intomas de câncer de pâncreas muitas vezes passam despercebidos

São sinais, por exemplo, do câncer de pâncreas. A doença pode ser fatal e, segundo uma organização beneficente britânica, um em cada três adultos acaba ignorando seus sintomas. Nikki Davies foi diagnosticada com câncer de pâncreas em março, aos 51 anos. O tumor dela foi identificado logo no início, o que fez com que ainda fosse possível removê-lo cirurgicamente. “Eu tive muita sorte que o meu pôde ser retirado na operação e que não tinha se espalhado ainda, pelo menos até onde se sabe”, conta Nikki. “Minha dica para as outras pessoas é que ninguém conhece melhor seu corpo do que você mesmo. Então fique atento aos sinais, para saber quais são os sintomas, e fale com seu médico se notar qualquer coisa que não seja normal para você”, recomenda. Nikki começou a suspeitar que havia algo errado quando passou a sentir uma dor muito forte no estômago. “Acredito que, no fundo, você sabe quando há algo errado. No meu caso, foi a dor. Era como se tivesse um animal me devorando por dentro. Sentia dor nas costas também, entre os ombros. E perdi muito peso bem rápido”, relembra. “Eu não sabia nada sobre câncer de pâncreas antes do meu diagnóstico e certamente não sabia nada sobre os sintomas”, completa. Conheça os sinais Atualmente, apenas uma em cada 10 pessoas diagnosticadas com câncer de pâncreas sobrevive mais do que cinco anos. Isso acontece principalmente porque os pacientes são diagnosticados tardiamente, quando as opções de tratamento já são muito limitadas, segundo a Pancreatic Cancer UK, organização…

Site gratuito melhora a resolução das suas fotografias sem qualidade

Menos de uma semana depois de surgirem informações sobre um experimento que usa inteligência artificial para melhorar a qualidade de imagens em baixa resolução, apareceu um site que faz esse trabalho de forma fácil, rápida e gratuita.

A página se chama Let’s Enhance. Só o que o internauta precisa fazer é criar uma conta no serviço, selecionar a imagem que deve ser melhorada e esperar pelo processamento — nos nossos testes, levou cerca de dois minutos.

Depois desse tempo, você pode escolher entre os filtros “anti-jpeg”, “boring” e “magic” — o The Next Webconcluiu que o melhor para fotos é o “magic”, enquanto o “boring” funciona bem para remover ruídos em logos e elementos de design gráfico.

O site não oferece resultados perfeitos, mas é surpreendentemente bom para uma ferramenta gratuita. Fotos pixelizadas devido ao uso do zoom, por exemplo, chegam a ficar tão boas com o “magic” que um leigo sequer notaria alguma diferença.

Compartilhe:

Missa não é espetáculo para foto”, afirma papa Francisco

A Praça S. Pedro acolheu milhares de fiéis para a Audiência Geral desta quarta-feira, 8, ensolarada de outono no Vaticano. Após saudar os peregrinos de papamóvel, ao se dirigir a eles o Papa Francisco anunciou um novo ciclo de catequeses depois concluir na semana passada a série sobre a esperança. A partir de agora, o tema será dedicado ao “coração” da Igreja, isto é, a Eucaristia. Para Francisco, é fundamental que os cristãos compreendam bem o valor e o significado da missa, para viver sempre mais plenamente a relação com Deus. “Não podemos esquecer o grande número de cristãos que, no mundo inteiro, em 2000 anos de história, resistiram até a morte para defender a Eucaristia; e quantos, ainda hoje, arriscam a vida para participar da missa dominical.” De fato, Jesus diz aos seus discípulos: “Se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. (João 6,53-54)” O Papa então manifestou o desejo de dedicar as próximas catequeses para responder a algumas perguntas importantes sobre a Eucaristia e a Missa, para redescobrir, ou descobrir, como a fé resplende o amor de Deus através deste mistério. Francisco citou o Concílio Vaticano II, que promoveu uma adequada renovação da Liturgia para conduzir os cristãos a compreenderem a grandeza da fé e a beleza do encontro com Cristo. Um tema central que os padres conciliares destacaram…

Nova Lei Maria da Penha: Temer veta concessão de medida protetiva pela polícia

O presidente Michel Temer publicou com vetos a lei que altera a Lei Maria da Penha, que foi criada com o objetivo de aumentar o rigor das punições sobre crimes domésticos, em especial a homens que agridem física ou psicologicamente uma mulher. Foi vetado o artigo que permitiria à autoridade policial conceder medidas protetivas de urgência em casos em que houver “risco atual ou iminente à vida ou à integridade física e psicológica da mulher em situação de violência doméstica e familiar o de seus dependentes”. Na nova legislação, está previsto o direito da mulher vítima de violência doméstica e familiar a ter atendimento policial especializado, ininterrupto e prestado preferencialmente por servidores do sexo feminino. Além disso, apresenta procedimentos e diretrizes sobre como será feita a inquirição dessa mulher vítima de crime. Entre as diretrizes está a de salvaguardar a integridade física, psíquica e emocional da mulher vítima desse tipo de violência; a garantia de que em nenhuma hipótese ela ou suas testemunhas tenham contato direto com investigados, suspeitos ou pessoas a eles relacionados; e a “não revitimização” do depoente, de forma a evitar “sucessivas inquirições sobre o mesmo fato nos âmbitos criminal, civel e administrativo”. Com relação aos procedimentos relativos ao interrogatório, prevê que seja feito por profissional especializado e em “recinto especialmente projetado para esse fim, com equipamentos próprios e adequados à idade da mulher. A lei propõe ainda que seja priorizada a criação de Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deams), de Núcleos Investigativos de Feminicídio e de equipes especializadas para o…

Tarifa de energia pode subir até 3% com venda da Eletrobrás

O processo de privatização da Eletrobrás terá impacto entre 2,42% e 3,34% nas tarifas do energia pagas pelo consumidor, aponta um estudo da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A análise foi realizada a pedido do Ministério de Minas e Energia (MME), com base em algumas das premissas que o governo vai adotar na reforma do setor elétrico. Esse impacto considera que toda a energia produzida por 14 hidrelétricas da companhia – hoje remunerada pelo custo – passará a ser vendida a R$ 250 por megawatt-hora (MWh), um modelo que tem sido chamado de “descotização”. Essas usinas têm garantia de cerca de 8 mil MW. O Ministério de Minas e Energia quer que essa transição ocorra em três anos. Um terço da energia seria descotizada em 2019, um terço em 2020 e um terço em 2021. Nos cenários analisados pela Aneel, há estimativas que consideram que a energia seria comercializada a R$ 150 e a R$ 200 por MWh, em que o impacto tarifário seria menor. O Estadão/Broadcast apurou, no entanto, que o efeito tarifário pode ser ainda menor, pois o estudo levou em consideração o risco hidrológico médio do setor, e não o atual, que está em um nível muito elevado. Risco hidrológico é o aumento do custo de geração de energia por causa de períodos de seca. Além disso, a disputa nos leilões de energia poder reduzir ainda mais o impacto ao consumidor. Em agosto, a Aneel havia estimado um impacto bem mais alto para a descotização da energia das usinas da Eletrobrás,…

Inglesa diz que fugiu para o Pará após ser escravizada sexualmente

Uma inglesa identificada como Ayesha Lavena, de 25 anos, foi resgatada em Marabá, no sudeste paraense, na terça-feira (07), após relatar que fugiu de um casal que a obrigava a se prostituir no Reino Unido. A informação do resgate foi confirmada pela Prefeitura de Marabá nesta quarta-feira (08).
De acordo com informações da Prefeitura, a jovem estava no Terminal Rodoviário Miguel Pernambuco, no km 6 de Marabá, quando abordou um taxista. Como ele não entendia o que ela falava, acionou os guardas municipais que faziam patrulhamento no local.
Durante conversa com os guardas, a inglesa relatou que foi adotada por um casal que a obrigava se prostituir, além dos abusos sexuais sofridos e, por esses motivos, resolveu fugir para o Brasil, já que tem parentes em Roraima. Como identificação, Ayecha Lavena apresentou um carteira de habilitação do Reino Unido.
Após receber a ocorrência, os guardas municipais encaminharam a jovem para a Polícia Federal de Marabá. Até o momento não se tem confirmação de como a inglesa chegou no Brasil.
Em entrevista ao DOL, o delegado Ricardo Viana, da Polícia Federal, confirmou que a inglesa foi levada até a sede em Marabá, porém disse desconhecer que ela fugiu por estar sendo escravizada sexualmente. Ele disse ainda que ela aparentava estar desorientada e, por esse motivo, foi encaminhada para receber atendimento psicossocial.
O delegado detalhou ainda que a jovem está em situação regular no Brasil e informou o Consulado Britânico, em São Paulo, sobre a situação da inglesa.
(DOL)

Compartilhe:

Chuvas:Prefeitura divulga telefones para comunidade acionar em casos de alagamentos

  Diante dos alagamentos e entupimento de bueiros, em consequência da forte chuva que está sobre a cidade neste momento, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) e secretaria de Obras ( SEVOP) solicitam à população ligar para os fones (94) 99263-1919/98159-5050 ou para 33218990 (Defesa Civil) para socorro a essas emergências. Informa também que equipes das secretarias já estão em campo nos locais de alagamento para desobstrução. É importante ressaltar que esta chuva devem durar o dia todo com níveis de até 50 milímetros por hora, portanto é importante que sejam relatados com a máxima urgência casos de alagamentos para os números acima. Ventos fortes, trovoadas, relâmpagos, raios e muita chuva. Este é o cenário nesta manhã de quinta-feira (9) em Marabá. Chovendo sem parar sobre a área urbana desde às 5 horas muitos bairros apresentam alagamentos e até vias públicas que nunca tiveram problema com água, estão sem tráfego ao virarem ‘piscinões’. Há relatos de transbordamento na Grota Criminosa – que corta várias folhas da Nova Marabá – principalmente no trecho entre as folhas 28 e 20, e também em parte da Folha 27. No complexo Cidade Nova, pontos de alagamento na Av. Boa Esperança, Av. Manaus, assim como em várias ruas baixas dos bairros Liberdade e Laranjeiras. Na Nova Marabá, até a avenida VP-8 tem ponto de alagamento inédito, na frente do Banco Sicredi na Folha 32. Nas redes sociais, muitos moradores compartilhando e publicando imagens das ruas alagadas ou de problemas em casa. Como ainda são as primeiras chuvas deste inverno,…

Pescadores interditam a Transamazônica por atraso no Seguro Defeso

Pescadores realizam um protesto neste momento à altura do Km 42 da Rodovia Transamazônica (BR-230), entre Marabá e Itupiranga. O bloqueio da pista é para reivindicar o pagamento do Seguro Defeso, que está atrasado, conforme os profissionais. Eles reclamam, ainda, da cassação de carteiras que tem sido frequente, alegando haver irregularidades no processo.

Os manifestantes não preveem, por enquanto, quanto tempo devem permanecer realizando o fechamento da estrada. Uma equipe do Correio de Carajás segue para o local para ouvir os pescadores e acompanhar o protesto. Mais informações serão divulgadas ao longo do dia.

O seguro defeso é o equivalente ao seguro desemprego do pescador artesanal profissional e concedido nos períodos em que estes trabalhadores são proibidos de exercerem a pesca, durante a piracema, como forma de sustento para eles. O pagamento é realizado em parcelas no valor de um salário mínimo.

Na última semana, a Justiça Federal acatou denúncia do Ministério Público Federal sobre irregularidades praticadas na Superintendência de Agricultura e Pesca no Pará e suspendeu pagamentos do Seguro Defeso administrados pelo órgão.

Fonte Correio Carajás

Compartilhe:

Com 12 transplantes em um ano, Hospital Regional de Santarém transforma a vida de renais crônicos

á um ano, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA), estava iniciando, em caráter definitivo, o Programa de Transplantes que transformaria a realidade dos pacientes renais crônicos da região do Oeste do Pará. Nesse período, 12 procedimentos foram realizados, dando maior conforto e qualidade de vida a quem antes tinha de passar por sessões de quatro horas de hemodiálise, três vezes por semana. O primeiro transplantado na história do Oeste do Pará foi Raimundo Soares, de 51 anos, que recebeu o rim do irmão, Leandro. Raimundo fez sessões de hemodiálise por quase seis anos. O transplante aconteceu em 3/11/2016, com duração de seis horas. No entanto, para que esse e os outros transplantes tivessem início, foi preciso uma longa caminhada, que levou anos. “Nós temos um ano do primeiro transplante, mas antes disso, nós temos toda uma história, de aproximadamente seis, sete anos de trabalho, articulação e preparo para isso acontecer”, lembra o responsável técnico pelo programa, nefrologista Emanuel Esposito. Para comemorar a data da primeira cirurgia e inaugurar a nova estrutura exclusiva do Programa de Transplantes, foi realizada uma cerimônia especial na tarde de segunda-feira, 6/11. “Queremos, somente, agradecer ao Hospital Regional, em todas as suas instâncias, assim como a população, que, com esse apoio, batemos o recorde de doação de órgãos. Temos de agradecer a essas famílias pela consciência. Só de rins, conseguimos captar 18, o que significa que 18 pessoas saíram do tratamento de diálise. Então, este ano, foi um ano de muitas conquistas, glórias e muito agradecimento”, reconhece…