Ministério Público lança campanha nacional contra o trabalho infantil

O Ministério Público do Trabalho (MPT) lança hoje (10), em Campinas (SP), uma campanha nacional de combate ao trabalho infantil. Com a hastag #Chegadetrabalhoinfantil, a ação conta com o apoio de personalidades da música e dos esportes: os cantores sertanejos Daniel, Chitãozinho e Xororó, o ex-jogador de vôlei Maurício Lima e a ex-jogadora de basquete Hortência Marcari. A meta é o engajamento dos internautas nas redes sociais, incentivando-os a postar o gesto da hashtag em seus perfis como forma de apoio à causa contra o trabalho irregular de crianças e adolescentes. campanha, apoiada pela Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes (Coordinfância), é realizada com o uso de verbas de acordos firmados com empresas do interior e da Grande São Paulo. Os artistas e esportistas que participam da iniciativa não cobraram cachê. Acidentes de trabalho Segundo dados do Sistema de Informações de Agravo de Notificação (Sinai), do Ministério da Saúde, morreram no país 187 crianças e adolescentes com idade entre 5 e 17 anos durante o trabalho entre 2007 e 2015; 518 tiveram a mão amputada em acidentes laborais, num total de 20.770 casos graves de acidentes de trabalho envolvendo menores de 18 anos. A Organização Internacional do Trabalho (OIT) calcula que 14,4% dos trabalhadores que atuam em atividades de alto risco no Brasil têm entre 15 e 17 anos. “O trabalho infantil pode ser fatal e ainda causar mutilações, danos à saúde e outros que só serão observados na vida adulta. Precisamos fazer um esforço maior para solucionar a…

Brasil – Construção demite mais de um milhão de trabalhadores desde 2014

A construção civil demitiu 1,08 milhão de trabalhadores no país desde outubro de 2014, quando iniciou o declínio do número de empregados. Os dados foram divulgados pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Segundo o estudo, há 27 meses havia 3,57 milhões de trabalhadores na construção. Em dezembro no ano passado, o total caiu para 2,489 milhões, a 27ª queda consecutiva. O setor fechou 2016 com 414 mil vagas, uma queda de 14,33% em relação a dezembro de 2015. Em relação a novembro, houve queda de 3,63%.

Entre os estados, os que mais demitiram no ano passado foram São Paulo (-97.696), Rio de Janeiro (-77.726), Minas Gerais (-37.694), Bahia (-23.772) e Pará (-21.374). Em 2016, os segmentos que mais apresentaram queda foram imobiliário (17,14%), infraestrutura (-13,96%) e preparação de terreno (13,68%).

Para o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo, José Romeu Ferraz Neto, a tendência é de mais cortes de emprego para os próximos meses. Ele defende que o governo adote “medidas emergenciais para estimular a construção civil”.

(Agência Brasil)

Números em queda

No estado de São Paulo, houve queda de 2,70% no emprego em dezembro na comparação com novembro (redução de 18,7 mil vagas). O número de trabalhadores foi de 694,6 mil em novembro, ante 675,9 mil em dezembro. Em 12 meses, são menos 91.899 trabalhadores no setor.

Compartilhe:

Pará – Susipe fará processo seletivo de temporários

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) fará a realização do Processo Seletivo Simplificado com a finalidade de  selecionar candidatos a vaga, para desempenho em caráter temporário, nas funções de técnico de enfermagem, motorista, técnico em gestão penitenciária (enfermeiro, assistente social,psicólogo, médico, odontólogo).

As inscrições ocorrerão no período de 15 a 19 de fevereiro e deverão ser efetuadas exclusivamente no endereço eletrônico www.susipe.pa.gov.br, por meio de link específico. Não será cobrada taxa de inscrição.

Aturão nas unidades prisionais divididas por regiões (Metropolitana, Guamá, Rio Capim, Araguaia, Carajás, Tocantins, Baixo Amazonas, Xingu, Tapajós e Marajó)

Mais detalhes no site da Susipe.

Compartilhe:

PROPOSTA DE REFORMULAÇÃO DO PCCR É APRESENTADA AOS VEREADORES

 
O secretário de Educação, de planejamento e o Chefe de Gabinete se reuniram na manhã desta sexta feira (10) na câmara Municipal com os vereadores e presidente da câmara para apresentar a proposta de reformulação do PCCR da rede municipal de educação. A proposta está sendo amplamente discutida inclusive com o sindicato dos professores de Marabá, para que haja um entendimento sobre as alterações propostas.
Os vereadores debateram os 12 pontos do PCCR que fazem parte da proposta da reformulação. Os secretários de planejamento e educação fizeram uma exposição de todas as possibilidades para que haja uma estabilidade financeira visando à segurança dos recebimentos dos salários e benefícios em dia em toda a rede e adequação orçamentária tendo em vista os recursos federais e municipais que custeiam a secretaria.
A SEMED também expôs algumas medidas que foram tomadas para a readequação financeira como a lotação  utilizando preferencialmente professores do quadro concursado, praticamente zerando  a contratação para o ensino infantil e fundamental menor, além de ajustes possíveis visando à otimização dos recursos recebidos e a melhoria da qualidade do ensino na rede municipal. O sindicato dos professores de Marabá também está debatendo esta proposta devendo apresentar nos próximos dias uma análise para discussão em conjunto com a secretaria.
 

Compartilhe:

MARABÁ: PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO CASA DA CULTURA DEBATE PARCERIA EM CANAÃ DOS CARAJÁS

A Presidente da Fundação Casa da Cultura de Marabá Vanda Américo, esteve ontem (09/02) visitando a Casa da Cultura de Canaã dos Carajás.

O objetivo  da visita foi conhecer a estrutura física da casa, e as atividades que estão sendo desenvolvidos,  e o fortalecimento de  parceria entre a FCCM e a Casa da Cultura de Canaã dos Carajás.

Compartilhe:

PREFEITURA FECHA O CERCO CONTRA A VENDA CLANDESTINA DE TIJOLOS E BLOCOS DE CONSTRUÇÃO

A reunião aconteceu na tarde desta quinta-feira (9) e  contou com a presença do vice-prefeito, Toni Cunha, secretários da SEGFAZ – Secretaria de gestão Fazendária, SICOM – Secretaria de Indústria e comércio, SEMMA- secretaria de Meio ambiente e SMSI – Segurança Institucional e os proprietários de Cerâmicas e fábricas de blocos e tijolos do município.
 O objetivo é fechar o cerco e aumentar a fiscalização com relação à venda ilegal, feita por empresas de outros municípios, em ruas e espaços da cidade. Segundo os representantes deste segmento, a venda ilegal prejudica a criação de empregos, arrecadação de tributos, além de ser enquadrado como concorrência desleal pela falta de alvará de funcionamento, já que muitas empresas de fora do município se instalam em locais não permitidos e comercializam seus produtos.
 O vice-prefeito e secretários garantiram que a fiscalização e autuação destes clandestinos será intensificada pelos órgãos competentes. Lembrando que a venda ilegal destes produtos, sem a devida certificação pode comprometer a qualidade da construção. A fiscalização aos clandestinos já começa a partir de amanhã e vai ser intensificada à medida que acontecerem denuncias.

Compartilhe:

SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO APRESENTA PROPOSTA DE MUDANÇA AO PCCR NA CÂMARA

O Secretário de Educação Municipal, Luciano Dias, está na Câmara Municipal desde as (10h) para apresentar proposta sobre o Plano de Cargos e Carreiras e Remuneração. A própria Secretaria de Educação enviou documento à CMM pedindo a oportunidade.

O Sintepp mostra preocupação com direitos dos trabalhadores.
O Secretário aponta para cortes que deverão ser feitos para equilibrar a folha.
Pedro Corrêa, Presidente da Câmara Municipal, afirma que a intensão da reunião “é que haja consenso e bem discutida, sem mais traumas, os próprios trabalhadores sabem que é necessário equilibrar as contas públicas”.
O Presidente da Câmara Municipal, disse agora há pouco, ao Zeca News, que não tomou conhecimento antecipado sobre as informações específicas das mudanças propostas. De acordo com o Presidente, as negociações também devem resolver a situação dos salários atrasados dos trabalhadores, já que a Prefeitura está fazendo análises para garantir os pagamentos sem comprometer as contas públicas. “acredito eu, que pelo montante, deve ser parcelado.”

Compartilhe:

SEMED LANÇA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA CADASTRO DE RESERVA S

O PSS – Processo Seletivo Simplificado está sendo feito segundo edital publicado hoje (10) no Diário Oficial e será realizado somente com base na Análise de Currículo do candidato. As inscrições podem ser feitas somente através do email: PSS.SEMED2017@MARABA.PA.GOV.BR. As inscrições poderão ser feitas das 00:00h do dia 13/02 as 23:59h do dia 14.02. O candidato deverá prestar na ordem discriminada abaixo as seguintes informações básicas, sob pena de indeferimento de sua inscrição: a) Nome; b) Número de CPF; c) Número de RG; d) Data de Nascimento: e) Sexo; f) Endereço Completo; g) Telefones para contato; h) e-mail de contato; i) Cargo Pretendido. A documentação comprobatória que será submetida à avaliação curricular, deverá ser anexada no e-mail de inscrição. O PSS será regido pelas regras estabelecidas neste Edital, observadas as normas básicas regentes do vínculo e função. As funções são assim dispostas: Nível Fundamental (completo ou incompleto): Agente de Portaria; Agente de Serviços Gerais; Merendeira; Agente de Conservação; Motorista de Ônibus Escolar, categoria D; Motorista veículo leve, categoria B. Nível Médio: Auxiliar de Secretaria. Nível Superior: Psicólogo; Assistente Social; Nutricionista; Professor licenciado com habilitação em Letras; Professor licenciado em letras com habilitação em Inglês; Professor licenciado em História; Professor licenciado em Geografia; Professor licenciado em Ciências; Professor licenciado em Matemática. As vagas estão assim dispostas: No caso do Docente, o presente PSS, para formação de cadastro de reserva, destina-se ao preenchimento de vagas nos variados níveis de ensino, etapas e modalidades, respeitado a habilitação. No caso do pessoal de Apoio, o presente PSS, para formação…

DIA D NO COMBATE À DENGUE EM MARABÁ

Evento que contou com a presença do General Pacelli na  23 Brigada – Tratando das ações de enfrentando ao mosquito Aedys Aegypti em Marabá.
Uma força tarefa de cerca de 400 pessoas (Secretaria Municipal de Saúde, Exército e voluntários) inicia no próximo dia 10 com uma forte campanha de combate ao Aedes Aegypti, que se prolifera no período chuvoso e quente. O mosquito também provoca a febre chikungunya e o zika vírus.
O Secretário de Saúde do município, Marconi Leite, afirmou ao Zeca News que o Exército está mobilizando 115 homens, a Secretaria de Saúde está colocando na campanha mais 300 pessoas e 60 do Ministério da Saúde. De acordo com o Secretário, a Programação é ampla. Acompanhe:
Sábado 11 – Carreata de mobilização
Domingo 10 – Ações de conscientização na Praça São Félix, Praça Duque de Caxias e Praça São Francisco. Destes pontos, visitas às residências.
Segundo Solange Freire, coordenadora da Vigilância em Saúde na Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o trabalho a ser feito é educativo para alertar à população para os riscos de endemias e consequente combate ao mosquito. No período de 13 a 17 de fevereiro, em dois turnos (manhã e tarde) serão intensificadas as ações de combate ao Aedes por agentes de endemias e pessoal do Exército Brasileiro, priorizando os locais de maior proliferação, apontados no levantamento de índice de infestação do mosquito, previsto para ser concluído nesta quarta-feira.

Compartilhe:

Instituto Tecnológico Vale e Museu Emílio Goeldi lançam publicação sobre a flora de Carajás

Revista Rodriguésia, do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, publica o primeiro de três volumes sobre os estudos da vegetação endêmica da Serra de Carajás (PA)   Na Floresta Nacional de Carajás, no Pará, está localizada uma das maiores províncias minerais do mundo e também ecossistemas vegetais peculiares, conhecidos como cangas ou campos ferruginosos. É lá que pesquisadores do Instituto Tecnológico Vale (ITV) e do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) desenvolvem, desde 2015, o projeto “Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil”, considerado o mais recente e sistematizado estudo botânico sobre o ecossistema da região já realizado. O projeto conta com a colaboração de 74 botânicos taxonomistas do Brasil e do exterior, oriundos de 22 instituições nacionais e do exterior. É possível que o número total de espécies da flora, quando concluído o levantamento, previsto para dezembro de 2017, atinja quase 10% das 7.071 espécies referidas para o estado do Pará.   Nesta quita-feira (9), será realizado um evento para celebrar o primeiro volume do estudo, que foi publicado em uma edição especial da Rodriguésia – Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, considerada uma das mais importantes e tradicionais da área de Botânica, em especial em Taxonomia Vegetal. O evento acontece a partir das 15h, no auditório do campus de pesquisa do Museu Goeldi, em Belém. O Jardim Botânico também organiza um evento de lançamento no dia 7 de março. Este primeiro volume, dos três a serem publicados pela Rodriguésia, é composto por 55 monografias em nível de família botânicas, incluindo 139 gêneros…