EspecialPontificadoFrancisco300 ANOS APARECIDASantuário Nacional recebe Rosa de Ouro enviada pelo Papa Francisco

Entrega da Rosa de Ouro foi feita pelo Cardeal Giovanni Batista Re no último dia da Novena a Nossa Senhora
Nesta segunda-feira, 9, foi entregue ao Santuário Nacional de Aparecida a Rosa de Ouro enviada pelo Papa Francisco, por ocasião dos 300 anos de encontro da imagem de Nossa Senhora. 
O presente representa a particular estima do Pontífice por personalidades e Santuários insignes, e já foi entregue duas vezes ao Santuário Nacional de Aparecida, a primeira vez pelo Papa Paulo VI e a segunda, pelo Papa Bento XVI. 
A terceira entrega histórica foi feita pelo Cardeal italiano Giovanni Battista Re, Legado pontifício e representante do Papa Francisco, durante a oração do último dia da Novena.
Após a entrada da imagem de Nossa Senhora, e das homenagens dos missionários redentoristas, Dom Orlando Brandes, Arcebispo de Aparecida, que presidiu a noite da novena, acolheu o Cardeal:
“De onde nos vem a honra de receber o cardeal? Vem em nome do Papa Francisco, vem como peregrino, vem nos confirmar na fé.”, disse, recordando a visita de Nossa Senhora a sua prima Isabel. “Nós o recebemos de braços abertos, é grande a nossa alegria e profunda a nossa gratidão.”
 

Compartilhe:

Americano ganha Nobel por estudos sobre economia comportamental

O americano Richard H. Thaler ganhou nesta segunda-feira (9) o prêmio Nobel de Economia pelos estudos da economia comportamental, anunciou a Real Academia Sueca de Ciências. A informação é da Agência EFE. O prêmio reconhece o trabalho de Thaler por integrar a economia e a psicologia, explorando “como as limitações no racicíonio, as preferências sociais e a falta de autocontrole afetam as decisões individuais e as tendências do mercado”. A Real Academia afirma, além disso, que o americano foi “pioneiro” nessa matéria, ao contribuir para construir uma ponte entre a análise psicológica e econômica dos processos de decisão individual”. A perspectiva de conduta incorpora à economia “uma análise mais realista de como pensam e atuam as pessoas quando estão tomando decisões econômicas”, o que ajuda a “desenhar medidas e instituições que aumentam os benefícios para o conjunto da sociedade”. Essa aproximação da economia difere da teoria tradicional, que assumia que as pessoas tinham bom acesso à informação e podiam processá-la de forma correta, algo que em algumas ocasiões se distanciava muito da realidade. A contribuição de Thaler foi redefinir a análise das decisões, incluindo elementos psicológicos que “influenciam de forma sistemática na tomada de decisões econômicas”. Richard Thaler, de 72 anos, nasceu em East Orange, graduou-se em 1967 na Universidade Case Western Reserve e fez doutorado na de Rochester, em 1974. Antes de começar a trabalhar na Universidade de Chicago em 1995, deu aula na Cornell University, University of Rochester, além de ser professor convidado na Universidade do British Columbia e diversos centros de ensino…

Golpe no WhatsApp sobre ’14º salário’ chega a milhares de internautas

A empresa de segurança brasileira PSafe, desenvolvedora do antivírus DFNDR, divulgou um alerta nesta segunda-feira (9) sobre um golpe que está circulando no WhatsApp prometendo informar aos internautas se eles estariam aptos a receber um “14º salário” oferecido pelo Governo Federal a quem faz aniversário entre os meses de janeiro e junho. Caso caia no golpe, a vítima terá o celular fragilizado e poderá acabar cadastrada em serviços de SMS Premium, que aumentam a conta do telefone ou utilizam créditos pré-pagos. Ao receber o golpe, a vítima deve clicar em um link, responder perguntas — as respostas dadas não influenciam em nada — e encaminhar a mensagem para dez amigos ou grupos do WhatsApp antes de ter a informação desejada. É assim que o golpe acaba sendo disseminado, pelas próprias vítimas, entre os usuários do WhatsApp. Segundo a PSafe, o golpe chegou a 350 mil pessoas em apenas três dias. O funcionamento do golpe é bastante parecido com outros que já circularam pelo WhatsApp. Um diferencial apontado pela PSafe é que, enquanto a vítima vai seguindo as instruções, ela também deve permitir o envio de notificações. “Isso permite que o hacker consiga envolvê-lo em outros golpes no futuro, sem precisar enviar links”, explicou a empresa. A promessa do “14º salário” mencionada pelo golpe é falsa. O governo está, porém, pagando o abono salarial, o que pode confundir algumas vítimas. Antes de encaminhar qualquer mensagem, é importante consultar o órgão do governo ou empresa envolvida para evitar disseminar um golpe. Saiba mais sobre o abono salarial…

Procissão número 225 do Círio de Nazaré leva 2 milhões de pessoas às ruas de Belém

Percurso de 3,6 km foi realizado em cinco horas. Emoção e fé marcaram mais uma edição da festa religiosa

lvorada anunciava o início de mais um Círio de Nazaré neste segundo domingo de outubro (8). Milhões de pessoas lotaram as principais ruas de Belém para louvar a Rainha da Amazônia na edição número 225 de um dos maiores eventos religiosos do mundo. Demonstrações de fé e muitas homenagens marcaram o percurso de 3,6 km, que este ano foi realizado em cinco horas, da Igreja da Sé à Praça Santuário. A procissão concluiu seu percurso às 11h20, quando chegou ao Centro Arquitetônico de Nazaré (CAN).

 

Segundo a Diretoria da Festa de Nazaré, dois fatores podem ter acelerado a procissão. O primeiro deles diz respeito a antecipação das interdições de ruas, que este ano foram feitas ainda no sábado (7). Assim, as ruas não forma ocupadas por veículos e houve mais espaço para a romaria fluir. Outro aspecto apontado pela Diretoria foi o corte antecipado da corda, ocorrido por volta de 9h10, pelos próprios promesseiros, quando a Estação Cinco entravana avenida Nazaré

Compartilhe:

PA-279 É FECHADA POR MANIFESTANTES NO SUDESTE DO PARÁ

O clima e tenso,  em Ourilândia do Norte, na região da PA-279, depois que a Justiça Federal determinou, o fechamento da Mineração Onça Puma, projeto de exploração de níquel da empresa Vale. Nas primeiras horas da manhã de hoje (9), cerca de mil manifestantes interditaram a rodovia, na altura do Rio Caiteté. Liderada pela classe empresarial e política de Ourilândia e municípios vizinhos, uma carreata com mais de 300 veículos percorre a rodovia, neste momento, desde o município de Tucumã até o local da manifestação, onde deve ocorrer um ato em favor da manutenção das atividades da mineradora. O objetivo dos manifestantes é chamar a atenção das autoridades judiciárias sobre a gravidade da situação. O iminente fechamento da mineradora, segundo eles, pode causar um caos econômico e social em Ourilândia, com desemprego e um número de empresas que fechariam as portas, como nunca visto na história do município. A decisão de fechar a Onça Puma foi do desembargador Antônio Souza Prudente, do Tribunal Federal da 1ª Região (TRF1), atendendo a solicitação de associações indígenas da área de influência do projeto, que alegam a contaminação do Rio Caiteté e outros prejuízos à comunidade indígena pela mineradora. Durante este fim de semana, a história tomou outra direção. O desembargador de plantão no TRF1, João Batista Moreira, concedeu liminar em Mandado de Segurança impetrado pela empresa Vale suspendendo a ordem de fechamento da usina da Mineração Onça Puma, mantendo a interdição apenas da área de exploração mineral da empresa. A Vale alegou que o fechamento da parte industrial…

Acidente com vitima  na rodovia Transamazônica

Um veículo foi encontrado na manhã deste domingo 8, por volta das 10h30, capotado na Br-230, rodovia Transamazônica

O condutor do veículo Pickp, trafegava sentido Altamira a Novo Repartimento, quando em curva cerca de 3 quilômetros do centro de Novo Repartimento, passou direto na mesma, as causas e os motivo do acidente ainda estão sendo apuradas, a equipe de resgate do SAMU, foi acionada, porém o condutor do veículo, Carlos José Ferreira, de 53 anos de idade, já se encontrava sem vida.

Segundo informações, Carlos, reside no município de Tucuruí, o corpo está em uma funerária do município na espera de parentes da vítima.

Compartilhe:

Justiça libera mais de mil detentos para a saída temporária do Círio  

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) informou, nesta sexta-feira (6), que 1059 detentos foram beneficiados pela Justiça com a saída temporária para o Círio em 2017, no Pará.

Desse total, 863 são da Região Metropolitana de Belém e 196 do interior do Estado.

A saída temporária é um benefício concedido pela Justiça a presos que cumprem pena no regime semiaberto, apresentam bom comportamento e que já tenham cumprido, pelo menos, um sexto da pena. De acordo com a Susipe, os detentos devem retornar às unidades prisionais do Estado ao final de sete dias. (G1/PA)

Compartilhe:

Pró-Saúde apoia campanha no Círio de Nazaré contra o trabalho infantil

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, por meio do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), é uma das parceiras do Tribunal Regional do Trabalho da 8º Região (TRT8) na campanha de conscientização contra o trabalho infantil da Comissão de Combate ao Trabalho Infantil e de Incentivo à Aprendizagem da instituição. Nesta quinta-feira, 5/10, a diretoria da unidade participou da entrega dos kits com boné e camiseta para 71 crianças e adolescentes beneficiados pelo projeto na escola municipal de ensino fundamental Senador Álvaro Adolfo, no bairro da Guanabara, em Ananindeua (PA). A participação do HMUE na campanha é uma Ação do Bem, um conjunto de atividades desenvolvidas em alusão aos 50 anos da Pró-Saúde. Os kits serão usados pelos estudantes durante as atividades da campanha no Círio de Nazaré nas romarias oficiais da festividade. O material foi entregue aos estudantes pelo diretor-geral do HMUE, Rogério Kuntz, em conjunto com o diretor Administrativo Financeiro, Itamar Monteiro. Na entrega, os gestores conversaram com alunos do 5º e 8º ano, e reforçaram o papel transformador do ensino. “Esta ação é muito importante para nós porque reflete uma necessidade que nós temos de contribuir com a comunidade. . Entendemos que as crianças não têm porquê trabalhar, elas têm que estudar”, afirmou Itamar Monteiro. Para o diretor-geral do HMUE, Rogério Kuntz, a campanha contra o trabalho infantil acontece em um momento importante para a vida e a cultura do Pará. “A parceria entre a Pró-Saúde, por meio do Hospital Metropolitano e o Tribunal Regional do Trabalho nos possibilita…