IASEP RESTABELECE ATENDIMENTOS EM DIVERSAS CIDADES NO INTERIOR

Hospital Santo Agostinho, de Altamira, no sudoeste do Pará, voltou a atender, nesta terça-feira (14), os segurados do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado (Iasep). Em Itaituba, na mesma região, o Hospital Santo Antônio garante o retorno dos atendimentos na quarta (15). Além desses, outros credenciados estão informando sobre retomada e ampliação de serviços, em resposta à solicitação do Governo do Estado para melhorar o atendimento aos segurados do Iasep, principalmente no interior. “Na próxima semana, o Hospital Divina Providência deve voltar a atender os segurados do Iasep”, diz o diretor geral do hospital de Marituba, Gustavo Bonassi. Em Bragança, no nordeste do Estado, o Hospital Santo Antônio Maria Zacharias renovou o contrato com o plano dos servidores e garante a normalidade dos atendimentos. Em Redenção, no sul paraense, os hospitais São Vicente e São Lucas também estão normalizados. Em Tucuruí, sudeste do Pará, a Clínica Benstar está ampliando a oferta de serviços, com especialidade em clínica geral. Em Marabá, na mesma região, a Clínica ISA solicitou autorização para oferecer as especialidades de ginecologia, cardiologia e exames de laboratório. Em Monte Alegre, no Baixo Amazonas, o Laboratório Martins passa por reforma, mas em março estará atendendo os servidores públicos e dependentes no plano. “Além desses municípios, estamos buscando melhorias imediatas para os segurados de Marabá, Cametá, Parauapebas, Abaetetuba, Paragominas e outros municípios”, explica a presidente do Iasep, Iris Gama. Segundo ela, a melhora na rede de atendimento é possível após o compromisso do Iasep em pagar os prestadores de serviços com regularidade e dentro do prazo contratual…

AGENTES DE ENDEMIAS

SECRETÁRIO IRÁ BUSCAR FINANCIAMENTO PARA ABRIR PROCESSO SELETIVODurante reunião com vereadores, na manhã desta quarta-feira (14), o secretário de saúde do município, Marcone Leite, deu o prazo até o dia 20 de fevereiro para entregar o parecer informando a condição da Secretaria a respeito das contratações e pagamentos dos agentes de endemias, que não tiveram contrato renovado este ano e estão sem receber o pagamento desde agosto de 2016.
Marcone Leite foi contundente em afirmar que a possibilidade de contratação dos agentes de endemias só é viável se houver financiamento do Ministério da Saúde. “A prefeitura de Marabá não tem condições de fazer novas contratações por uma limitação financeira. Pra que haja essa contratação é preciso atender todos os regramentos do Ministério da Saúde, fazer o processo seletivo, dar o treinamento para que eu possa ter garantido o financiamento do pagamento dos salários desses servidores”, afirmou o secretário.
Marcone informou ainda que o Município e a Câmara Municipal precisam ir à Brasília para tentar buscar novos recursos para a saúde, visto que os recursos atuais não são suficientes para manter os serviços que já tem. “Somos um polo regional, temos uma maternidade que é regional e precisamos que isso seja financiado de alguma forma, seja pelo governo do estado ou federal para que tenhamos esse serviço funcionando”, disse o secretário.

Compartilhe:

Prefeitura de São Domingos do Araguaia realiza entrega de 20 mil mudas de cacau para Agricultura Familiar.

A secretaria de Agricultura e a Prefeitura Municipal de São Domingos do Araguaia realizaram a entrega de 20 mil sementes e mudas de Cacau, a entrega foi realizada no dia 08 de fevereiro, para propriedades de agricultura familiar, o objetivo da ação é incentivar a geração de renda por meio da lavoura cacaueira.

Com o apoio da CEPLAC o projeto está em seu terceiro ano e já são mais de 30 famílias beneficiadas, segundo o Secretário de Agricultura, Lourival Pimentel, os primeiros frutos de cacau já estão sendo colhidos pelos lavradores e o próximo passo é o planejamento e preparação para escoamento e beneficiamento do cacau produzido pelos agricultores da região.

Compartilhe:

FERROVIA CARAJÁS:TREM DE CARGA DESCARRILA E IMPEDE TREM DE PASSAGEIROS DE CIRCULAR NA EFC

A Vale informa que na madrugada desta terça-feira, 14 de fevereiro, houve um descarrilamento na Estrada de Ferro Carajás, no município de Bom Jesus do Tocantins, no Pará, impedindo temporariamente a operação de transporte de cargas. Em razão do descarrilamento, o trem de passageiros não circulou hoje (14/2), cuja partida seria de Parauapebas (PA) com destino a São Luis (MA). A partir desta quinta-feira 16/2) os passageiros que já haviam adquirido seus bilhetes, poderão se dirigir às estações para remarcar passagens ou solicitar reembolso.

Os passageiros podem obter mais informações pelo Alô Ferrovias: 0800 285 7000.
As equipes da Vale já trabalham na manutenção da via para restabelecer a sua operação.
A empresa lamenta pelos transtornos e reitera seu compromisso com a segurança de suas operações e das comunidades ao longo da ferrovia.

Compartilhe:

MARABÁ:ELETRICISTA MORRE VITIMA DE CHOQUE ELÉTRICO SINOBRAS POR MEIO DE NOTA DIZ ESTA DANDO APOIO A FAMÍLIA DO TRABALHADOR

Na manhã desta segunda-feira, 13, o eletricista José Joaquim dos Santos Filho, 29 anos, que atuava no setor de pontes rolantes da Laminação da Sinobras (Siderúrgica Norte Brasil), em Marabá, morreu eletrocutado com um choque de 1.000 volts.

o Centro de Perícias Renato Chaves fez  a remoção do corpo e realização de perícia no local da tragédia.

O caso foi registrado na 21ª Seccional Urbana da Nova Marabá, A vítima recebeu primeiros socorros por uma técnica de enfermagem, mas veio a óbito, segundo o relato.

Sobre  a morte do a SINOBRAS  enviou nota ao Zeca News,lamentando a  morte do eletricista, e informa com profundo pesar o falecimento do colaborador José Joaquim dos S.  Filho, Mantenedor Elétrico da área de Ponte Rolante, ocorrido nesta segunda-feira (13/02) nas dependências da empresa.

A SINOBRAS informa ainda que está tomando as devidas providências e dando todo o apoio necessário aos familiares, com os quais se solidariza neste momento de tristeza e dor.

 

Compartilhe:

Governo divulga calendário de saque das contas inativas do FGTS

A partir de 10 março, mais de 30 milhões de trabalhadores terão direito a retirar o dinheiro. governo divulga nesta terça-feira (14) o calendário de saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A partir de março, mais de 30 milhões de trabalhadores terão direito a retirar o dinheiro.  os saques começam no dia 10 de março, para nascidos em janeiro e fevereiro. Pessoas nascidas em março, abril e maio poderão sacar em abril. Quem faz aniversário em junho, julho e agosto, poderá sacar em maio. Nascidos em setembro, outubro e novembro poderão fazer o saque em junho. Em julho, deverão sacar os nascidos em dezembro. Veja as datas Nascidos em janeiro e fevereiro: Sacam em março Nascidos em março, abril, maio: Sacam em abril Nascidos em junho, julho, agosto: Sacam em maio Nascidos em setembro, outubro, novembro: Sacam em junho Nascidos em dezembro: Sacam em julho De acordo com o governo, são mais de R$ 43 bilhões parados nessas contas e o governo calcula que, desse total, R$ 34 bilhões serão sacados por trabalhadores. Veja perguntas e respostas sobre o saque do FGTS Os saques vão acontecer até o meio do ano. Mais da metade dos trabalhadores tem, no máximo, R$ 500 para sacar, segundo o governo. Outros 24% têm saldo entre R$ 500 e R$ 1.500. Os dois grupos representam 80% do total de pessoas com direito a sacar o dinheiro. Os demais têm mais de R$ 1.500 a receber. Antes, só tinha direito a sacar o FGTS…

Reunião em Brasília discute questão da Terra Indígena Apyterewa em São Félix do Xingu (PA)

 

Está marcada para esta terça-feira (14) no Ministério da Integração Nacional, em Brasília, uma reunião para tratar questões da Terra Indígena (TI) Apyterewa, localizada no município de São Félix do Xingu.

O superintendente regional do Incra Sul do Pará, Asdrúbal Bentes, participará das tratativas a convite da associação dos ocupantes da área. Recentemente, o superintendente esteve na região e ouviu as demandas dos pequenos produtores, que reivindicam a legitimação de suas ocupações, visto que estão na área há vários anos, produzindo e cumprindo a função social da terra.

De acordo com o superintendente, o Ministério da Justiça tem condições de solucionar a questão dessa parte da Apyterewa. “Basta que se observe o que dispõe o Artigo 231 da Constituição Federal, que estabelece as condições para a definição de posse indígena”, analisa Asdrúbal.

Ainda em Brasília, haverá reunião na Sede do Incra, na quarta-feira (15), para abordar a situação do Projeto de Assentamento Belauto, que recebeu agricultores oriundos da desintrusão da TI Apyterewa. O Assentamento Belauto tem área de 25 mil hectares e capacidade para 412 famílias.

Outra demanda de São Félix do Xingu, que será discutida em Brasília, é a regularização fundiária. O superintendente tem por objetivo, buscar recursos para realizar a titulação dos assentamentos da região Sul e Sudeste do Pará.

INCRA – SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO SUL DO PARÁ

Compartilhe:

Salário de Policiais Militares ficou abaixo da inflação em oito estados da federação

O cenário de perdas salariais, estopim do motim de policiais militares no Espírito Santo, é comum a outros Estados do país.   da Folha de São Paulo O levantamento foi feito pela  Folha de São Paulo em 19 unidades da federação, mostrando que o salário inicial da categoria aumentou nos últimos cinco anos, mas ficou abaixo da inflação em pelo menos oito delas, incluindo o Espírito Santo. Mesmo onde houve um reajuste expressivo, a insatisfação dos policiais é latente, motivada pela falta de estrutura, discrepância de ganhos entre altas e baixas patentes e aumento de horas-extras. “No geral, o salário é só a ponta do iceberg”, diz Arthur Trindade Costa, professor da UnB (Universidade de Brasília) e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Uma das principais queixas são as diferenças salariais dentro da corporação: os oficiais chegam a ganhar até cinco vezes mais que os praças, que atuam no policiamento ostensivo. “O militarismo é um sistema bom para deixar muitos ganhando pouco e poucos ganhando muito”, diz Rafael Alcadipani, professor da FGV-SP. Em tempos de crise econômica, a distorção fica ainda mais evidente, e se soma ao eventual sucateamento dos quarteis em alguns locais, à falta de equipamentos e à perda do poder de compra. “Não é só um problema salarial; é estrutural”, diz Orélio Fontana Neto, da Associação de Praças do Paraná. No Rio, onde na última sexta-feira (10) houve protestos de mulheres de PMs em ao menos 27 dos 39 batalhões no Estado, o presidente da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros…

ANO LETIVO COMEÇA NA REDE MUNICIPAL

As 100 escolas da rede pública municipal da área urbana de Marabá deram início às aulas referente ao ano letivo/2017, na manhã de hoje, 13 de fevereiro. De acordo com Orlando Moraes, secretário adjunto da Semed, hoje deveriam marcar presença os mais de 43 mil alunos da rede municipal de ensino. Moraes disse que a Semed enfrenta algumas dificuldades nessa volta às aulas, diante do sucateamento de algumas escolas e no transporte de estudantes. 12 veículos já foram recuperados, outros 23 estão  no pátio da SEVOP para recuperação, afim de normalizar o serviço. Na Escola de Ensino Fundamental e Médio Anísio Teixeira, as aulas iniciaram dentro da normalidade. A aluna Beatriz Jancê disse que começou bem, com um bom número de estudantes e, até aquele momento, não faltou nenhum professor. O mesmo foi confirmado pela também estudante Melissa Carvalho, que considerou ótimo o início das aulas. Segundo a diretora de Ensino Fundamental da Anísio Teixeira, cerca de 70% dos alunos estiveram presentes naquela escola na manhã desta segunda-feira. Por sua vez, Dóris Barroso, coordenadora pedagógica do Núcleo de Educação Infantil Professora Marluse Ferreira, afirmou a presença de poucos alunos, cerca de 40 dos mais de 150 esperados no primeiro turno, atribuindo esse pequeno contingente justamente as chuvas. Diante da baixa faixa etária, a coordenadora diz que isso não é problema, até porque a  semana é somente para adaptação das crianças ao ambiente escolar, o que acontece em todos os NEI´S. A SEMED informa também que ainda esta semana, a maioria dos problemas de transporte de…

Morre o jornalista Jean Teles, ex-repórter da TV Mirante em Caxias

O jornalista que trabalhou também no Pará estava internado na UTI desde a ultima segunda-feira (6) e respirava com a ajuda de aparelhos. Jean deixa a esposa e filho de cinco meses jornalista Jean Teles, que atuava na imprensa de Caxias, morreu no Hospital São Marcos, em Teresina, na noite de domingo (12). Ele foi vítima de Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico (AVCH).  Os familiares decidiram doar os órgãos do jornalista e por isso o corpo só será liberado nas próximas 24h. Jean estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o último dia 6 e foi submetido a um procedimento cirúrgico para a retirada de um coágulo. Após a cirurgia, realizada com êxito, Jean entrou em coma induzido e respirava com a ajuda de aparelhos, e neste domingo (12) veio a óbito. O jornalista foi encontrado desacordado e caído fora do veículo em uma estrada vicinal próxima a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Caxias no inicio da noite da ultima segunda-feira (6), sendo socorrido e encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caxias. Exames realizados apontaram que o jornalista sofrera um AVCH – Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico. Sem reagir a nenhum estímulo e inconsciente, Jean foi transferido imediatamente para o Hospital Regional de Presidente Dutra, na terça-feira (7), foi novamente transferido, desta vez para a capital piauiense, sendo internado na Unidade de Terapia Intensiva do hospital São Marcos, onde passou por cirurgia na quarta-feira (8). Jean Teles tinha 44 anos, trabalhou na TV Tapajós, que cobre o leste do Pará. Posteriormente, ele foi…