiu sem nenhuma escoriação. Os condutores ainda não foram indentificado.

Compartilhe:

CONFIRA AS MUDANÇAS NO TRÂNSITO DURANTE O CÍRIO DE MARABÁ 2017

O Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano, DMTU, está empenhado em atender a população no Círio de Nazaré em Marabá, uma das maiores festas religiosas da região, que será realizada no domingo, dia 15. Por isso, o órgão divulgou um mapeamento detalhado das vias a serem utilizadas na realização do evento, apontando os pontos críticos e as alterações no trânsito devido a procissão. As mudanças começam logo, pelas Avenidas Getúlio Vargas e Antônio Maia que estarão totalmente interditadas, sendo assim fica proibido o estacionamento de veículos em ambos sentidos da via no horário das 05h00 às 09h00, deixando a via totalmente livre para a passagem do círio. Na VP-08, no perímetro entre a Rodovia BR-230 e a rotatória da Vila Militar Castelo Branco, devido à estreita largura da via, será proibido o estacionamento de veículos em ambos sentidos da via, no horário das 07h00 às 10h00. Já no perímetro que compreende as vias VP-08 e VE-03, entre a rotatória da Vila Militar Castelo Branco e o retorno do “Campo Piçarrão”, fica proibido o estacionamento de veículos apenas no sentido da via das Folhas 32 e 31, no horário das 07h00 às 11h00. Quanto ao perímetro final correspondente, as Av. VP-07 e VP-03, por não possuírem uma largura adequada e por serem o trajeto final no evento, ficarão proibidos estacionamentos de veículos em ambos os lados da via, no perímetro no horário das 08h00 às 12h00. De acordo com o diretor do DMTU, Jocenilson Silva, as alterações serão feitas  para que seja realizado o evento,…

Últimos dias para se inscrever no Programa de Estágio da Vale

ermina na próxima segunda-feira, 16/10, o prazo para inscrição no Programa de Estágio da Vale. São 458 vagas para estudantes de nível superior e técnico dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pará, Espírito Santo e Maranhão. As inscrições deverão ser feitas pelo site www.vale.com/estagio2018 . Ouça o podcast abaixo e conheça mais sobre o estágio na Vale. Podem se candidatar ao Programa de Estágio alunos de nível superior que estejam nos três últimos anos de curso, ou seja, com formatura prevista entre dezembro de 2018 e dezembro de 2020. Para os candidatos de nível técnico, a exigência é que tenham formatura prevista até dezembro de 2019 ou que sejam formados na parte teórica, desde que não tenham cumprido a carga horária de estágio obrigatório e ainda estejam matriculados na instituição de ensino. Serão aceitas inscrições para universitários de vários cursos, entre eles Engenharia, Administração de Empresas, Economia, Ciências Contábeis e Ciências da Computação. Também terão a oportunidade de se inscrever estudantes de nível técnico de mais de 20 cursos, como Mecânica, Eletrotécnica, Eletromecânica, Mineração e Segurança do Trabalho. A lista completa de cursos de nível técnico está disponível no site. O processo seletivo é composto de uma etapa de inscrição no site, prova on line, uma dinâmica presencial e um painel de entrevistas. Os selecionados iniciarão o estágio a partir de fevereiro de 2018 e receberão bolsa-auxílio mensal de até R$ 1.118 (os valores variam dependendo do curso, técnico ou superior, e da carga horária), assistência médica e seguro de vida. Nas unidades…

Médica do Oncológico Infantil se torna membro da Sociedade Internacional de Oncologia Pediátrica

A médica e coordenadora do Serviço de Oncopediatria do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém (PA), Alayde Vieira, será apresentada no próximo sábado, 15/10, como nova membro da Sociedade Internacional de Oncologia Pediátrica (SIOP). A apresentação da médica acontece durante a 49ª edição do Congresso da SIOP, que será realizado em Washington, nos Estados Unidos, no período de 12 a 15/10. O evento é um dos mais importantes momentos do ano para a comunidade médica e científica que trabalha com oncologia pediátrica, e reunirá membros do mundo inteiro e especialistas de renome mundial para tratar sobre o que há de mais recente em tratamentos e tecnologias para a área. Alayde Vieira, que é também membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica, é a única médica da região Norte do país a ocupar uma cadeira de membro da Sociedade Internacional de Oncologia Pediátrica. Durante o Congresso, ela fará uma breve apresentação da região e da instituição na qual atua, o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, unidade 100% SUS – Sistema Único de Saúde, gerida pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A médica destaca que a conquista é resultado de um trabalho em equipe. “Essa participação no SIOP é o reconhecimento do trabalho de toda a equipe do Oncológico Infantil, que apesar de todas as adversidades e das dificuldades regionais, tem construído um serviço de Oncologia Pediátrica reconhecido”, afirmou Alayde Vieira. O Congresso da SIOP é considerado a…

Oncológico Infantil completa dois anos cada vez mais próximo ao paciente

Há um ano e três meses a vida da família de Alessandra Moura, dona de casa da cidade de Altamira (PA), mudou. De lá para cá, Alessandra e a família ganharam novo endereço. Passaram a morar em Belém, a capital do Pará, para dar início ao tratamento contra o câncer da adolescente T.M., de 15 anos. Diagnosticada com leucemia, a adolescente encontrou no Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, que completa dois anos de funcionamento nesta quinta-feira, 12/10, o suporte necessário para a luta contra a doença. ‘Desde que chegamos ao hospital fomos bem atendidos por todos os profissionais. Da recepção aos médicos, sempre fomos bem atendidos’, disse Alessandra. Além de destacar o bom atendimento, o tempo que Alessandra permanece na unidade acompanhando a filha possibilitou que ela estreitasse laços com outras mães, que enfrentam a mesma luta contra o câncer infantojuvenil. Foi a proximidade delas, que permitiu a Alessandra adquirir mais conhecimento sobre a doença e obter um ponto de apoio. ‘Conheci mãezinhas com quem tenho aquele vínculo de irmã. Uma dando força para a outra. As que estavam aqui há mais tempo começaram a me falar sobre o que os filhos delas passaram e eu tive mais conhecimento sobre o que estava se passando com a minha filha, sobre a quimioterapia. No início eu não sabia de nada, acabou ajudando a enfrentar o tratamento’, contou. Alessandra fortaleceu laços não só com outras mães, como também com colaboradores da unidade gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com…

ACIM DEBATE O DESENVOLVIMENTO DO PARÁ

A Associação Comercial e Industrial de Marabá está promovendo um evento com foco no desenvolvimento do Pará, em especial, das regiões Sul e Sudeste do Estado.

Para apresentar informações sobre o assunto, Sidney Rosa é o o convidado para apresentar a palestra principal. O palestrante é Deputado Estadual, ex-Prefeito de Paragominas, além de Produtor Rural e Industrial.

O Brasil sofreu com crises econômicas nos últimos anos e a região do Sudeste paraense viveu um crítico em 2008, quando as guzeiras e siderúrgicas demitiram colaboradores em massa e encerraram atividades, como consequência de grandes dificuldades de compra de outros países como a China.

Os entraves atuais para o desenvolvimento econômico estão relacionados com as mais recentes crises políticas, envolvendo corrupção e desvios de dinheiro público.

O empresário e produtor rural Reinaldo Zucatelli aplaude a iniciativa. “Precisamos criar mecanismos para voltar a crescer. A nossa região é muito produtiva e a iniciativa é uma característica dos empreendedores do Sul e Sudeste do Estado.”

A palestra está sendo promovida em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá.

Data: 13/10
Local: Auditório SENAI (Folha 31)
Horário: 19h

Compartilhe:

Unicef: a cada 10 minutos morre uma menina vítima de violência

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lembrou, nesta quarta-feira (11), por ocasião do Dia Internacional da Menina, que a cada dez minutos morre no mundo uma menina vítima de violência. A informação é da Agência EFE. Em 2016, aproximadamente 535 milhões de crianças no mundo todo – uma em cada quatro – viviam em países afetados por conflitos violentos, desastres naturais ou outras emergências. Por isso, o Unicef destacou hoje os desafios que devem enfrentar milhões de meninas antes, durante e após as crises humanitárias. Três quartos desses menores vivem na África Subsaariana. Em países como o Sudão do Sul ou a Somália existem “milhões de meninas que continuam com seus direitos básicos negados”. A diretora do Unicef para o Leste e Sul da África, Leila Pakkala, lembra que, em situações de conflito, as meninas têm 2,5 vezes mais possibilidades de serem retiradas do colégio. “Em períodos de emergência e crise, a violência sexual afeta desproporcionalmente as meninas, que enfrentam alto risco de abusos, exploração e tráfico de menores”, acrescenta. No caso do Sudão do Sul, o nível de violência sexual e física contra as meninas se intensificou muito por causa da instabilidade do país. Por isso, o Unicef treinou mais de 350 pessoas sobre como denunciar essas situações, além de criar 16 espaços seguros para mulheres e meninas. Além disso, a instituição destaca que a grave seca na região do Chifre da África afeta especialmente as meninas, que têm “menos recursos, menos mobilidade e mais dificuldade para acessar redes básicas de…