Quase 50% dos brasileiros têm direito à compra de carro 0km com até 30% de desconto

 

Parece notícia falsa, mas não é. Praticamente um a cada dois brasileiros têm direito à compra de carro zero sem incidência de quatro impostos (IPI, IPVA, IOF, ICMS) que elevam o preço final do veículo em até 30%. Desde uma deficiência física, visual, limitação no corpo causada por doença ou acidente, até uma tendinite crônica e mais de 30 outros tipos de doenças, somadas aos mais de 40 milhões de deficientes no brasil, chega-se ao número impressionante de quase 50% da população com direito ao desconto na compra de um carro novo.

Este benefício é garantido pela Lei Nº 8.989, de 24 de fevereiro de 1995, que é conhecida por dar isenção de imposto para aquisição de automóveis utilizados no transporte autônomo de passageiros, como é o caso dos táxis.

De olho nesta imensa parcela de possíveis clientes com direito ao benefício da isenção de impostos, algumas concessionárias têm criado departamentos exclusivos para atender o cliente com algum tipo de necessidade especial. A Hyundai, por exemplo, criou o HYUNDAI FACILITA, “um programa exclusivo para atender os clientes com necessidades especiais; desde o nome, o programa busca mostrar para o cliente a facilidade em obter o desconto na compra do carro”, diz Marcelo Rocha, gerente da Orient Hyundai, localizada na BR 101, na entrada de Natal.

O benefício ainda pode ser estendido a um parente próximo, caso a pessoa com deficiência não tenha condições de dirigir ou mesmo não responda por si juridicamente. Para saber mais sobre este benefício cliqueaqui.

Compartilhe:

Deputado Chamon participa em Brasília de reunião que define a construção da ponte do Rio Araguaia

O deputado estadual João Chamon Neto (PMDB) participou na tarde desta quarta-feira, 16, de uma reunião no prédio do Ministério dos Transportes, em Brasília (DF), onde esteve na companhia dos ministros Maurício Quintella (Transportes) e Helder Barbalho (Integração Nacional).

Na ocasião ficou acertada a data de 14 de setembro para assinatura da Ordem de Serviço para construção da ponte do Rio Araguaia, ligando os municípios de São Geraldo do Araguaia, no Pará, a Xambioá, no Tocantins. Serão realizadas duas solenidades, uma em cada cidade.

Essa é sem dúvidas uma grande notícia para o povo do Pará e Tocantins, principalmente para os moradores de São Geraldo, que tanto sonham com essa integração entre as duas cidades.

Compartilhe:

João Salame diz que Marabá tem de estar acima de brigas políticas pequenas

O ex-prefeito João Salame Neto,  agora  diretor do Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, concedeu entrevista nesta quarta-feira, 16, ao Programa Clube da Manhã, da Rádio Clube de Marabá, apresentado pelo comunicador Zeca Moreno.  Na oportunidade, ele disse que a polêmica a respeito da nomeação dele, em rede nacional de televisão, em verdade teve como objetivo atacar o presidente Michel Temer, alvo de campanha “sistemática, permanente e diária”. Salame explicou que, na realidade, a nomeação dele já vinha sendo discutida com o Ministério da Saúde havia mais de quatro meses e destacou que, além da dele, outras 106 nomeações aconteceram na terça-feira, dia 15, mas só ele “foi pego pra Cristo”, devido à importância do cargo. “Havia mais de sete bancadas de deputados de vários estados tentando influenciar na nomeação desse cargo porque é muito importante. Os políticos do Sul e Sudeste do País se unem para ocupar esses espaços, porque, é a partir deles que você pode ajudar muito os municípios a resolverem problemas na área de saúde”, explica João Salame. Enquanto isso, ainda segundo ele, se vê pessoas em Marabá e região brigando por questões políticas, condenando a nomeação dele e de outros políticos do Pará. “Não conseguem enxergar o mal que causam com esse tipo de atitude. Esse cargo é importante, que lida com o Programa Saúde da Família, com as Unidades Básicas, com a medicação básica”, desabafou ele. Salame disse que sua expectativa é de fazer um bom trabalho, não só para o…

Vereador Gilson Dias denuncia contratação de pessoas de fora por empreiteira da da Vale em detrimento do trabalhador local

Na sessão desta quarta-feira, 16, da Câmara Municipal de Marabá, o vereador Gilson Dias Cardoso (PCdoB), falou a respeito da importância da Audiência Pública sobre o Desenvolvimento Econômico de Marabá e Região, repudiou a baderna promovida por acadêmicos da Unifesspa, disse que aquela é uma maneira ultrapassada de protesto e afirmou que muitos sequer entenderam o objetivo do evento.

Dias também solicitou, em requerimento verbal, que os responsáveis pela empresa ECB, que trabalha na duplicação da Estrada de Ferro Carajás, a serviço da mineradora Vale, sejam convocados para dar explicações a respeito de denúncias de que estaria contratando trabalhadores de outros estados em detrimento da mão de obra local. Disse, inclusive, que um dirigente da Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) naquela empresa foi demitido por ter questionado e denunciado a situação.

Por fim, se congratulou com o ex-prefeito de Marabá, João Salame Neto, por este ter assumido o cargo de Diretor de Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde. Disse que agora João pode fazer muito por Marabá e região, onde a Saúde precisa de maior atenção.

Compartilhe:

Obra Kolping lança nesta quinta-feira o projeto “Qualificar para a Vida”

A diretora da Obra Kolping do Brasil, Andréia Rodrigues Moura, comunica que, devido à falta de recursos para realizar os cursos de qualificação, e como a demanda é muito grande, aquela instituição está lançando o projeto “Qualificar para a vida”, com doações mensais da comunidade.

“Você poderá fazer sua doação a partir de R$ 50,00. Estará ajudando um jovem a se preparar para o mundo do trabalho”, afirma Andreia, acrescentando que, para tratar desse projeto, haverá uma reunião amanhã, quinta-feira, 17, na Obra Kolping, a partir das 18 horas.

“Importante lembrar que essa reunião é para quem tem filhos acima de 14 anos até 20 anos, ou não. Basta querer ser solidário”, afirma Andréia.

A Obra Kolping fica na Avenida Manaus, 730, Bairro Belo Horizonte.

Compartilhe:

Rodovia BR-155 segue interditada por protesto de sem-teto

A Rodovia BR-155 segue interditada à altura de Eldorado dos Carajás. O protesto começou por volta das 5h30 desta quarta-feira, 16, por conta da um Mandado de Reintegração de Posse expedido por juiz da Comarca do município, para que uma área, onde cerca de 600 famílias vivem há dois anos seja desocupada.

O terreno, segundo Arício Almeida, líder do movimento, pertence ao Frigorífico JBS, mas havia cinco anos estava desocupada e sua documentação é irregular.

Segundo o documento da Justiça, as famílias têm até domingo, dia 20, para deixar a área, onde já há casas e plantações. O advogado que representa os interesses das famílias se encontra em Belém, onde tenta conseguir uma liminar a fim de suspender o Mandado de Reintegração.

A fila de carros é muito grande, ultrapassa os 3 km de extensão, e pela estrada só passam ambulância ou carro particular que estejam removendo pessoas doentes, após os manifestantes verificarem.

Compartilhe:

Celpa coloca em circulação novo modelo de reaviso de vencimento

Agora o documento possui características de fácil identificação para os clientes
REAVISO – ATENÇÃOCelpa coloca em circulação novo modelo de reaviso de vencimento

 

A Celpa está lançando em todo o estado do Pará o novo modelo do reaviso de vencimento da conta de energia. Com o intuito de facilitar o acesso aos serviços e informações o novo layout oferece maior facilidade de identificação. O documento agora vem com uma barra vermelha logo início, indicando que se trata de um reaviso de vencimento.

Outra inovação que poderá ser verificada é que todas as informações sobre os dados dos clientes estarão visíveis no campo de identificação. Diferente do que ocorria no modelo antigo, onde os campos eram preenchidos de maneira simbólica com o “XXXXXX”.

O reaviso de vencimento é um documento específico que a Celpa envia apenas para aqueles clientes que possuem contas em aberto junto a concessionária. A empresa também destaca que o modelo normal da fatura de energia continua válido e sem qualquer alteração em sua apresentação.

De acordo com o gerente da área Comercial da Celpa, Sérgio Oliveira, a mudança foi feita pensando em um melhor entendimento por parte do cliente. “Nós somos uma empresa que se preocupa em dar informações e deixar os nossos processos o mais transparente possível. E como o antigo documento deixava alguns clientes em dúvida, decidimos fazer essa mudança para melhor atendê-los”, explica o gerente.

Nas imagens abaixo é possível conferir como é o novo reaviso e o modelo da conta de energia.

Compartilhe:

Metropolitano participa de estudo sobre visita ampliada em UTIs

O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA), recebeu a visita de uma equipe do projeto “UTI Visita” do Hospital Moinhos de Vento, localizado em Porto Alegre (RS). As representantes da unidade gaúcha vieram ao HMUE para compartilhar experiências do projeto que deu bons resultados e ganhou parceria com o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS). A iniciativa deve expandir para unidades do SUS uma política adotada no Moinhos de Vento há dois anos, por meio da qual a visita familiar a pacientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foi estendida para 12 horas por dia, com a permanência de até dois familiares por paciente, no horário das 9h às 21h. Com a visita diferenciada, foi desenvolvido um estudo que constatou a redução de 50% na taxa de delirium e de um dia do tempo mediano de internação. Segundo o hospital, o modelo também se mostrou seguro no que diz respeito ao risco de transmissão de infecções. O HMUE, gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), é uma das instituições escolhidas para participar do estudo que vai coletar dados para subsidiar a ampliação da visita a UTIs em até 12 horas por dia. “As instituições foram selecionadas por meio de estrutura e do que nós queremos ter de dados para o projeto. Escolhemos UTIs cirúrgicas, de traumas para termos uma gama de unidades”, explicou Rafaela Moura, do Moinhos de Vento. Os dados…

Movimento Sem teto ocupam a BR-155 em Eldorado

Na manhã desta quarta-feira (16) cerca de 600 famílias ocuparam a BR-155 em frente a cidade de Eldorado dos Carajás no sudeste paraense. O congestionamento já chega a 2 quilômetros e no local só passam ambulâncias que comprovam que os pacientes estão em estado de emergência. O juiz Danilo Alves Fernandes da Comarca de Eldorado que seguia de Marabá para o Fórum local teve que negociar com os manifestantes para passar no local.
A manifestação é devido a decisão da Justiça de despejar as famílias de um terreno que está abandonado pertencente à empresa JBS que eles ocupam há mais de 4 anos. O prazo dado pela justiça para desocupar o terreno é até o dia 20 deste mês. Eles alegam que o terreno não possui documentação. Segundo Maurício, um dos líderes da manifestação, eles só irão liberar a rodovia após diálogo com autoridades do estado já que não houve diálogo com a prefeitura. “Nós ficaremos aqui até a conversarmos com advogado ou desembargador, mas no momento que houver uma negociação nós desocupamos a BR”, declarou ele.

Compartilhe:

Trem descarrila na Estrada de Ferro Carajás

Cerca de 20 vagões do trem de minério da Vale descarrilaram na Estrada de Ferro Carajás (EFC), à altura da Vila Itainópolis, em Marabá, sudeste do Estado, na noite da última segunda-feira (14). Ninguém ficou ferido no acidente, houve apenas danos materiais. A ferrovia ficou parada para manutenção no trecho.

Uma equipe de manutenção está trabalhando no local desde as 21h da segunda-feira. A assessoria de comunicação da Vale informou que os vagões estavam vazios e que a causa do descarrilamento está sendo apurada.

O trem de passageiros, que saiu de São Luís-MA com destino a Parauapebas-PA, estacionou em Marabá na segunda-feira e os passageiros tiveram que seguir viagem de ônibus até o destino final, com passagens custeadas pela mineradora.

Por conta do incidente, o trem de passageiros não circulou ontem (15), mas a previsão é que volte a circular amanhã (17), já que às quartas o trem de passageiros não faz viagens, devido à manutenção semanal. A Vale informou ainda que a ferrovia volta a operar hoje (16) com a operação de trens de carga.

Compartilhe: