MARABA:: INTERVENÇÃO POLICIAL NO SÃO FÉLIX

Por volta das 20h30 do último sábado (01), três homens, identificados como Denis Lopes dos Santos de 18 anos, Vinicius Felipe Damião de 18 anos e Jhonata Felipe Damião de 24 anos (que faleceu), estavam em um veículo Fiesta prata de placa NEZ-7388 de Altamira, quando efetuaram um roubo de celular no bairro São Félix. A vítima foi Kleiber Wallissom Costa da Silva, de 15 anos e crime aconteceu na Av. Contorno, próximo ao Bar do Campos.
Os acusados empreenderam fuga para o núcleo Nova Marabá e quatro guarnições realizaram o cerco na área das folhas 5, 6, 7, 8, 10, 11, 12 e 13. Quando por volta de 21h, na Av. VE-03 cerca de 400 metros à frente, uma das guarnições começou a receber tiros em sua direção. Ao chegar ao local, a vítima relatou ao Cabo da Polícia Militar do GTO que sofreu uma tentativa de roubo e que os elementos estavam armados e empreenderam fuga alguns metros a frente.
Foi realizado acompanhamento por uma das viaturas por alguns metros, tendo os três ocupantes descido do veículo e um deles já baleado anteriormente, efetuado disparos na guarnição que revidou. Foi prestado socorro até o Hospital Municipal ao elemento baleado que não resistiu aos ferimentos. Foram apreendidos e apresentados na seccional da Polícia Civil ao DPC Vinicius, três aparelhos celulares sendo um da vítima do roubo no bairro São Félix, um veículo Fiesta prata e um revólver calibre 32 com 4 munições deflagradas.

Compartilhe:

Polícia investiga suposta tentativa de roubo a agência bancária em Marabá

Situação aconteceu na noite da última sexta-feira, 31. Grande volume de fumaça saiu de dentro da agência bancária.

polícia investiga uma suposta tentativa de assalto a uma agência da Caixa em Marabá, no sudeste do Pará. A situação aconteceu na noite da última sexta-feira (31), após a partida de futebol entre o time local, Águia de Marabá e o Paysandu.

Segundo testemunhas, dois homens entraram na agência e após a saída deles um grande volume de fumaça se formou dentro da agência. Bombeiros chegaram a ser acionados, na possibilidade de se tratar de um incêndio, que não foi o caso.

Homens da Polícia Militar também estiveram na agência, mas nada foi encontrado. A polícia vai analisar as imagens das câmeras de segurança da agência para verificar o que provocou a fumaça e se realmente houve alguma tentativa de roubo aos caixas eletrônicos.

Compartilhe:

Contas de energia elétrica terão bandeira tarifária vermelha em abril

No mês de abril, os consumidores de energia elétrica vão pagar R$ 3 a mais para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.
É que no próximo mês vai vigorar a bandeira tarifária vermelha patamar 1, que é usada quando é preciso acionar usinas termelétricas mais caras, por causa da falta de É a primeira vez neste ano que a bandeira vermelha é ativada.
Em março, a bandeira tarifária em vigor foi a amarela, com adicional de R$ 2 para cada 100 kWh e, anteriormente, a bandeira era a verde, sem custo extra para o Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o uso consciente.
As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.

 

Compartilhe:

Trabalho infantil: Senador Paulo Rocha apresenta projeto de combate

A Anamatra lançou em (28/3), no salão nobre da Câmara dos Deputados, a sua Agenda Político Institucional. A solenidade contou com a presença de parlamentares, entre eles o senador Paulo Rocha, autor do Projeto de Lei que inclui no Código Penal, para caracterizar como crime a exploração do trabalho infantil. A proposta consta na agenda como prioritário para Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho, e no momento tramita na CCJ da Câmara dos Deputados, sob o número (PL 6895/2017).

Pela proposta de Paulo Rocha, será considerado crime explorar, de qualquer forma, ou contratar, ainda que indiretamente, o trabalho de menor de 14 anos. Se o trabalho for noturno, perigoso, insalubre ou penoso, a pena poderá ser, de dois a oito anos de prisão, mais multa, além da pena correspondente à violência. Essa também será a punição para quem contratar jovem de 14 a 17 anos para trabalho noturno, perigoso ou insalubre

Compartilhe:

Juiz ameaça prender ocupantes

Fonte : CT Online O juiz Amarildo José Mazutti, titular da Vara Agrária de Marabá, afirmou em entrevista ao CORREIO, nesta sexta-feira (31), que pretende determinar a prisão de pessoas que voltaram a ocupar duas propriedades rurais desapropriadas em outubro passado, por determinação judicial, com apoio do Comando de Missões Especiais (CME), da Polícia Militar. De acordo com o magistrado, naquele mês foram reintegradas nove fazendas. “Tivemos reincidências em duas delas, que foram ocupadas novamente, a Mutamba e a Muriaé. Os processos dessas fazendas passaram a ser prioridade porque agora não é mais somente a situação da ocupação, fato é que estão descumprindo decisão judicial e a justiça existe para todo mundo. Atendendo ao Ministério Público do Estado do Pará, vamos mandar prender todas as pessoas que voltaram a cometer o crime de desobediência”, avisou. No caso da Mutamba, por exemplo, já há sentença do caso, ou seja, o processo já foi encerrado. “Foi feita a análise, o trabalho de pacificação e as pessoas saíram voluntariamente, mas quando o CME foi embora retornaram para a área. Tive reunião com eles ontem (terça) e estou em conversa com o Incra (Instituto Nacional Colonização Reforma Agrária) para que o órgão converse com o fazendeiro e quem sabe consigam comprar essa área para assentar este pessoal. Trata-se de pequeno agricultor, não é grileiro. São pessoas que produzem, estão há muito tempo lá e cada um com a sua área. Apesar disso, a justiça precisa ser cumprida”, declarou. Conforme ele, atualmente cerca de 30 processos que tramitam na Vara…

HMM CRIA SERVIÇO DE ATENDIMENTO PERSONALIZADO

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da diretoria Administrativa do Hospital Municipal de Marabá (HMM) vem trabalhando no sentido de melhorar todas as áreas daquela casa de saúde. Inicialmente promoveu a capacitação de servidores; recuperou e adquiriu móvel e utensílios; e, desde a semana passada, está humanizando o acolhimento de pacientes, ao adotar o “Atendimento Posso Ajudar?”, que torna a vida menos difícil para aqueles que procuram aquele hospital. No embalo de uma reforma e redimensionamento interno do primeiro bloco, que compreende o Pronto Socorro e Ambulatório, obras realizadas com auxílio da Justiça do Trabalho, Sidney Miranda Júnior, diretor administrativo do HMM, capacitou todos os servidores em “Qualidade no Atendimento”, primeiramente no geral e depois setorizado, de acordo com as prioridades de cada área. O novo serviço (Posso Ajudar?), no momento, não tem local fixo, vai da recepção à porta dos consultórios, feito nos dois turnos, com dois servidores pela manhã e outras duas pessoas à tarde. Consiste basicamente nos encaminhamentos para a triagem e depois, de acordo com o risco do paciente, para o médico. A triagem, feita por um enfermeiro (a), é baseada no sistema de cores, de acordo com o nível de risco (gravidade) do paciente: Vermelho – atendimento imediato; amarelo – avaliação médica em até 30 minutos; verde – aguardar para atendimento em até uma hora; e azul, para quem deve esperar até duas horas para ser atendido. Hoje, 31 de março, o atendimento no ambulatório do HMM estava tranquilo, diferentemente do início da semana, quando muita gente pediu socorro àquele…

MARABÁ:SERVIMAR E SINTESPCONVOCAM SERVIDORES MUNICIPAIS PARA MOBILIZAÇÃO NA SEGUNDA-FEIRA

José Edmilson Oliveira, presidente do Sindicado dos Servidores Públicos Municipais de Marabá, SERVIMAR, e Raimundo Gomes, Diretor do Sindicado dos Trabalhadores em Saúde da região sudeste do estado do Pará, Sintesp, reuniram-se com o Chefe de Gabinete  do município, Valmor Costa mas parece que os dois lados estão longe de entrar em consenso.
“Já mandamos carta de aviso como manda a lei, 72 horas antes da paralisação. O companheiro Valter esteve com ele (Valmor Costa) na noite de ontem e a reunião não avançou. Estamos convidando todos os servidores para mostrar ao governo a insatisfação de todos os servidores que não tiveram suas demandas atendidas e para quem foi demitido e não recebeu ainda, estão todos convocados. O Prefeito cortou 10% da insalubridade e segunda-feira estaremos todos na porta da Prefeitura”. Enfatizou Raimundo Gomes.

Veja  o Comunicado oficial 
As Entidades Sindicais SINTESP   E SERVIMMAR, após contato do chefe de gabinete do prefeito, informando agenda do senhor prefeito com os sindicatos na proxima terça-feira dia 4/4, para discutir a pauta pleiteada, cujo os pontos todos conhecem, resolvem ADIAR A PARALISAÇÃO, prevista para o dia 3/4, e aguardar a reunião com o prefeito.
Ressaltamos que essa medida não é uma contrariedade ao decidido pela assembleia, mas sim uma estratégia evitando se assim interpretações equivocadas.
Contamos com a compreensão de todos
Não vamos abandonar nossos direito

Compartilhe:

Bando Ataca Agência Bancária em Dom Eliseu

Uma quadrilha de assaltantes roubaram uma agencia bancária na cidade de Dom Eliseu BR -222 nesta madrugada.

Segundo relato de moradores  pelo whatsapp  que presenciaram a ação, Amanhã sairia o pagamento dos funcionários públicos, todos recebem pela caixa.

Os Bandidos arrobaram os caixas eletrotônicos  e levaram o dinheiro do pagamento dos servidores públicos.

Compartilhe:

Papão vence o Águia e encaminha vaga

Paysandu deu um importante primeiro passo para avançar na Copa Verde. No jogo de “ida” da segunda fase, fora de casa, contra o Águia, o Papão superou o adversário e o gramado pesado para vencer por 2 x 1 e garantir a vantagem do empate na “volta’. O Papão saiu na frente ainda no primeiro tempo, com gol do garoto Wil. O empate do Azulão veio de pênalti, já na etapa final, cobrado por Ednaldo. A vitória bicolor foi sacramentada com gol do lateral Ayrton, após bela jogada. 2 x 1. No jogo de “volta’, marcado para a próxima terça-feira (4), no Mangueirão, o Paysandu pode empatar e até perder por 1 x 0 para se classificar. O Águia precisa vencer por 2 x 0 ou por diferença de um com placares acima de 2 x 1. O JOGO: As fortes chuvas em Marabá ameçaram o adiamento da partida em virtude do gramado pesado, mas o primeiro tempo e o Paysandu saiu da primeira metade de jogo contra o Águia de Marabá com a vitória parcial no confronto. O campo acumulava muita lama e dificultava troca de passes, principalmente entre os jogadores mais técnicos do setor de meio de campo. As equipes, então, passaram a apostar em ligação direta aos atacantes e cruzamentos para a área. Em uma das jogadas rápidas no ataque alviceleste, o time de Marcelo Chamusca abriu o placar, quando Leandro Carvalho ganhou na corrida do zagueiro e chutou cruzado, encontrando o garoto Wil, que teve apenas o trabalho de empurrar para…