Vereador Ray Athie explica aos eleitores porque votou a favor da aprovação do novo PCCR da Educação

O vereador Ivanildo Bandeira Athie (PC do B), mais conhecido como Ray Athie, um dos 17 que votaram pela aprovação da Lei 014/2017, que altera o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da Educação, publicou manifesto explicando porque votou “sim” na votação da última terça-feira, dia 23. Leia a seguir a manifestação de Ray: Por que votei nas alterações do PCCR? Como vereador e representante do povo de Marabá, me sinto no dever de esclarecer os motivos pelos quais votei favorável às alterações no PCCR da Educação. Lendo o texto proposto pelo Executivo e comparando com a lei aprovada em 2011, cheguei à conclusão que havia, sim, distorções que precisavam ser corrigidas. Abaixo, veja algumas delas: 1) A folha de pagamento da Semed, mesmo com todos os cortes feitos pela gestão atual, continua sendo maior do que os recursos que o município recebe do Fundeb. Em 2011, quando o PCCR foi alterado pela última vez, o município recebeu do Fundeb R$ 106.038.045,00 e a folha era de R$ 84.543.848,13. Mas, os problemas começaram no ano seguinte e não pararam mais. Em 2012, os recursos do Fundeb foram de R$ 118.283.424,00, mas a folha de pagamento saltou para R$ 122.320.082,00. O efeito cascata subiu ano a ano e, em 2016, o governo federal enviou R$ 166.978.666,00 para Marabá, mas a folha de pagamento tinha saltado para R$ 212.225.415,00, sem contar o vale alimentação, no valor de R$ 9.739.639,00. 2) Um dos ajustes que foi feito no plano, agora em maio de 2017, diz respeito à…

NOTA CONJUNTA CUT, FETAGRI, MST E CPT

Imediatamente um dia após a audiência pública realizada na Assembléia Legislativa do Estado do Pará que tratou a respeito da acentuação da violência no campo em território paraense, fomos novamente sacudidos por mais uma chacina de trabalhadores e trabalhadores rurais, desta vez vitimando 10 (dez) pessoas na fazenda Santa Lúcia, situada no município de Pau D’Arco, na região Sul do Pará, durante ação comandada pelas Polícias Militar e civil do Pará. A chacina de Pau D’arco é mais um triste episódio que evidencia o acirramento da violência no campo, vitimando trabalhadores e trabalhadoras rurais, a parte mais vulnerável dos conflitos envolvendo a posse e uso da terra no Pará. As causas estruturais da acentuação dos asassinatos de camponeses nas áreas rurais paraenses estão associadas à impunidade, à grilagem de terras, à concentração da estrutura fundiária e ao ambiente político-institucional forjado pelo golpe parlamentar-jurídico-midiático de 2016. A chegada dos golpistas ao centro do poder no Brasil, oriundos das bancadas do Boi, da Bala e dos Bancos encorajou politicamente as elites agrárias da Amazônia e as autorizou tacitamente a empregar a violência como o principal meio de apropriação das terras e de extermínio das lideranças camponesas. Por outro lado, o desmantelamento da política de reforma agrária (extinção da Ouvidoria Agrária e do MDA) e a aprovação de medidas perversas em favor do grande capital designado sob o nome de “mercado”, tais como a MP 759/2016 aprovada ontem pelos golpistas na Câmara dos Deputados, conformam a caótica situação atual de supressão de direitos fundamentais e ataques aos bens…

Identificados os mortos em Pau D’Arco

LOCAL DO CRIME. FOTO: ASCOM MPE-PA O procurador-geral de Justiça, Gilberto Martins, o promotor de Justiça de Redenção, Erick Fernandes, os procuradores da República Deborah Duprat e Igor Spíndola, representantes de movimentos sociais e da Comissão Nacional dos Direitos Humanos  vistoriaram hoje à tarde a fazenda Santa Lúcia, em Pau D’Arco, a 50 quilômetros de Redenção, local onde dez pessoas foram mortas durante operação policial, ontem. Eles foram acompanhar o trabalho de peritos que buscavam cápsulas de bala, marcas de sangue e outras informações que contribuam para o inquérito policial. Antes, o MPE-PA reuniu com familiares das vítimas, na Promotoria de Justiça de Redenção e na sede local da OAB-PA. Os promotores de Justiça Jane Cleide Silva e Alfredo Amorim, que são lotados em outros municípios mas estão reforçando a atuação da instituição neste caso, também participaram da reunião. A pedido das famílias, os corpos  saíram no início desta noite de Marabá e Parauapebas e serão levados para a funerária Unipax, em Redenção. A expectativa é de que cheguem por volta das 23h horas. O promotor de Justiça Erick Fernandes também esteve no hospital municipal de Redenção para ouvir pessoas que foram feridas durante o confronto armado. Ele também conversou com familiares das vítimas para coletar mais informações. A perícia dos corpos, no Instituo Médico Legal de Parauapebas e de Marabá, foi acompanhada pelos promotores Francys do Vale, Patrícia Pimentel e Guilherme Carvalho. Já estão identificadas as vítimas fatais: Hércules Santos Oliveira, Ronaldo Pereira de Souza, Antônio Pereira Milhomem, Bruno Henrique Pereira Gomes, Regivaldo Pereira da Silva, Wedson Pereira…

Pró-Saúde abre sete vagas em Marabá (PA)

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar está com vagas abertas para os cargos de digitador, técnico em Enfermagem, enfermeiro, agente transfusional, oficial de Marcenaria e oficial de Manutenção no Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá (PA). Todas as vagas são destinadas a pessoas com deficiência (PCD). A candidatura é feita no site www.prosaude.org.br/trabalheconosco até o dia 30/5.

Cargo: digitador

Número de vagas: 01 (uma).

Descrição das atividades: digitar e arquivar laudos, conferir dados, realizar fechamento e estatística diária, dentre outras.

Pré-requisitos: ensino médio completo; conhecimentos em Informática; capacidade de solucionar conflitos e postura de trabalho voltada para o alcance de resultados.

Experiência: desejável curso de digitação avançada.

Benefícios: salário + VT.

Horário: 180h mensais.

Escala de trabalho: manhã ou tarde.

 

Cargo: agente transfusional

Número de vagas: 01 (uma). 

Descrição das atividades: realizar exames laboratoriais da área de Imuno-hematologia; participar do controle de qualidade interno e externo na área; auxiliar na supervisão e execução de atividades relacionadas à Hemoterapia no hospital e na Agência Transfusional (AT), dentre outras. 

Pré-requisitos: ensino médio completo; formação em técnico de Laboratório; registro no conselho de classe; conhecimento em Informática e domínio técnico no manejo de aparelhos, equipamentos e instrumentos para execução dos trabalhos.

Benefícios: salário + VT. 

Horário: 180h mensais. 

Escala de trabalho: tarde.

Compartilhe:

Assentados recebem o novo Cadastro Ambiental Rural em Marabá

Na última sexta-feira (19), sessenta famílias de agricultores assentados receberam os certificados do novo Cadastro Ambiental Rural (CAR). A entrega foi realizada na Vila Santa Fé, localidade próxima aos assentamentos Bom Jardim da Voltinha, Carajás Tamboril, Murajuba e Voltinha do Itacaiúnas, todos no município de Marabá (PA). Os cadastros foram elaborados em parceria com a empresa Agroatins, prestadora contratada pelo Incra para dar assistência técnica nos assentamentos. Na ocasião, o diretor da Agroatins, Ilker Moraes, explicou o que é o novo CAR. “Antigamente, o cadastro era gerenciado pelo governo do estado, através do Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental (Simlam), no caso do Pará. Hoje, o CAR é emitido pelo Governo Federal, através do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (Sicar).” explica Ilker. É definido como um sistema eletrônico de âmbito nacional destinado à integração e ao gerenciamento de informações ambientais dos imóveis rurais de todo o País. Durante a reunião, o engenheiro agrônomo do Incra, José de Sousa Costa Júnior, falou sobre a importância do CAR. “É um documento que serve para o controle da gestão ambiental e para o ordenamento fundiário. Permite a comercialização de produtos agrícolas, assim como o acesso a linhas de crédito como o Pronaf A, exclusivo para assentados da reforma agrária.” afirma José Júnior. O CAR é obrigatório para todos os imóveis rurais, compondo base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e o combate ao desmatamento. O contrato com a prestadora prevê ainda, ações de entrega de cadastros nos projetos de assentamento Benfica, Borracheira, Cuxiú,…

Jovens condutores recebem orientações do Hospital Metropolitano sobre trânsito seguro

O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA), apresentou o programa “Direção Viva” aos estudantes do curso de Terapia Ocupacional da Universidade da Amazônia (Unama), em uma palestra comandada pelo diretor-geral da unidade, Rogério Kuntz, e pelo coordenador do setor de Pronto Atendimento da unidade, José Guataçara, nesta quarta-feira, 24/5. A atividade faz parte das ações do ‘Maio Amarelo’, um movimento que chama a atenção para os altos índices de acidentes de trânsito no país. A fala dos representantes da unidade teve foco no acidente com motocicleta. O diretor-geral ressaltou as perdas que um acidente de trânsito costuma trazer. Kuntz destacou não só o fator humano e a forma como o acidente muda a vida de dezenas de famílias, como também o impacto dos episódios na economia do Brasil. “No País inteiro, os acidentes de trânsito equivalem a 3% do Produto Interno Bruto (PIB) ou cerca de R$ 188 bilhões em pensões, seguros, danos materiais. Imagina a perda que é para o acidentado e para o país”, apontou. O gestor da unidade – gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) – apontou também maus hábitos ao pilotar motocicletas como causadores de acidentes, tais como a imprudência, uso de álcool e drogas ilícitas, desrespeito às leis de trânsito e, claro, o excesso de velocidade. “A palavra hoje sobre acidente de moto é a prevenção. Tenha cuidado, cuidado e cuidado”, aconselhou. O médico José Guataçara destacou dois tipos…

Prefeitura retoma obras da primeira etapa da Grota Criminosa

Em pouco tempo, demonstrando compromisso e eficiência, a equipe do Governo Tião Miranda restabeleceu as obras da primeira etapa da Grota Criminosa, que impactam direta e principalmente em melhorias para as folhas 23 e 26, na Nova Marabá, mas também beneficiam moradoras das folhas 20, 22, 28, 29 e 32.
Cerca de 2.300 famílias serão beneficiadas, de forma direta. O prefeito Tião Miranda e o secretário de obras, Fábio Moreira, fizeram rápidos e importantes ajustes e a obra segue, agora, em ritmo acelerado para que seja entregue o mais rapidamente possível à população.
Será aumentada a capacidade de escoamento, evitando alagamentos e implantado sistema de condução de águas da Nova Marabá para a ETE (Estação de Tratamento e Saneamento), bem como pavimentação de todas as ruas das folhas 23 e 26.

Compartilhe:

Risoterapia ajuda na recuperação de pacientes e reduz tempo de internação AF

Por  meio do ‘Programa do Voluntariado’ da Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, que gerencia seis hospitais públicos no Pará, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Dentre os benefícios da risoterapia, destacam-se o estímulo à liberação de endorfina, que dá a sensação de bem-estar, e o aumento da imunidade do organismo. Isso é possível porque, ao gargalhar, os músculos do rosto e do abdômen são movimentados. Como resultado, há a elevação da autoestima do paciente e, consequentemente, a cooperação com os profissionais da saúde no tratamento necessário à sua recuperação. O estudante Axel Tavares, de 22 anos, é um dos integrantes do grupo de palhaços ”Obra de Maria”, formado no final do ano passado, por quatro jovens da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, na Folha 28. ”Nas visitas, o maior aprendizado é para o voluntário, mais do que para o paciente, porque a história de vida dele e sua força são enriquecedoras para todos nós. Lembro de uma das visitas ao hospital em que conhecemos uma menina de 12 anos. Ela chorou quando lemos uma palavra. Perguntou para a mãe onde estava a Bíblia dela e aí vimos que ela tinha consciência de que Deus não tinha esquecido dela”, disse o voluntário. Capacitação No voluntariado em unidades de saúde, além da disposição para fazer bem ao próximo, é necessário que o participante conheça as normas e rotinas do ambiente visitado, para que não coloque em risco a sua própria saúde nem a do paciente. Para orientar sobre…

Vale informa reajuste no preço das passagens do Trem de Passageiros

Vale informa reajuste no preço das passagens do Trem de Passageiros

 

 

O valor das passagens do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC) será reajustado a partir do próximo 1º de junho. O reajuste é determinado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), órgão que regulamenta o setor, e que contempla também, outras modalidades de transporte terrestre.

 

Com o reajuste, os novos preços das viagens entre as estações  de Parauapebas (PA) e do Anjo da Guarda, em São Luís (MA) –  bem como o percurso inverso-, passarão a custar R$ 80,00 na classe econômica e R$ 150,00 na classe executiva. Os valores praticados atualmente são de R$ 70,00 e R$ 130,00, respectivamente.

 

Além do reajuste no valor das passagens, a partir de 1° de junho serão cobradas taxas: de 20% nas operações de remarcação de passagens; e uma taxa de 5% nos cancelamentos de passagens, conforme Resolução 4.282 da ANTT.

 

Em 2015, a Vale entregou um novo trem de passageiros para a comunidade, mais moderno, seguro e confortável, mantendo os mesmos valores praticados à época. O valor das passagens não sofre reajuste há dois anos.

Compartilhe:

Princípio de incêndio em farmácia ainda sob investigação

Excesso de carga no sistema elétrico ou ponto de aquecimento excessivo na fiação elétrica. Essas podem ter sido as possíveis causas do incêndio em uma drugstore na Folha 12, na manhã de ontem, dia 24. Porém, os Bombeiros agiram rapidamente e evitaram que as chamas se alastrassem. Uma equipe de eletricistas da Celpa também esteve no local para refazer a fiação elétrica.
Não houve maiores danos, avarias ou danos físicos nos funcionários. Apesar das diversas tentativas, a direção da empresa não quis conversar com a Imprensa.
Mateus
Informações do Grupo Mateus, chegadas ao Blog Zeca News, dão conta de que o prédio em que funcionava a Mateus Eletro da Folha 31, na Nova Marabá, incendiado no último dia 11 de abril, será demolido em breve e outro, reconstruído.

Compartilhe: