Boleto vencido pode ser quitado em qualquer banco a partir de hoje

A partir de hoje, boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) começa a adotar, de forma escalonada, uma plataforma de cobrança que permite a quitação de boletos em atraso em qualquer agência bancária. Por enquanto, a novidade só estará disponível para os boletos de valor igual ou superior a R$ 50 mil. O valor mínimo será reduzido para R$ 2 mil em 11 de setembro, R$ 500 em 9 de outubro e R$ 200 em 13 de novembro. A partir de 11 de dezembro, boletos vencidos de todos os valores passarão a ser aceitos em qualquer banco. A nova plataforma de cobrança permitirá a identificação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos. Ao quitar o boleto, o próprio sistema verificará as informações. Se os dados do boleto coincidirem com os da plataforma, a operação é validada. Caso haja divergência nas informações, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem da operação. Conforme as datas de adoção da nova plataforma e as faixas de valores, os bancos deixarão de aceitar boletos sem o CPF ou o CNPJ do pagador. Os clientes sem esses dados serão contatados pelos bancos para refazerem os boletos. De acordo com a Febraban, o atual sistema de cobrança funciona há mais de 20 anos e precisava ser atualizado. A previsão inicial era que o novo sistema entrasse em vigor em março para valores acima de R$ 50…

JUSTIÇA DO PARÁ DECRETA A PRISÃO DE 13 POLICIAIS ENVOLVIDOS NA MORTE DE 10 PESSOAS NO SUL DO PARÁ

Um delegado e um investigador da polícia civil envolvidos na operação que resultou na morte de 10 pessoas em Pau D’Arco, no sudeste paraense, deram detalhes que reforçam os indícios de que houve crime de execução na ação policial, de acordo com informações da delação premiada que os dois fizeram ao Ministério Público do Pará (MPPA). No dia 24 de maio, durante uma operação policial que cumpria 14 mandados de prisão contra suspeitos de envolvimento na morte de um segurança da fazenda Santa Lúcia, dez trabalhadores foram assassinados a tiros. De acordo com a perícia do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC), nove vítimas receberam tiros no peito, mas nenhum à queima rouba. A única mulher foi baleada na cabeça. Membros do MPPA concederam uma entrevista coletiva no final da tarde desta segunda-feira (10) em Belém, informando que as investigações do caso indicam crimes de execução cometidos por agentes da segurança pública. Além dos dois policiais civis que fizeram a delação, outros 11 policiais militares também já foram presos temporariamente após a justiça acolher o pedido de prisão do MPPA. Segundo a delação, PMs cercaram os agricultores e os perseguiram pela mata fechada dentro da fazenda. Os policiais civis contam que encontraram cadáveres no chão quando chegaram ao local do crime, além de pessoas feridas, algumas delas algemadas e ainda vivas. “Não houve confronto. No decorrer das investigações e com a delação de dois policiais civis, nós concretizamos a hipótese inicial de execução, que foi materializada”, disse o promotor de justiça Alfredo Amorim, que coordena as investigações. “Quando os…

Superintendente do Regional do Incra anuncia entrega de títulos definitivos de terras em Marabá, Conceição do Araguaia e Santana do Araguaia

O superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Asdrúbal Bentes, anunciou, na manhã desta segunda-feira, 10, em entrevista ao Programa Clube da Manhã, da Rádio Clube de Marabá, que em breve vai entregar mais títulos definitivos de terras em vários assentamentos da região, a exemplo do que aconteceu recentemente em Itupiranga. Desta vez os municípios beneficiados serão Marabá, Conceição do Araguaia e Santana do Araguaia. “Essa é a meta principal da Diretoria do Incra Nacional e, particularmente, da Superintendência Regional”, reforçou ele.

Asdrúbal se encontra em Brasília (DF), onde participa das comemorações dos 54 anos de fundação do Incra. Amanhã, terça-feira, 11, ele estará presente na cerimônia de sanção, pelo presidente da República, da lei que resultou da Medida Provisória 759, que trata da regularização fundiária das terras da Amazônia Legal.

“O Incra é um órgão que tem relevantes serviços prestados ao país e, particularmente à Amazônia, e que muitas vezes não é reconhecido, Até porque, infelizmente, nos últimos anos vem sofrendo um desgaste muito grande pela falta de recursos financeiros e de recursos humanos”, afirmou Bentes, acrescentando que a ideia da Superintendência Regional é suprir essas deficiências com trabalho. “E é o que nós estamos fazendo”, arrematou.

Compartilhe:

Serviço de camareira reforça humanização no tratamento oferecido pelo HMUE

Internado há quase um mês no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), o atendente Marlyson Mayclay da Silveira foi vítima de um acidente de motocicleta na rodovia BR-316, na região metropolitana de Belém. Apesar disso, o rapaz é um dos pacientes mais animados da clínica Ortopédica da unidade. Falante, dono de um humor leve, ele brinca e se descontrai diariamente com a presença das camareiras do projeto ‘Hospitalidade’, na enfermaria onde se recupera do acidente. Na visão de Marlyson, a visita diária das colaboradoras do Serviço de Higienização e Limpeza (SHL) é um momento feliz no processo de reabilitação. ‘As meninas fazem um ótimo serviço, nos tratam bem e trazem alegria quando chegam’, avaliou. A implantação do ‘Hospitalidade’ é a prática de um dos princípios que norteiam a identidade organizacional do HMUE: o tratamento humanizado.Similar ao serviço oferecido em hotéis, a iniciativa atrela hotelaria, humanização e otimização de recursos dentro da unidade. O projeto, iniciado em 2017, tem o objetivo de dar uma experiência mais acolhedora ao paciente vítima de trauma e queimaduras no Hospital Metropolitano, que é gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). “O projeto Hospitalidade visa o bem-estar dos usuários, seja ele paciente ou acompanhante”,  explica o diretor de Apoio, Benjamin Ferreira Neto. O gestor conta ainda que as camareiras são as responsáveis pela troca diária do enxoval de cama dos leitos da unidade. Com isso, os técnicos de Enfermagem, antes responsáveis pela tarefa, ficam…

Trabalhador Rural e Morto a Tiros em Rio Maria no Pará

Josenilton Pereira de Almeida, natural de Ilhéus (BA), 44 anos, foi assassinado a tiros nesta sexta-feira (07), na cidade de Rio Maria (PA). Segundo a polícia, ele foi morto a tiros disparados por elementos que estavam em uma moto. O que estava na garupa disparou 4 tiros na vítima, acertando o ombro, costa e rosto. Após o crime os elementos tomaram rumo ignorado. A esposa da vítima, Maria de Sousa, disse que seu marido pode ter sido assassinado porque era um dos líderes de uma invasão a uma fazenda no município de Pau D Arco (PA). A esposa da vítima, Maria de Sousa, disse que seu marido pode ter sido assassinado porque era um dos líderes de uma invasão a uma fazenda no município de Pau D Arco (PA). A policia investiga a relação entre a chacina de 10 pessoas na fazenda Santa Lúcia, em Pau D’Arco, com a morte do trabalhador rural. Segundo as investigações, o crime aconteceu por volta de 22h no setor Parque da Liberdade. Dois suspeitos encapuzados chegaram em uma moto e atiraram quatro vezes contra a vítima. Em dois dos tiros a vítima já estava caída, de costas. O Governo do Pará disse em nota que, a princípio, não foi vista nenhuma relação entre o assassinato de Rosenilton e as mortes ocorridas em Pau D’Arco, mas a conexão entre os crimes não está descartada, pois a vítima integrava o grupo que invadiu a fazenda Santa Lúcia. Segundo uma nota pública divulgada no sábado (8) por entidades ligadas aos direitos humanos, Rosenilton havia…

PA: Carros a serviço do Ibama são queimados

Veículos a serviço do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) foram incendiados na BR-163 nesta quinta-feira (6). O crime ocorreu na região da Floresta Nacional do Jamanxim, perto de Cachoeira da Serra, no município de Altamira – a 1.824 quilômetros de Belém.

A floresta, no Sudeste do Pará, é alvo constante de fiscalizações contra o desmatamento ilegal e garimpos irregulares. Ainda não se sabe quantos veículos foram queimados mas, de acordo com o órgão, os carros eram de uma empresa terceirizada, que levaria a frota para a sede do Ibama em Santarém, no oeste do estado

Compartilhe:

Marabá é o primeiro município paraense a ter aplicativo para chamar táxi. Cooperativa lançou hoje o AppRádioTáxi

O serviço de táxi em Marabá entrou nesta sexta-feira, 7 de julho, na era digital. Com um investimento de R$ 100 mil, a Cooperativa Rádio Táxi lançou seu aplicativo, pelo qual o usuário pode localizar o táxi mais próximo do local onde ele está e chamar rapidamente um carro.

Trata-se do AppRádioTáxi, disponível gratuitamente na Play Store, o qual, segundo o presidente da cooperativa, João Batista da Silva, foi resultado de um ano de estudos, planejamento e testes. “Agora o nosso cliente terá mais segurança, mais conforto e poderá pagar a corrida até pelo celular”, antecipou ele ao Zeca News.

O técnico Luiz Otávio, que desenvolveu o aplicativo, confirmou as palavras de João Batista e disse que, com a nova ferramenta, o passageiro terá mais facilidades na hora em que precisar de um táxi. “Quando você entra no aplicativo o GPS já mostra o carro que está mais próximo, por exemplo”, afirmou Otávio.

Além dessa novidade, João Batista, que comemora o fato de Marabá ser o primeiro município paraense a ter esse recurso tecnológico em seus táxis, anunciou até uma promoção: “De hoje [dia 7] até o dia 31 de dezembro deste ano, o passageiro que usar o AppRádioTáxi, que está disponível nas plataformas IOS e Android, terá 10% de desconto na corrida”.

Compartilhe:

Foca no Trânsito: tem mudança no tráfego da orla no verão

LOCAIS DE INTERDIÇÃO DO TRÂNSITO DURANTE O FIM DE SEMANA

 SÁBADOS 13h às 23h

Avenida Getúlio Vargas com Av. Marechal Deodoro

Avenida Marechal Deodoro com Tv. Mestre Olívio

Travessa Santa Terezinha com R. Norberto de Melo

Travessa Plácido de Castro com Av. Marechal Deodoro

 

DOMINGOS 7h às 23h

Interdição das vias de acesso à Orla Sebastião Miranda, bloqueando a passagem de veículos nas áreas de principal movimento de pedestres e turistas.

Monitoramento dessas áreas e entorno, prevenindo o cometimento de infrações, e assegurando o bem estar dos transeuntes.

Compartilhe:

Secretário de Saúde anuncia que, a partir de segunda-feira, o Laboratório Central já estará funcionando. Posição quanto à UPA é a mesma: município não tem como arcar com os custos

A partir da próxima segunda-feira, 10, o usuário do serviço de saúde pública do município já pode contar com o Laboratório Central de Marabá (Laecem) da Secretaria Municipal de Saúde, inaugurado nesta sexta-feira, 7. Segundo o secretário municipal de Saúde, Marcone Nunes Leite, agora aquele equipamento público já pode funcionar em sua plenitude e com todos os exames clínicos laboratoriais. O laboratório ainda não havia sido entregue à população porque faltavam alguns ajustes na parte de engenharia, assim como adaptações na rede elétrica e aquisição de mobiliário e equipamentos. “Hoje temos um laboratório completo e com equipamentos de ponta, o melhor da região, inclusive em relação aos da rede privada”, anunciou Marcone, reforçando que no Lacem vai ser possível diagnosticar várias patologias, inclusive cânceres de mama e de próstata. Outra novidade é que os resultados dos exames sairão em, no máximo, 48 horas e, caso o interessado queira, pela Internet. Ou seja, se preferir, a pessoa nem precisa ir ao Lacem buscar, pode acessar em imprimir em casa mesmo. UPA Quanto à UPA, que voltou ao noticiário esta semana, por conta da viagem de seis vereadores marabaenses a Brasília (DF), quando, com a intermediação do deputado federal Beto Salame, se encontraram com o ministro Ricardo Barros (Saúde), o qual prometeu verba de R$ 650 mil para ajudar no funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento, Marcone Leite disse que a posição da prefeitura é a mesma. “Até agora nós não recebemos nenhuma manifestação da União dizendo que vai ampliar esse volume de recurs0s, pois o que…

31ª Expoama traz qualificação para os associados durante a semana

Como acontece anualmente, este ano a 31ª Exposição Agropecuária de Marabá (Expoama) traz para os associados do Sindicato Rural (Prorural) um ciclo de palestras durante a semana em que acontece a feira de agronegócios. Responsável pela programação, o pecuarista Maurício Fraga Filho, um dos diretores do Prorural, ouvido pelo Zeca News, falou dos cursos que vão ocorrer.

Na segunda-feira, dia 10, representantes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) promovem um simpósio sobre os agrominerais. Ou seja, os minerais empregados na agricultura, como o calcário, que eleva os teores de cálcio e magnésio, neutraliza o alumínio trivalente -elemento tóxico para as plantas – e corrige os níveis de acidez e alcalinidade do solo; e o fósforo, elemento essencial à nutrição das plantas.

No dia seguinte, terça-feira, 11, acontece palestra sobre agropecuária sustentável; e, na quarta, dia 12, um especialista em comportamento de cavalos, de renome internacional, ministrará um curso sobre doma, no qual falará sobre a relação do homem com o animal para que possa tirar o máximo dele e como tirar alguns vícios do cavalo, entre outros assuntos. Segundo Maurício Fraga, esse especialista já ministrou cursos nos Estados Unidos, Europa, Oriente Médio e Japão.

Quinta-feira, dia 13, o ciclo de palestras e cursos se encerra com representantes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, que falarão sobre o novo Licenciamento Ambiental, muito mais fácil e prático, que vai acelerar a obtenção do documento. No mesmo dia, à tarde, acontece uma palestra acerca de manutenção de retroescavadeira.

Compartilhe: