Preso em Teresina acusado de assassinar prefeito de Goianésia do Pará

A Polícia Civil deve transferir ao Pará, nos próximos dias, Benedito Peres Campelo, 55 anos, natural de Natal (RN), apontado como executor do então prefeito de Goianésia do Pará, João Gomes da Silva, que era conhecido como Russo. O crime ocorreu em 24 de janeiro deste ano, quando a vítima estava em um velório, no município paraense.

Benedito foi preso nesta sexta-feira (9) em Teresina (PI), como resultado de um trabalho conjunto de policiais civis da Divisão de Homicídios e Serviço de Polícia Interestadual (Polinter) do Pará, com apoio da Polícia Civil piauiense. Segundo o policial civil, o prefeito foi morto a tiros por dois criminosos. Um deles entrou no local do velório, onde estava a vítima, e efetuou os disparos. Durante as investigações, um dos envolvidos, agora preso, foi identificado.

Benedito Campelo também usa o nome de Agnaldo Peixoto de Alencar. Ao ser preso, portava uma carteira de identidade com esse nome falso. As investigações continuam. O inquérito é presidido pelo delegado Fernando Bezerra, da Divisão de Homicídios do Pará.

Compartilhe:

SIDERÚRGICA DE MARABÁ: OBRAS DA CEVITAL INICIA EM 2017 E DEVE GERAR 2,5 MIL EMPREGOS DIRETOS

O deputado Dirceu Ten Caten  informou ao Zeca News, que Hoje pela manhã ocorreu no parlamento estadual um “expediente especial”, onde o secretário de desenvolvimento econômico do Pará relatou aos deputados os andamentos do projeto de verticalização do minério de ferro que está sendo viabilizado pela Cevital em parceria com a Vale no município de Marabá. A expectativa é de que as obras iniciem em 2017 e que o empreendimento gere 2,5 mil empregos diretos.

Compartilhe:

Fé: Bispo Dom Vital celebra missa Solene de Santa luzia nesta terça 13|12 no Bairro Belo Horizonte Av. Manaus

Com o tema Santa luzia nos ensina a praticar obras  as de misericórdia a programação  do festejo da padroeira do Bairro Belo Horizonte inicia as 6  da manha  com Alvorada e missa presidida pelo Bispo Dom Vital, as  18 hs procissão Luminosa e as 18 e 30hs missa solene de Santa Luzia.

Neste domingo a parte social inciou com sucesso com leilões, Bingos, e praça  de alimentação.Nesta terça 13\12  2016 a programação continua.

Compartilhe:

MARABÁ: ACIDENTES COM MOTOS MARCAM ESSA SEGUNDA FEIRA NA CIDADE NOVA

 Um acidente ocorreu agora a pouco, às 8 horas, em um dos cruzamentos mais perigosos do bairro Belo Horizonte, na rua Cuiabá com Afro Sampaio, no trecho que dar acesso ao Bairro da Paz, não tem sinalização, duas motos se chocaram.

O moto-taxista de colete amarelo saiu gravemente ferido, e o condutor da outra moto teve escoriações.

Os homens do corpo de bombeiros estão no local providenciando o resgate do moto-taxista para atendimento no hospital.

Outro acidente ocorreu hoje as cinco da tarde na Av. Transamazônica Cidade Nova , em choque de moto com veiculo, uma mulher não identificada ficou ferida foi levada para o hospital, ainda não se sabe do seu quadro clinico evoluiu para melhora.

Compartilhe:

Memoria Curta!! 35,1% apoiam intervenção militar

Pasmem, senhores! Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas revela que já são 35,1% os brasileiros que apoiam a intervenção militar no País. Os contrários somam 59,2%, ainda maioria, mas a pesquisa também revela o quanto é curta a memória de uma parcela da população brasileira. Na outra ponta, 73,7% afirmaram ser contra o aborto e 22,3% a favor. Os números não diferem da pesquisa realizada em agosto de 2016. O Paraná Pesquisas entrevistou 2.016 eleitores em 152 cidades de 24 estados entre os dias 6 e 8 de dezembro. 84,5% apoiam a Lava Jato, aponta Paraná Pesquisas Números do Instituto Paraná Pesquisas apontam que 84,5% dos brasileiros apoiam a Lava Jato e 90% e acompanham as ações desencadeadas pela operação. O apoio é o maior do que a pesquisa anterior que era de 81,8%. Contrários à operação somam 12,8%. Para 63,1%, a Lava Jato traz benefícios ao País, enquanto 25,3% apontam o contrário. Na mesma pesquisa, o instituto perguntou se os eleitores eram a favor do projeto contra o abuso de autoridade de juízes e promotores: 69,8% responderam sim e 26,1% afirmaram ser contra o projeto. O Paraná Pesquisas entrevistou 2.016 eleitores em 152 cidades de 24 estados entre os dias 6 e 8 de dezembro. Sem Odebrecht O levantamento, de 7 a 8 de dezembro, não refletiu a avalanche de denúncias envolvendo Temer e integrantes de seu governo e do PMDB, anota a Folha de S.Paulo. Aqueles que veem o governo do presidente como regular reduziram-se a 34%. No levantamento anterior, durante a interinidade do…

Brasileiro virou um pessimista

O brasileiro, diante da crise econômica-política, virou um pessimista. Os números são do Instituto Paraná Pesquisas: 54,9% dos brasileiros estão pessimistas (41,7%) e muito pessimistas (13,2%). Os que estão nem aí com a crise – nem otimista e tampouco otimista -, são 17,8%. Os otimistas são 23,9% entre muito otimistas (1,1%) e otimistas (22,8%).

Os que apoiam o trabalho terceirizado (sem registro em carteira) já são 41,3% e os que são contra esta proposta, 55,1%, um sinal de uma economia em deterioração. Os que acreditam que o desemprego vai aumentar já são 46,9% e os que avaliam que vai diminuir, 23,6%. Para 26,9% o desemprego vai ficar como está: nem aumentou e nem diminuiu.

Foram entrevistados 2.106 eleitores entre os dias 6 e 8 de dezembro em 152 cidades de 24 estados.

Compartilhe:

Yes nos temos no Pará a carestia da Banana !!!

Banana tem aumento quase cinco vezes maior que inflação em 2016. Fruta teve reajuste de 33,74% em 2016, contra inflação de 7%. Preço do produto acumula aumento nos últimos 11 meses. O consumidor do Pará deve pensar duas vezes antes de usar a expressão “preço de banana” como sinônimo de coisa barata: é que a fruta ficou bem mais cara em 2016, com um reajuste médio que é quase cinco vezes maior que a inflação calculada entre os meses de janeiro e novembro. Segundo os economistas, o aumento entre janeiro e novembro deste ano chegou a 33,74%, contra uma inflação estimada em 7% – logo, o reajuste do preço da dúzia de bananas no ano foi de aproximadamente 4,8%. De acordo com pesquisa do Departamento Intersindical de Estudos Socioeconômicos (Dieese), a dúzia de bananas foi comercializada no mês de novembro, em média, por R$ 7,61 nas feiras livres e mercados de Belém – em outubro a mesma quantgidade do produto era vendida por R$ 7,52. A diferença de nove centavos pode parecer pequena, mas novembro foi o décimo primeiro mês seguido em que a fruta teve reajuste nos pontos de venda da capital. Com isto a alta acumulada representa um impacto significativo no orçamento, já que em dezembro de 2015 a dúzia de bananas era vendida por R$ 5,69. Segundo o Dieese, o custo dos alimentos no estado faz com que a cesta básica do paraense seja orçada em R$ 415,86, comprometendo cerca de 51% do salário mínimo de R$ 880 que está em vigor…

Ex-presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Eldorado dos Carajás é encontrado morto na BR-155

 Preocupados com a violência na região manifestantes interditaram a rodovia na manha desta segunda feira 12\12  entre Marabá e Eldorado.   O pecuarista que estava desaparecido desde última quinta-feira (08), foi encontrado sem vida e com varias  perfurações de arma branca. O corpo de Valdir da Campo, como era conhecido o ex-presidente do Sindicato de Produtores Rurais de Eldorado do Carajás, foi encontrado jogado as margens da Rodovia BR-155, as proximidades do                             Posto de Fiscalização da Polícia Rodoviária Federal-PRF , localizado no trecho que lega Eldorado dos Carajas a cidade de Marabá. Até o momento a polícia não tem qualquer informações do autor ou autores do homicídio. Um grupo de moradores da comunidade de Eldorado dos Carajás, no sudeste paraense, bloqueou a rodovia BR-155 na altura da entrada da cidade nesta segunda-feira (12). Duas faixas da rodovia foram bloqueadas. Manifestantes atearam fogo em pneus e fizeram uma barricada impedindo a passagem de veículos no local. Segundo o prefeito eleito no município, Célio Rodrigues da Silva (PMDB), que ainda irá assumir a prefeitura de Eldorado,  o deputado João  Chamon  do seu partido agendou  reunião para esta sexta-feira (16) com o secretário de segurança do Estado Jeannot Jansen da Silva Filho. O prefeito disse ainda, que pediu ao Governo e a Segup, que mandem antes de sexta-feira, uma equipe para o município para investigar e acompanhar a morte do pecuarista Valdir.   Valdir  da Campo, foi encontrado na manhã de quinta-feira (08), com varias manchas de sangue no interior do veículo o que levou a polícia a…

Marabá (PA): Ferreirinha fica na presidência do Águia por mais dois anos

O Águia de Marabá aclamou no sábado (10) o candidato Sebastião Ferreira Neto, o Ferreirinha, para mais dois anos à frente do clube (2017/2018).

Sem interessados na eleição, Ferreirinha inscreveu sua chapa antes do término da eleição e concorreu sozinho em mais um pleito do Azulão. Com o novo mandato, Ferreirinha chegará aos 16 anos como presidente do Águia.

Este ano o time marabaense irá disputar o campeonato estadual e a Copa Verde.

Compartilhe:

PACAJÁ : QUATRO PMs PRESOS ACUSADOS DE PARTICIPAÇÃO EM TENTATIVA DE ASSALTO AO BASA

A Polícia Civil informou neste sábado (10) que fez a prisão de cinco homens, entre eles quatro policiais militares suspeitos de participação no furto com arrombamento da agência do Banco da Amazônia, em Pacajá, no sudeste do Pará, em abril do ano passado. O banco foi alvo da ação criminosa em 11 de abril de 2015, quando um maçarico foi usado para arrombar o cofre do banco e saquear uma elevada quantia em dinheiro. Segundo a polícia, durante as investigações, o delegado Marco Meira Mayer, titular da Delegacia de Pacajá, com apoio da Diretoria de Polícia do Interior (DPI) e Diretoria de Polícia Especializada (DPE), conseguiu levantar provas para pedir as prisões dos suspeitos ao Poder Judiciário. De acordo com o delegado, um dos presos fugiu de Pacajá para tentar dificultar as investigações, mas foi preso no município de São Domingos do Araguaia. Ainda, durante a operação, foi dado cumprimento aos mandados de prisão preventiva contra dois policiais militares, que já estavam recolhidos no Presídio “Coronel Anastácio das Neves”, no Complexo Penitenciário de Santa Isabel do Pará. Um deles foi preso em flagrante por envolvimento em tentativa de assalto uma agência bancária, em Jacundá, em julho deste ano. Já o outro foi preso em março deste ano por envolvimento em assalto a banco, na cidade de Moju, nordeste paraense. Um terceiro policial militar foi preso enquanto viajava em um ônibus intermunicipal, pela rodovia PA 150, em Moju. Um quarto suspeito apresentou-se na Dcrif, em Belém, ao tomar conhecimento do mandado de prisão. Os militares estão…