Gastos com juros do cartão de crédito podem cair pela metade com novas regras

As administradoras de cartão não poderão mais financiar o saldo devedor dos clientes por meio docrotativo por mais de um mêsArquivo/Agência Brasil A economia do consumidor com a nova regra que limita a utilização do rotativo do cartão de crédito poderá chegar a quase 50% em 12 meses. Essa é a diferença que o cliente deixará de pagar ao migrar dos juros mais caros do crédito rotativo para as taxas mais baixas do crédito parcelado. A partir de abril, as administradoras de cartão de crédito não poderão mais financiar o saldo devedor dos clientes por meio do crédito rotativo por mais de um mês, conforme decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN) tomada na última quinta-feira (26). De acordo com o levantamento mais recente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), os juros médios do crédito rotativo – cobrado de quem não paga a totalidade da fatura do cartão de crédito – chegavam a 15,33% ao mês no fim de dezembro. Para o crédito parcelado, a taxa média estava em 8% ao mês. A diferença é maior quanto mais longo o tempo dos financiamentos. Uma dívida de R$ 1 mil na fatura do cartão sobe para R$ 1.534 no crédito rotativo ao fim de três meses. Com a nova regra, pela qual a taxa mais alta – de 15,33% ao mês – incide nos primeiros 30 dias e a taxa de 8% ao mês incide nos dois meses restantes, a dívida aumenta para R$ 1.345,20, diferença de 12,3%. Ao final de 12 meses, a disparidade…

hoje dia nacional de combate ao trabalho escravo

O Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo foi escolhida em homenagem aos auditores fiscais do trabalho Eratóstenes de Almeida, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva, e ao motorista Ailton Pereira de Oliveira, assassinados quando investigavam denúncias de trabalho escravo na zona rural do município de Unaí (MG) no ano de 2004. A data foi oficializada em 2009. A Câmara Criminal do Ministério Público Federal divulgou hoje, Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, que estão em andamento nada menos que 459 inquéritos policiais/termos circunstanciados para apurar o crime de redução a condição análoga à de escravo (trabalho escravo). Desse total, o levantamento aponta o estado de São Paulo como campeão em número de investigações: são 34 inquéritos. Mato Grosso e Minas Gerais, com 24 e 23 inquéritos abertos, também estão no topo da lista. As Procuradorias da República nos municípios de São João de Meriti (RJ) e Gurupi (TO) também apresentam números relevantes, com 17 e 14 inquéritos em andamento, respectivamente. O Rio de Janeiro tem 17. Na Polícia Federal tramitam 16 inquéritos, há mais de seis meses. Além disso, 12 recursos aguardam decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O MPF também registrou 76 procedimentos extrajudiciais, como recomendações e termos de ajustamento de conduta.  Nesse ranking, o Pará lidera a lista, com 20 casos de trabalho escravo, seguido por São Paulo e Minas Gerais, com 19 e 6 procedimentos, nessa ordem. A relação de empregadores que usam mão de obra escrava, conhecida como “lista suja”, aguarda desde 2014 divulgação pelo Ministério do Trabalho e…

TRÁFICO DE DROGAS: POLICIA PRENDE HOMEM COMERCIALIZANDO OXI EM MARABÁ

  A Policia  Militar  de Marabá prendeu Diones Lindoso Serqueira, residente da folha 28 na nova Marabá. Ele foi denunciado por tráfico de drogas, no endereço indicado os policiais encontraram 230  grama de entorpecentes. O acusado informou a polícia que teria adquirido as pedras de OXI no estado de Goiás por cinco mil reais e esperava ter um lucro de pelo menos 9 mil reais, Infelizmente o investimento de Diones, acabou sendo frustrado pela ação policial. A ação dos militares só foi possível graças a uma denúncia anônima. Essas denúncias que são repassadas pela própria comunidade acabam sempre resultando em prisões. Por meio de denúncias os militares prenderam na Marabá pioneira Ricardo Silva Lima de 25 anos. Com ele os policiais encontraram 15 petecas de OXI e cerca de 80 reais em dinheiro, ele foi apresentado na vigésima primeira seccional de polícia civil na nova marabá, e está preso a disposição da justiça. De que é feito o oxi? Apesar de ter sido apontada como uma nova droga pela mídia, o oxi é considerado por especialistas como uma variação mais barata e tóxica do crack, que combina a pasta base de cocaína com substâncias químicas de fácil acesso. O oxi é uma mistura da pasta base de cocaína, fabricada a partir das folhas de coca, com substâncias químicas de fácil acesso, como querosene, gasolina, cal virgem ou solvente usado em construções. De acordo com o perito do Instituto de Criminalística de São Paulo, José Luiz da Costa, a fabricação da pasta base de cocaína –…

Parazão 2017 começa neste sábado, 28

1ª rodada – sábado (28) – Paysandu x Castanhal, 18h30; Paragominas x Independente, 20h30.
Domingo (29), Águia x São Raimundo, 16h; Remo x Cametá, 16h; e São Francisco x Pinheirense, 18h.

2ª rodada – terça-feira (21), Castanhal x São Raimundo, 20h e Independente x Paysandu, 20h. Quarta-feira (01),  Cametá Águia, 16h, Pinheirense x Remo, 20h30  e São Francisco x Paragominas, 20h30.
Maiores campeões paraenses
Paysandu, 45, Remo, 44, Tuna, 10, União Sportiva, 2, Cametá e Independente, um cada.

Os maiores campeões estaduais
ABC (RN), 52 títulos; Bahia (BA), 46; Pay

Compartilhe:

Cantor Beto Barbosa é preso em Fortaleza na manhã desta sexta-feira

O cantor Beto Barbosa foi detido na manhã desta sexta-feira (27), após uma confusão num supermercado de Fortaleza. Conforme apurado pelo Tribuna do Ceará, o músico, de 61 anos, teria se desentendido com segurança do estabelecimento e, ao ser abordado por policiais militares, teria reagido.

Beto Barbosa foi encaminhado ao 2º Distrito Policial, no Bairro Meireles, e está neste momento prestando depoimento.

Em um vídeo que está circulando nas redes sociais, Beto Barbosa pede que os policiais o soltem. “Eu não sou bandido para ser algemado. Tire essas algemas de mim que eu não fiz nada. O que foi que eu fiz pra ser algemado? Eu só disse que não era vagabundo”, grita o cantor.

 

https://youtu.be/ZLW-xvmX1Os

 

Compartilhe:

Gestores são treinados para operar novo sistema de escala

O Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, iniciou o treinamento para implantação do SISQUAL, sistema de gerenciamento que permitirá maior agilidade na contabilização de horas trabalhadas e definição de escalas e outras situações de trabalho. A ação faz parte do programa MAIS EFICIENTE, desenvolvido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, que administra a unidade sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Inicialmente, 14 gestores do HRSP foram orientados sobre a nova plataforma. Eles terão a tarefa de disseminar essas informações às demais lideranças da unidade, a partir de fevereiro. A equipe de instrutores, dessa primeira etapa, foi formada por colaboradores do do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) de Santarém, do Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT) de Altamira e do próprio HRSP.

Segundo o coordenador de Departamento Pessoal do HRBA, Erlom Sena, o SISQUAL garante maior segurança e assertividade ao gestor, uma vez que alerta, por exemplo, casos que estiverem em desacordo com a legislação, como excesso de jornada semanal ou de dias consecutivos de trabalho. “O novo sistema trará mais agilidade porque as escalas são integradas. Sem contar que, minutos depois que o colaborador registrar o ponto, o líder terá acesso a essa informação”, afirmou Erlom.

Compartilhe:

ME TAS DEFINIDAS NA FUNDAÇÃO CASA DA CULTURA: MUSEU MUNICIPAL E O CINE TEATRO

Dentre os vários desafios que a Fundação Casa da Cultura de Marabá tem pela frente, a presidente, Vanda Américo elencou como prioridade a conclusão de um dos equipamentos mais importantes para a cultura marabaense, o Museu Municipal e também garantiu a construção do Cine Teatro. O museu será no Palacete Augusto Dias (Marabá Pioneira). As obras, que estão paralisadas há muito tempo, devem ser retomadas. O Cine Teatro, equipamentomuito esperado pelo segmento cultural, terá estrutura moderna e espaço para 402 assentos, será construído nas proximidades do Ginásio Poliesportivo da folha 16, cujo recurso, hoje equivalente a R$ 10 milhões, oriundo do Ministério das Cidades, está com a FCCM desde 2010. Segundo a presidente da FCCM, Vanda Américo, aquela instituição sempre foi bem administrada, porém necessita de mais autonomia, uma lei que a permita realmente funcionar como uma autarquia, para que não fique como nas gestões anteriores: “Os últimos governos não deram a atenção devida à Casa da Cultura”. Ainda nesta gestão, ela pretende concluir a digitalização do acervo do Arquivo Municipal e da Biblioteca, disponibilizando-os na internet. De cerca de 100 mil fotografias, a metade está digitalizada, o objetivo agora é digitalizar livros e documentos históricos. Quanto aos convênios, existem dois em parceria com a Vale: A criação da Fundação Casa da Cultura de Canaã dos Carajás, e outro na área de Arqueologia, com duração de quatro anos, devendo encerrar em 2020, ambos em operação. NOVAS VAGAS PARA CURSOS – A Fundação dá início aos exames práticos para selecionar alunos dos cursos de Música deste…

Pró-Saúde oferece seis vagas para técnico de Enfermagem no Hospital Regional de Altamira

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar está ofertando seis vagas, para provimento imediato, na função de técnico de Enfermagem no Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT). Os interessados devem enviar o currículo atualizado pelo e-mail recrutamento@hrtprosaude.org.br, escrevendo o nome do cargo no assunto da mensagem.

Vaga disponível:

Cargo: Técnico em Enfermagem

Requisitos: Curso Técnico em Enfermagem e registro no COREN (PA) regularizado. Não precisa ter experiência na função. Disponibilidade imediata.

Carga horária mensal: 180 horas/mês conforme escala de trabalho, ou seja, seis horas diárias.

Benefícios: Salário

Compartilhe:

OPERAÇÃO TAPA BURACOS ESTÁ NAS RUAS

Nesta quinta-feira, 26, a Sevop – Secretaria de Viação e Obras Públicas – reiniciou a operação tapa buraco, recuperando trecho da Avenida VP-8, próximo à Rotatória da  “Verdes Mares”, sentido Km 7, um dos pontos mais críticos, cujos buracos obrigavam os veículos a trafegarem pela metade da pista.

​ ​
Naquela área, como os buracos tinham profundidade de até mais de 20 centímetros, foi necessária uma base compactada com pedra, recoberta com CBUQ – concreto betuminoso usinado a quente.
Ainda esta semana, a equipe da operação tapa buraco realizou serviço na Avenida da “Verdes Mares”, em frente à Caixa Econômica Federal e no sentido da VP-7; na Folha 29, VE-2. Ainda hoje, a equipe se deslocará para a Folha 8, avenida principal, por onde acontece a rota do transporte coletivo.

​ ​
A Operação segue um cronograma já determinado pela SEVOP e vai melhorar bastante e de forma emergencial, as vias mais danificadas da cidade.

Compartilhe:

Hospital Regional de Marabá instala Comissão de Perfurocortantes

Com o objetivo de minimizar os riscos de acidentes com materiais perfurocortantes na unidade, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, instalou a Comissão de Perfurocortantes. Os membros foram empossados nesta quarta-feira, 25/1, e terão como atribuição promover e desenvolver, de forma articulada com todos os setores do hospital, ações educativas e preventivas que garantam a qualificação do manuseio e descarte desses materiais.

A atuação da comissão terá como base a Norma Regulamentadora nº 32, do Ministério do Trabalho e Emprego, que dispõe sobre as diretrizes e estratégias para o Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfurocortantes. Para tanto, o órgão desenvolverá suas ações em parceria com a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA).

Esta é a 14ª comissão hospitalar instalada no HRSP. Segundo o diretor-geral da unidade, Valdemir Girato, esses órgãos contribuem para a melhoria da qualidade da assistência no Sistema Único de Saúde, à medida que atuam para reduzir riscos para os usuários. ‘Esta é uma conquista para a unidade que vem contribuir não apenas para a segurança do paciente, mas também dos nossos colaboradores’, argumentou o diretor-geral.

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, gestora do HRSP sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) dispõe de um Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente Corporativo, que orienta os processos a serem seguidos para garantir a qualidade e segurança do paciente, e assim, oferecer um serviço de excelência.

Compartilhe: