Hospital Regional de Altamira promove ações da campanha ‘Setembro Verde’

Campanha incentiva a doação de órgãos. Segundo a Associação Brasileira de Transplante, em 2016 a recusa familiar pela doação foi de 75% na região Norte. Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, sudoeste do Pará, está com a fachada iluminada na cor verde, em alusão à campanha “Setembro Verde”, que incentiva a doação de órgãos em todo o país. As ações da campanha começaram em agosto e devem se estender até o final do ano. As ações compreendem atividades internas, com visitas aos setores do hospital, para tratar sobre a doação de órgãos junto aos colaboradores; e externas, com palestras em universidades, escolas e outras instituições. A ideia é esclarecer dúvidas e incentivar para que cada vez mais pessoas se declarem doadoras. “Os nossos colaboradores são difusores dessas informações, por isso a nossa primeira ação é de capacitá-los sobre a importância da doação de órgãos, para que eles possam passar isso a seus familiares, amigos, vizinhos. Também fazemos as palestras externas para disseminar ainda mais a ideia de que é necessário doar órgãos. Em 2016, de acordo com a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), nós tivemos uma média de recusa familiar de 75% na região Norte. E o grande motivo é a falta de informação”, explica o médico nefrologista Leonardo Rodrigues. Órgãos e tecidos como córneas, coração, pulmão, pâncreas, ossos, medula óssea, intestinos, rins, pele, valvas cardíacas e fígado podem ser doados e ajudar a salvar várias vidas. Os potenciais doadores são, na maioria das vezes, pacientes diagnosticados com morte encefálica, ou…

Celpa promove nova semana de conciliação em Belém

A Celpa promove no período de 11 a 15 deste mês, em Belém, mais uma edição do Projeto Negociar. A ação visa a realização de acordos amigáveis em demandas judiciais e oferece atendimento para negociações de pendências financeiras para os clientes da concessionária por meio do Projeto Linha Direta, conforme agendamentos já realizados pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc/Famaz). O evento ocorrerá nas dependências do Fórum Cível de Capital (auditório Desembargador Agnano Monteiro Lopes), localizado Praça Felipe Patroni, bairro da Cidade Velha. A iniciativa é uma parceria da Celpa com o Tribunal de Justiça do Pará, por meio do Centro Judiciário já referido e Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec). A semana de conciliação será destinada para 400 consumidores ao total, que foram convocados por meio de carta convite, encaminhada pelo Tribunal de Justiça do Estado, sendo 60 demandas relacionados ao programa linha direta, no qual profissionais da Celpa atendem diretamente as demandas encaminhadas aos centros de solução e mediação de conflitos. A expectativa da distribuidora é buscar soluções rápidas e, adequadas aos perfis de seus consumidores, evitando, deste modo, que os casos se tornem demandas judiciais. De acordo com a representante da área Jurídica da Celpa, Camila Santos, o Projeto Negociar é uma forma de mostrar o quanto a Celpa está preocupada em ajudar os clientes a regularizar as situações pendentes. “O projeto representa uma excelente oportunidade de aproximação entre a concessionária, consumidores e Judiciário. O objetivo principal é promover a regularização de pendências financeiras que…

Sicredi reinaugura agência em Xinguara

A cooperativa Sicredi Sudoeste MT/PA reinaugurou agência no município de Xinguara no último dia 06 de setembro. Com cerca de 800 associados, a agência iniciou suas atividades em 2013 e passou por reformas para oferecer mais conforto e ainda implantar a nova marca.

Participaram da reinauguração, o diretor executivo João Coelho Pinheiro, o gerente regional Lucyano Pizzatto, o conselheiro Ricardo Marques e o presidente da Aciapa (Associação Comercial e Industrial de Xinguara) Hander Lima Alves, além de coordenadores, associados e colaboradores. Durante a ocasião, foram apresentados números e informações a respeito da evolução do cooperativismo de crédito e do Sicredi. O encontro ainda contou com café da manhã oferecido aos presentes.

Para João Coelho, diretor executivo da cooperativa, o novo espaço prioriza o relacionamento e reforça as características da marca Sicredi. “No Sicredi, o associado é um dos donos do negócio e nós queremos continuar cada vez mais próximos. Por isso, investimos na qualificação dos nossos colaboradores, na tecnologia das agências e também na nossa estrutura para receber cada vez melhor o nosso associado. Esse é o principal motivo de trazermos essa linda agência, com visual mais moderno e melhor conforto. Para a entrega, escolhemos uma data especial onde a cidade está em festa por conta da Exposição Agropecuária. Estamos felizes por participar e contribuir com esse momento tão importante”, destacou Coelho.

Compartilhe:

Polícia Militar cumpre decisão de reintegração de posse e integrantes da FNL desobstruem a EFC

Após o descumprimento da decisão judicial pelos integrantes da Frente Nacional de Luta ( FNL),  o Comando de Missões Especiais – CME, da Polícia Militar do Pará, chegou ao Km 854 da Estrada de Ferro Carajás, em Parauapebas, para o cumprimento da ordem judicial de reintegração da ferrovia, que foi liberada. A intensa articulação institucional da Casa Civil e do Incra que atuaram de forma a sensibilizar a FNL,sobre a necessidade urgente de desocupar a via foi, fundamental para a liberação.

A ferrovia ficou interditada por mais de 24 horas durante ato público da FLN que, além de bloquear a EFC, invadiu também estrada de acesso a empreendimento da Vale e outras rodovias na região como forma de pressionar o poder público para sua pauta de reivindicação.

Invadir e obstruir ferrovia é crime tipificado no Código Penal. A interdição da ferrovia prejudicou usuários do trem de passageiros, empreendedores e a economia da região e do Estado. Mais de 1.300 usuários do trem de passageiros foram impactos com a interrupção da viagem que não pôde chegar ao seu destino final, a estação de Parauapebas. Da mesma forma, grande parte do combustível que abastece as cidades do sul e sudeste paraense deixou de ser transportado, além do transporte de grãos e minérios, que geram empregos e divisas às cidades, ao Estado e à União foi comprometido.

 

 

Compartilhe:

Vale dá início, nesta segunda-feira, 11, à última grande fase de obras na ponte do Rio Tocantins

A manutenção da Ponte Rodoferroviária do Rio Tocantins  entra na sua segunda e última fase de obras para deixar mais bonito este símbolo de Marabá. Para isso, será necessária uma nova interrupção no tráfego da via no período noturno, visando minimizar transtornos aos usuários. A interrupção será de  11 de setembro a 11 de outubro no horário de 19h às 6h da manhã. A ação é essencial para  dar mais agilidade à obra e para segurança dos trabalhadores que atuarão na recuperação das juntas metálicas  da ponte. Veja como vai funcionar: À noite, durante o período do serviço, um dos lados da ponte sempre estará liberado para o trânsito de veículos, com orientação de fluxo conduzido por meio da sinalização de “Pare e Siga”. Durante o dia, entre às 6h e  às 19h, a circulação estará liberada em ambas as vias. Segurança É importante lembrar que durante a travessia, os usuários também vão contar com apoio de sinalização de segurança, em ambas as cabeceiras, e com a orientação de equipes de apoio a motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres. Sobre a ponte rodoferroviária A Ponte Rodoferroviária de Marabá – que permite o tráfego de trens de carga,  do trem de passageiros e de veículos rodoviários em estruturas especificas passa por serviços de melhorias ao longo dos seus quase 2.400 metros de extensão. A ponte é  erguidos sobre um genuíno ícone marabaense, o Rio Tocantins. A Vale iniciou a manutenção da ponte no ano passado, em novembro e lembra que o cronograma de obras ( incluindo instalação do…

14ª Missa do Caminhoneiro acontece na noite deste sábado no Posto Tida

Com o tema “Na estrada com o Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora Aparecida”, acontece neste, sábado, dia 9, em Marabá, a 14ª Missa do Caminhoneiro, que este ano terá lugar no Posto Tida, no entroncamento do Km 6, Nova Marabá. A celebração começa às 19 horas, pelo padre Cleydson Fraga, que, depois da missa, dará a bênção aos caminhoneiros, condutores de automóveis e motociclistas.

A parte social será aminada com música e barraca de comidas típicas. Este ano o evento terá participação da Polícia Rodoviária Federal, que estará organizando o trânsito no local e também realizará uma palestra sobre Segurança no Trânsito.

E mais: o caminhoneiro que estiver participando da programação concorrerá ao sorteio de 300 litros de óleo diesel.

Compartilhe:

DrogaSHOP é a mais nova opção de medicamentos em Marabá

O casal de empresários Toinha da Facce Nova e Adenísio é só orgulho: o motivo é o voo independente da  filha Steffany, que na segunda-feira, dia 11, inaugura na Avenida Nagib Mutran – Cidade Nova – a DrogaSHOP -, o mais novo centro de comercialização de medicamentos em Marabá, com preços bons e atendimento de qualidade!

  

Compartilhe:

Pesquisa aponta Marabá como a cidade mais limpa do sul do Pará

Entre os municípios com mais de 250 mil habitantes, Marabá obteve expressivo desempenho na segunda edição do Índice de Sustentabilidade de Limpeza Urbana (ISLU), elaborado pelo Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana (Selur) e pela consultoria PwC Brasil. A sede urbana obteve nota 0,644, ficando à frente de 14 capitais, entre as quais Florianópolis e Goiânia, consideradas cidades de limpeza invejável. No Pará, apenas Ananindeua (36º) aparece acima de Marabá na pesquisa, enquanto Santarém surge em 90º lugar e Belém, em 98º, ocupa a vergonhosa última colocação. A informação de que o ISLU havia sido publicada no começo da semana foi repassada pelo pesquisador, jornalista e engenheiro de minas André Santos, que atua como consultor de dados para o Portal Correio de Carajás e diversos outros veículos de comunicação da região. Segundo Santos, a atual posição é muito importante para Marabá, especialmente pelo bom momento de crescimento (finanças locais e mercado de trabalho). Mostra outras face e fase do município: a face de uma área urbana capaz de se recuperar e se livrar do estigma de historicamente “imunda”; e a fase de avançar, conciliando crescimento econômico (a geração de riquezas cresceu e o caixa da prefeitura, idem) com desenvolvimento social (a área de limpeza urbana é essencial para garantir uma sociedade saudável e com bem-estar). “É preciso continuar nessa tendência, no quesito limpeza urbana, e começar a prosperar também nos investimentos em capital humano, principalmente na educação, em saúde e segurança, indicadores que insistem em arrastar para baixo a qualidade de vida do município como…

IPTU pode ser pago até segunda-feira, dia 11, em cota única, com 10% de desconto

A secretaria de Gestão Fazendária informa aos contribuintes que receberam o carnê do IPTU em sua residência, que encerra segunda, dia 11, o prazo para pagamento da cota única com desconto de 10% no valor total, ou se preferir o pagamento da primeira parcela, caso o contribuinte faça a opção de parcelar o pagamento.

Segundo o secretário Aldo Maranhão, a expectativa é que mais da metade do contribuintes opte por efetuar o pagamento de cota única, porque além de ser mais vantajoso com o desconto, quita totalmente o imposto. O secretário ainda informa que os tributos em atraso podem ser negociados até o dia 17 de outubro, neste caso o contribuinte pode ter até 100% de desconto em multas e juros.

Compartilhe:

Dois projetos podem evitar que e adolescentes e jovens voltem ao mundo do crime

Na última semana  de agosto passado, a vereadora Irismar Melo (PR) apresentou na Câmara Municipal de Marabá dois projetos que, se aprovados, podem tirar das ruas e, consequentemente, da criminalidade, menores em constante de risco social. O primeiro propõe que a Associação Comercial e Industrial de Marabá (Acim) conceda o “Selo Ressocializar” a empresas que possam empregar adolescentes jovens que tenham cumprido ou que estejam cumprindo media socioeducativas, desde que preencham os requisitos para receber esse benefício.

O segundo projeto propõe que a prefeitura, ao abrir processos de  licitação, faça constar nos contratos das empresas vencedoras, cláusula pela qual elas possam ter um percentual para empregar jovens que acabaram de cumprir pena ou que tenham sido penados e estejam  cumprindo no regime semiaberto.

Os dois projetos tiveram origem na Defensoria Pública do Estado – Regional Carajás – e foram elaborados pelos defensores José Erickson Ferreira Rodrigues e Rilker Mikelson Viana, ambos preocupados com a situação desses jovens, que, mesmo após pagarem por suas infrações, acabam ficando à margem da sociedade e voltando a cair nas garras do crime.

A repercussão das duas propostas foi tamanha que (Associação Comercial e Industrial de Marabá), pedagogos da Unifesspa (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará), Seasp (Secretaria Municipal de Assistência Social), Câmara Municipal, Defensoria Pública, Naeca (Núcleo de Atendimento Especializado da Criança e do Adolescente) e Sicom (Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Mineração, Ciência e Tecnologia) abraçaram a causa.

Compartilhe: