PA: Segundo dia de greve dos professores estaduais é marcado por atos na capital e interior

A greve dos professores da rede estadual do Pará chega ao segundo dia nesta quinta (3). O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) informou que a categoria quer uma rodada de negociações com o Governo do Estado para reivindicarem pautas da categoria. Os trabalhadores organizaram protestos em Belém e em municípios do interior do Pará.

A categoria pede: pagamento atualizado do piso salarial; reajuste salarial; unificação do plano de cargos e carreiras; reforma de escolas; e garantia da segurança no ambiente escolar. (G1/PA)

MAIS
Em Redenção estão ocorrendo aulas normalmente nas escolas estad

Compartilhe:

SEDUC-PA afirma que apenas 2% das escolas aderiram ao movimento de greve

Na tarde de ontem, 2/5/2018, as redes sociais e parte da imprensa divulgaram que em torno de 75% das escolas teriam aderido ao movimento de greve dos trabalhadores da educação. O teor de uma Nota de Esclarecimento publicada ontem pela Secretaria de Estado da Educação mostra que Simão Jatene não está disposto a ceder à pressão dos educadores. Em contato com Assessoria de Comunicação da SEDUC-PA (ASCOM), através da Agência Pará de Notícias, foram disponibilizadas as informações abaixo: A paralisação deflagrada na manhã desta quarta-feira (2) pelo Sindicato dos Professores em Educação Pública não impediu que quase 98% das escolas estaduais funcionassem normalmente em todo o Estado, conforme levantamento parcial feito pela Secretaria de Educação (Seduc). De 869 escolas no interior e 348 localizadas na Região Metropolitana de Belém, apenas cerca de 2% suspenderam as aulas, apontam os números parciais. Das escolas sob jurisdição das 18 Unidades Seduc na Escola  (Uses), 239 funcionaram normalmente pela manhã. Apenas 25 paralisaram parcialmente e 17 suspenderam as aulas. No interior, 580 suspenderam suas atividades parcialmente, e sete não funcionaram. Em Belém, no Bairro de Nazaré, houve aula normal na Escola Dr. Ulysses Guimarães. De acordo com a coordenadora pedagógica da instituição, Márcia Roberta Martinez, o funcionamento ocorreu sem problemas. Na “Ulysses Guimarães” estudam 1.250 alunos do ensino fundamental e médio (1º e 2º anos em tempo integral), e atuam 55 professores. As aulas também foram ministradas na Escola Estadual Magalhães Barata, localizada no Bairro do Telégrafo, onde estudam 1.370 alunos e trabalham 88 professores. A paralisação não afetou as aulas, e somente…

profissionais trocam de papel no Hospital Regional de Marabá

Nesta quinta-feira (3/5), 14 colaboradores do Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá (PA), viverão a rotina de colegas para saber como funcionam os processos de outras áreas. O projeto ‘Sentindo na Pele’ é uma estratégia da unidade para integrar os setores e reforçar a importância de cada profissional no atendimento aos usuários da unidade.

Gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Hospital Regional de Marabá realiza esta ação como parte da programação alusiva ao Dia do Trabalhador, celebrado no dia 1º de maio.

Compartilhe:

VIOLÊNCIA: DOIS MORTOS E UM BALEADO EM SÃO DOMINGOS DO ARAGUAIA

um duplo homicídio foi registrado na noite desta terça-feira (1º) em São Domingos do Araguaia, a 56 quilômetros de Marabá. Uma terceira pessoa também foi baleada, mas não corre risco de morte.

As vítimas foram identificadas como: Railson Soares dos Santos, 19 anos e Samir Pinheiro dos Santos, de 18, as quais vieram a óbito. O outro baleado, sem gravidade, tem 13 anos.

De acordo com a Polícia Militar, a guarnição foi acionada por volta de 20 horas, dando conta de que vários disparos haviam sido ouvidos na Rua Mogno, Bairro São Luiz. Ao chegar ao local, os militares encontraram já sem vida Railson dos Santos.

Ainda segundo os militares, Railson tinha várias passagens pela polícia por envolvimento com tráfico de drogas e que ele estava sendo ameaçado por um comparsa do passado devido um desentendimento que houve entre os dois.

No local do crime, os militares também foram informados de que outra pessoa, que no momento dos disparos estava passando a alguns metros dali havia sido alvo de bala perdida e que havia sido socorrida ao Hospital Municipal. A vítima identificada como Samir Pinheiro dos Santos não resistiu e também veio a óbito.

Durante buscas, os militares foram informados de que uma terceira pessoa também havia sido baleada, sem gravidade. A equipe do Instituto Médico Legal de Marabá fez a remoção dos corpos. Ninguém foi preso.

Compartilhe:

Fraude pode ter beneficiado empresário com quase R$4 milhões em Parauapebas, denuncia MP Entre os investigados estão ex-chefe de gabinete da prefeitura, Controlador-Geral do município, um agente da Controladoria e um empresário.

Uma ação civil pública do Ministério Público do Pará (MPPA) denuncia irregularidades na licitação de empresas para promoção de shows e eventos em Parauapebas, sudeste do Pará. De acordo com a denúncia, um empresário e uma empresa se beneficiaram diretamente com quase R$4 milhões de dinheiro público gasto indevidamente. Entre os investigados está o chefe de gabinete da prefeitura Edson Luiz Bonetti que, segundo a promotoria de Justiça, pediu afastamento do cargo logo após o início das investigações. Também são alvos da ação o chefe da Controladoria Geral do Município, Cristiano Cesar de Souza e o agente da Controladoria, João Álvaro Dias; além do empresário Webertron Alves da Costa; a empresa W. Alves da Costa Eireli. O G1 não conseguiu contato com os envolvidos na ação mas aguarda posicionamento. A Justiça determinou a indisponibilidade dos bens dos réu8s até a garantia do eventual pagamento da quantia de R$3.697.180, além de decretar a quebra de sigilo bancário dos investigados. Foi determinado ainda que os agentes públicos denunciados fossem imediatamente afastados dos cargos pelo prazo máximo de 180 dias. Segundo o MPPA, os réus foram notificados para oferecerem manifestação por escrito dentro do prazo de quinze dias. Fraudes em licitações Na ação o promotor Hélio Rubens Pinho Pereira diz que em janeiro de 2017, o então chefe de gabinete determinou a contratação de serviços cujo valor inicial da adesão foi de R$3.000.780. O pregão previa a locação, instalação, manutenção e desinstação de som, palco com camarim, iluminação cênica, painéis de LED, grupo gerador, tendas e banheiros químicos para serem…

Chacina de Pau D’arco: PF cumpre mandados no Pará, Rio de Janeiro e Goiás

Polícia Federal cumpre, nesta quinta-feira (03), 12 mandados de busca e apreensão relacionados a chacina de “Pau D’Arco”. A ação da PF está sendo realizada nos Estados do Pará, Rio de Janeiro e em Goiás, sendo sete em Redenção, três em Belém, um no Rio de Janeiro e um em Goiânia.
Segundo a PF, essa fase da investigação busca elucidar a eventual participação de outras pessoas, que poderiam ter recebido ou ofertado qualquer tipo de vantagem relacionada ao cumprimento das ordens de prisão dos posseiros acampados na Fazenda Santa Lúcia, no dia 24 de maio de 2017, na cidade de Pau D’Arco, que resultou na morte de 10 pessoas.
Ainda na manhã de hoje, o delegado Rômulo Rodovalho falará com a imprensa e divulgará detalhes da ação.
O CRIME

O crime ocorreu do dia 24 de maio do ano passado, quando 10 trabalhadores foram mortos durante uma ação de reintegração de posse realizada por policiais militares na fazenda Santa Lúcia, em Pau D’Arco. Na ocasião, os polciais envolvidos na ação adulteraram a cena do crime.
Trabalhos de perícia no local e exames de balísticas comprovaram que não houve confronto entre policiais e trabalhadores, e o próprio Governo que chegou a admitir que o caso foi uma execução. O caso de Pau D’Arco foi a maior chacina no campo do Estado desde o massacre de Eldorado dos Carajás.
(DOL)

Compartilhe:

PRF PRENDE TRAFICANTE E APREENDE MAIS DE 22 KG DE COCAÍNA EM ÔNIBUS

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na terça-feira (1º) um homem por tráfico de drogas e apreendeu com ele mais de 20 quilos de cocaína. O flagrante aconteceu em um ônibus de passageiros da linha Altamira – Marabá, na BR-010, no sudoeste do Pará.
A prisão em flagrante foi no início da noite, quando policiais rodoviários federais realizavam fiscalização de transporte de passageiros no km 570 da rodovia, no município de Altamira. Durante a fiscalização, os agentes abordaram o ônibus, onde foram encontradas duas malas com 20 tabletes de substância análoga à cocaína, totalizando, aproximadamente, 22,3 kg.
O proprietário da mala foi identificado e preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Todo entorpecente foi apreendido e encaminhamento à Polícia Civil para os procedimentos legais.
 

Compartilhe:

Polícias Civil e Militar em atuação nas buscas à quadrilha de assaltantes em Brasil Novo

Sobre o caso do assalto a agência do Banco do Brasil, ocorrida na madrugada desta terça-feira, 1°, no município de Brasil de Novo, sudoeste paraense, a Polícia Civil informa que agentes de segurança já foram deslocados para o local a fim de atuarem nas buscas à associação criminosa. Dentre as medidas adotadas estão a atuação de policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação de Altamira (NAI) e da Superintendência Regional do Xingu, além de policiais militares da região de Altamira que também foram deslocados de imediato para Brasil Novo. De Belém, foram acionados policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Antisequestro (DRRBA), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e policiais militares da Companhia de Operações Especiais (COE). A Polícia Civil esclarece que segundo informações preliminares, por volta de 2h da madrugada, cerca de nove homens armados com fuzis e espingardas calibre 12 chegaram ao município em, pelo menos, dois veículos. Parte do grupo passou a atirar em direção ao destacamento da PM para conter os policiais, enquanto os demais foram até a agência e invadiram o prédio a tiros. Em seguida, usaram explosivos para abrir o cofre. Na fuga, os criminosos pegaram cinco moradores como reféns. Eles foram levados nos veículos até a saída da cidade, onde foram liberados. Ninguém ficou ferido. Depois, os assaltantes tomaram rumo em direção ao município de Altamira. Na estrada, um dos veículos, modelo Fiat Uno, usado pelo bando, foi incendiado sobre uma ponte. O grupo seguiu pela estrada vicinal conhecida como…

CONTA DE LUZ: MAIO COMEÇA COM BANDEIRA TARIFÁRIA MAIS CARA

 

Com a entrada no mês de maio, os consumidores sentirão um aumento nas contas de luz. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mudou a bandeira tarifária de verde para amarela.

O valor cobrado com a alteração será de R$ 1 a cada 100 kilowatts hora (kWh) consumidos. Segundo a Aneel, a mudança ocorre em razão do final do período chuvoso.

Com o início do período seco, cai o volume de chuva sobre os reservatórios das principais usinas hidrelétricas geradoras do país. Com isso, há a necessidade de se fazer uso da energia produzida pelas usinas termelétricas, que têm maior custo de produção.

Composto pelas cores verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2), o sistema de bandeiras foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica.

Com a adoção da bandeira amarela, a Aneel aconselha os consumidores a adotar hábitos que contribuam para a economia de energia, como tomar banhos mais curtos utilizando o chuveiro elétrico, não deixar a porta da geladeira aberta e não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar-condicionado. (Com informações da Agência Pará)

 

Compartilhe:

Em dois dias, 30 mortes na Grande Belém

vida da família Dias nunca mais será a mesma. Isso porque na noite do último domingo (29), uma chacina resultou na morte de uma idosa e de um garoto de 13 anos, além de ter deixado três pessoas baleadas, dentro da própria casa. O crime aconteceu na passagem 24 de Dezembro, bairro Terra Firme, em Belém. Na manhã seguinte, a vizinhança estava movimentada, com os moradores em frente a casa comentando o assunto, chocados com o ocorrido e prestando solidariedade à família das vítimas. Ao todo, 30 pessoas morreram Grande Belém, nos últimos dois dias. Na residência, vivia toda a família: avó, filhos, noras e netos. A matriarca, Maria Izabel Marques Dias, 63, era costureira. Ela exercia seu ofício dentro de casa quando um grupo de homens chegou em quatro motocicletas, desceu e começou a primeira sequência de tiros. Uma das netas, a universitária Patrícia Santana Dias, 23, estava na calçada e foi a primeira a ser atingida. Quem conta a história é um dos familiares das vítimas, que preferiu não se identificar. Segundo ele, o grupo de atiradores agiu com tranquilidade e precisão, o que leva a crer que já teriam experiência com armas. “Eles eram altos e fortes. Agiram com muita organização e calma. Deram várias sequências de tiros, quase 50 disparos, sempre do lado de fora de casa, disparando sem ver a quem”, relata. De acordo com ele, a tragédia só não foi pior porque um dos membros da família conseguiu fechar toda a casa e segurar a porta, na tentativa de…