OPORTUNIDADES NO GRUPO MATEUS

O Grupo Mateus, que atua no varejo e atacado, vai contratar 1.300 pessoas no Pará. Há 800 vagas para Belém e Castanhal, e outras 500 para Altamira, nas lojas que serão inauguradas na 1ª quinzena de dezembro deste ano. Os interessados para as vagas em Belém e Castanhal devem cadastrar seus currículos neste site aqui. Quem mora em Altamira deve ir à Escola Técnica Residência Saúde, na Rua Sem Saída.

Compartilhe:

TSE enviará força federal a 70 municípios do Pará

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral aprovou, por unanimidade, na sessão administrativa de terça-feira (20), o envio de forças federais para 70 municípios do Pará, que somam mais de 2 milhões de eleitores, distribuídos em 6668 seções. Os pedidos  foram feitos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará, a fim de garantir a segurança e a ordem nas eleições de outubro. A relatora, ministra Luciana Lóssio, autorizou e sugeriu que os juízes eleitorais responsáveis pela requisição do apoio enviem relatório ao TSE “para que seja possível auferir a real necessidade e a efetiva serventia deste serviço que custa muito caro para a Justiça Eleitoral”. A sugestão foi aceita por toda a Corte.

O apoio das Forças Armadas para garantir a lei e a ordem durante as eleições está previsto no artigo 23, XIV, do Código Eleitoral. A Resolução TSE nº 21.843/2004 regulamenta a requisição. De acordo com a norma, esses pedidos, além da justificativa, devem ser apresentados separadamente para cada zona eleitoral, com indicação do endereço e do nome do juiz a quem o efetivo deverá se apresentar.

Compartilhe:

Faltam 10 dias: termina hoje (22) o prazo para o eleitor requerer segunda via do título

Hoje (22) é o último dia do prazo para solicitação da segunda via do título de eleitor nos cartórios eleitorais de todo o país. O documento é emitido na hora e sem custo. Para obter a segunda via neste prazo, é necessário que o eleitor esteja em seu domicílio eleitoral e apresente algum documento oficial de identificação, como carteira de identidade ou de trabalho.

O artigo 52 do Código Eleitoral estabelece que, em caso de perda ou extravio do documento, o novo documento pode ser requerido pessoalmente pelo eleitor até dez dias antes da eleição.

Entretanto, a apresentação do título não é mais obrigatória no momento de votar, bastando utilizar um documento de identidade oficial com foto. Ocorre que o porte do documento agiliza a votação, além disso, o título contém informações que facilitam a vida do eleitor, como o número de sua seção eleitoral.

Esta quinta-feira é também o último dia para o juiz eleitoral comunicar aos chefes das repartições públicas e aos proprietários, arrendatários ou administradores de propriedades particulares que os respectivos locais (ou parte deles) serão utilizados para o funcionamento de seções eleitorais no primeiro turno (e eventual segundo turno).  No local destinado à votação, a mesa receptora fica em recinto separado do público. Ao lado é instalada a cabina indevassável onde os eleitores utilizam a urna eletrônica.

Compartilhe:

A sua proteção

Dia “D” de multivacinação ocorre neste sábado (24) em todo o país O Ministério da Saúde orientou estados e municípios a manterem salas de vacinação em atividade durante todo o dia. A mobilização tem como objetivo a atualização da caderneta de crianças e adolescentes Para garantir que nenhuma criança até cinco anos de idade ou entre 9 e 15 anos fique de fora da campanha de multivacinação deste ano, os postos de vacinação estarão abertos neste sábado (24), em todo o país. A orientação do Ministério da Saúde aos estados e municípios é que as salas de vacinação permaneçam em atividade durante todo o dia, no entanto, os horários de funcionamento ficam a cargo dos gestores locais de saúde e podem variar de uma cidade para outra. O objetivo do “Dia D” é dar mais uma oportunidade aos pais e responsáveis de garantirem a proteção das crianças e adolescentes. Além das salas fixas nas unidades de saúde, o “Dia D” da Campanha Nacional de Multivacinação terá ainda postos volantes em escolas, praças e outros locais públicos. A expectativa é que o sábado de vacinação envolva mais de 350 mil profissionais de saúde em todo o país, além de 42 mil veículos, entre terrestres e fluviais, que irão assegurar a vacinação em locais de difícil acesso. O foco da campanha, que será realizada até 30 de setembro, é mobilizar os pais ou responsáveis a levarem seus filhos para atualizar o cartão de vacinação. Neste ano, a ação é voltada para crianças (menores de cinco anos e…

BRASIL Ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega é preso na 34ª fase da Lava Jato

Policiais federais que comandam a 34ª fase da Lava Jato prenderam o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, na manhã desta quinta-feira. Ele teve a prisão temporária e foi detido no hospital Albert Eistein, no Morumbi, em São Paulo. De acordo com a polícia, ele estava acompanhando a mulher que foi submetida à cirurgia. Ex-ministro da Fazenda Guido Mantega foi preso temporariamente em nova fase da Lava JatoArquivo / Agência Brasil Segundo as investigações, no ano de 2012, o ex-Ministro da Fazenda teria atuado diretamente junto ao comando de uma das empresas para negociar o repasse de recursos para pagamentos de dívidas de campanha de partido político. Os valores teriam como destino pessoas já investigadas na operação e que atuavam no marketing e propaganda de campanhas políticas do mesmo partido. Desde a madrugada desta quinta-feira, agentes da PF estão na rua para cumprir 49 ordens judiciais, sendo 33 mandados de busca e apreensão, oito de prisão temporária e oito de condução coercitiva. São apuradas as práticas, dentre outros crimes, de corrupção, fraude em licitações, associação criminosa e lavagem de dinheiro Empresas X entram na mira  O nome “ARQUVO X” dado à 34ª fase da investigação policial é uma referência a um dos grupos empresarias investigados e que tem como marca a colocação e repetição do “X” nos nomes das pessoas jurídicas integrantes do seu conglomerado empresarial. Nesta fase da operação policial são investigados fatos relacionados à contratação pela Petrobras de empresas para a construção de duas plataformas (P-67 e P70) para a exploração de petróleo na camada…

Exposição à luz pode aumentar desejo sexual masculino, diz estudo

Pesquisa revelou que luminosidade eleva os níveis de testosterona LONDRES, Reino Unido – A exposição à luz clara pode elevar níveis de testosterona nos homens e aumentar a satisfação e o apetite sexual em indivíduos com baixa libido. A conclusão é de uma pesquisa da Universidade de Siena, na Itália. De acordo com os cientistas, a exposição regular a uma luz clara pela manhã – semelhante ao mecanismo utilizado para tratar depressão sazonal – melhora a vida sexual dos homens. Segundo o professor Andrea Fagiolini, que coordenou o estudo, o tratamento pode ser útil durante os meses de inverno no Hemisfério Norte, quando os dias são mais escuros. “No Hemisfério Norte, a produção de testosterona do corpo cai naturalmente de novembro a abril, e depois sobe de forma constante durante a primavera e o verão, registrando pico em outubro”, diz o pesquisador. A redução no desejo sexual pode afetar um número significativo de homens depois dos 40 anos. Segundo estudos, cerca de 25% dos homens relatam problemas com a vida sexual. Para realizar a nova pesquisa, a equipe da Universidade de Siena recrutou 38 homens diagnosticados com disfunções relacionadas ao desejo sexual, caracterizados pelo baixo interesse sexual. Os pacientes foram divididos em dois grupos. No primeiro, os homens receberam um tratamento regular com uma caixa de luz brilhante. No segundo grupo, a caixa de luz foi adaptada para fornecer menos luminosidade. “Encontramos diferenças bastante significativas. Antes do tratamento, ambos os grupos tinham uma pontuação de satisfação sexual de dois pontos em 10. Após o tratamento,…

Dona de casa é a ocupação mais comum entre as candidatas

A ocupação mais comum entre as candidatas nas eleições deste ano é a de dona de casa, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Das mais de 156 mil mulheres concorrendo a cargos eletivos em 2016, 23,9 mil se declaram como donas de casa nos registros do tribunal, o que representa 15,3% do total.

A segunda ocupação mais comum é a de servidora pública municipal, com 6,7% do total de candidatas. Ela é seguida pelas ocupações de agricultora (4,9%), professora de ensino fundamental (4,7%), comerciante (4,6%) e aposentada (3,4%).

uase 30 mil candidatas – ou 19,1% – não determinam suas ocupações nos registros do TSE, constando apenas como “outros”.

Entre os mais de 490 mil candidatos, a profissão mais comum é a de agricultor – 7% do total. Logo depois aparecem os servidores públicos municipais e os comerciantes.

Compartilhe:

Um em cada 3 brasileiros culpa mulher em casos de estupro, diz Datafolha

  Um em cada três brasileiros acredita que, nos casos de estupro, a culpa é da mulher, de acordo com pesquisa Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e divulgada nesta quarta-feira (21). Segundo o levantamento, 33,3% da população brasileira acredita que a vítima é culpada. Entre os homens, o pensamento ainda é mais comum: 42% deles dizem que mulheres que se dão ao respeito não são estupradas. A culpabilização da vítima também acontece entre as mulheres, que são as que mais sofrem com o crime: 32% concordam com a afirmação. Para 30% dos homens, a mulher que usa roupas provocativas não pode reclamar se for estuprada. A pesquisa foi realizada pelo instituto Datafolha, que entrevistou, entre os dias 1º e 5 de agosto, 3.625 pessoas de 217 cidades espalhadas por todo o Brasil. A margem de erro máxima estimada é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento apontou que 65% dos brasileiros temem sofrer algum tipo de violência sexual. O temor é muito maior entre as mulheres e é sentido por 85% delas. O medo de ser estuprada também varia conforme a região do Brasil. No Nordeste, por exemplo, o índice de mulheres que receiam ser vítimas do crime chega a 90%. No Sul do país, é de 78%. O estudo também fez um levantamento com base na idade dos entrevistados. Neste recorte, os brasileiros com 60 anos ou mais aparecem como os que mais tendem a culpar as vítimas. Enquanto 44% dos idosos alegam que mulher com…