SINTESP CONVOCA SERVIDORES PARA AUDIÊNCIA

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde Pública do Estado do Pará – SINTESP-PA, convocou todos os servidores municipais da pasta da Saúde de Marabá para a Sessão Ordinária que acontecerá amanhã, dia 29, na Câmara Municipal, a partir das 09 horas. Entre os principais assuntos, está o Decreto do Prefeito que reduz em 10% (dez por cento) o Adicional de Insalubridade dos servidores da Saúde.
De acordo com informações do SINTESP – PA, o principal ponto da pauta foi solicitado pelo sindicato. Outros assuntos que devem ser debatidos o salário de dezembro, vale Alimentação (cinco meses de atraso), plantões, horas extras, diárias da Zuna Rural, reajustes do salário e do Vale Alimentação, dentre outros.
Local: Câmara Municipal de Marabá Data: 29 de março de 2017 A partir das 9h –

Compartilhe:

ATER e verbas para o Incra são assuntos debatidos hoje em Brasília

Asdrúbal Bentes, Superintendente Regional do Incra, está em Brasília, hoje, dia 29, juntamente com uma delegação de pessoas filiadas à Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) no contexto da reforma agrária. A intensão é para dialogar com o Ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, além de cumprir agenda junto ao INCRA Nacional (referente à liberação de recursos para Projetos de Assentamentos) para emitir entre 5 e 7 mil títulos definitivos nas áreas de projeto de assentamento e mais 15 mil contratos de Concessão de Uso para abrir oportunidades de investimentos e financiamentos junto aos bancos públicos.
O Vereador Ilker Moraes, reconhecido pelos seus esforços em assuntos ligados à Reforma Agrária no Sul e Sudeste do Estado do Pará e por ter vasto conhecimento em Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) também faz parte da comitiva que está abrindo os debates em Brasília.

Queda de braço
A Deputa Federal, Simone Morgado, por conta de colisões políticas com a representação regional do PMDB, pediu a exoneração de Asdrúbal Bentes. O Senador Jáder Barbalho interviu e hoje, Asdrúbal afirmou ao Zeca News: “tenho feito tudo para ter a consciência tranquila e muito segurança que isto não vai acontecer, pois, tenho trambalhado para honrar a confiança que me foi depositada. Estarei, se Deus quiser, trabalhando em favor à Reforma Agrária.”

Compartilhe:

Vale sobre eleição do Diretor Presidente

A Vale informa que, após reunião de seu Conselho de Administração realizada hoje, o Sr. Fabio Schvartsman foi eleito para assumir o posto de Diretor Presidente da Vale.

Fabio Schvartsman é graduado e pós-graduado em Engenharia de Produção pela Universidade Politécnica de São Paulo (Poli/USP) e pós-graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas. Trabalhou por 10 anos na Duratex e por 22 anos no grupo Ultra, de onde saiu em 2007 como CFO da holding Ultrapar e sócio-diretor da Ultra S.A.. Após presidir a Telemar Participações e a San Antonio Internacional, tornou-se em 2011 presidente da Klabin, cargo que exerce até hoje.

Fabio Schvartsman foi eleito pelo Conselho de Administração a partir de uma lista preparada pela empresa internacional de seleção de executivos, Spencer Stuart, em conformidade com as normas e governança da companhia.

Compartilhe:

Hospital Regional de Marabá promove debate sobre Síndrome de Down

Nesta terça-feira, 28/3, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em parceria com a Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae) de Marabá, realizará uma um bate-papo com usuários sobre a Síndrome de Down. A agenda é alusiva ao Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado no último dia 21, em vários países.

No HRSP, a palestra que iniciou na manha desta terça feira  faz parte do projeto ‘Saúde com Educação e Humanização’, que consiste na oferta de palestras educativas e preventivas para usuários que aguardam a realização de exames ou consulta médica, criando um espaço para orientação em saúde.

Compartilhe:

Águia vence e complica a vida do Pinheirense

Mesmo jogando fora de casa e com um a menos, o Águia de Marabá venceu o Pinheirense por 2 a 0, na tarde deste sábado (25), no estádio da Curuzu, em Belém. O resultado dificulta a vida do General no certame estadual.
CONFIRA COMO FOI A PARTIDA.
No primeiro tempo, o General começa a partida melhor, com direito a bola na trave no chute de Miranda.
Enquanto isso, o Águia começava de forma tímida, a incomodar o goleiro Adriano. Os atacantes do Azulão não estavam inspirados, pelo menos na primeira etapa e viam o Pinheirense ter mais objetividade na primeira etapa.
Na etapa final, o cenário parecia ser o mesmo, pois o Águia teve o zagueiro Marquinhos expulso, porém com um a mais, o Azulão precisou de cinco minutos para sair de campo com a vitória.
Aos 18 minutos, o atacante Vinicius tirou do alcance do goleiro para abrir o placar. Águia 1 a 0.
Dois minutos depois foi à vez de Kaique aproveitar o vacilo da defesa e anotar o segundo gol do Azulão: 2 a 0.
Sem forças, o General sofreu mais uma derrota e vê o rebaixamento para a Segunda Divisão mais próximo, enquanto que o Águia chega a 14 pontos e se consolida na terceira posição.
Na última rodada, o Pinheirense enfrenta o Castanhal em Belém e o Águia terá o Paysandu na Curuzu, mas antes terá dois jogos contra o time bicolor, pela Copa Verde.

Compartilhe:

Chile e Egito retomam importações de carne brasileira

Os dois parceiros comerciais, Chile e Egito, anunciaram no sábado (25) que irão normalizar as importações de carne brasileira. O Serviço Agrícola e Pecuarista do Chile extinguiu a medida que restringia a importação de carne brasileira para o país.

Já o Ministério da Agricultura do Egito declarou oficialmente ter certeza da qualidade da carne brasileira após exames realizados por três diferentes órgãos governamentais, que atestaram também que a produção de frango e carne bovina no Brasil está de acordo com as leis islâmicas.
 

Compartilhe:

Correios podem desligar 20 mil a 25 mil funcionários

Com prejuízo de quase R$ 500 milhões nos dois primeiros meses do ano e depois de frustrar-se com o baixo número de adesões ao plano de desligamentos voluntários aberto em janeiro, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) avalia uma medida radical para fechar o rombo em seus cofres, que desperta a ira dos sindicatos de trabalhadores: uma forma de driblar a estabilidade dos empregados e fazer demissões motivadas”, com o objetivo de reduzir o quadro de pessoal. Estimativas preliminares indicam a necessidade de enxugamento de 20 mil a 25 mil funcionários para equilibrar as despesas operacionais e dar sustentabilidade aos Correios. “Caso a medida realmente vá adiante, seria um precedente importante para outras estatais em crise, ao relativizar a estabilidade de trabalhadores que ingressaram por meio de concurso. Hoje eles só podem sair voluntariamente ou por justa causa, mediante a abertura de processo disciplinar. A diretoria dos Correios prepara sua sustentação com base no artigo 173 da Constituição, que permite adotar em empresa pública o regime jurídico de empresas privadas. Haveria brecha legal também para as dispensas motivadas na CLT, com a alegação de que a ausência de medidas pode colocar a estatal em colapso. Segundo dados da vice-presidência de finanças e controle interno, a folha de pagamento da estatal aumentou de R$ 3 bilhões para R$ 7,5 bilhões entre 2006 e 2015. Com isso, os custos trabalhistas subiram de 49% para 62% dos gastos totais. No mesmo período, o “tráfego de objetos” caiu de 8,6 bilhões para 8,2 bilhões por ano e…

CNBB critica reforma da Previdência e convoca mobilização dos fiéis

A Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou, nota sobre a Reforma da Previdência. No texto, aprovado pelo Conselho Permanente da entidade, os bispos afirmam que a PEC 287/2016, “escolhe o caminho da exclusão social”. No mesmo documento, convocam os cristãos e pessoas de boa vontade “a se mobilizarem para buscar o melhor para o povo brasileiro, principalmente os mais fragilizados”.

NOTA OFICIAL

“Ai dos que fazem do direito uma amargura e a justiça jogam no chão”
(Amós 5,7)

O Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, reunido em Brasília-DF, dos dias 21 a 23 de março de 2017, em comunhão e solidariedade pastoral com o povo brasileiro, manifesta apreensão com relação à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, de iniciativa do Poder Executivo, que tramita no Congresso Nacional.

O Art. 6º. da Constituição Federal de 1988 estabeleceu que a Previdência seja um Direito Social dos brasileiros e brasileiras. Não é uma concessão governamental ou um privilégio. Os Direitos Sociais no Brasil foram conquistados com intensa participação democrática; qualquer ameaça a eles merece imediato repúdio.

Abrangendo atualmente mais de 2/3 da população economicamente ativa, diante de um aumento da sua faixa etária e da diminuição do ingresso no mercado de trabalho, pode-se dizer que o sistema da Previdência precisa ser avaliado e, se necessário, posteriormente adequado à Seguridade Social.
 

Compartilhe:

ACIDENTE EM OFICINA MATA RADIALISTA EM DOM ELISEU

Antonio estava debaixo de um caminhão que estava erguido por um macaco, ocasião em que o mesmo  desabou, matando o mesmo instantâneamente.

Evandro Corrêa – da Redação

O radialista Antonio dos Santos Neto, que apresentava o programa Santos Neto Pop Show, morreu hoje pela manhã dentro de uma oficina situada na zona urbana de Dom Eliseu, no sudeste do Pará. De acordo com informações levantadas pelo PORTAL PARA NEWS, Antonio estava debaixo de um caminhão que estava erguido por um macaco, ocasião em que o mesmo  desabou, matando o mesmo instantâneamente. Com a gravidade do impacto, o corpo do radialista ficou preso debaixo do caminhão, sendo retirado minutos depois e encaminhado ao IML de Marabá. 

Compartilhe:

Detentos de Paragominas iniciam motim

Presos se recusaram a sair para a audiência no Fórum de Paragominas e iniciaram tumulto.
Paragominas, no sudeste do estado, detentos do sistema penitenciário iniciaram um motim no Centro de Recuperação Regional, nesta segunda-feira (27).

De acordo com a Polícia Militar, a intenção era impedir que outros presos fossem retirados das celas para as audiências de custódia no Fórum.

O tumulto durou cerca de 15 minutos e foi controlado depois que o reforço da PM chegou.

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) confirmou que os detentos se recusaram a sair para a audiência no Fórum de Paragominas, o que teria causado o tumulto.

A justiça determinou que o Grupamento Tático desse apoio operacional para a condução coercitiva dos presos até o Fórum. Segundo a polícia, ninguém ficou ferido.

Compartilhe: