Ato Denúncia em solidariedade as famílias do Acampamento Hugo Chávez

Nesta sexta feira (21) as 19 horas a UNIFESSPA e o IFPA realizam ato-denúncia sobre a violência contra trabalhadores do campo no Sul e Sudeste do Pará.
A atividade é parte da jornada de atividades realizada por instituições e organizações que além de prestar solidariedade as famílias acampadas têm feito a denúncia publica da violência na região.
No último mês os acampamentos Hugo Chávez e Frei Henri sofreram várias investidas dos latifundiários e pistoleiros que ameaçam as famílias com disparos em direção ao acampamento, ateiam fogo as roças e barracos e montam guarda na entrada das áreas intimidando os trabalhadores.
Preocupados com o prenúncio de morte que ronda a vida dos trabalhadores e lideranças a UNIFESSPA e o IFPA realizam atividade de solidariedade e lançam um abaixo assinado onde solicitam das instituições como INCRA, Promotoria e Ministério Público ações para resolver os conflitos e resguardar a vida das pessoas.
De acordo com a CPT só no primeiro semestre de 2017 foram registrados 25 assassinatos na região da “Amazônia Legal”.
A atividade conta ainda com a participação de cineastas internacionais e uma deputada do parlamento europeu, as organizações acreditam que com a internacionalização das denúncias seja possível chamar atenção das autoridades para evitar mais mortes.
A comissão que organiza a jornada de atividades contra a Violência no Sul e Sudeste do Pará na segunda feira (24) antes de protocolar os abaixo assinados nos órgãos públicos, darão uma coletiva de imprensa para apresentar o documento final.

Compartilhe:

“Amiguinho do Metropolitano” reforça compromisso do HMUE com humanização e sustentabilidade

Quando se acidentou em um barco no rio Anapu, município de Igarapé Miri (PA), o menino L.J.S.S., de 11 anos, não imaginava que uma de suas companhias em um hospital seria um boneco terapêutico confeccionado com materiais prontos para serem descartados. L. é um dos pacientes que recebeu o “Amiguinho do Metropolitano”, um boneco terapêutico lançado pelo Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA), nesta quinta-feira, 20/7. A data, coincidentemente, também marca o Dia do Amigo. O “Amiguinho” é a primeira Ação do Bem desenvolvida na unidade para comemorar os 50 anos da Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, entidade gestora do Metropolitano sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). O lançamento do boneco aconteceu durante uma manhã festiva no HMUE para levar os pequenos de volta às brincadeiras típicas das férias de julho nas praias e balneários do Pará. A decoração temática trazia boias coloridas, guarda sol e muitas flores. Com o cenário montado, o colaborador Romilson da Conceição, do setor de Higienização e Limpeza, entrou na recepção do HMUE caracterizado como o “Amiguinho do Metropolitano”. O colaborador e os diretores da unidade distribuíram os kits com o boneco terapêutico. O projeto que criou o “Amiguinho” foi concebido por colaboradores do setor de Processamento de Roupas com a orientação da Diretoria de Apoio. A iniciativa levou em consideração dois princípios praticados no HMUE: humanização e sustentabilidade. O brinquedo é feito com materiais que seriam descartados. No corpo, o “Amiguinho” traz enchimento feito com…

Iluminação Pública: mais de 4 mil lâmpadas já foram substituídas em Marabá

Em maio último, quando foi contratada uma empresa para o serviço de iluminação pública, havia quase 4 mil luzes apagadas nas ruas e praças de Marabá, o que gerava cerca de 100 solicitações diárias de reparos. Hoje, esse trabalho acumulado foi zerado, caindo para 12 pedidos de manutenção ao dia.

Segundo Múcio Éder Andalécio, secretário de Serviços Urbanos, não há interesse da prefeitura em manter lâmpadas apagadas nas ruas da cidade, porque, além de contribuir para a marginalidade, a população está pagando por isso, sem ter a contrapartida. “Agora, se a demanda caiu, é porque o trabalho foi executado”.

De acordo com o diretor do Serviço de Saneamento Ambiental de Marabá, Berg Soares Teixeira, já foi realizada manutenção em mais de 3.800 lâmpadas; e 700 foram substituídas por lâmpadas de vapor metálico, luz branca, em pontos estratégicos como marginais da Transamazônica e praças.

Embora mais caras, as novas lâmpadas têm maior poder de iluminação e destacam os pontos turísticos da cidade. Por isso, paulatinamente substituirão aquelas de luz amarelada pelas ruas de maior circulação, como a Avenida Antônio Maia, na Marabá Pioneira.

Para solicitar o atendimento relacionado à correção de qualquer falha na iluminação pública a população deve entrar em contato pelos telefones (94) 99263-1919/ 98159-5050, das 8h às 12h e das 14h às 18h, de segunda a sexta-feira.  A reclamação será anotada na Semsur e repassada à empresa contratada para o devido conserto.

Compartilhe:

NOTÍCIA ATUALIZADA: Corpo de Demétrius Ribeiro está sendo velado no Parque das Flores. Ele morreu com 12 tiros, 11 no peito e um no pescoço

O crime ocorreu no cruzamento da Rodovia Transamazônica com a Folha 33, na Nova Marabá, por volta das 8h30 desta sexta-feira (21). Ele foi assassinado, segundo laudo do IML expedido no início desta tarde, com 11 tiros no peito esquerdo e  um no pescoço. Demétrius Ribeiro foi proprietário da Loja Diferro, siderúrgica Usimar,  TV Eldorado e Hospital “Celina Gonçalves”, vendido para o governo do Estado que ali instalou o Hospital Regional do Público Sudeste “Dr. Geraldo Veloso”. Ele também foi suplente do então senador Mário Couto.

Escreveu o livro “Do Alto do Coco ao Senado”, contando sua trajetória empresarial, desde quando veio do Estado do Maranhão até alcançar o sucesso empresarial em Marabá. Seu declínio, porém, começou com o fechamento das siderúrgicas no Distrito Industrial de Marabá.

Ele ainda ingressou no ramo das Comunicações ao adquirir a TV Eldorado, então repetidora do SBT em Marabá, mas também não foi bem sucedido. No momento, trabalhava com venda de ferragens e pouco aparecia em público. No carro em que ele foi  assassinado estava a mulher dele, Ielma, que não saiu ferida.

O corpo de Demétrius está sendo velado no Cemitério Parque das Flores e a família ainda vai se reunir para decidir se o sepulta aqui em Marabá ou traslada o corpo para sepultamento na cidade maranhense de Imperatriz.

Compartilhe:

Obras do Cineteatro da Folha 16 estão em andamento. Até o final do ano devem estar concluídas.

Na tarde da última quarta-feira (19, a presidente da Fundação Casa da Cultura de Marabá, Vanda Américo, e o prefeito Tião Miranda, realizaram visita ao canteiro de obras do Cine Teatro de Marabá, localizado na Folha 16, ao lado do Ginásio Poliesportivo Renato Veloso.

A comissão foi recebida pelo representante da empresa CSA, engenheiro civil, Anderson Galindo, que conduziu a visita apresentando a evolução da execução física da obra, composta por dois prédios: o Cine Teatro, com capacidade para cerca de 400 lugares e o outro em que funcionará o Complexo Cultural. Este abrigará salas de aulas, salas de música, sala de dança e oficina de teatro. Além disso, o espaço também será utilizado para realização de cursos de capacitação de agentes e produtores culturais.

O novo equipamento cultural está sendo erguido em uma área de 11.836 metros quadrados e  orçado em R$ 8 milhões. O projeto foi aprovado, ainda no governo passado, por meio da Lei Rouanet, que regulamenta a distribuição de recursos para produções culturais no Brasil.

Além de garantir a acessibilidade, o Cineteatro pretende estimular a democratização do acesso à cultura. Por isso, o público alvo dos projetos a serem realizados serão principalmente crianças e jovens de 7 a 19 anos e estudantes da rede pública de ensino.

A previsão da prefeitura é de que o Centro Cultural de Marabá esteja pronto até o final deste ano. A administração do lugar será da Fundação Casa da Cultura de Marabá.

Compartilhe:

Polícia Federal desarticula mais uma quadrilha de hackers na região

A Polícia Federal deflagrou hoje (20) Operação Stalker, comandada pelo delegado André Ribeiro, de Belém.  Objetivo é desarticular uma organização criminosa composta por hackers especializados em fraudar contas bancárias da Caixa Econômica Federal pela Internet. O grupo invadia as contas dos clientes e desviava os valores para contas em nome de laranjas a fim de posteriormente sacar e lavar o dinheiro. Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão, cinco mandados de prisão temporária e cinco mandados de condução coercitiva, expedidos pela 4ª Vara Federal de Belém, especializada em lavagem de dinheiro. Um deles em São Luís (MA) – onde foram apreendidos computadores, mídias, celulares e bens, incluindo um automóvel de luxo – e os demais em Parauapebas, onde duas pessoas foram presas e outras duas estão foragidas. Em coletiva na DPF de Marabá, os delegados André Ribeiro e Igor Chagas contaram que os hackers conseguiam os números de contas dos clientes, consultavam o saldo, para verificar se havia dinheiro disponível, invadiam essas contas, transferiam para contas de laranjas e sacavam os valores. Até o momento, as investigações apontam que foram furtados R$ 250 mil de correntistas diversos da Caixa Econômica Federal. O suspeito de São Luís, que fornecia os números das contas aos cúmplices de Parauapebas, foi preso com um jipe Land Rover, um veículo muito caro,  e na casa dele foram encontrados vários equipamentos de informática. André disse que a operação foi bem sucedida por que conseguiram identificar todos os acusados e vários deles confessaram os crimes. Os hackers serão enquadrados nos crimes…

Advogado do prefeito afastado de São João do Araguaia afirma que confia na Justiça e diz que João Neto foi vítima de julgamento político

O advogado Cláudio Correa, que trabalha na defesa do prefeito afastado de São João do Araguaia, João Neto, disse nesta quarta-feira, 19, ao Zeca News, que seu cliente foi vítima de um julgamento político na última sexta-feira, 14, quando a Câmara Municipal o afastou por 90 dias do cargo, acusando-o de fraudes em licitações. Correa afirma que Neto não teve direito a contraditório nem a ampla defesa, Contou que, no dia da sessão extraordinária, quando teria direito a duas horas para apresentar sua tese de defesa, o presidente da Comissão Processante disse que ele poderia falar por apenas 10 minutos, “se quisesse” e “ainda lotou o plenário com pessoas de outros municípios, como Marabá”, para vaiá-lo. “Pegaram denúncias requentadas do ano passado e apresentaram na Câmara, com o nome de uma pessoa. Feriram o Regimento Interno e a Lei Orgânica do Município. Desde o começo esse processo foi viciado. Quando nos apresentaram a denúncia, para apresentarmos a defesa, não anexaram documentos”, conta o advogado. Ele salienta que nenhum prazo foi obdecido, muito menos aconteceu sessão para aprovar o recebimento da denúncia e, o mais grave, “empregaram um artigo da Constituição Estadual para afastar o prefeito”. “Apresentei cópia integral de todos os processos licitatórios do combustível e provas de que a empresa que disseram ser fantasma existe e presta serviços para seis municípios da região”, afirma Claudio Correa, acrescentando que marcaram para o próximo dia 26 a sessão em que pretendem cassar o mandato de João Neto, mas ele acredita que, antes disso, a Justiça acatará…

Em entrevista ao Zeca News, prefeito Tião Miranda comemora: “Marabá recuperou a credibilidade. Hoje as empresas querem trabalhar e vender para nós”

Servidores municipais para quem a Prefeitura de Marabá ficou devendo o salário de dezembro de 2016 começaram a receber nesta quarta-feira, 19, o vencimento atrasado. Nesta primeira parcela a administração municipal desembolsou R$ 980.809,90. É mais uma medida do governo que assumiu em janeiro, rumo ao pagamento das dívidas deixadas pela gestão que o antecedeu. Ouvido pelo Zeca News, o prefeito Sebastião Miranda Filho (PTB) – Tião Miranda – disse que até 30 de junho último já pagou R$ 24 milhões de dívidas pendentes, com servidores, Celpa, Cosanpa, fornecedores e está negociando as dívidas com o INSS, parcelando a dívida do Ipasemar e também precatórios. Ele anunciou que em breve, com a chegada plena do verão, a prefeitura vai abrir várias frentes de trabalho e a cidade voltará a ter obras. Segundo o prefeito, várias escolas como o Pequeno Príncipe, na Folha 32, e a Heloísa Souza Ramos, no Bairro Liberdade, entre outras passarão por reforma total. Já a escola Maria das Neves, na Vila São José, vai ganhar uma sala de informática. Também serão reformadas diversas Unidades de Saúde, como a Hiroshi Matsuda, na Folha 12, a Mariana Morais, no Km Sete e a Enfermeira Zezinha, na Folha 23. “Vamos também concluir a construção das Unidades de Saúde dos bairros Da Paz e Nossa Senhora Aparecida e construir outra, esta grande, no São Félix, pois a ‘Maria Bico Doce’ já está muito deteriorada, e também na Vila Sororó. Enfim, em quase todos os postos de saúde haverá reforma total, os móveis e equipamentos estão…

Metropolitano lança boneco terapêutico para pacientes infantis

Os pacientes infantis do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) contam a partir desta quinta-feira, 20/7, com mais uma ação de humanização no tratamento oferecido pela unidade em Ananindeua (PA). Trata-se do projeto “Amiguinho do Metropolitano”, no qual cada criança internada na unidade ganha um boneco de uso terapêutico. O lançamento é a primeira Ação do Bem desenvolvida pelo Metropolitano em comemoração aos 50 anos da Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, que gerenciada a unidade sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). As crianças receberão o “Amiguinho” em uma manhã animada preparada na unidade. O veraneio é o tema da festa, que terá muitas cores, além de elementos cênicos para lembrar as brincadeiras das férias de julho na praia como boias e bolas. Voluntários que fazem ações no hospital também participarão da festa. A concepção do “Amiguinho do Metropolitano” une dois princípios praticados no HMUE: a humanização e a sustentabilidade. Idealizado por colaboradores do setor de processamento de roupas com orientação da Diretoria de Apoio da unidade, o “Amiguinho do Metropolitano” é produzido com materiais que seriam descartados. O corpo do boneco é feito  pelo setor de Costura com tecidos e o enchimento utiliza pequenos pedaços de colchão piramidal. O material é originalmente usado para prevenir lesões por pressão nos pacientes. O “Amiguinho” também possui feições infantis desenhadas pelas colaboradas da Costura e uma gravatinha representada por um boto. Cada criança receberá o brinquedo em uma mochila confeccionada em manta SMS, que o paciente infantil…

Pesquisas inovadoras realizadas no Pará são apresentadas em evento de Ciência em BH

Inovação é o tema da 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) Um importante fórum de difusão dos avanços científicos e de debates sobre políticas públicas para a ciência e tecnologia é ralizado até domingo (22/7), em Belo Horizonte (MG). Trata-se da 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).  O Pará está presente no evento com pesquisas executadas no Estado pelo Instituto Tecnológico Vale ( ITV). A programação conta com participação de representantes de sociedades científicas, autoridades e gestores do sistema nacional de ciência e tecnologia, a Reunião Anual da SBPC é realizada desde 1948.Foto Sesbastian Herrara  O Instituto Tecnológico Vale contará com um estande exclusivo na Expo&Tec, exposição que compõe o evento, onde apresentará cinco projetos que vêm sendo desenvolvidos por pesquisadores do instituto nas unidades de Belém (PA) e de Ouro Preto (MG): Preservação da Bacia do Rio Itacaiúnas, Microsensores, Flora de Carajás, Espeleorobô e Redução da Umidade do Minério. Além disso, a área de Ensino do ITV apresentará informações sobre os cursos de mestrado e oportunidades de capacitação profissional.   Segundo o diretor-presidente do ITV, Luiz Mello, o evento é uma oportunidade para mostrar porque a inovação é fundamental para a mineração. “A Vale passa por um ciclo no qual se defronta simultaneamente com a queda da produtividade da indústria no Brasil e com a queda da produtividade na indústria da mineração em todo o mundo. A solução para nós virá da inovação. O mundo do conhecimento se mistura com o mundo da inovação, e…