NOTA DE PESAR – AMATCARAJÁS – PREFEITO DE TUCURUÍ

A Diretoria da AMATCarajás, seu Presidente e Prefeito
de São Domingos do Araguaia, Pedro Paraná e
colaboradores, prestam condolências aos familiares e
amigos do Prefeito de Tucuruí, Jones William da Silva
Galvão, assassinado brutalmente nesta terça-feira, 25
de julho. A Associação se solidariza ainda com toda a
sociedade tucuruiense pela perda deste gestor, que em
seu primeiro mandato estava atuando para garantir
melhorias para a população do município.
Como uma entidade representativa dos gestores
municipais que trabalham em busca do desenvolvimento
dos municípios do Sul e Sudeste do Pará, a
AmatCarajás repudia os atos de violência que vem
sendo cometidos contra os prefeitos que atuam nesta
região. Somente este ano, foram assassinados dois
prefeitos integrantes da associação.
A AmatCarajás conclama as autoridades competentes
para que haja investigação rápida  e punição aos
envolvidos neste caso.

Pedro Patrício Medeiros

Presidente da Amat Carajás do Araguaia

Compartilhe:

Hospital Regional de Marabá debate qualidade do atendimento ao usuário

Como a motivação ajuda a alcançar resultados? O que é preciso para manter-se motivado e como isso influencia no atendimento ao usuário? Estas foram as perguntas centrais de um bate-papo realizado nesta semana com colaboradores da Recepção e Controle de Acesso do Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), de Marabá. A recepcionista Francimeire Andrade foi uma das participantes. Para ela, a discussão reforçou a importância de se colocar no lugar do outro para garantir o atendimento humanizado. ”Foi uma conversa muito boa. Mostrou que nós, que somos o primeiro contato do usuário no hospital, precisamos estar motivados para acolhê-lo bem. Quando um paciente procura atendimento médico ou vai fazer um exame, algo não vai bem. Então, se o atendemos bem, mostrando que ele receberá o atendimento que necessita e esclarecemos as dúvidas, esse contato se torna mais agradável”, avaliou a colaboradora. A pedagoga Ana Paula Barbosa, do Núcleo de Educação Permanente (NEP), foi quem conduziu o bate-papo. Segundo ela, a iniciativa teve o objetivo de facilitar o trabalho em equipe. Além disso, também mostra que gostar do que se faz é o primeiro passo para a satisfação profissional – e, consequentemente, para o atendimento qualificado ao usuário. Humanização Unidade pública gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Hospital Regional de Marabá é referência em atendimento de média e alta complexidades na região sudeste do Pará. Periodicamente, realiza treinamentos e capacitações com base na Política Nacional de Humanização,…

Itupiranga: casal de trabalhadores rurais é assassinado no Pará

Um casal de trabalhadores rurais foi assassinado dentro do assentamento Uxi, no município de Itupiranga, no sudeste do Pará. Os corpos de Manuel Índio de Arruda e Maria da Luz Fernandes da Silva foram encontrados na manhã desta quarta-feira (26) dentro de casa. Ele moravam no local desde 2005. De acordo com o relato de vizinhos, foram ouvidos vários disparos durante a madrugada.

De acordo com a Comissão Pastoral da Terra (CPT) as vítimas estavam numa lista de ameaçados para morrer. Ainda nenhum suspeito foi preso, mas policiais da Delegacia de Conflitos Agrários (Deca) estão na região para coletar mais informações sobre o assassinato.

 A Polícia Civil investiga a motivação do duplo assassinato ocorrido na zona rural de Itupiranga, região sudeste do Estado. As investigações são conduzidas por policiais civis da Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá (DECA), sob coordenação do delegado Alexandre Nascimento.

A equipe da DECA esteve no local do crime, na manhã desta quarta-feira, 26, e ouviu relatos de uma testemunha. Ela informou que durante a noite de ontem, foram ouvidos nove disparos de arma de fogo. No início desta quarta-feira, uma equipe da Delegacia de Itupiranga esteve no local do crime. Ainda não se sabe quem foi o autor do crime, nem a motivação está definida. Peritos criminais do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Marabá foram deslocados para fazer o levantamento de local de crime.

Compartilhe:

PM prende suspeito de participação no assassinato do prefeito de Tucuruí

Está sendo removido de Pacajá para Tucuruí o indivíduo identificado, até o momento, pelo apelido de Paulista. Durante briga com uma prostituta, ele teria dito que participou, ontem (25), da execução do prefeito Jones Williams. Uma pessoa ouviu a discussão e comunicou a Polícia Militar. Imediatamente, por volta das 14h30, a guarnição comandada pelo sargento Benchimol deu a voz de prisão e comunicou a delegado Sandro Rivelino, da Superintendência de Polícia Civil em Tucuruí.

Naquela cidade Paulista será colocado frente a frente com as testemunhas para que confirmem, ou não, se ele foi mesmo um dos executores do prefeito.

Compartilhe:

AmatCarajás realiza encontro em agosto com secretários de Saúde da região. O tema será “Gestão em Saúde”.

A Associação dos Municípios do Araguaia, Tocantins e Carajás (AmatCarajás) realiza, no período de 1º  a 3 de agosto, no auditório da Faculdade Metropolitana de Marabá,  o I Encontro de Secretários de Saúde do Sul e Sudeste Paraense, com o tema “Gestão em Saúde: administração eficiente de recursos públicos”. O evento será realizado no município de Marabá e reunirá prefeitos, secretários de saúde e demais gestores que atuam na área de saúde, nos 38 municípios que integram a associação.   O evento será aberto no dia 1º, terça-feira, às 13h, com o credenciamento dos inscritos. A programação iniciará com a palestra “Judicialização da Saúde”, com o Promotor Rodrigo Schoeller de Moraes, membro do Ministério Público do Rio Grande do Sul, onde serão tratadas formas de se reduzir as ações judiciais, cada vez frequentes, na busca de medicamentos, internações e outras demandas na área da saúde. No segundo dia de evento, iniciará a Oficina SIOPS Itinerante, que será ministrada pelas servidoras do Ministério da Saúde, Maria Eridan Pimenta Neta (Coordenadora Nacional do Programa), Carla Emília Costa Cavalcanti e Célia Rodrigues Lima. A Oficina segue até o último dia de evento aas 12h. O SIOPS é o Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde e o treinamento visa ampliar o conhecimento sobre as funcionalidades do software que consolida informações de gasto público em saúde no Brasil, torna mais ágil a consulta sobre receitas e despesas em ações e serviços públicos de saúde e fornece indicadores sobre gastos em saúde no país, entre outras funcionalidades. A Oficina irá…

Prêmio reforça papel do gestor na ampliação da segurança do paciente

Na próxima sexta-feira, 28, a Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar realizará a segunda edição do Plano de Premiação Estruturado para Gestores. A iniciativa tem o objetivo de reconhecer, a cada três meses, os líderes que mais contribuem para a disseminação da cultura de segurança do paciente no Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá (PA), unidade pública gerenciada pela Pró-Saúde, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Serão premiados os três líderes com melhor desempenho no período de abril a junho de 2017, com base em critérios como apresentação de indicadores no prazo, participação em treinamentos institucionais e nos Protocolos de Segurança do Paciente, envolvimento da equipe operacional nos processos sistêmicos e de gestão e desempenho no RAG (Requisitos de Apoio à Gestão), ferramenta institucional da Pró-Saúde.

A novidade desta edição é a homenagem aos gestores que mais evoluíram no comparativo entre o primeiro e o segundo trimestres deste ano, contribuindo, dessa forma, para o atendimento humanizado e qualificado aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Compartilhe:

Corpo do prefeito Jones Williams será sepultado às 17h desta quarta-feira, 26. CME da PM está em Tucuruí para reforçar a segurança da cidade. Polícia Civil já começou as investigações.

O corpo do prefeito de Tucuruí, Jone Williams, que está sendo velado desde a noite de ontem, 25, no Ginásio Poliesportivo da cidade, será sepultado nesta quarta-feira, 26, às 17h, no Cemitério Jardim da Saudade II. Ele foi assassinado na tarde de terça-feira, por volta das 16h, quando inspecionava obras de recapeamento na estrada do aeroporto, por dois homens em uma moto, que dispararam três tiros contra ele. O Ministério Público do Estado do Pará informou  que irá acompanhar as investigações e o Polícia Militar, por meio do Comando de Missões Especiais (CME), já está com policiais militares em apoio às guarnições do município para reforçar o policiamento na cidade e auxiliar o trabalho investigativo. Ele  é o terceiro prefeito assassinato na região sudeste do Pará desde 2016. No dia 16 de maio Diego Kolling (PSD), prefeito da cidade de Breu Branco, que fica a 38 km de Tucuruí, foi morto enquanto andava de bicicleta na companhia de amigos em um trecho da rodovia PA-263, que liga Tucuruí a Goianésia do Pará. De acordo com a Polícia Civil, as investigações sobre a morte do prefeito Diego Kolling estão em andamento e são coordenadas pela Divisão de Homicídios. Em janeiro de 2016 o prefeito de Goianésia do Pará, João Gomes da Silva (PR), o “Russo”, foi morto a tiros enquanto estava dentro de um velório no centro da cidade, que fica a 98 km de Tucuruí. Ele tinha 62 anos e ocupava o cargo desde 2013. O Sistema Integrado de Segurança Pública já está com efetivos das Polícias Civil e…

Prefeito de Tucuruí é assassinado há dois meses e nove dias da execução do prefeito de Breu Branco

Há pouco mais de dois meses do assassinato  do prefeito de Breu Branco, Diego Kolling, executado na manhã de 16 de maio passado, caso que ainda não foi elucidado, outro prefeito da mesma região do  entorno do lago é assassinado por pistoleiros. Desta feita a vítima foi o prefeito de Tucuruí, Jones William da Silva Galvão (PMDB), 42 anos, natural de Italva (RJ). Ele foi executado por dois homens em uma moto por volta das 16h desta terça-feira, 25, quando inspecionava obras na estrada que liga o aeroporto à área urbana.
 Jones William foi eleito prefeito com 31,268  (53,50% dos votos válidos), pela Coligação Mudar para Ser Feliz. Era investigado pelo Ministério Público Federal, que havia pedido seu afastamento por improbidade administrativa. Segundo o MPF, era suspeito de direcionar contratos e licitações para um empresário de Tucuruí

De acordo com populares, o prefeito teria sido atingido duas vezes na cabeça. Ele foi levado para o Hospital Regional, mas não resistiu e morreu. (Com informações do G1)

Compartilhe:

MST nega participação na invasão e depredação da Fazenda Mutamba e indaga: “Qual o objetivo de incriminar o movimento?”

Em nota pública divulgada nesta quarta-feira, dia 25, o MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra – afirma que não é responsável pelas ocupações realizadas na Fazenda Mutamba, em Marabá; e Fazenda Tamanduá, em Senador José Porfírio. “O MST tem um método claro de fazer a luta pela terra e pela reforma agrária. Se pauta pelo processo de organização dos trabalhadores/as rurais sem terra, pela ocupação e pelo diálogo com os governos para fazer valer uma verdadeira política de reforma agrária popular neste país”, diz o documento assinado pela Coordenação Estadual.

A nota afirma que os governos federal e estadual têm conhecimento das áreas que estão vinculadas ao MST no Pará, pelo fato de que uma das primeiras ações do movimento, após o ato de ocupar determinado latifúndio, “é comunicar ao estado/governos da existência daquele acampamento”.

O MST afirma na nota que, diante da insistência por parte de determinados setores, em vincular na mídia regional a responsabilidade do MST nessas ocupações e a não divulgação da versão do movimento sobre os fatos ocorridos, eles chegam à conclusão de que há uma decisão deliberada em criminalizar o MST e suas famílias, “como vem ocorrendo nessa conjuntura de golpe contra os trabalhadores” e indagam: “Qual a finalidade em querer associar-nos com essas ações que mais se caracterizam em práticas de vandalismo?”

 

Compartilhe:

Conselho de Saúde avaliza decisão do prefeito e autoriza município a devolver o dinheiro da construção da UPA

O Diário Oficial dos Municípios desta terça-feira, dia 25, traz Resolução do Conselho Municipal de Saúde (CMS) que autoriza o município a devolver a verba de R$ 1.950.000,00 da construção do prédio da UPA ao Ministério da Saúde, avalizando a decisão do prefeito Tião Miranda de dar outro destino à edificação devido ao alto custo com o qual a prefeitura teria de arcar na manutenção da Unidade de Pronto Atendimento. Em diversas ocasiões Tião Miranda justificou a devolução, explicando que o município não tem condições financeiras de manter a UPA, cujo custo mensal ficaria entre R$ 1,5 milhão e R$ 1,8 milhão. O secretário municipal de Saúde, Marcone Leite, afirma que para equipar a UPA as despesas chegariam a R$ 2,5 milhões, pois o prédio foi entregue vazio, sem mobiliário nem equipamentos. Nem mesmo com a ajuda de R$ 650 mil por mês, prometida pelo Ministério da Saúde, seria viável o funcionamento daquele equipamento público. Tião Miranda, recentemente entrevistado pelo Zeca News, lembrou que o País vive dias de grande instabilidade, por isso não adianta ninguém ir a Brasília e o ministro da Saúde dizer que tem recurso. “De uma para outra hora, muda ministro, muda tudo, todos os programas mudam, tudo para de funcionar”. O Conselho de Saúde, entretanto, propôs algumas condições ao aprovar a devolução: funcionamento de uma Unidades Básica nos três Núcleos: Morada Nova, Nova Marabá e Cidade Nova, de segunda-feira a sexta-feira, das 19 às 24 horas, com prazo de início de 60 dias; transporte sanitário para pacientes em tratamento de…