Líder que denunciava Hydro e teve proteção de vida negada pelo Governo é assassinado

Paulo Sérgio Almeida Nascimento, 47 anos, foi morto com quatro tiros por volta de 3h30 desta segunda-feira (12). Paulo era um dos representantes da Associação dos Caboclos, indígenas e Quilombolas da Amazônia (CAINQUIAMA), que desde de 2017 já havia cobrado da prefeitura de Barcarena se a empresa Hydro possuía autorização para construção das bacias de rejeito. A execução, infelizmente, não surpreende. Em documento protocolado pelo 2° promotor de Justiça Militar Armando Brasil Teixeira em 19 de janeiro, já são pedidas “garantias de vida aos representantes da referida associação” diante das ameaças que estavam recebendo: Foto: Reprodução Em 6 de fevereiro, o pedido, no entanto, foi negado por Jeannot Jansen, então Secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Pará. No documento, Jansen cita programas de apoio e proteção, como o Provita, PPCAM e Programa de Proteção a Defensores de Direitos Humanos, aparentemente sugerindo que algum deles sim teria que ser buscado para tentar garantir a segurança dos representantes da associação. Dias antes, mais especificamente no dia 1°, outro representante da CAINQUIAMA, Bosco Oliveira Martins Júnior, com ajuda do advogado Ismael Moraes, também havia protocolado um pedido de proteção junto ao Governo de Jatene, o que também foi ignorado. Apesar do documento listar ameaças feitas via mensagens de WhatsApp e também relato de casos pessoais, que citam inclusive um capitão da PM identificado como “Gama” e outro militar identificado como José, o parecer de Jeannot foi negativo, obrigando Bosco e sua família a sairem de Barcarena e precisar se esconder para sobreviver. Nas ameaças, até mesmo uma…

MAM debate desastre de Barcarena na Unifesspa

Nesta quarta-feira (14), às 18h, o Movimento dos Atingidos pela Mineração (MAM) e a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) realizam o pré-encontro acional do MAM, com o tema “Mineração: um debate urgente e necessário – violações e impactos socioambientais em Barcarena-Pará”. O evento será realizado no auditório do Campus I da Unifesspa, na Folha 31, Nova Marabá. Os debatedores serão Samuel Willy dos Santos Amorim e Charles Trocate, ambos do MAM; e o professor Fernando Michelotti, da Unifesspa. Além dessas duas instituições, o evento tem apoio também do Clacso – Grupo de Trabajo Pensamiento Geográfico Critico Latinoamericano. O assunto está em pauta devido ao vazamento de rejeitos químicos das atividades de processamento da mineradora Hydro Alunorte, de capital norueguês, reconhecida como a maior refinaria de bauxita do mundo. O vazamento atingiu 13 comunidades ribeirinhas, que dependem dos recursos naturais dos igarapés Bom Futuro, Gurajuba e dos rios Murucupi e Tauá, na bacia do rio Pará, em Barcarena. Por conta disso, os Estados brasileiro, norueguês e empresas mineradoras instaladas em Barcarena, no Pará, serão denunciados em organismos internacionais por violações a direitos humanos e crimes ambientais contra as comunidades tradicionais da região. O anúncio foi feito, em Belém, pelo deputado Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa dos Direitos do Consumidor (CDHDC) da Assembleia Legislativa do Pará. De acordo com o relatório elaborado pelos deputados paraenses, após diligência realizada no dia 23 de fevereiro, para apurar as denúncias de vazamento da mineradora norueguesa Hydro Alunorte ocorridas nos dias…

Mercado de Trabalho: treinamento no Hospital Galileu provoca reflexão sobre plano de carreira

Fazer uma faculdade e depois ingressar no mercado de trabalho podem parecer o plano perfeito para muitos. Porém, essa fórmula nem sempre dá certo. Você já se perguntou porque escolheu a profissão na qual atua? “O coach pergunta muito ‘Qual é a sua missão?’, ‘Você veio aqui para ganhar dinheiro ou para cuidar de pessoas?’, porque nem sempre as pessoas estão trabalhando pelos motivos certos”, contou a enfermeira de Educação Continuada, Wanessa Silva. Ela atua no Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém (PA), unidade gerida pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), que na última semana reservou quatro dias para promover uma reflexão entre enfermeiros e técnicos de Enfermagem sobre como eles se enxergam dentro da profissão que desenvolvem, o papel de cada um no hospital e no cuidado com os pacientes. O treinamento foi ministrado pelo coach, Kotaro Tuji Neto, formado em administração de Pessoas com especialização em Gestão de Recursos Humanos. Em palestras de uma hora de duração, realizadas no auditório da unidade, Kotaro teve a oportunidade de falar com enfermeiros e técnicos sobre o tema “Ser e Estar na Enfermagem” e provocou neles uma reflexão sobre sua missão de vida em relação à profissão. “O maior recurso que temos é o tempo, e se passamos a maior parte do nosso tempo no trabalho, precisamos repensar como estamos utilizando o maior recurso que temos”, afirmou o coach. Ser e Estar na Enfermagem Segundo a diretora Assistencial da unidade, Daniela Castro, a ideia de levar…

Álbum de figurinhas da Copa do Mundo traz novidades e será lançado no domingo

Com a presença do ex-jogador Cafu, a Panini apresentou nesta segunda-feira, 12, o álbum de figurinhas oficial da Copa do Mundo Fifa Rússia 2018. A publicação começará a ser vendida na próxima segunda, 20. Na sexta-feira, 16, já será possível comprar os pacotes com os cromos nas bancas. Antes, no dia 18, haverá ação envolvendo 40 jornais no Brasil (o álbum virá junto com os jornais). “Esse é um momento muito especial para a Panini. É o lançamento oficial de um produto que é aguardado por milhares de fãs. Ficou muito lindo. Trabalhamos e investimos bastante nele, nossa produção tem feito 8 milhões de pacotes por dia, com cinco figurinhas em cada. Acredito que vamos bater todos os recordes de vendas com esse álbum”, afirmou José Martins, presidente da Panini no Brasil. Martins também destacou que muitos dos caminhões saem da fábrica com escolta, pois é um produto muito desejado. O evento de lançamento do álbum foi feito na fábrica da Panini em Barueri, na grande São Paulo. Enquanto os executivos da empresa falavam sobre a publicação, ouvia-se ao fundo o barulho das máquinas trabalhando sem parar. “Essa fábrica fornece figurinhas para a América Latina. A da Itália fornece para o resto do mundo”, comentou Martins, lembrando que a Panini faz os álbuns da Copa desde 1970. “Será a primeira vez sem a seleção da Itália.” No álbum, cada seleção tem 18 figurinhas dos jogadores, o escudo da confederação e uma imagem do time posado. A publicação segue a ordem dos grupos da Copa, do…

Aprenda cinco truques tecnológicos simples para salvar seu dia a dia

Que o brasileiro adora uma “gambiarra” para resolver problemas rapidamente, a gente sabe. Agora, você sabia que uma série de truques cotidianos podem melhorar sua relação com a tecnologia? O site ‘Olhar Digital’ divulgou quatro dicas que podem facilitar seu dia a dia de forma prática. Confira: Internet fraca? Se você já tentou mudar o roteador de lugar, mas o sinal do Wi-Fi continua fraco, temos um truque que pode ser rápido e barato: papel alumínio. Para melhor o direcionamento do sinal em determinado cômodo da casa, experimente colocar o papel alunínio em formato de “U” por trás da antena. Assim, o sinal do Wi-Fi melhora para o lado que está “sem a barreira”. Pesquisadores da Universidade Dartmouth garantem que o truque funciona.   Pilha carregada? Caso esteja na dúvida se a pilha está carregada, ou não, a reportagem garante que basta jogar o objeto no chão. Parece estranho, mas é isso mesmo. Primeiro, se posicione perto de uma superfície firme (que não seja de madeira). Depois jogue a pilha, em pé, de uma altura de aproximadamente 20 centímetros. Agora, a “magia”: se a pilha pular, é porque não está com 100% de carga. Quanto maior o pulo, menor a carga. No entanto, se a pilha tombar logo após encostar na superfície, é porque ela está carregada. Vale ressaltar que o teste não funciona com pilhas recarregáveis. Controle da televisão está funcionando? Está na dúvida se o controle da TV parou de funcionar? Aponte seu dispositivo em direção à câmera frontal ou traseira do seu…

‘Redes sociais não têm o poder de eleger ninguém’, diz especialista

O diretor de Comunicação e Marketing da Fundação Getulio Vargas (FGV), Marcos Facó, especializado em marketing digital pela Universidade de Harvard, tem uma má notícia pra quem enxerga nas redes sociais o caminho para uma vitória eleitoral: “As agências de marketing e consultorias querem criar um novo mercado e ficam alimentando um mito em torno do poder das redes sociais em uma eleição. Elas são só mais uma ferramenta. Não têm o poder de eleger ninguém.” Para ele, o grande problema de quem aposta no poder das redes é achar que o eleitor brasileiro é aquele que vive nos grandes centros. “A TV e o rádio ainda são os melhores meios de penetração nos rincões do País.”. Leia, a seguir, sua entrevista Qual será o peso das redes sociais nas próximas eleições? Sou defensor das redes sociais, mas elas não serão as responsáveis pela vitória de um candidato. A nossa tendência é imaginar que todo mundo usa Waze, Uber, tem smartphone, 4G… Mas o Brasil é muito grande. Fora da bolha de quem mora em grandes centros ou é formador de opinião, o alcance dos meios digitais é muito menor. As agências de marketing e consultorias querem criar um novo mercado e ficam alimentando um mito em torno do poder das redes sociais em uma eleição. Elas são só mais uma ferramenta. Não têm o poder de eleger ninguém. Então, faz sentido os partidos brigarem tanto pelo tempo de TV? Quando a gente fala do poder de influência das redes sociais estamos falando dos eleitores…

Lâmpadas de LED combatem o desperdício e ajudam a economizar

Mudanças de hábitos domésticos também contribuem para um uso mais eficiente de energia elétrica  Na iluminação da casa ou no empreendimento comercial, o ideal é não acender lâmpadas durante o dia e aproveitar, ao máximo, a luz natural. A iluminação de LED é a mais indicada para quem busca maior durabilidade e economia. Além da diferença significativa na hora de acertar as contas, o uso da LED vem sendo discutido amplamente no Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (ONU Meio Ambiente). Em divulgação recente, a ONU apresentou interesse em aumentar parcerias que fomentem iniciativas que produzam inovações tecnológicas no setor de iluminação. O grande interesse nesse momento, está voltado para países que possuem energia pouco sustentável e que dependem de carvão, a exemplo da Índia – que segundo a ONU é o terceiro maior emissor de gases do efeito estufa, seguido pelos Estados Unidos e da China.  E uma das iniciativas que vai ajudar na redução do gás carbônico, prejudicial aos seres humanos e ao planeta, será investir pesado na eficiência energética. Em tecnologias cada vez mais sustentáveis, incorporando a elas, o uso de produtos de LED para iluminação urbana e doméstica. Para o líder de Eficiência e Inovação da Celpa, Hugo Cardoso, a lâmpada dessa categoria pode durar até 25 vezes mais que uma incandescente e 10 vezes mais que uma fluorescente, por exemplo.  A economia é em cerca de 80% na conta de energia. Hugo, enfatiza que a Distribuidora já vem se preocupando com o consumo consciente de energia e com o uso das LED’s.…

MARABÁ: MOTOCICLISTA MORRE ESMAGADA POR CAMINHÃO

 

12 de Março de 2018

 

No início da noite desta segunda-feira (12), um grave acidente foi registrado na rotatória do Km 6, que interliga às BR-230, BR-222 e BR-155. Uma motociclista morreu esmagada por uma carreta, que transportava uma retroescavadeira.

A mulher, identificada como Valéria Noronha de 35 anos, teve morte instantânea. Na garupa da motocicleta, ela levava a filha, uma adolescente de 12 anos, que sofreu fratura exposta em uma das pernas e foi levada para o Hospital Regional de Marabá.

Compartilhe:

Oncológico Infantil reforça empoderamento entre mulheres

Morando em Belém há quatro anos para acompanhar o tratamento que o filho faz contra o câncer infantojuvenil,  Lenilda do Nascimento percebeu que a vida que levava como dona de casa em Parauapebas não daria certo na capital. “Precisei buscar alternativas para me sustentar, pagar as contas de casa”, lembrou a mãe. Os primeiros passos para a mudança na vida de Lenilda foram dados dentro do no Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, com a participação nos programas que a unidade, gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), desenvolve buscando o empoderamento de acompanhantes, usuárias e colaboradoras. Lenilda é uma das mães que sempre participa do Canto da Empreendedora, feirinha mensal realizada dentro do hospital para estimular a geração de renda para as famílias. Famosa pelo sabor de suas comidas, ela resolveu se inspirar nas próprias clientes, as colaboradoras do hospital, e assumiu novos desafios para garantir o sustento da família, que aumentou no último ano. “Sempre conversei muito com as funcionárias daqui. Elas me incentivavam a buscar mais e agora estou fazendo um curso de manicure. Ainda não terminei, mas o que consigo com as primeiras clientes, tem ajudado nas contas da casa’, disse ela. A história de Lenilda se confunde com a de muitas mulheres que estão no Oncológico Infantil para acompanhar os familiares em tratamento ou mesmo com a de mulheres que trabalham na unidade. Histórias de lutas, perdas e conquistas que foram compartilhadas em uma roda de conversa, realizada…

Profissionais mais elogiados do ano são homenageados no Hospital Regional do Sudeste do Pará

  Reconhecimento. Essa palavra define o que a técnica de Enfermagem, Niketty Francisca Araújo Rocha, sentiu ao ser homenageada pelo Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá (PA), como uma das profissionais mais elogiadas do ano na unidade. A homenagem aconteceu por meio do projeto ”Elogiados 2017”, que certificou neste mês de março, os colaboradores que se destacaram ao longo do ano, na opinião dos usuários que passaram pela unidade. Para Niketty, o sentimento de saber que seu trabalho é reconhecido pelos pacientes atendidos por ela, não tem preço. “É uma forma do usuário reconhecer o nosso trabalho e assim a gente consegue saber se estamos agradando ou não”, disse. Quem também se sentiu valorizada pela homenagem foi a técnica de Enfermagem, Rosa de Fátima Soares da Silva. Ela foi uma das profissionais mais elogiadas em 2017. “Para mim é gratificante. Eu trabalho na Enfermagem porque é a área que eu me identifico, e quando a gente se identifica, a gente passa a trabalhar com amor, com carinho, com boa vontade, com o intuito de melhorar a cada dia. Então, isso é valoroso para todos nós”, declarou. Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) O Hospital Regional do Sudeste do Pará é gerido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), que desde 2014 realiza o projeto “Elogiados” como forma de reconhecer e motivar seus colaboradores. Os elogios e críticas ao atendimento e aos colaboradores da unidade são colhidos…