MARABÁ:PREFEITO DECRETA ESTADO DE CALAMIDADE FINANCEIRA

  O decreto de nº 4/2017 assinado pelo prefeito Sebastião Miranda no dia 3 de janeiro de 2017 e publicado nesta segunda, dia 9 no diário oficial do município, coloca a administração pública municipal sob estado de calamidade financeira. No conteúdo, o decreto faz 11 considerações pertinentes à situação financeira do município, dentre elas, a extrema urgência dos serviços essenciais, a obrigatoriedade dos Gestores públicos de zelarem pela predominância dos princípios constitucionais da legalidade, impessoalidade, publicidade e, sobretudo pela moralidade, eficiência e efetividade, além da necessidade de zelar pela correta aplicação de recursos públicos, a urgência no equilíbrio das contas públicas, a resolução do passivo da folha de pagamento deixada pela gestão anterior e ainda em função do estado de precariedade física e administrativa encontrada pela gestão. O prefeito Sebastião Miranda e toda equipe técnica administrativa, justificam o decreto em função das sérias divergências administrativas e financeiras encontradas nas secretarias bem como na precariedade dos serviços de saúde, limpeza pública, e no pagamento de fornecedores e funcionários concursados e contratados, alguns com atrasos desde novembro de 2016. O prefeito cria o gabinete de crise, formado pelo próprio Sebastião Miranda, pelo vice-prefeito, Toni Cunha, pelo procurador geral do município, Dr. Absolon Souza Santos, e o secretário de planejamento Karan El Hajjar. Durante o período de calamidade fica vedada a realização de quaisquer despesas que dependam de recursos próprios no âmbito do Poder Executivo sem a anuência do Gabinete de Crise, salvo a decorrente de determinação judicial. Vale lembrar que a decretação de estado de calamidade não…

OS POSTOS DO PAÍS Preço da gasolina e do etanol fecha semana em alta; diesel recua

 gasolina registrou leve alta de 0,19%, enquanto o produto concorrente, o etanol hidratado, subiu 0,67%. O preço do diesel caiu 0,16% a semanaOs preços médios da gasolina e do etanol hidratado vendidos nos postos do Brasil fecharam a primeira semana do ano em alta, enquanto as cotações do diesel registraram ligeira queda, segundo levantamento semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A gasolina registrou leve alta de 0,19 por cento, para 3,762 reais por litro, enquanto o produto concorrente, o etanol hidratado, subiu 0,67 por cento, para 2,863 reais por litro.

O preço do diesel caiu 0,16 por cento na semana de 1 a 7 de janeiro, para 3,046 reais por litro.

Dessa forma, o levantamento da ANP, divulgado neste sábado, 7, não conseguiu captar ainda a alta na cotação no diesel de 6,1 por cento, anunciada pela Petrobras na quinta-feira, que passou a vigorar nas refinarias da estatal a partir de sexta-feira.

Se o reajuste for repassado integralmente para os consumidores, o preço pode subir em média 3,8 por cento, ou cerca de 0,12 por litro, na bomba, disse a Petrobras em comunicado.

O preço da gasolina nas refinarias foi mantido pela Petrobras.

A Petrobras surpreendeu parte do mercado ao elevar apenas o preço do diesel, uma vez que alguns analistas calculam que as cotações da gasolina estão abaixo da paridade de importação, o que não estaria de acordo com a atual política da estatal.

Compartilhe:

Mega Sena

Mega-Sena acumula e vai a R$ 8 milhões; veja os números sorteados

Ninguém acertou os números do concurso 1.892 da Mega-Sena, cujo prêmio estava estimado em R$ 4,5 milhões, sorteado na noite deste sábado (7) em São Paulo. As dezenas premiadas são as seguintes:  
06 – 17 – 22 – 30 – 37 – 50.

Os donos das 31 apostas que acertaram a quina terão direito a R$ 52.421,85 cada um. Já a quadra rendeu R$ 885.07, com 2.623 jogos ganhadores.
Com isso, no próximo concurso, com sorteio na quarta (11), o prêmio máximo pode chegar a R$ 8 milhões.

Compartilhe:

MARABÁ: VIGILANTE PODE TER LEVADO NA MOCHILA 1,1 MILHÃO DA PROSSEGUR

Uma fonte revelou ao Zeca News, que empresa de transporte de valores PROSSEGUR já acionou  a policia e faz investigações internas, para descobrir o roubo de 1,1 milhão de malote   da empresa de transporte de valores.

Um dos vigilantes esta sendo acusado de ter levado a referida quantia na mochila.

Segundo a fonte revelou 15 vigilantes que trabalharam no período nos plantões, já passaram por acareações durante as investigações.

A empresa não divulgou o caso para não atrapalhar as investigações.

Nesta segunda feira a reportagem entrevista as autoridades policias, para falarem  sobre roubo na empresa de transporte de valores, que segundo informações teria ocorrido na semana passada.

A  delegada Simone Felinto da policia civil  procurada pela reportagem, disse que tem poucas informações sobre o roubo, no entanto confirmou que tem uma equipe da (DRCO) delegacia de repressão ao crime organizado que esta apurando o caso, tendo a frente o delegado Tiago Beliene.

Compartilhe:

MARABÁ: PODER LEGISLATIVO CONVOCA VEREADORES PARA DUAS SESSÕES EXTRAORDINÁRIAS NA PRÓXIMA SEMANA PARA APRECIAR PROJETOS DO EXECUTIVO.

E DEFINEM AS NOVE COMISSÕES PERMANENTES DA CÂMARA NA TERÇA FEIRA. 
O presidente da Câmara municipal de Marabá, vereador Pedro Correa informa ao Zeca News,  que na terça feira dia 10\01,  o poder legislativo vai reunir os 21 vereadores para definir as  9 comissões permanentes casa , presidentes, secretários e membros.

Na quinta, e sexta feira, respectivamente, o presidente da câmara vai convocar os vereadores para duas sessões extraordinárias.

Na pauta serão analisados os projetos de urgência do executivo, que serão debatidos nestes dois dias.

Pedro Corrêa diz que são alguns Projetos de interesse público, entre  eles, o que  versa sobre as contratações dos garis, que segundo ele é necessário ser apreciado de forma urgente, em razão da problemática do lixo em Marabá.

Os projetos do executivo, chegam ao legislativo, nesta segunda feira nove, e ainda não se tem informação exata da quantidade agentes de limpeza que serão contratados.

Outras demandas que serão apreciadas pelos vereadores nas sessões  extraordinárias  de interesse do poder executivo ainda não são do conhecimento do presidente da Casa .

Compartilhe:

CASA DA CULTURA

Vanda deve assumir FCCM na próxima semana A Ex-vereadora Vanda Américo, nome indicado pelo Prefeito Sebastião Miranda para assumir a Presidência da Fundação Casa da Cultura de Marabá, afirmou que deve oficialmente tomar posse na casa na próxima semana, após liberação de licença da Fundação Nacional da Saúde (Funasa), órgão em que ela é lotada. Em reunião com os diretores da casa e com a presidente interina, Célia Miranda, na última quita-feira, ela conta que esteve verificando e tomando pé da situação em que se encontra a Fundação. Vanda Américo assume a casa após passar 28 anos como vereadora na casa legislativa de Marabá e irá substituir Noé Von Atzingen, o qual coordenou a Fundação Casa da Cultura durante três décadas. “A fundação sempre foi bem administrada, tem os seus projetos e programas com a Vale e outras empresas parceiras”, destacou Vanda. Segundo a nova Presidente, atualmente a Casa da Cultura funciona praticamente sem recursos da Prefeitura, com uma folha bem enxuta e será necessária a renovação de convênios com a empresa Vale e outras empresas para continuação dos trabalhos. Para ela a expectativa é de realizar uma boa atuação no órgão. “Eu como Marabaense que sempre tive o maior respeito pelo patrimônio que o Noé vem construindo ali na casa, pelo trabalho realizado. Quero me unir à equipe e fazer um trabalho que Marabá espera”, garantiu. Já de início, Vanda destacou que está verificando a implantação de projetos como o Cine Teatro, junto à Secretaria de Obras e a continuação das obras do Palacete…

Preso 3º suspeito de esquartejamento de Mulher em Marabá

Jurivam Souza da Silva foi preso na última quinta-feira (5), suspeito de envolvimento no brutal assassinato que vitimou Andréia do Nascimento Brígido, de 30 anos, em dezembro de 2016, em Marabá.

Três pessoas foram presas. O marido de Andréia, Janair França Souza França; João Batista Ferreira da Silva e o mais recente, Jurivam, conhecido como ‘Baixinho’.

De acordo com a delegada Raissa Beleboni, no momento da prisão, um dos suspeitos descreveu que o crime havia sido praticado com a contratação do marido de Andréia, com a participação de uma terceira pessoa.

“De posse das características físicas fornecidas por João Batista e as informações por ele ofertadas localizamos e com o trabalho de investigação foi feita a qualificação de Jurivam”, explicou a delegada.

O crime foi planejado após o marido de Andréia suspeitar que estava sendo traído. Janair contratou o amigo João Batista – que trabalharam juntos na mesma empresa – para matar sua companheira e pagaria a quantia de R$ 5 mil pelo crime.

Andréia foi morta e esquartejada. No local do crime foram encontradas manchas de sangue e alguns documentos queimados pertencentes à vítima.

Os três suspeitos foram encaminhados para o Centro de Triagem Metropolitana de Marabá, onde estão recolhidos à disposição da Justiça.

(Fonte:DOL)

Compartilhe:

Presidente do Incra diz que orçamento para Superintendência Regional do Sul do Pará em 2017 deve ser o mesmo valor do ano passado pouco mais de $19 milhões

Se forem inclusos os recursos para desapropriações e indenizações, esse valor pode chegar a R$60 milhões.   O presidente substituto do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Jorge Tadeu, veio a Marabá e concedeu coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (6), no Gabinete da Superintendência Regional do Sul do Pará. Jorge se reuniu com o superintendente regional, Asdrúbal Bentes, recentemente empossado, para alinhar as políticas de trabalho e também ouvir demandas da região sul e sudeste do Pará. O presidente colocou que a emancipação dos assentamentos e a titulação das famílias assentadas são algumas das principais metas dessa nova gestão do Instituto. “Temos 9.500 projetos de assentamento no país. Precisamos regularizá-los e conceder os títulos definitivos aos assentados. Isso garante segurança jurídica para essas famílias”, afirma Jorge. Ele coloca que a meta é emitir 460 mil títulos definitivos até o final de 2018 no país. O superintendente Asdrúbal solicitou apoio para essas ações: “Necessitamos recursos humanos e financeiros para atender essas e as outras demandas, que são as mais variadas. Mas a direção nacional do Incra demonstra, através desta visita, que está interessada em nos apoiar nesta missão”. Segundo o presidente, existe o orçamento aprovado na Lei Orçamentária Anual (LOA) que chega perto de R$1 bilhão. Esse orçamento pode aumentar com as parcerias e emendas parlamentares. Em 2016, a Superintendência Regional do Sul do Pará aplicou R$19.638.937,00 em suas diversas ações. Está garantido que será aplicado, no mínimo, o mesmo montante do ano passado. Se forem inclusos os recursos para desapropriações e…

Mais de 30 presos morrem na penitenciária de RR, diz governo

Segundo estado, mortes ocorreram na madrugada desta sexta (6). Bope e PM estão no local, diz Secretaria de Justiça e Cidadania.

Ao menos 33 presos morreram na madrugada desta sexta-feira (6) na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior de Roraima, informou a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc). O governo só informou as mortes e ainda não divulgou mais detalhes.

De acordo com nota da secretaria, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e a Polícia Militar (PM) estão na unidade que fica na BR-174, na zona Rural de Boa Vista. A entrada da unidade foi isolada na manhã desta sexta. (G1/RR)

Compartilhe:

Viaduto é liberado e torna travessia mais segurança

Com o novo viaduto do km 730 da ferrovia Carajás liberado,  desde o último dia 24, a passagem em nível ( PN) existente do local, foi desmobilizada na quarta-feira (04/01).  A localização do viaduto foi definida a partir de interlocuções com a comunidade e considerou, também, o ponto da ferrovia com maior fluxo de pedestres e veículos.
Com o viaduto, haverá mais segurança nas travessias para moradores dos bairros Araguaia e km 7. Também é  importante destacar que o viaduto tem espaços específicos para a circulação segura de pedestres, ciclistas e atende os parâmetros de acessibilidade, além de oferecer mais segurança para todos, pois não há mais interferência com a passagem dos trens com a comunidade.

Compartilhe: