Pais de estudantes recebem orientação sobre diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil

Apesar de ser uma das doenças que mais atinge crianças e adolescentes no Brasil, o câncer infantojuvenil ainda é um assunto cercado de estigmas. Vencer esta barreira é uma das missões da campanha “Setembro Dourado”, desenvolvida pelo Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém (PA). Nesta segunda-feira, 18/9, a equipe de Humanização da entidade gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa), iniciou uma semana de rodas de conversa com pais e estudantes das redes municipal e estadual de ensino para alertar sobre a importância do diagnóstico precoce da doença, que é a segunda a causar mais mortes entre crianças e adolescentes no país. Os alunos da escola municipal Palmira Gabriel, no bairro da Pedreira, foram os primeiros a receber os colaboradores do Oncológico Infantil para um bate-papo sobre os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil. Na conversa, a coordenadora de Humanização do Oncológico Infantil, Paula Lima, pontuou sintomas da doença, para os quais os pais de crianças e adolescentes devem estar atentos, entre eles a perda de peso considerável e sem justificativa, febre prolongada e causa não identificada, caroços em regiões como a barriga, pescoço e virilha, além de palidez, cansaço e indisposição. As orientações iniciais foram voltadas a um grupo de alunos do quinto ano. A coordenadora reforçou aos estudantes a confiança que eles devem ter nos pais para relatar qualquer mudança nos seus corpos. “É importante resgatar essa confiança para que as crianças falem quando tiverem algo…

MARABÁ:BANDIDOS ATERRORIZAM NA FOLHA 8 E ASSALTAM ESCOLA

A Prefeitura Municipal de Marabá e a Secretaria Municipal de Educação vêm a público repudiar o assalto ocorrido à Escola Odílio Maia, na Folha 8, por volta de 7h30 da manhã desta terça-feira, dia 19 de setembro. Por outro lado, diferente do que vem sendo divulgado nas redes sociais, não houve “limpa geral”. O que houve, segundo a direção da Escola, é que um homem chegou em uma bicicleta e entrou na escola no horário oficial, juntamente com outros estudantes e seus pais. Ele foi direto para a secretaria da escola, onde abordou uma coordenadora pedagógica e uma professora, apontando a arma para ambas. Em seguida, tomou o aparelho celular das duas educadoras e saiu pela porta da frente, fugindo na bicicleta que chegou.
Uma viatura da Guarda Municipal que faz ronda nas escolas e outra da Polícia Militar estiveram no local tomando informações e estão na busca pelo assaltante.

Compartilhe:

Vale dá início à segunda e última grande fase de obras na Ponte sobre o Rio Tocantins

A Vale, a Prefeitura e a Câmara Municipal, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Polícia Rodoviária Federal atuam nos serviços de recuperação da ponte, símbolo de Marabá A manutenção da Ponte Rodoferroviária sobre o Rio Tocantins  entra na sua segunda e última fase de obras para deixar mais bonito este símbolo de Marabá. Para isso, será necessária uma nova interrupção no tráfego da via no período noturno, visando minimizar transtornos aos usuários. A interrupção no trafego, iniciada em 11 de setembro será de 30 dias, com término previsto para 11 de outubro. O horário será de 19h às 6h da manhã. A ação é essencial para  dar mais agilidade à obra e para segurança dos trabalhadores que atuarão na recuperação das juntas metálicas  da ponte. Veja como vai funcionar: À noite, durante o período do serviço, um dos lados da ponte sempre estará liberado para o trânsito de veículos, com orientação de fluxo conduzido por meio da sinalização de “Pare e Siga”. Durante o dia, entre às 6h e  às 19h, a circulação estará liberada em ambas as vias. Segurança É importante lembrar que durante a travessia, os usuários também vão contar com apoio de sinalização de segurança, em ambas as cabeceiras, e com a orientação de equipes de apoio a motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres.   Sobre a ponte rodoferroviária A Ponte Rodoferroviária de Marabá – que permite o tráfego de trens de carga,  do trem de passageiros e de veículos rodoviários em estruturas especificas passa por serviços de melhorias ao longo dos seus quase 2.400…

Deputado Dirceu Ten Caten conseguiu garantir o compromisso do Governador para regulamentar o projeto da sua bancada que garantirá a telefonia móvel nas vilas e distritos do Pará.

 

O deputado Dirceu, representante da região Sul e Sudeste do Pará no parlamento estadual, esteve reunido com governador Simão Jatene, a pauta era a implantação pelo governo do estado do projeto que foi apresentado pelo PT na Alepa e aprovado a unanimidade por todos deputados.

Esse mesmo projeto já é realidade em vários estados da federação e agora também será o Pará. A lei prevê a possibilidade do governo do estado conceder tratamento tributário especial para as empresas de telefonia móvel e internet, onde as mesmas irão investir na instalação de torres de transmissão de sinal nas vilas e distritos, como Casa de Tabua por exemplo, e terão o investimento devolvido em forma de isenção de ICMS por prazo determinado.
O projeto também beneficia muito o governo que além de garantir esse serviço importante pra população que hoje sofre sem o sinal de celular, também aumentará a arrecadação de impostos no médio e longo prazo a partir do aumento da demanda de clientes das operadoras.
Dirceu está otimista e espera visitar as comunidades em breve pra lançar o programa.

Compartilhe:

Marabá:Detentas promovem motim no CRF

Pelo menos 12 detentas que vieram transferidas de Belém para o Centro de Recuperação Feminino (CRF) de Marabá promoveram momentos de muita tensão durante toda esta sexta-feira (15) dentro da casa penal, que fica na Rodovia Transamazônica, nas proximidades do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (CRAMA). Elas comandaram um motim e chegaram a lesionar dois agentes prisionais. O mais estranho de tudo é que as amotinadas não chegaram a explicar qual seria exatamente o motivo da rebelião; não chegaram a fazer exigências e voltaram para suas celas com a chegada de policiais militares, segundo informou o tenente Valino, que foi atender à ocorrência na casa penal. “Aparentemente não teve motivo nenhum”, reafirma o policial. O jornal tomou conhecimento de que as detentas fizeram quatro agentes como reféns, mas o tenente Valino confirmou que apenas dois estavam em poder das presidiárias. Um agente do sexo masculino chegou a ser lesionado com um profundo corte numa das mãos, provocado por um estoque que as detentas tinham escondido na cela, enquanto uma agente feminina também sofreu escoriações, mas foi leve. Para a sorte dos servidores lotados no Centro de Recuperação Feminino, a Polícia Militar compareceu rapidamente à unidade prisional, onde o clima era de tensão durante todo dia de ontem. Ainda de acordo com o oficial da PM, as detentas que vieram de Belém incitaram as outras que cumprem pena naquela casa penal. A reportagem do Jornal Correio esteve à tarde no CRF, mas a direção da casa penal – como tem sido praxe – preferiu não…

Marabá:Agente da Guarda Municipal morre vitima de acidente transito

Agente da guarda municipal Leandro Peixoto, 31 anos, perdeu o controle da moto que andava pela Rodovia Transamazônica, por volta das 5h da madrugada deste domingo (17), em frente ao Centro de Saúde Pedro Cavalcante. Segundo testemunhas, o veículo  bateu no meio fio,  ele caiu e bateu a cabeça.

Socorrido pelo Samu, foi levado  ao Hospital Municipal, onde foi constatado traumatismo cranioencefálico, em seguida internado no Hospital Regional, onde morreu no final da tarde, apesar do esforço dos médicos.

Peixoto estava desde 2012 na Guarda Municipal de Marabá, Ele deixa viúva e um filho.

Compartilhe:

Aspirina pode regenerar dente após cárie, dizem cientistas britânicos

Pesquisadores da Universidade Queen’s, em Belfast, usaram o produto para estimular células-tronco nos dentes, o que aumentou o potencial de regeneração. Eles acreditam que o tratamento com aspirina pode resultar em menos cáries e obturações no futuro. Na Irlanda do Norte, 72% dos adolescentes de 15 anos tinham cáries em 2016, de acordo com um estudo da Associação Odontológica Britânica. Nossos dentes têm capacidade limitada de regeneração. Produzem uma camada fina de dentina, logo abaixo do esmalte, se a polpa dental é exposta, mas não conseguem consertar uma grande cavidade. É por isso que dentistas usam obturações, que podem necessitar de substituição várias vezes durante a vida do dente. Mas Ikhlas El Karim, professora da Faculdade de Medicina da Queen’s University, cujas pesquisas giram em torno do uso de células-tronco, diz ter descoberto que a aspirina “turbina” essas células no processo de regeneração. “Temos a esperança de desenvolver um tratamento que dê aos dentes a capacidade de fazer esses reparos. Mas isso será gradual, não é imediatamente que não precisaremos mais de obturações”, explica a cientista. Depois de analisar dados de pesquisas anteriores, a equipe da Queen’s University usou aspirina líquida sobre células-tronco em uma placa de Petri e diz ter encontrado “evidências materiais e genéticas de que isso produziu dentina”. Mas, segundo Ikhlas, o próximo passo é descobrir um método para aplicar a aspirina no dente de forma adequada. “Precisamos colocar o produto (no dente cariado) de forma que possa ser liberado durante um longo período de tempo. Se simplesmente colocarmos aspirina em uma…

Cosanpa anuncia plano de ação para por fim ao racionamento em Marabá

O presidente da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), Cláudio Conde, concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (15), no auditório da Associação Comercial de Marabá, onde detalhou o plano de ação elaborado pela equipe de engenharia do órgão para solucionar o problema de racionamento de água no município, causado pela forte estiagem que afeta a região sudeste do estado. Segundo Conde, o monitoramento hidrológico feito diariamente pela Agência Nacional de Águas aponta que o nível do rio Tocantins vem baixando a uma média de dois centímetros a cada dia, o que tem inviabilizado o pleno funcionamento do sistema de captação existente na Estação de Tratamento de Água de Marabá. “Essa já é considerada uma das piores estiagens pelas quais o rio Tocantins já passou, e preocupa ainda mais pelo fato de que há seis grandes hidrelétricas no seu percurso. A solução a ser adotada deverá servir não apenas para sanar a questão em caráter emergencial, mas também para prevenir situações semelhantes no futuro”, completou. O presidente da Cosanpa informou que será montada uma estrutura para captação de água bruta à margem do rio Tocantins, com o apoio de duas bombas anfíbias instaladas sobre uma balsa, para garantir o abastecimento da Estação de Tratamento de Água da Nova Marabá. Os equipamentos já estão sendo transportados de balsa para o município e serão montados e postos em funcionamento em um prazo máximo de 15 dias. “Para montar essa estrutura de captação, vamos construir uma plataforma de concreto em uma das margens do Tocantins e instalar as…

Oncológico Infantil orienta estudantes sobre diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil no ‘Setembro Dourado’

A comunidade da escola municipal Palmira Gabriel, no bairro da Pedreira, em Belém (PA), receberá uma equipe do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo para orientações da campanha “Setembro Dourado”, que alerta a população sobre os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil e a importância do diagnóstico precoce. A atividade acontece na segunda-feira, 18/9, a partir das 9h. Além da escola no bairro da Pedreira, o cronograma de atividades do Hospital Oncológico no ‘Setembro Dourado’, prevê rodas de conversa nas escolas municipal Antônio Carvalho, no bairro da Cremação, no dia 20/9; Santa Emília no Umarizal no dia 21/9; Escola Estadual Barão do Rio Branco, em Nazaré, no dia 22/9, e Escola Estadual Preventório Santa Terezinha, no Souza, no dia 28/9. Pais e responsáveis pelos alunos, além da equipe técnico-pedagógica participarão de uma roda de conversa para esclarecer quanto aos sinais da doença e como o diagnóstico precoce aumenta em 80% a chance de cura do câncer infantojuvenil. As rodas de conversa são uma parceria entre o Hospital Oncológico e as secretarias de Educação do município de Belém e do Estado. Será distribuído material educativo com orientações sobre o câncer e como proceder em caso de diagnóstico positivo. A equipe também esclarecerá sobre o funcionamento do Hospital Oncológico Infantil. Atualmente a unidade, gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), atende a cerca de 700 pacientes. Em outubro, o Oncológico Infantil completará dois anos de funcionamento e já é reconhecido nacionalmente como…

Hospital Regional de Marabá orienta sobre como evitar sepse

O Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá (PA), promove neste mês uma programação especial para alertar colaboradores e usuários sobre cuidados que podem ajudar a prevenir a sepse, infecção generalizada que mata mais que o câncer e o infarto agudo do miocárdio. Estima-se que, no Brasil, 400 mil novos casos são identificados anualmente. Destes, 50% das vítimas vão a óbito. A doença ocorre quando um microrganismo, como vírus, bactéria ou fungo, entra na corrente sanguínea e atinge o sistema imunológico do indivíduo, provocando sintomas como temperatura acima de 38ºC ou inferior a 35ºC, respiração muito rápida, calafrios e confusão mental. O resultado pode ser a falência de um ou mais órgãos. De acordo com a supervisora do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do hospital, Daiane Freitas, qualquer infecção pode ser porta de entrada para a sepse, desde um dente infeccionado a uma pneumonia mal curada, porém, por conta da baixa imunidade, idosos, crianças, usuários de álcool e drogas, pacientes internados e portadores de doenças crônicas, como diabetes e insuficiência cardíaca, estão mais suscetíveis ao problema. ‘A sepse é vista pela maioria das pessoas como uma doença que acomete somente pacientes internados, mas não é. Qualquer infecção não tratada ou mal tratada pode levar a uma sepse. Então, muitas vezes, o paciente já é admitido nas unidades de saúde com a doença. Para prevenir ou reduzir o risco de apresentar a forma mais grave do problema, é importante higienizar sempre as mãos, ter uma alimentação saudável e usar…