Cerca de 80 kg de drogas são incinerados no sudeste do PA

Do total de drogas apreendidas, estavam presentes porções de maconha, de “crack” e de cocaína.
 

A Polícia Civil incinerou, nesta quarta-feira (31) cerca de 80 quilos de drogas apreendidas, no primeiro trimestre deste ano, durante operações policiais realizadas em Santana do Araguaia, no sudeste do Pará. Do total de entorpecentes destruídos nos fornos de uma indústria cerâmica 74 quilos foram apreendidos durante operação policial realizada na área da invasão da fazenda Cristalino, por policiais civis e militares, no município.

As drogas foram apreendidas pela equipe da Delegacia do município em parceria com policiais militares da 30ª Companhia Independente da Polícia Militar de Santana do Araguaia, sob coordenação do delegado Ricard Ribeiro. Do total de drogas apreendidas, estavam presentes porções de maconha, de “crack” e de cocaína.

A incineração contou com a presença do delegado Alberone Lobato, titular da Delegacia de Santana do Araguaia, e a parceria de policiais militares e do Ministério Público local

Compartilhe:

Beto Salame ajuda municípios no Ministério da Saúde

Em recente reunião agendada pelo deputado com representantes de outras sete prefeituras no Ministério da Saúde, o secretário executivo do Ministério, em nome do ministro Ricardo Barros, informou que está empenhado na tentativa de liberar “as emendas parlamentares do deputado Beto Salame destinadas aos municípios”.  Antônio Nardi acrescentou dizendo aos prefeitos e secretários que é possível atender uma das principais reeivindicações das prefeituras que seria  a necessidade de ambulâncias novas tipo A, sinalizando inclusive com “a possibilidade de renovação da frota do Samu para cada município presente à reunião e no caso de Santarém atender também  o pedido de uma  ambulancha” para socorrer a comunidade ribeirinha na região do Tapajós.
Participaram da reunião Nélio Aguiar – prefeito de Santarém; José Milesi – prefeito de Itupiranga;  Elcinho – prefeito de São domingos do Capim;  o prefeito de Capanema, Chico Neto e a secretária municipal de Saúde Meire Freitas; Darlan Nascimento – sec. Saúde de Santa Maria do Pará; Eduardo Chaves – secretário de Saúde de Capitão Poço e  Vagner Souza – Assessor Institucional da Prefeitura de Ipixuna do Pará.
Todos agradeceram o empenho do deputado Beto Salame por ter conseguido a audiência no Ministério da Saúde confirmando o compromisso em defesa dos municípios paraenses independente de região ou cor partidária.

Beto Salame com prefeitos secretários de saúde, assessores e o ex-prefeito de Marabá, João Salame..

Dep. Beto Salame e o secretário executivo do Ministério da Saúde, Antônio Nardi.

Compartilhe:

TERMINOU NA TARDE DESTA TERÇA FEIRA O PROTESTO DOS INDÍGENAS NA FERROVIA CARAJÁS

  A Vale informa que a Estrada de Ferro Carajás (EFC) foi liberada na tarde desta terça-feira (30/05), após interlocução com os indígenas que bloquearam a ferrovia no domingo (28/5), no Km 702, no município de Bom Jesus do Tocantins, no Pará. A invasão foi feita por um grupo de indígenas que pretende se separar dos Parkatêjê, da etnia Gavião, localizada na Terra Indígena Mãe Maria. A Vale reitera que desde a implantação da estrada de ferro, nos anos 80, a empresa mantém relacionamento com os Povos Indígenas tendo como base o diálogo aberto e o respeito mútuo com todas as etnias. A Vale também reforça que vem cumprindo com todas as suas obrigações legais e contratuais com o Povo Gavião e esclarece que o processo de separação pretendido por alguns indígenas não compete à empresa. Por conta da interdição, o transporte de passageiros foi suspenso nos dias 29 e 30 (segunda e terça), prejudicando mais de 1.300 pessoas que utilizam o transporte nas viagens diárias entre o Pará e o Maranhão, passando por 27 município e localidades entres os dois estados. A interdição também paralisou o transporte de minérios, de carga em geral, e ainda de combustível que atende a postos das regiões sul e sudeste do Pará. Nesta quinta-feira (1º de junho), o trem de passageiro volta a circular, saindo de São Luís com destino à Parauapebas (PA). Os passageiros que já tinham comprado passagens e não puderam viajar devido à interdição, poderão solicitar remarcação ou reembolso a partir de amanhã (31/5), nas…

EDUCAÇÃO: OBRAS DA ESCOLA CRISTO REI SÃO RETOMADAS 7 ANOS DEPOIS

 

 

Tão logo Tião Miranda assumiu a gestão da Prefeitura de Marabá, em janeiro deste ano, determinou a retomada das obras de construção da Escola Cristo Rei, localizada na Travessa Carajás, no Bairro Jardim União.

O prédio começou a ser construído em 2008 e na gestão do prefeito Maurino Magalhães recebeu um pequeno avanço, mas depois as obras ficaram paralisadas até o início de 2017.

Por intervenção do Ministério Público Estadual, uma nova licitação foi realizada no ano passado, mas só agora as obras iniciaram realmente. A retomada das obras precisou de reconstrução de vários itens por conta de erro de execução e também pelo tempo que ficou abandonada.

Calçadas estão sendo refeitas, algumas paredes demolidas, mas o cronograma prevê que a escola seja entregue à comunidade no final deste ano, para que no início do ano letivo de 2018 mais de 700 alunos sejam matriculados.

Na nova Escola Cristo Rei estão sendo construídas 10 salas de aula, quadra de esportes coberta, laboratório de informática, banheiros, espaços pedagógicos para professores e direção.

A licitação da obra é de R$ 942.317,71 e a empresa responsável é a Construtora Betinho. Os recursos são oriundos do Salário Educação e de recursos próprios da Prefeitura de Marabá.

Compartilhe:

Nazareno Cabeleireiros faz a cabeça dos homens do Cidade Nova há quase 40 anos

Referência no Núcleo Cidade Nova há 37 anos, o Salão Nazareno Cabeleireiros vem se mantendo no mercado por quase quatro décadas graças à dedicação e ao esforço para melhorar a cada dia. “Aqui procuramos nos modernizar sempre, não só em relação a equipamentos, mas também seguindo as novas tendências de cortes masculinos, como e dragradê, por exemplo. Sem deixar para trás, entretanto, o tradicional, pois muitos dos nossos clientes ainda preferem os tipos de cortes conservadores”, afirma Ronaldo Araújo Rocha, proprietário do salão.

E não só de cortes de cabelo vive o Nazareno Cabeleireiros, diariamente é procurado por quem não gosta nem se acostuma com os “prestobarbas” da vida e prefere sentir a afiada lâmina da navalha deslizar pelo pescoço.

“Por dia, em média, atendemos a 60 pessoas que aqui vêm fazer a barba ou cortar os cabelos”, contabiliza Ronaldo, afirmando que nos finais de semana esse número aumenta, por isso já reforçou a equipe com a contratação dos experts Claudemir e Weler.

Serviço

O Nazareno Cabeleireiros fica na Avenida Nagib Mutran, 362, em frente à Sky e atende, de segunda a sábado, das 8h às 20h.

Compartilhe:

Asdrúbal Bentes comemora retomada das obras do Estádio Municipal

  A Prefeitura de Marabá está anunciando a retomada das obras do Estádio Municipal, sonho maior dos desportistas locais, paralisadas desde 2012. Sobre esse assunto, o ex-deputado federal pelo PMDB do Pará e atual superintendente regional do Incra, Asdrúbal Bentes, se diz muito satisfeito, pois foi ele o autor de emendas parlamentares, no valor aproximado de R$ 13 milhões, destinadas à construção da praça esportiva. “Consegui essas emendas em vários exercícios e quando presidi a Comissão de Esportes da Câmara dos Deputados. E ainda captei verba extraorçamentária com o então ministro dos Esportes, meu amigo Orlando Silva”, lembra Bentes. “Pelo que me consta, essa obra ficou parada por conta de problemas com prestação de contas ainda do Governo Maurino Magalhães e que passaram pelo último governo”, explica Asdrúbal o atraso da obra. Ele acredita que o agora prefeito Tião Miranda tenha regularizado essa situação e liberou o recurso ou vai tocar a obra com recursos próprios. “Não se constrói na nada sem recursos”, lembra o ex-deputado. Incra Sobre pessoas que estão se fazendo passar por servidores do Incra e pelo próprio Asdrúbal e vendendo georreferenciamento, Bentes diz que já fez um alerta público e avisa que, caso saiba que essa prática desonesta continua a acontecer, irá até as últimas consequências para identificar  os criminosos e levá-los á área criminal. No final da manhã desta terça, Asdrúbal Bentes seguiu para Conceição do Araguaia, no sul do Estado, onde se encontrou com o ministro da Integração Regional, Helder Barbalho, oportunidade em que reivindicou recursos para a superintendência…

Pagamento de dezembro dos concursados ainda sem previsão

O pagamento dos salários de dezembro, dos servidores concursados, e visa-vales atrasados desde o governo passado, continua na estaca zero, foi o que disse nesta manhã ao blog o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Marabá (Servimmar), José Edmilson Almeida.

Ele contou que há uma semana manteve reunião com o secretário municipal de Planejamento, Karam El Hajjar, mas a resposta foi a mesma, por enquanto ainda não há previsão de pagamento nem de reajuste salarial.

“Nossa data-base, de servidores de nível médio e superior é agora, em maio, mas o governo ainda não tem uma posição, estamos aguardando”, disse Edmilson, antecipando que a única informação sobre pagamentos é de que, possivelmente até 5 de junho, a prefeitura pague mais um lote de contratados da administração passada que recebiam até R$ 1.700,00

Sobre o abatimento em 10% do adicional de periculosidade dos servidores da Saúde, José Edmilson disse que o Ministério Público solicitou informações da prefeitura sobre os critérios empregados para aplicar a redução e que a Procuradoria do Município já teria respondido, mas ele desconhece o teor da resposta.

 

Compartilhe:

Greve continua com ações de conscientização aos pais dos estudantes sobre os motivos da paralisação

Conforme a coordenação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), mais de 50 escolas da rede pública municipal já aderiram à greve em protesto pela aprovação do Novo PCCR da Educação, na última semana. Na manhã desta terça-feira, 30, os sindicalistas prosseguiram o trabalho de conscientização iniciado ontem, com os pais dos alunos.

A mobilização hoje foi nas escolas do Núcleo São Félix, com reuniões nas quais a direção do sindicato explica aos pais ou responsáveis pelos estudantes os motivos da paralisação, fala sobre a reposição dos dias parados e também sobre os vereadores que votaram pela aprovação do projeto, considerado prejudicial à categoria dos educadores.

“Aos poucos a categoria, os pais e as mães estão entendendo os motivos da greve neste momento. Não só por conta do Plano de carreira, mas porque temos uma pauta para discutir com o governo, que precisa sentar conosco”, afirma Joyce Rebelo, coordenadora-geral do Sintepp local.

“Estamos tentando uma negociação com o governo, na próxima quinta-feira, dia 1º de junho, mas ainda não tivemos confirmação”, informou ela, complementando que na sexta-feira, 2, haverá um ato cultural, na Praça Duque de Caxias, Velha Marabá, como parte das manifestações.

Compartilhe:

Unip leva conscientização ambiental à Praia do Tucunaré

Uma turma de 20 alunos do Curso de Administração da Unip (Universidade Paulista) – do Grupo Aqui você Pode – estará na Praia do Tucunaré no próximo domingo, dia 4, na Praia do Tucunaré, principal ponto turístico de Marabá, levando consciência ambiental aos frequentadores daquele balneário.

Ouvida pelo Blog Zeca News, a coordenadora regional da Unip, em Marabá, Erika Bastos, disse que os alunos distribuirão sacolinhas plásticas aos banhistas e, ao mesmo tempo, conversará com eles sobre as vantagens, para o meio ambiente, de não jogar lixo na areia da praia ou nas águas do rio.

Quem visitar a tenda da Unip na praia, além de ganhar água ou refrigerante gelado, vai ter informações sobre os cursos de graduação oferecidos pela instituição: Administração, Contabilidade, Serviço Social e Recursos Humanos.

“Os nossos cursos, são semipresenciais, de segunda a quinta-feira, com especialistas e mestres. Os três primeiros custam R$ 189,00, por mês, e o de RH, R$ 169,00”, informa Erika, complementando que, caso fosse em São Paulo, o aluno pagaria entre R$ 800,00 e R$ 900,00.

“Isso, porém, não interfere na qualidade do curso, pois o diploma é o mesmo de São Paulo, reconhecido pelo Ministério da Educação e válido no País inteiro”, ressalta ela, observando que o tempo de aula também é diferenciado, com o aluno entrando às 18h30 na sala e saindo às 20h10. Ou seja, tempo total de uma hora e 40 minutos, sem prejuízo ao aprendizado, por ser menos cansativo.

Compartilhe: