Agora, sim!

Valeu a cutucada do Zeca News. Tão logo foi inaugurado mais um atacado/supermercado na Folha 33 da Nova Marabá, providências foram tomadas para “melhor atendimento à clientela”. Imediatamente surgiu um desvio na marginal da Transamazônica, “exclusivo para os clientes” e uma parada de ônibus, mas esta, porém, sob o sol  escaladante de Marabá. Entretanto, após este site ter mostrado  o “carinho” para com os usuários dos coletivos, logo começou a construção de um abrigo – concluído esta semana – no local.

Agora sim, aplausos!

 

Compartilhe:

MST desocupa Fazendinha pacificamente depois de semana muito tumultuada

A Fazenda “Fazendinha”, na Rodovia PA-275, entre os municípios de Curionópolis e Parauapebas, que estava ocupada por integrantes do MST, foi desocupada voluntariamente na tarde desta sexta-feira, 23. O imóvel rural foi alvo, durante toda a semana, de conflitos entre os trabalhadores rurais e os fazendeiros, beirando a luta armada, o que não aconteceu graças à intervenção das forças policiais, de forma pacífica.

Foram vários dias de interdição da estrada, invasão da sede da propriedade, depredações e manifestações ruidosas que atrapalharam bastante a vida de quem precisou se deslocar pela rodovia.

Nesta tarde, após comunicar o Incra, formalmente, o MST disse que não aceitava a terra oferecida em permuta, localizada em Água Azul do Norte, e que estava deixando a Fazendinha.

Agora, de acordo com o superintendente do Incra no Sul e Sudeste do Pará, Asdrúbal Bentes, o juiz da vara agrária deve determinar a posse da terra pelo Incra, uma vez que se trata de área da União e, na próxima segunda-feira (26), o ouvidor agrário nacional, Jorge Tadeu Jatobá Correia, estará em Marabá para tratar do assunto.

 

Compartilhe:

Conselho da Mulher Empresária do Pará reúne empresárias de Marabá neste sábado para formar entidade local

Acontece neste sábado, dia 24, no auditório da Associação Comercial e Industrial de Marabá (Acim), a partir das 8 horas, reunião das mulheres empresárias da cidade a fim de tomarem conhecimento das diretrizes que vão nortear a criação do Conselho da Mulher Empresária de Marabá. O encontro será coordenado pela presidente do Conselho da Mulher Empresária (CME) da Associação Comercial do Pará, Andréa Castro de Noronha, que também é vice-presidente Norte do Conselho Nacional da Mulher Empresária. Participam ainda da reunião, a psicóloga Rebeca Barbosa Lucas, diretora do Conselho, Cristina Lorenzoni, empresária de Marabá, e Maria Deolinda Machado, representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Elas concederam entrevista ao Zeca News e na oportunidade a aproveitaram para solicitar que as empresárias marabaenses não deixem de comparecer. Andréa Noronha diz que, antes de tudo, a reunião deve ser uma troca de experiências, pois vem a Marabá ouvir as demandas da mulher empresária local e trazer um pouco de conhecimento sobre o contexto da formação de um conselho. “Vamos falar sobre a importância da cooperação e da cultura do associativismo que vai melhorar, principalmente, a qualidade de vida das mulheres de Marabá e também ajudá-las bastante com relação ao crescimento dos seus empreendimentos”, definiu ela. A presidente do CME diz que é preciso consolidar o Conselho no Estado, por isso está vindo prestar todo o apoio para que essas empreendedoras locais se associem e tenham um direcionamento. “Em cada cidade temos um núcleo. E a união deles faz o estadual. Cada conselho tem de ir atrás…

Festejo Junino oficial abre neste sábado, 24, no Complexo Santa Rosa

A Prefeitura Municipal de Marabá acelerou o ritmo de trabalho no complexo esportivo do bairro Santa Rosa e o 32º Arraial Junino já começa a ganhar forma. Equipes da Secretaria Municipal de Obras estão trabalhando na montagem dos espaços da festa junina que começa amanhã, sábado, dia 24. Segundo o coordenador de Serviços Gerais, da SEVOP, Geferson  Souza Cruz, ao todo, 40 barracas estão sendo montadas para compor a praça de alimentação que mede quatro mil metros quadrados. O espaço também contará com um palco para apresentações artísticas. Esse ano a arquibancada será maior, com capacidade para comportar cinco mil pessoas. Além de respeitar acessibilidade, pois, haverá espaço para cadeirantes.“É uma coisa diferente dos outros anos, capacidade para mais gente, mais brilho, mais organizada. E agora é aguardar que a população venha prestigiar e goste daquilo que vai ser apresentado aqui. É uma grande festa popular e com algumas novidades, vamos ter muita atração, uma extensa programação”, enfatizou o secretário municipal de cultura, José Scherer. O festejo junino vai durar oito dias com apresentações de quadrilhas juninas, ao todo, dezesseis e ainda de cinco bois-bumbás. Além de premiações em dinheiro, os grupos disputarão também vagas para representar o município em outros concursos fora da cidade, revelou o secretário.A expectativa da Secretaria Municipal de Cultura, é de que cerca de dez mil pessoas compareçam nos primeiros dias da festa e vinte mil, nas disputas finais, que deve acontecer entre a quinta-feira, dia 29 e o sábado, dia 01. Veja a Programação:  Ord. Atrações Dia 24/06 –…

Convênio de R$ 5 milhões com o Estado garante sinalização do trânsito em Marabá

Na última terça-feira, 20, o prefeito Tião Miranda esteve em Belém para uma solenidade de assinatura do convênio com o Detran a fim de viabilizar a sinalização vertical e horizontal de trânsito em Marabá. O convênio é no valor de R$ 5 milhões e será aplicado na melhoria de toda sinalização urbana, como faixas de pedestres, faixas de meio de pista, sinalização vertical com placas e semáforos, ficando o estado responsável pela execução do trabalho.

O Estado será o executor do trabalho que deve atender as prioridades da sinalização na cidade. Para o secretário de Segurança Institucional, Jair Guimarães, este é um passo importante para melhorar o trânsito, já que a demanda se solicitação das faixas é muito grande. “O valor será bem aplicado nos pontos principais da via urbana, para que o cidadão possa ter mais segurança no tráfego”.

Segundo o prefeito Tião Miranda, aos poucos a cidade começa a ser organizada e o trânsito é também prioridade: “ Marabá precisa de um tráfego mais fluente e mais organizado, este convênio vai nos permitir avançar bastante nesta questão”, afirma o prefeito.O próximo passo é o processo de licitação feito pelo estado, atendendo a demanda já relatada pelo município dos locais prioritários. (Texto e foto: Ascom PMM)

Compartilhe:

Marabá lidera geração de empregos no Pará, mas ainda longe de amparar os 30 mil desempregados no município 

Informação divulgada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), com base nos números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), de maio passado, aponta que Marabá está em primeiro lugar, no Pará, com a geração de maior número de empregos com carteira assinada.

O profissional mais requisitado, ainda segundo o Caged, é o motorista de caminhão. Cento e vinte e seis desses profissionais foram contratados com salário inicial de R$ 1.824,00. Os empregadores são os grupos do ramo de supermercado e atacado, que aos poucos vêm se instalando na cidade.

Depois vêm caixas, embaladores, repositores, fiscais, recepcionistas e outros. Só o Atacadão Carrefour, que inaugurou em maio último, contratou inicialmente, 350 funcionários, enquanto no Líder Magazan, que inaugura na primeira semana de julho próximo, 700 empregad0s de diversos setores já estão contratados e em treinamento.

Mas, os bons ventos não param por aí, empresa que trabalha na duplicação da Estrada de Ferro Carajás, tem perspectiva de contratar 700 trabalhadores em curto prazo; e uma mineradora de pequeno porte que vem se instalando no município está chamando 150 interessados em vagas de servente, operador de escavadeira, operador de máquinas de mineração e operador de motoniveladora.

Assim, ainda de acordo com o Caged, maio terminou com saldo positivo de 339 empregos. Vale lembrar, porém, que ainda estamos longe de amparar os 30 mil desempregados no município, que precisa de mais incentivos do governo, nas três esferas, para diminuir cada vez mais esse número.

Compartilhe:

Vereador Miguelito condenado a perda de mandato

O juiz Amarildo Mazutti, da 100ª Zona Eleitoral, decidiu ontem, 21, por acatar denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE) contra o vereador Miguel Gomes Filho (PP), decidindo, portanto, pela cassação do mandato de Miguelito, como é mais conhecido. Ele foi acusado de conduta vedada, por, segundo o MPE, ter influenciado na contratação de servidores para a Secretaria Municipal de Agricultura, então gerida pelo irmão dele, Pedro Torres da Silva, e também de, durante a campanha para a reeleição, ter se utilizado desses servidores e até de equipamentos da secretaria.

Além disso, no dia da eleição, em 2de outubro de 2016, a Polícia Federal, em investida da casa de Miguelito, encontrou R$ 110 mil em espécie e farto material de propaganda.

Segundo informação do Cartório Eleitoral, cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), em Belém. O que garante a Miguelito seguir no mandato até o julgamento. É que, ao recorrer, o vereador, automaticamente, cria efeito suspensivo da decisão do juiz.

Compartilhe:

Cento e dois anos de prisão para a mãe e para o padrasto de Maria Eduarda

Por 4 a 3 o corpo de jurados cnsiderou culpados, pelo assassinato da menina Maria Eduarda Félix Lourenço, a mãe dela, Maria Rodrigues Félix, e o padrasto, José Soares de Oliveira. O crime aconteceu em 21 de novembro de 2015, em São Domingos do Araguaia, onde também ocorreu o julgamento, que começou na terça-feira, 20, e terminou na noite de ontem, 21. O juiz Luciano Mendes Scaliza condenou Maria Félix a 52 anos e José a 50 anos de cadeia. Os advogados do casal declararam que vão pedir a anulação do julgamento. Argumentam que os acusados são inocentes e que os jurados se deixaram influenciar pela comoção que o caso provocou entre a população.

Entretanto, o ponto decisivo foram os depoimentos das testemunhas de acusação, várias das quais contaram que José assediava constantemente a menina, que na época tinha 10 anos de idade, e acabou por estuprá-la e matá-la, tudo com a conivência da mãe, que, inclusive, ajudou a ocultar o cadáver de Maria Eduarda.

A acusação foi feita pelos promotores Samuel Furtado Sobral e Francisca Suênia Sá. Em defesa dos réus trabalharam os advogados Plínio Turiel, Wandergleisson Fernandes, Arnaldo Ramos e Marcel Afonso.

Compartilhe:

Viagem de Tony Cunha ao exterior rende pedido de explicações da Câmara ao Executivo

Sob o comando da vereadora Irismar Melo (PR), presidente interina, a Câmara Municipal de Marabá teve sessão normal nesta quarta-feira (21). Fora os requerimentos corriqueiros, com pedidos de obras e outros serviços em bairros e localidades de Marabá, o único assunto que mereceu mais atenção foi a repercussão da viagem, ao exterior, do vice-prefeito de Marabá, Antônio Carlos Cunha Sá (Rede) – Tony Cunha –, sem pedido de licença ao Legislativo.

O assunto foi levantado pelo vereador Ilker Morais (PHS), apoiado pelos colegas Marcelo Alves (PT) e Miguel Gomes Filho (PP), com base na repercussão que o fato vem tendo nas redes sociais nas últimas 48 horas. Irismar disse que a Mesa Diretora da Câmara vai enviar consulta ao Executivo para saber quem autorizou a viagem e em que circunstâncias.

Em postagem nas redes sociais, Tony Cunha diz que não é necessário que a CMM o autorize a viajar, afirma que está gastando os próprios recursos financeiros e, e relação às críticas desrespeitosas, repreendeu duramente seus críticos e disse que já é hora de descer dos palanques.

Compartilhe:

Sinobras promove capacitação de motoristas da frota de caminhões para conduzir veículos de forma mais sustentável

Com o objetivo de capacitar melhor os motoristas da frota de caminhões, a Sinobras promoveu, recentemente, o treinamento de condução econômica e sustentável. A capacitação foi realizada com todos os motoristas da empresa, divididos em três turmas. Os motoristas puderam exercitar técnicas como operação, segurança e condução econômica. A condução do treinamento ficou por conta de Érico Guedes, instrutor da Mercedes Benz. Dentre as dicas repassadas, esteve aproveitar a inércia do veículo. “Quando estiverem em uma descida, é só tirar o pé do acelerador e deixar o veículo trafegar sem acelerar, ou seja, sem gastar combustível. Isso é aproveitar a inércia”, explicou o instrutor. Outras técnicas de condução econômica dizem respeito ao gerenciamento da velocidade do veículo. As altas velocidades, além de serem perigosas, consomem mais combustível sem uma compensação significativa de tempo. Já em baixa velocidade, o aumento dentro de um limite controlado, gastará menos combustível e o tempo ganho pode compensar. Ao final do treinamento, os colaboradores realizaram a operação prática no caminhão. Foi feita a medição do consumo de combustível com a aplicação das técnicas e a melhor média de consumo foi de 2,1 litros de óleo diesel em um percurso de 5 Km, antes realizado com 3,0 litros – o que representa uma economia de 30%. De acordo com Wellker Rodrigues de Souza, motorista de caminhão, o treinamento foi proveitoso. “As dicas repassadas serão muito úteis para o desempenho da minha função. Relembrei algumas coisas e sanei as dúvidas que tinha. Agora é só realizar as técnicas com o caminhão carregado…