FUNDAÇÃO CASA DA CULTURA REINICIA PESQUISAS ARQUEOLÓGICAS NA REGIÃO

Depois de recontratar sua equipe de Arqueologia, cujos profissionais tiveram os contratos encerrados no fim de 2016, a FCCM – Fundação Casa da Cultura de Marabá – volta às pesquisas com uma equipe multidisciplinar composta de arqueólogos, gestores ambientais, pedólogos, geoquímicos, historiadores, educadores patrimoniais, pedagogos, cientista social e antropólogo, responsáveis por pesquisa e divulgação do conhecimento do patrimônio cultural para a sociedade.
De acordo com Ismael Mota, educador patrimonial, uma das descobertas de maior relevância cientifica da FCCM para a arqueologia na região, nos últimos anos, foi à identificação de um grupo de caçadores/coletores que viveram por aqui há mais de 11.000 anos.
Agora, essas pesquisas prosseguem na geração de novas contribuições da ocupação pré-colonial da nossa região.

Compartilhe:

Hospital Regional de Marabá promove debate sobre síndrome de Down

Diariamente, cerca de 70 usuários são atendidos no Serviço de Apoio à Diagnose e Terapia (SADT) no Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá. Enquanto aguardam a chamada para realização de exame, eles são orientados sobre assuntos relacionadas à promoção da saúde e cidadania. A iniciativa é denominada ”Saúde com Educação e Humanização” e acontece, pelo menos, uma vez por semana. Nesta terça-feira, 28/3, o assunto discutido foi a síndrome de Down, que, por falta de informação, ainda gera muitos preconceitos na sociedade. Estima-se que, no Brasil, uma a cada 700 crianças que nascem sejam portadoras de síndrome de Down. A doença é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo. Assim, as pessoas com essa alteração genética têm 47 cromossomos em suas células, um a mais que a maior parte da população. É o caso dos estudantes N. R. G., de 16 anos, e Marcondes Trindade Pinto, de 21 anos, que participaram do bate-papo com usuários do hospital. Eles mostraram que, como a maioria das pessoas, têm sonhos e lutam para realizá-los. Segundo a coordenadora da Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae) de Marabá e facilitadora do debate no HRSP, Cremilda Peres, muitas vezes o preconceito existe dentro da própria família. ”A gente fica agradecido por ter a oportunidade de fazer essa discussão aqui, porque é uma forma de quebrar preconceito e desmistificar o assunto. Hoje, ainda existe muito preconceito, inclusive até na própria família, pois…

Hospital Regional de Marabá adota Protocolo de Traumatismo Cranioencefálico

Para garantir a segurança do paciente, unidades de assistência à saúde realizam seus procedimentos baseados em evidências científicas e clínicas. Isso é possível a partir da utilização de ferramentas como os protocolos clínicos, desenvolvidos para ajudar os profissionais a decidirem sobre as melhores condutas terapêuticas a serem seguidas. Dessa forma, para permitir maior rapidez e eficácia ao atendimento de vítimas de traumatismo cranioencefálico, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, adotou o Protocolo de Traumatismo Cranioencefálico (TCE). O objetivo é reduzir os riscos de complicações pós-trauma e instituir tratamento precoce desde o Acolhimento, porta de entrada na unidade. O TCE é uma das principais causas de atendimento no HRSP – unidade pública gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A instituição é referência em trauma de média e alta complexidades para 22 municípios paraenses. Em geral, os casos atendidos são provocados por acidentes de trânsito. Segundo o neurocirurgião do HRSP, Sandro Cavalcante, um dos envolvidos na criação do protocolo, o novo fluxo orienta as medidas que devem ser adotadas no primeiro atendimento ao paciente, dependendo da gravidade do caso. ‘‘Muitas vezes, esse organograma determina que a maior urgência é fazer o suporte clínico do paciente e aguardar um tempo para fazer a tomografia. Em outras situações, deve-se fazer a tomografia primeiro e o suporte clínico vem depois. Assim, o médico vai ser capaz de estratificar quem são os pacientes que precisam de um suporte…

Devido custo alto para os FIES será revisto devido-custo-alto-para-os-cofres

Com custo alto para os cofres públicos e inadimplência crescente – que bateu 53% em janeiro -, o Programa de Financiamento Estudantil (Fies) será completamente revisto pelo governo. Apenas em 2016 o custo global do Fies para o Tesouro Nacional chegou a R$ 32,2 bilhões.

O diagnóstico do rombo causado pelos benefícios não quitados deve ser divulgado na próxima semana pelo Ministério da Educação (MEC). Novas regras de acesso e pagamento das mensalidades estão prometidas para primeira quinzena de abril.

A conta total inclui o funding (obtenção de recursos) das mensalidades pagas às universidades privadas, os subsídios que barateiam o preço repassado aos estudantes e as taxas pagas aos bancos que operacionalizam o programa.

 

Compartilhe:

Consumidores pagaram R$ 3,7 bilhões a mais nas contas de luz entre 2009 e 2016

Entre 30 de julho de 2009 e 30 de julho de 2016, os consumidores pagaram R$ 3,7 bilhões a mais nas contas de luz, dinheiro que foi direcionado para a compra de combustível usado em termelétricas da Amazonas Energia, distribuidora que atende ao estado do Amazonas. O prejuízo ao consumidor foi calculado por uma fiscalização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), cujo resultado foi divulgado nesta terça-feira (28). Mais cedo nesta terça, a Aneel já havia anunciado a devolução de R$ 900 milhões, também cobrados indevidamente dos consumidores nas contas de luz, desta vez por conta da incidência irregular de um encargo destinado a remunerar a usina nuclear de Angra 3. A devolução será feita por meio de desconto nas contas de luz, em abril. Eletrobras A irregularidade apontada pela fiscalização da Aneel envolve a chamada Conta de Consumo de Combustíveis (CCC), abastecida por recursos cobrados dos consumidores, via conta de luz, e cujos recursos são usados para financiar a compra de uma parte do combustível usado nas termelétricas que geram energia para áreas isoladas no Norte do país, entre elas no Amazonas. A fiscalização verificou que, no período indicado, a Eletrobras, que é a responsável pela gestão da CCC, repassou mais dinheiro para a Amazonas Energia do que deveria. A área técnica da agência encontrou uma série de problemas, entre eles o fato de os consumidores terem pago mais gás natural do que as térmicas tinham capacidade de usar, conforme já revelou o G1. Segundo a Aneel, a Eletrobras não geriu adequadamente a…

SEASP DIVULGA LISTA DE APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO 2017

SEASP DIVULGA LISTA DE APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO 2017         SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL – SEASP, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, TORNA PÚBLICA A RELAÇÃO PRELIMINAR DOS CANDIDATOS CLASSIFICADOS NA PRIMEIRA FASE DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001-17, PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA E QUE ESTÃO APTOS A PARTICIPAREM DA SEGUNDA FASE – ENTREVISTA. CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR: CARGO ASSISTENTE SOCIAL:     1 ALINE LIMA AZEVEDO 2 DEÍZE ALMEIDA BOTELHO 3 ELANA MARLEN ARAUJO DA SILVA 4 FLAVIA ROBERTA SANTIAGO MOTHE 5 LENARA ANTÃO DE ALENCAR RIBEIRO SOUZA 6 MARCLÉIA DE SOUZA FELIPE 7 NADIA ANAISSI SARMENTO 8 NEUMA PEREIRA DOS SANTOS 9 ROSILENE DA SILVA SARGES 10 SOLONILCE PESSOA DA NOBREGA 11 TEREZINHA QUEIROZ CRUZ 12 THAIS TEIXEIRA DE SENA 13 VALDELICE DOS SANTOS SANTANA 14 VILMA REGINA NASCIMENTO DE SOUZA NEVES CARGO PSICÓLOGO: 1 ÁDRIA CRISTINA P. FERNANDES 2 ALZIRA LUCIA CARVALHO DA SILVA COSTA 3 FRANCISCA DAS CHAGAS SENA DE ALMEIDA 4 IARA OLIVEIRA FERNANDES 5 JOSILENE RODRIGUES SANTANA TEIXEIRA DE LIMA 6 JOSUÉ FERREIRA CAVALCANTE 7 JULIANA MARTINS FEITOSA 8 LIANI AMORAS LIMA GOUVEA 9 LUCIENE DE CASTRO COELHO 10 MARLU OLIVEIRA E SILVA 11 ODEMIR SOUZA DE CARVALHO JUNIOR 12 POLLYANA AUGUSTA ALVES SOUTO 13 RAYLLANE MATEUS TAVARES BRAGA 14 THAYANA DO NASCIMANTO CHAGAS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO: CARGO ASSISTENTE ADMINISTRATIVO: 1 ADRIANA DE PAULA DOS SANTOS VERDEROSA 2 ADRIANA MORAES DA SILVA 3 ADRIANA PEREIRA DE OLIVEIRA NETA 4 ADRIELLY PRISCILA CAVALCANTE DA SILVA 5 ALANA LIMA DA SILVA 6 ALANA LOPES DOS…

SINTESP CONVOCA SERVIDORES PARA AUDIÊNCIA

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde Pública do Estado do Pará – SINTESP-PA, convocou todos os servidores municipais da pasta da Saúde de Marabá para a Sessão Ordinária que acontecerá amanhã, dia 29, na Câmara Municipal, a partir das 09 horas. Entre os principais assuntos, está o Decreto do Prefeito que reduz em 10% (dez por cento) o Adicional de Insalubridade dos servidores da Saúde.
De acordo com informações do SINTESP – PA, o principal ponto da pauta foi solicitado pelo sindicato. Outros assuntos que devem ser debatidos o salário de dezembro, vale Alimentação (cinco meses de atraso), plantões, horas extras, diárias da Zuna Rural, reajustes do salário e do Vale Alimentação, dentre outros.
Local: Câmara Municipal de Marabá Data: 29 de março de 2017 A partir das 9h –

Compartilhe:

ATER e verbas para o Incra são assuntos debatidos hoje em Brasília

Asdrúbal Bentes, Superintendente Regional do Incra, está em Brasília, hoje, dia 29, juntamente com uma delegação de pessoas filiadas à Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) no contexto da reforma agrária. A intensão é para dialogar com o Ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, além de cumprir agenda junto ao INCRA Nacional (referente à liberação de recursos para Projetos de Assentamentos) para emitir entre 5 e 7 mil títulos definitivos nas áreas de projeto de assentamento e mais 15 mil contratos de Concessão de Uso para abrir oportunidades de investimentos e financiamentos junto aos bancos públicos.
O Vereador Ilker Moraes, reconhecido pelos seus esforços em assuntos ligados à Reforma Agrária no Sul e Sudeste do Estado do Pará e por ter vasto conhecimento em Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) também faz parte da comitiva que está abrindo os debates em Brasília.

Queda de braço
A Deputa Federal, Simone Morgado, por conta de colisões políticas com a representação regional do PMDB, pediu a exoneração de Asdrúbal Bentes. O Senador Jáder Barbalho interviu e hoje, Asdrúbal afirmou ao Zeca News: “tenho feito tudo para ter a consciência tranquila e muito segurança que isto não vai acontecer, pois, tenho trambalhado para honrar a confiança que me foi depositada. Estarei, se Deus quiser, trabalhando em favor à Reforma Agrária.”

Compartilhe:

Vale sobre eleição do Diretor Presidente

A Vale informa que, após reunião de seu Conselho de Administração realizada hoje, o Sr. Fabio Schvartsman foi eleito para assumir o posto de Diretor Presidente da Vale.

Fabio Schvartsman é graduado e pós-graduado em Engenharia de Produção pela Universidade Politécnica de São Paulo (Poli/USP) e pós-graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas. Trabalhou por 10 anos na Duratex e por 22 anos no grupo Ultra, de onde saiu em 2007 como CFO da holding Ultrapar e sócio-diretor da Ultra S.A.. Após presidir a Telemar Participações e a San Antonio Internacional, tornou-se em 2011 presidente da Klabin, cargo que exerce até hoje.

Fabio Schvartsman foi eleito pelo Conselho de Administração a partir de uma lista preparada pela empresa internacional de seleção de executivos, Spencer Stuart, em conformidade com as normas e governança da companhia.

Compartilhe:

Hospital Regional de Marabá promove debate sobre Síndrome de Down

Nesta terça-feira, 28/3, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em parceria com a Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae) de Marabá, realizará uma um bate-papo com usuários sobre a Síndrome de Down. A agenda é alusiva ao Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado no último dia 21, em vários países.

No HRSP, a palestra que iniciou na manha desta terça feira  faz parte do projeto ‘Saúde com Educação e Humanização’, que consiste na oferta de palestras educativas e preventivas para usuários que aguardam a realização de exames ou consulta médica, criando um espaço para orientação em saúde.

Compartilhe: