Marabá prestes a ganhar planta de sinterização do manganês

O município de Marabá deve ganhar, em breve, uma planta de sinterização do manganês. A Mineração Buritirama, empresa com sede em São Paulo e que possui uma mina na localidade da Vila União, em Marabá, planeja implantar essa planta ao lado da atual mina.   O Secretario de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia Adnan Demachki e a diretora de Mineração e Transformação Mineral da Sedeme – Marily Germano, receberam nesta manhã de terça feira – dia 12 de setembro, o Diretor da Mineração Buritirama – Endrigo Perteffi que anunciou o interesse da empresa em implantar a planta de sinterização e postulou apoio do Estado pra viabilizar o empreendimento. De acordo com o titular da Sedeme, o Governo do Estado tem interesse em apoiar os empreendimentos que busquem a verticalização e a criação de empregos no Pará. O Estado vai sim apoiar a empresa, em especial a qualificação de mão de obra da região, através do Pará Profissional, da Sectet (Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica) para que a mão de obra local seja contratada r vamos trabalhar também na orientação e apoiamento da empresa para a obtenção das licenças ambientais”, afirmou Adnan Demachki.   O projeto prevê a criação de 400 empregos diretos na implantação que deverá durar 16 meses e 100 diretos quando as operações iniciarem, fora os empregos indiretos na prestação de serviços. A Buritirama comercializa seus produtos, nos mercados nacional e internacional, que tem em seu processo de beneficiamento mineral a utilização apenas água como agente para a…

Setembro Dourado: Hospital Oncológico Infantil intensifica ações de orientação sobre o câncer infantojuvenil

Dois anos atrás, Edna Mcphee Almeida tomou um susto ao ver o filho, aparentemente sadio, ser diagnosticado com câncer infantojuvenil. Porém, foi por meio de um pedido do próprio filho que ela encontrou forças e motivação para superar o abatimento inicial. “Ele me pediu que ajudasse outras crianças, e isso veio para mim como uma motivação para que eu pudesse fazer um trabalho diferenciado e que, dessa forma, outras crianças tivessem a mesma chance de tratamento que o meu filho teve”, conta. Edna se tornou voluntária da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (ABRALE). O filho se recuperou da doença, porém o trabalho continuou e ela é hoje uma das pessoas que apoia o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo – que é gerido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) – em Belém (PA), na Campanha “Setembro Dourado”, cujo objetivo é sensibilizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil e sobre a doação de medula óssea. O pontapé inicial da campanha aconteceu no último domingo, 10/9, na Praça da República e contou, ainda, com o apoio dos voluntários do Instituto Áster e Anjos da Esperança, Casa Ronald McDonald, Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) e Associação Amigas do Peito. Voluntária no Hospital Oncológico Infantil, por meio do Instituo Áster, a estudante de Farmácia, Renata Carla Amaral dos Santos dedicou sua manhã de domingo ao “Setembro Dourado”. Para ela, a orientação é fundamental. “A…

Campanha alerta sobre hábitos que podem ser fatais

A cada ano, mais de 1,3 milhão de pessoas morrem no mundo em decorrência do uso do celular ao volante. A prática é seis vezes mais perigosa do que dirigir embriagado. Dados como esse farão parte do alerta da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) a estudantes da rede pública em Marabá, nesta quarta-feira, 13/9.

Realizada em alusão aos 60 anos da SBN, a semana ‘Neuro em Ação’ conta com o apoio da Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, gestora do Hospital Regional do Sudeste do Pará. A iniciativa tem o objetivo de conscientizar a população sobre hábitos que podem se tornar fatais: além do uso do celular ao volante, mergulhos em águas rasas e más posturas.

Compartilhe:

Maioria acha que corrupção entre militares é menor do que entre civis

Na opinião da maioria da população – de 64,7% dos brasileiros – a corrupção é menor nas Forças Armadas se comparada com outros órgãos de governo. A constatação é do instituto Paraná Pesquisas, que ouviu 2.456 pessoas entre os dias 4 e 6 deste mês, em todo o país. Para 29,4% do total das pessoas ouvidas a corrupção entre militares e civis é igual, não difere dos demais segmentos. Apenas 3,9% consideram os militares mais corruptos. A pergunta formulada foi: “Nas Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) há mais corrupção, menos corrupção ou a corrupção é igual a outros órgãos brasileiros?”. A percepção de que a corrupção no meio militar é menor é praticamente a mesma entre homens (65,4%) e mulheres (64,1%). As mulheres, porém, 31,7% delas, acham mais que os homens, 26,9% deles, que a corrupção é igual seja o órgão militar ou civil. Se for considerar a faia etária, os mais jovens, com idades entre 25 a 34 anos são os que mais confiam nos militares: 69,2% dessas pessoas acham que a corrupção é menor nas Forças Armadas. Os mais velhos, com idades entre 45 a 59 anos, são os que menos acham que não há tanta diferença assim. Para 34,7% dessas pessoas ouvidas a corrupção é igual em todo lugar. Por região, há uma diferença razoável entre os dois extremos. Os moradores da região Sul – 54,4% – acham a corrupção menor entre os militares. Os nordestinos – 67,4% deles – são os que mais confiam e acreditam serem os militares menos…

Peritos criminais paralisam atividades nesta manhã

Peritos criminais paralisam as atividades a partir das 7h de hoje. A interrupção deverá ocorrer em praticamente todos os serviços desenvolvidos pela categoria ao longo de 12h. As atividades só deverão retornar a partir das 19h. Entre outras questões, os peritos reivindicam reajustes de gratificações. Integrante do comando da paralisação, Ériko Nery informa que devem ser interrompidas atividades como necropsia, remoção, perícia veicular, perícia de engenharia, perícia fonética, entre outras. “As únicas coisas que serão mantidas são as coletas de exames sexológicos e o atendimento a usuários comuns que venham fazer análise de lesão corporal”. Ériko explica que a categoria teve de parar as atividades em decorrência da dificuldade de negociação com o Governo do Estado. Apesar da importância da atividade, ele aponta que a categoria não vem sendo valorizada como deveria. “Há muito tempo estamos tentando uma política remuneratória, mas o Governo sequer nos chama para negociar”, aponta. PESSOAL A categoria ainda reivindica o aumento do quadro de pessoal do Centro de Perícias Renato Chaves. “Estamos há 10 anos sem concurso e o Governo do Estado sinaliza agora a realização de um certame com 10 vagas para médicos legistas. Esse número é ridículo já que o nosso déficit é muito grande”. PROTESTO Em Belém, os servidores que aderirem à paralisação deverão se concentrar em frente ao prédio sede do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, na rua Mangueirão, a partir das 7h. REIVINDICAÇÕES Reajuste de 100% na gratificação de Perícia Judiciária. Reajuste de 100% na gratificação porrisco de vida. Incorporação do abono salarial ao…

Avião da FAB vai resgatar brasileiros em ilha do Caribe atingida por furacão

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) vai resgatar brasileiros que se encontram na Ilha de São Martinho, no Caribe, na próxima terça-feira (12). A ilha foi uma das mais atingidas pelo Furacão Irma e, segundo o Itamaraty, tem 32 brasileiros neste momento – sendo 30 em Saint Maarten (lado holandês da ilha) e dois em Saint Martin (lado francês). De acordo com nota divulgada neste domingo (10) pelo Itamaraty, o governo brasileiro já identificou que há mais 22 brasileiros na Ilha de Tortola e 11 em Turcas e Caicos, que são territórios britânicos. No entanto, o aeroporto de Tortola não tem condições de aterrissagem após a passagem do Irma. Por isso, o Ministério de Relações Exteriores brasileiro está em contato com França, Países Baixos e Reino Unido para “averiguar se estaria sendo elaborado plano de socorro e evacuação dos nacionais nas respectivas ilhas, no intuito de verificar a possibilidade de inclusão de brasileiros naquelas operações”. “Com efeito, alguns brasileiros, que se encontravam em regiões determinadas, já receberam apoio ou lograram ser retirados das ilhas graças à cooperação daqueles países”, informa o Itamaraty. As três ilhas não têm rede de atendimento consular brasileiro, por isso, as tratativas estão sendo feitas pelas embaixadas na Europa. Apesar disso, o Itamaraty informa que montou um núcleo de atendimento emergencial em Brasília e uma rede de comunicação em tempo real com os postos consulares nestes países para reunir as informações sobre brasileiros afetados pela catástrofe. “Até o momento, o núcleo de atendimento e os postos no exterior já receberam…

Assaltantes usam maçarico para arrombar agência bancária em Nova Ipixuna

Em Nova Ipixuna, sudeste do Pará, assaltantes usaram maçaricos para arrombar dois caixas eletrônicos do Banco da Amazônia., na madrugada deste sábado (9).

Três homens participaram da ação que durou cerca de meia hora. Segundo a polícia, o alarme do circuito de segurança não foi acionado e não havia vigilante no prédio. Uma caminhonete teria dado apoio na fuga. Até o momento, ninguém foi preso.

Compartilhe:

Hospital Regional de Altamira promove ações da campanha ‘Setembro Verde’

Campanha incentiva a doação de órgãos. Segundo a Associação Brasileira de Transplante, em 2016 a recusa familiar pela doação foi de 75% na região Norte. Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, sudoeste do Pará, está com a fachada iluminada na cor verde, em alusão à campanha “Setembro Verde”, que incentiva a doação de órgãos em todo o país. As ações da campanha começaram em agosto e devem se estender até o final do ano. As ações compreendem atividades internas, com visitas aos setores do hospital, para tratar sobre a doação de órgãos junto aos colaboradores; e externas, com palestras em universidades, escolas e outras instituições. A ideia é esclarecer dúvidas e incentivar para que cada vez mais pessoas se declarem doadoras. “Os nossos colaboradores são difusores dessas informações, por isso a nossa primeira ação é de capacitá-los sobre a importância da doação de órgãos, para que eles possam passar isso a seus familiares, amigos, vizinhos. Também fazemos as palestras externas para disseminar ainda mais a ideia de que é necessário doar órgãos. Em 2016, de acordo com a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), nós tivemos uma média de recusa familiar de 75% na região Norte. E o grande motivo é a falta de informação”, explica o médico nefrologista Leonardo Rodrigues. Órgãos e tecidos como córneas, coração, pulmão, pâncreas, ossos, medula óssea, intestinos, rins, pele, valvas cardíacas e fígado podem ser doados e ajudar a salvar várias vidas. Os potenciais doadores são, na maioria das vezes, pacientes diagnosticados com morte encefálica, ou…

Celpa promove nova semana de conciliação em Belém

A Celpa promove no período de 11 a 15 deste mês, em Belém, mais uma edição do Projeto Negociar. A ação visa a realização de acordos amigáveis em demandas judiciais e oferece atendimento para negociações de pendências financeiras para os clientes da concessionária por meio do Projeto Linha Direta, conforme agendamentos já realizados pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc/Famaz). O evento ocorrerá nas dependências do Fórum Cível de Capital (auditório Desembargador Agnano Monteiro Lopes), localizado Praça Felipe Patroni, bairro da Cidade Velha. A iniciativa é uma parceria da Celpa com o Tribunal de Justiça do Pará, por meio do Centro Judiciário já referido e Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec). A semana de conciliação será destinada para 400 consumidores ao total, que foram convocados por meio de carta convite, encaminhada pelo Tribunal de Justiça do Estado, sendo 60 demandas relacionados ao programa linha direta, no qual profissionais da Celpa atendem diretamente as demandas encaminhadas aos centros de solução e mediação de conflitos. A expectativa da distribuidora é buscar soluções rápidas e, adequadas aos perfis de seus consumidores, evitando, deste modo, que os casos se tornem demandas judiciais. De acordo com a representante da área Jurídica da Celpa, Camila Santos, o Projeto Negociar é uma forma de mostrar o quanto a Celpa está preocupada em ajudar os clientes a regularizar as situações pendentes. “O projeto representa uma excelente oportunidade de aproximação entre a concessionária, consumidores e Judiciário. O objetivo principal é promover a regularização de pendências financeiras que…

Sicredi reinaugura agência em Xinguara

A cooperativa Sicredi Sudoeste MT/PA reinaugurou agência no município de Xinguara no último dia 06 de setembro. Com cerca de 800 associados, a agência iniciou suas atividades em 2013 e passou por reformas para oferecer mais conforto e ainda implantar a nova marca.

Participaram da reinauguração, o diretor executivo João Coelho Pinheiro, o gerente regional Lucyano Pizzatto, o conselheiro Ricardo Marques e o presidente da Aciapa (Associação Comercial e Industrial de Xinguara) Hander Lima Alves, além de coordenadores, associados e colaboradores. Durante a ocasião, foram apresentados números e informações a respeito da evolução do cooperativismo de crédito e do Sicredi. O encontro ainda contou com café da manhã oferecido aos presentes.

Para João Coelho, diretor executivo da cooperativa, o novo espaço prioriza o relacionamento e reforça as características da marca Sicredi. “No Sicredi, o associado é um dos donos do negócio e nós queremos continuar cada vez mais próximos. Por isso, investimos na qualificação dos nossos colaboradores, na tecnologia das agências e também na nossa estrutura para receber cada vez melhor o nosso associado. Esse é o principal motivo de trazermos essa linda agência, com visual mais moderno e melhor conforto. Para a entrega, escolhemos uma data especial onde a cidade está em festa por conta da Exposição Agropecuária. Estamos felizes por participar e contribuir com esse momento tão importante”, destacou Coelho.

Compartilhe: