É preciso “trabalho hercúleo” para não perder mercado, diz MDIC

Diante da possibilidade de serem criadas barreiras à carne brasileira no exterior, a principal ação da cúpula do governo federal, neste momento, será a de levantar a bandeira de que os problemas revelados na Operação Carne Fraca são casos “isolados”. “Não é que toda a carne brasileira esteja com problema. Nossa mensagem em resumo será isso. Será um trabalho duro, hercúleo, mas que deverá ser feito, sob o risco de perdermos mercado, que é a nossa principal preocupação”, afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira. Depois das declarações públicas do presidente Michel Temer e do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, de que os frigoríficos brasileiros não podem ser prejudicados por casos pontuais, integrantes do governo vão ecoar o mesmo discurso na rodada de negociações em torno do tratado de livre-comércio entre a União Europeia e o Mercosul, prevista para começar nesta segunda-feira em Buenos Aires (Argentina). “Estamos com equipe na comissão negociadora bilateral do Mercosul e União Europeia e acredito que o assunto deverá ser inserido na pauta do encontro. O que podemos fazer é trabalhar, junto com o Ministério da Agricultura e o Itamaraty, no diálogo para tranquilizá-los”, disse o ministro do MDIC, Marcos Pereira. Ele participou no domingo de reunião com o presidente Temer e representantes do setor, no Palácio da Alvorada. “Vamos mostrar primeiro a transparência do governo e dizer que é um assunto menor. Temos mais de 4.800 unidades sujeitas a inspeções e apenas 21 tiveram problemas. Precisamos separar…

Nonato Castro apresenta ranking de qualidade da Celpa em coletiva nesta terça

Em ranking que avalia a qualidade dos serviços das distribuidoras de energia elétrica de todo o País, divulgado pela ANEEL no último sábado, a Celpa passou a ocupar a 14ª posição, subindo 21 posições, se comparando a 2012, quando era a última colocada. Para falar sobre os investimentos e as ações que garantiram essa escalada, o presidente da empresa, Nonato Castro, fará uma coletiva de imprensa nesta terça-feira, dia 21. A entrevista ocorrerá a partir das 8h30, na Temple Comunicação, localizada na Travessa Benjamim Constant, entre as avenidas Braz de Aguiar e Nazaré.

Compartilhe:

Polícia Civil investiga assassinato de ex líder do MST em Parauapebas

Polícia Civil já investiga as circunstâncias e possível motivação do assassinato do motorista Waldomiro Costa Pereira, corrido na madrugada desta segunda-feira (20), no interior do Hospital Geral de Parauapebas, sudeste paraense. Um grupo de cinco homens armados e encapuzados renderam os seguranças da unidade de saúde e mataram com, pelo menos, oito tiros a vítima, que estava internada na UTI. O paciente deu entrada no hospital na tarde do último no sábado (18), com três ferimentos feitos por arma de fogo. A vítima recebeu os disparos quando se encontrava em um terreno de sua propriedade, localizado na vila 17 de Abril, zona rural de Eldorado dos Carajás. Por determinação da Delegacia Geral, policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Marabá, das Seccionais de Marabá e de Parauapebas, e da Divisão de Homicídios de Belém atuarão nas investigações, em conjunto com o delegado Thiago Carneiro, titular da Delegacia de Eldorado dos Carajás, onde o inquérito foi instaurado para apurar a tentativa de homicídio do sábado e o posterior assassinato. De acordo com o delegado Thiago Carneiro, durante a tentativa de homicídio a Waldomiro, no fim de semana, uma outra pessoa que estava com ele também foi baleada nas pernas. Os autores dos tiros fugiram rapidamente do local e não chegaram a ser identificados. Waldomiro e a outra vítima foram socorridos e levados ao Hospital Geral em Parauapebas. Por volta de 2h50, os criminosos invadiram o estabelecimento, após render os seguranças, e mataram a tiros o motorista. Os bandidos fugiram em duas motos. O delegado já requisitou ao hospital as imagens do circuito…

Série de 27 mortes no Pará completa dois meses e só um suspeito foi preso Crimes aconteceram nos dias 20 e 21 de janeiro na Grande Belém. Polícia analisa imagens de segurança e ouve testemunhas dos crimes.

Nesta segunda-feira (20), completam dois meses da série de 27 assassinatos registrados em cerca de 24h na Grande Belém. A Divisão de Homicídios da Polícia Civil, que investiga os crimes, analisa imagens de câmeras de segurança e ouve o depoimento de testemunhas dos crimes. Apenas um suspeito foi preso. Os assassinatos aconteceram entre os dias 20 e 21 de janeiro, em pelo menos 20 pontos da região metropolitana. As mortes foram registradas horas depois que o soldado da Ronda Tática Metropolitana (Rotam), Rafael da Silva Costa, de 29 anos, foi assassinado durante uma ação policial no bairro da Cabanagem. A proximidade do horário em que os crimes aconteceram e a utilização de carros para a execução dos mesmos são alguns dos indícios que levam os órgãos de segurança a acreditarem na relação com a morte do soldado. Um homem foi preso desde a série de assassinatos que assustou a população. O suspeito é apontado pela polícia como tendo envolvimento na morte do policial, o que a princípio teria desencadeado todas as outras mortes. Apesar das investigações para elucidar o crime, poucas respostas foram encontradas. Para quem perdeu um familiar ou amigo, são dois meses de muita dor e sofrimento. “Eu acho que ele ainda tinha muita coisa pra viver. Ele tinha muitos planos e pretendia voltar a estudar. Às vezes eu paro e fico lembrando daquele dia. Mesmo com aquela imagem na cabeça, ainda não dá pra acreditar”, desabafa o familiar de uma das vítimas, que não quis ser identificado. Rerysson Reinaldo, de 21 anos,…

Demissões preocupa Parauapebas

A cada uma hora e 39 minutos, um trabalhador é demitido no município de Parauapebas, em algum dos 5.197 estabelecimentos que mantêm vínculo de trabalho por meio de registro em carteira. Apenas nos 28 dias de fevereiro, foram processadas 358 demissões. 

Os dados foram divulgados na tarde da última quinta-feira (16) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Compartilhe:

Polícia investiga ataque à fazenda Serra Norte, em Eldorado dos Carajás

A Polícia Civil de Eldorado dos Carajás, no sudeste do Pará, abriu inquérito para apurar o ataque de invasores à fazenda Serra Norte, no último sábado (18). Um funcionário da fazenda foi baleado na ação criminosa.

Era por volta de 11h30 de sábado (18), quando um funcionário da fazenda foi de carro até a sede da fazenda buscar o almoço de outro grupo de trabalhadores que estava a cerca de 3 km do local. No retorno, ele conta que foi surpreendido com tiros.

Uma das balas atingiu o pescoço do vaqueiro e ficou alojada. Por orientações médicas, só depois de três meses o projétil poderá ser removido.

O funcionário disse ainda que mesmo baleado, conseguiu pedir socorro. “Quando eu olhei pro meu ombro, tava muito ensanguentado. Eu não parei, eu continuei vindo, que eu tava com condições de dirigir, e acelerei pra frente. Eu vi cinco cidadãos correndo para cima de mim atirando, eu tava com o rádio da fazenda que a gente usa aqui pra comunicação a serviço e consegui passar para o pessoal”, afirma o vaqueiro, que não quis ser identificado.

Compartilhe:

Assessor do gabinete do prefeito de Parauapebas é executado a tiros dentro de hospital

 
Matadores ação
 

Waldomiro Costa Pereira, que era assessor no gabinete do prefeito de Parauapebas, Darci José Lermen, foi executado ontem a noite por cinco homens que invadiram o Hospital Regional de Parauapebas. 

Waldomiro havia sido vítima de uma emboscada quando estava em seu sítio, na Zona Rural de Eldorado dos Carajás, sendo alvejado com vários tiros. Ele foi encaminhado à Parauapebas e deu entrada na emergência do HGP na madrugada do sábado. Nesta segunda-feira, por volta das 2h30, os bandidos vieram concluir o serviço. 

Waldomiro era militante do Partido dos Trabalhadores e um dos líderes do Movimento dos Sem Terras – MST na região.  Em 2010, Costa foi preso por suposto envolvimento nos assaltos às agências bancárias em Eldorado dos Carajás. Passou alguns dias preso, depois foi solto e respondia ao inquérito em liberdade.

Compartilhe:

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EM CARÁTER EXCEPCIONAL EDITAL SEASP – Nº 001/2017.

 Processo Seletivo Simplificado em caráter excepcional, que estabelece normas para a formação de cadastro reserva para os cargos descritos neste edital, necessários para regular o funcionamento dos programas e projetos desta Seasp, no uso das atribuições conferidas por lei, de acordo com a Lei Municipal nº 17.758, de 20 de Janeiro de 2017.  DAS DISPOSIÇÕES LEGAIS O ingresso nas funções, por meio de vínculo temporário para preenchimento do quadro de servidores, far-se-á mediante Processo Seletivo Simplificado-PSS, para formação de cadastro de reserva, e, será realizado exclusivamente através de Análise Curricular e Entrevista. A inscrição será realizada por meio de ficha de inscrição devidamente preenchida e entrega de currículo. O candidato deverá preencher corretamente a ficha de inscrição e prestar na ordem discriminada abaixo as seguintes informações básicas, no currículo, sob pena de indeferimento de sua inscrição: a) Cargo Pretendido.  b) Nome; c) Número de CPF; d) Número de RG; e) Data de Nascimento:  f) Sexo; g) Endereço Completo; h) Telefones para contato;  i) e-mail de contato;  j) Cursos na área pretendida (discriminar local e período de realização/carga horária); k) Experiências profissionais na área pretendida (discriminar local e período em que exerceu a função). l) Documentação comprobatória de escolaridade e experiência no cargo pretendido. A documentação comprobatória que será submetida à avaliação curricular, deverá ser anexada ao currículo e entregue no ato da inscrição. O PSS será regido pelas regras estabelecidas neste Edital, observadas as normas básicas regentes do vínculo e função.  DAS VAGAS:  Para todos os cargos, o presente PSS, para formação de cadastro de…

Estudantes já podem concorrer a vagas não preenchidas pelo Fies

preenchidas no processo seletivo do primeiro semestre do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). As inscrições deverão ser feitas exclusivamente na página do Sistema de Seleção do Fies, o FiesSeleção, na internet. As vagas remanescentes são voltadas para candidatos que tenham participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde 2010, obtido nota mínima de 450 pontos nas provas e não ter tirado nota 0 na redação. Além disso, é necessário comprovar renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Podem participar da seleção inclusive aqueles que já tentaram o financiamento pelo processo seletivo regular e não obtiveram sucesso. Após o registro no FiesSeleção, o candidato deverá concluir a inscrição no Sistema Informatizado do Fies (Sisfies) nos dois dias úteis subsequentes. Os prazos de inscrição variam de acordo com a condição do estudante. Fies O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior. A taxa efetiva de juros do programa é 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. Neste semestre, o Fies ofereceu 150.538 vagas para 1.599 instituições, abrangendo 29.293 cursos. Veja os prazos estabelecidos pelo MEC: De 20 a 24 de março – Estudantes não graduados, inscritos no processo seletivo regular do Fies referente ao primeiro semestre de 2017 e que não tenham obtido o contrato de financiamento pelo fundo; De 22 a 24 de março – Estudantes graduados, inscritos no processo seletivo regular do Fies referente ao…

Temer: força tarefa é criada para investigar frigoríficos alvos da Carne Fraca

Na abertura da reunião com cerca de 40 representantes de países importadores de carne brasileira, o presidente Michel Temer anunciou nesse domingo (19) maior rigor na fiscalização dos frigoríficos do país. Temer ressaltou que problemas descobertos pela Operação Carne Fraca são pontuais, que a carne produzida e exportada pelo país é de qualidade e que o governo determinou celeridade nas auditorias que serão feitas nos estabelecimentos envolvidos no esquema criminoso. “Quero fazer um comunicado de que decidimos acelerar o processo de auditoria nos estabelecimentos citados na investigação da Polícia Federal. Na verdade, são 21 unidades, no total, três dessas unidades foram suspensas e todas as 21 serão colocada sob regime especial de fiscalização a ser conduzida por força tarefa do Ministério da Agricultura”, anunciou Temer. Para o presidente, as empresas flagradas no esquema de “maquiagem” de carne estragada é um “mínimo” diante do total de plantas frigoríficas do país.  “É importante sublinhar que dos 11 mil funcionário do Ministério da Agricultura, apenas 33 estão sendo investigados e das 4.837 unidades sujeitas a inspeção federal, delas, apenas 21 estão supostamente envolvidas em irregularidades. Fazemos essa comunicação para que os senhores, acompanhando o que estamos fazendo a partir de ontem, possam lançar esse comunicado aos seus países, governantes para tranquilizá-los no tocante ao noticiário que se deu nesses últimos dias”, disse aos representantes de países importadores de carne brasileira. Temer considerou o assunto como urgente e, para atestar a confiança no produto brasileira, o presidente convidou os diplomatas para uma churrascaria.  “Queremos convidar a todos para, quando…