Hospital Regional de Marabá incentiva a leitura como parte do tratamento de pacientes

Nesta quinta-feira, 28/9, um carrinho repleto de livros passou a circular pelas enfermarias do Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá (PA). A iniciativa tem o objetivo de reduzir o estresse e a ansiedade no ambiente hospitalar a partir do incentivo à leitura. O serviço funcionará de segunda a sexta-feira e atenderá usuários e acompanhantes. A camareira Ana Maria Pinheiro, de 40 anos, foi a primeira leitora da biblioteca itinerante do hospital. Para ajudar a passar o tempo, ela pediu um romance. ‘Eu gosto de ler, principalmente a Bíblia. Para nós, pacientes, a leitura vai ser muito boa porque, quando a gente lê, esquece a situação que está vivendo’, argumentou a usuária. A biblioteca itinerante dispõe de mais de 200 títulos, a maioria deles arrecadados em uma campanha realizada pelo programa de voluntariado da empresa Vale. Antes de serem disponibilizados aos usuários, eles foram encapados para facilitar a limpeza do material antes de serem entregues a um novo leitor. A coordenadora de Humanização do HRSP, Caroline Nogueira, comenta sobre a importância da biblioterapia no tratamento dos pacientes. ‘A leitura é capaz de fazer com que o paciente, por um momento, esqueça a doença e as preocupações que acompanham o processo de internação. Assim, quando ele mergulha naquela história, também se torna mais positivo, menos estressado e, consequentemente, colabora mais com o próprio tratamento. Portanto, essa é uma forma de humanizar o atendimento ao nosso usuário’, disse ela. No Pará, esta é a segunda biblioteca itinerante implantada pela gestora da…

Vale abre mais de 450 vagas de estágio em cinco estados

Podem se inscrever candidatos de nível superior e técnico Estudantes de nível superior e técnico de cinco estados do Brasil terão a oportunidade de se inscrever a partir desta quinta-feira, 28/10, para um dos maiores programas de estágio do Brasil. A Vale está abrindo 458 vagas para estagiários no Pará, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Maranhão. As inscrições poderão ser feitas até 16/10 pelo site www.vale.com/estagio2018 . A Vale estimula fortemente a inscrição de pessoas com deficiência, de acordo com sua política de promover a inclusão e valorizar a diversidade. Para ajudar os candidatos a conhecerem as oportunidades que a empresa oferece, os próprios estagiários da Vale gravaram mensagens em vídeo no Instagram Stories. Assista a trechos clicando no vídeo abaixo. Estagiários usam o Instagram Stories para contar o que fazem na Vale; assista ao vídeo Podem se candidatar ao Programa de Estágio alunos de nível superior que estejam nos três últimos anos de curso, ou seja, com formatura prevista entre dezembro de 2018 e dezembro de 2020. Para os candidatos de nível técnico, a exigência é que tenham formatura prevista até dezembro de 2019 ou que sejam formados na parte teórica, desde que não tenham cumprido a carga horária de estágio obrigatório e ainda estejam matriculados na instituição de ensino. Serão aceitas inscrições para universitários de vários cursos, entre eles Engenharia, Administração de Empresas, Economia, Ciências Contábeis e Ciências da Computação. Também terão a oportunidade de se inscrever estudantes de nível técnico de mais de 20 cursos, como Mecânica, Eletrotécnica, Eletromecânica,…

Hospital Regional de Marabá realiza mais de 150 atendimentos na Vila Café

Na décima edição do projeto ‘Hospital Regional Amigo da Comunidade’, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP) beneficiou os moradores da zona rural de Marabá, com consultas médicas e de Enfermagem, avaliação nutricional, aferição de pressão arterial e teste de glicemia. Os serviços foram ofertados nesta terça-feira, 26/9, na escola municipal João XXIII, localizada na Vila Café, e atendeu também comunidades vizinhas, totalizando mais de 150 atendimentos. Dona Maria de Lourdes Pereira, de 44 anos, aproveitou a programação para conversar com o médico sobre as dores na coluna que vem sentindo há algum tempo. ‘Faço acompanhamento mensal com médico, mas nos últimos dois meses não consegui por questões financeiras. Por isso ajudou muito trazendo o atendimento para dentro da comunidade. Eu moro a quatro quilômetros daqui, no Acampamento Boa Esperança, mas pude ser beneficiada. Além de mim, veio meu marido, minha filha e minha vizinha’, contou a agricultora. Durante a ação, a secretária escolar Valdeíza da Silva, de 24 anos, pela primeira vez, consultou uma nutricionista. ‘Moro desde criança aqui e é a primeira vez que vejo esse atendimento na comunidade. Nem todo mundo tem transporte ou dinheiro para se deslocar até Marabá, para conseguir uma consulta. Por isso essas ações são tão importantes’, contou ela. A coordenadora de Humanização do Hospital Regional de Marabá, Caroline Nogueira, explica que o objetivo do projeto é aproximar a unidade e os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), oferecendo serviços que auxiliem na prevenção de doenças e melhorem a qualidade de vida…

Bazar Beneficente em prol do Hospital do Câncer de Barretos está recebendo doações

Acontece no próximo dia 7 de outubro, na Praça Duque de Caxias – Marabá Pioneira -, o Bazar Beneficente em Prol do Hospital do Câncer de Barretos, que realiza tratamento gratuito em todo o País. Para o sucesso da iniciativa, a organização está solicitando e recolhendo doações que possam aumentar a oferta no dia do evento e, assim, arrecadar mais recursos.

Podem ser dados: roupas de cama, mesa e banho, objetos de decoração, tapetes, lustres, luminárias, eletroeletrônicos, ferramentas, materiais de construção, móveis e utilidades domésticas.

Perfumaria, maquiagem, bijuterias e óculos, assim como vestuário feminino, vestuário masculino, vestuário infanto-juvenil, moda gestante/bebê, moda praia, moda fitness e calçados em geral também serão bem-vindos.

A base de apoio para recolhimento das doações é a sede da ACIM – Associação Comercial e Industrial de Marabá. Os interessados em fazer doações podem ligar (94) 99270-1964 ou 98113-0849 (também WhatsApp) ou Marcelo Campos, 99112-7791.

Compartilhe:

Hospital Regional de Marabá abre biblioteca itinerante

Novo serviço para usuários internos. É a biblioteca itinerante, que funcionará de segunda a sexta, com mais de 100 títulos.

A iniciativa é uma estratégia da unidade para tornar o processo de internação mais agradável, por meio do incentivo da leitura e da contação de histórias. Assim, a bibioterapia funcionará como coadjuvante no tratamento médico.

Os pacientes poderão solicitar o serviço a partir de um catálogo, que será disponibilizado nas Unidades de Internação, com os nomes dos títulos e autores. Após a escolha, os livros serão levados em um carrinho para as enfermarias e, depois de terminada a leitura, serão devolvidos à biblioteca e higienizados para uso de outro paciente.

Público e gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Hospital Regional de Marabá atua com foco na humanização do atendimento aos

Compartilhe:

Marabá (PA): Detran leiloa mais de 400 veículos

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) realiza quarta-feira (27) e quinta-feira (28)  leilão de veículos. Os interessados podem participar nos modos presencial e “on-line”. O local é o Palace Eventos, no bairro Cidade Nova, em Marabá.

Quem quiser participar precisa antes se identificar, com RG e CPF. Para os arrematantes presenciais, pessoa física, é preciso também apresentar documento de identidade com foto, CPF (ou comprovante de emancipação, quando for o caso), o comprovante de endereço atualizado com CEP. Pessoas jurídicas precisam apresentar comprovante de situação cadastral (emitido nos últimos 30 dias) CNPJ e demais documentos constantes no edital 08/2017.

Os participantes “on-line” terão que realizar o cadastro prévio, além da documentação exigida para pessoas físicas e jurídicas. (Agência Pará)

Compartilhe:

Redenção (PA): Justiça decreta prisão preventiva

O Juiz Auxiliar, César Leandro Pinto Machado, da Comarca de Redenção, decretou a prisão preventiva – com data de segunda-feira (25) –  de  quinze policiais, sendo dois civis e 13 militares, foram detidos nesta terça-feira (26). Foram 11 prisões em Redenção e quatro em Belém.

A chacina de Pau D’Arco aconteceu no dia 24 de maio, na fazenda Santa Lúcia. Um grupo de policiais civis e militares foi até a fazenda para dar cumprimento a mandados de prisão de suspeitos de envolvimento na morte de Marcos Batista Ramos Montenegro, um segurança da fazenda que foi assassinado no dia 30 de abril.

Compartilhe:

Caminhão cai de ponte na Transamazônica e pega fogo

Um caminhão caiu de uma ponte na  Transamazônica, próximo a Uruará, na madrugada desta quarta-feira (27).

O acidente causou um incêndio que deixou o veículo totalmente destruído. No caminhão, estava apenas o motorista, que conseguiu sair quando o fogo iniciou.

O Hospital Municipal de Uruará informou que ninguém procurou a unidade para receber atendimento relacionado ao caso. Segundo os populares, o caminhão não estava carregado quando caiu da ponte.  Ainda não há informações sobre o que causou o acidente.

A Polícia Militar da cidade foi até o local e constatou que o motorista sofreu apenas algumas escoriações. O acidente vai ser investigado pela delegacia de Uruará.

Compartilhe:

Juiz da vara agraria determina reintegração de posse do Complexo Mutamba

O juiz Amarildo José Mazutti, da 3ª Região Agrária de Marabá e do Juizado Especial Criminal Ambiental, determinou a reintegração de posse da fazenda  Mutamba   de propriedade da família Mutran . A ação foi movida contra a Associação Rural Terra Prometida, a Associação Rural dos Agricultores do Acampamento Balão III e IV e outros.   Alegando serem os proprietários da Fazenda Mutamba, Fazenda Balão, Fazenda Ciganas e do Castanhal João Lobo, que formam o “Complexo Mutamba”, com área de 12.229,5 hectares, os membros da família Mutran aduziram que o Instituto de Terras do Pará (Iterpa) já deixou claro que os lotes que compõem o complexo pertencem aos autores da ação e que foram ocupados em julho passado por cerca de 50 pessoas.   Desde a ocupação, ocorreram  muitas ataques à propriedade, com destruição, e  furtos de animais e ameaças a funcionários. Na decisão, ressalta o magistrado, os autores da ação informaram que os ocupantes expulsaram, de forma violenta e agressiva, os trabalhadores da fazenda. Foi realizada audiência de justificação, na qual testemunhas relataram a existência de esbulho e que os autores exerciam a posse da área, que criavam gado no local e que teriam perdido a posse de forma violenta para os ocupantes.   O Ministério Público manifestou-se favorável à concessão da liminar de tutela de urgência e requereu diligências na região. Na decisão, o juiz destacou haver diversos documentos apresentados pelos autores da ação que dão suporte probatório ao pedido. Esclareceu, na decisão, ainda, que antes era comum o Juízo em questão aguardar as…