MARABÁ:PREFEITURA INICIA PROCESSO DE TRANSIÇÃO PARA O NOVO GOVERNO

VICE  PREFEITO ELEITO TONY CUNHA DIZ  QUE O PROCESSO VAI DURAR ATÉ CINCO DE JANEIRO 

 

O vice-prefeito eleito de Marabá, Toni Cunha, foi designado pelo prefeito Tião Miranda para presidir Comissão de Transição, do atual governo para a  nova gestão.

Ele informa que  a transição foi normatizada pelo TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) e vai durar até o dia 5 de janeiro deste ano.

O vice prefeito informa que Praticamente todas as secretarias enviaram suas informações. Algumas estão incompletas, para essas, foi enviado documento dando prazo de dois dias para que envie os documentos  restantes.

Toni Cunha revela que o principal objetivo da transição é fazer os serviços essenciais tenham o mínimo de funcionamento para atender a comunidade,

Toni explica que a Comissão reúne-se diariamente, em alguns casos até três vezes no mesmo dia.  Segundo Toni ao final vai elaborar um relatório e encaminhar ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas dos Municípios.

Já em relação aos nomes dos novos secretários de  governo, ele afirma que lista deve ser divulgada em dezembro, mas não indicou uma data. “Não há intenção de fazer mistério. Vamos realizar bastante enxugamento da máquina e os nomes estão sendo avaliados ainda”.

 

Compartilhe:

João Salame entrega governo com recorde de escolas inauguradas em Marabá

João Salame entrega governo com recorde de escolas inauguradas em Marabá   O prefeito de Marabá, João Salame Neto, inaugurou no último sábado (26), mais um estabelecimento municipal de ensino, chegando a um total de 20 e deve entregar a população mais duas até o fim do ano, entre creches, reformas e novas escolas nestes quatro anos de seu mandato, números que superaram toda uma história de 100 anos de emancipação da cidade. Esta última foi um presente para a comunidade da Vila Sororó, a Escola Municipal de Ensino Fundamental “Ruan Pablo da Conceição Moreira”, o prefeito João Salame Neto anunciou outras inaugurações que devem acontecer até o final de sua administração, Salame disse que vai inaugurar a Escola Miriam Moreira, na Folha 7, Nova Marabá, e um NEI no Bairro Laranjeiras. ESCOLAS INAUGURADAS NO GOVERNO JOÃO SALAME 1-        Escola “Ruan Pablo da Conceição Moreira” – Construída – Vila Sororó 2-        Escola “Clara Nunes” – Construída – Vila Sumaúma 3-        Escola “Jean Piaget” – Construída – Vila Santa Fé 4-        Escola Santa Rita – Construída – PA Santa Rita 5-        Escola Alto Bonito – Construída – Vila Alto Bonito 6-        Escola “Maria Lúcia Bichara” – Professor José Flávio Alves Lima – Construída – Fanta 7-        Escola “Carlos Marighela” – Construída – PA 26 de Março 8-        Escola “Luzia Nunes Fernandes” – Construída – Folha 28 9-        Escola “Professor Mário Antônio da Silva” – Construída – Folha 25 10-     Escola “Francisca de Oliveira Lima” – Construída – Folha 30 11-     NEI “Kézia da Silva Souza” –…

Cerca de 100 mil consumidores ficarão sem água amanhã em Marabá

 

Devido a um problema técnico, cerca de 100 mil consumidores devem ficar sem água amanhã em Marabá. Segundo o Edilson Paiva, do Setor de operações da Cosanpa, queimou um transformador que alimenta as bombas da elevatória, na subestação da Folha 29, que distribui água para os bairros Nova Marabá e Cidade Nova.

A Cosanpa explica que um técnico está chegando de Belém, na noite desta terça-feira (29) em Marabá, para tentar recuperar o transformador, pois não há outro equipamento para substituição no município de Marabá nem na capital Belém.

A Cosanpa espera que o problema seja solucionado em um dia, mas o técnico é quem terá uma previsão de quanto tempo irá precisar.

“Pedimos a população para ter um pouco de paciência. O técnico está vindo para recuperar o transformador e esperamos que dentro de um dia no máximo ele recupere isso. Espero que a população entenda, mas já estamos resolvendo o problema”, afirma Edilson.

Compartilhe:

FIDEL E O SAFARI AFRICANO

Reza a lenda – em piada tudo é possível – que, nos tempos em que estava liberada a caça, uma numerosa turma de turistas que fazia um safari em certo país africano, saiu pela manhã do acampamento, deixando, nas  barracas, apenas um cozinheiro gago. Perto da hora do almoço, estava o nosso nobre portador de disfemia cortando grandes filés de um imenso pedaço de carne bovina que havia descongelado, quando, atraído pelo cheiro de sangue, um leão introduziu-se, silenciosamente, na tenda, por trás dele. Caçando, também, há dias, sem sucesso, ao ver a carne recém cortada e o cozinheiro, que  – para o leão, naturalmente – não era de se jogar fora, já que estava, digamos assim, um pouco acima do peso, foi natural que o estômago da fera se manifestasse, com um longo, profundo e poderoso ronco, que fez com que o homem se virasse, apavorado,  dando de cara com o felino, a enorme juba desgrenhada e os olhos vermelhos, já retesado para o salto, com a bocarra semi-aberta, de onde escorriam, viscosos, grossos fios de saliva. Paralisado pelo medo, primeiro, apenas, com o barulho que saía das entranhas do bicho, e depois pela pavorosa visão que estava à sua frente, o cozinheiro, tremendo como vara verde, apoiou, para não cair, o  cabo da faca enorme que estava em sua mão na mesa, e, sentindo as pernas desfalecerem, foi escorregando lentamente para o chão, na expectativa de desmaiar de pavor debaixo do móvel, e a esperança de que o leão comesse primeiro a carne…

Doação de sangue reforça amor à vida e ao próximo

Depois de acompanhar o tratamento do pai, que precisou fazer várias transfusões devido a uma úlcera, o lavrador Edvaldo Gomes, de 43 anos, decidiu se tornar doador de sangue. A primeira coleta dele aconteceu em uma campanha realizada pelo Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, no mês passado. “Vim fazer raio-x no hospital e aproveitei para fazer a doação. Hoje, graças a Deus, meu pai está vivo e sadio. Costumo dizer que ele não tem mais sangue próprio porque precisou de muitas transfusões. Tudo o que está nele é dos outros”, disse o usuário, que é morador do município de Goianésia. Quando se tornou um doador, Edvaldo entrou para um grupo ainda pequeno no País. Segundo o Ministério da Saúde, menos de 2% da população brasileira doa sangue. No Pará, o material é coletado e distribuído pela Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia (Hemopa). O HRSP é atendido pelo Hemopa Marabá, sendo um dos hospitais que mais demandam a instituição na região, principalmente, em decorrência do número de atendimentos a vítimas de trauma que, em geral, passam por cirurgias. Somente neste ano, até o dia 22/11, a unidade realizou mais de 1.900 transfusões. Para reforçar a importância desta corrente solidária, em todo o Brasil, é comemorado em 25/11, o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue. A data é uma homenagem às pessoas que se sensibilizam com a causa e, também, momento para conscientizar a sociedade sobre a oportunidade de ajudar a salvar vidas com um simples gesto.…

DESCASO:PREFEITURA DE MARABÁ DESCUMPRE ACORDO FIRMADO COM MP

Ficou constatado que não houve nenhum avanço nas obras estruturais do Hospital Municipal de Marabá na adequação  conforme o acordo firmado e ainda há falta de materiais para realização de cirurgias.
Ministério Público realizou vistorias no Hospital Municipal de Marabá realizou  nos dias 23 e 24/11/2016, vistoria para verificar o cumprimento do acordo firmado em juizo com a Prefeitura Municipal de Marabá no dia 25/07/2016 nos autos da Ação Civil Pública nº 0006413-97.2011.814.0028.

Em relação à questão estrutural, ficou constatado que não houve nenhum avanço, não houve início das obras para adequação conforme o acordo firmado.

Constatado ainda falta de materiais para realização de cirurgias, falta de medicamentos, problemas nas máquinas que realizam a lavagem e desinfecção das rouparias, falta de médicos, enfermeiros e técnicos em número suficiente para suprir a necessidade do referido Hospital.

Quanto aos demais itens, estão ainda sendo apurados.

Após  constatar o descaso da administração pública quanto ao funcionamento do Hospital Municipal de Marabá, o Ministério Público deverá executar judicialmente o Município de Marabá devido a falta de itens.

Os prazos para solução das demandas dado pelo MP a  prefeitura,  por meio  da 6ª Promotoria de Justiça de Marabá venceu, visando a garantia do direito constitucional fundamental à saúde dos pacientes de Marabá que precisam de um serviço de qualidade do referido hospital.

 

 

Compartilhe:

Vale aprova pagamento de remuneração aos acionistas

A Vale informa que a sua Diretoria Executiva propôs e o seu Conselho de Administração aprovou o pagamento de remuneração aos acionistas como uma antecipação da distribuição obrigatória dos resultados de 2016, no valor bruto de R$ 856.975.000,00 (US$ 250 milhões), correspondente ao valor de R$ 0,166293936 (US$ 0,048511898) por ação ordinária ou preferencial em circulação em 25 de novembro de 2016 (5.153.374.926 ações). O pagamento de R$ 856.975.000,00 será feito a partir de 16 de dezembro de 2016, totalmente na forma de juros sobre capital próprio. Os valores em reais foram obtidos mediante a conversão dos valores em dólares norte-americanos pela taxa de câmbio de venda do dólar norte-americano (Ptax – opção 5) informada pelo Banco Central do Brasil no dia 25 de novembro de 2016 de R$ 3,4279 por dólar norte-americano. A record date para os detentores de ações de emissão da Vale negociadas na BM&F Bovespa será no dia 1 de dezembro de 2016. A record date para os detentores de ADRs de emissão da Vale negociados na New York Stock Exchange – NYSE e na Euronext Paris será o dia 6 de dezembro de 2016. Todos os acionistas nas respectivas record dates terão direito à remuneração aos acionistas. Os detentores de American Depositary Receipts (ADRs) receberão o pagamento através do Citibank N.A., agente depositário das ADRs, em 23 de dezembro de 2016. As ações da Vale serão negociadas ex-direitos na BM&F Bovespa, NYSE e Euronext Paris a partir de 2 de dezembro de 2016. A aprovação está de acordo com a…

Audiência pública sobre os rios Tocantins e Itacaiunas

Câmara convida entidades públicas e privadas para discutirem o problema e apontarem soluções

A Câmara Municipal de Marabá realizará no próximo dia 30 de novembro, no Plenário da Casa, a partir das 09h30, uma audiência pública para discutir problemas ambientais que atingem os rios Itacaiunas e Tocantins. A audiência foi solicitada pelo vereador Guido Mutran Júnior, através do requerimento aprovado na Sessão ordinária do dia 8 de novembro de 2016.

Guido justifica a necessidade de realizar a audiência, alertando que a população de Marabá é testemunha ocular da situação de grande degradação dos dois principais rios que banham a cidade. Para ele, a situação chegou ao ponto caótico devido ao descaso com o meio ambiente: assoreamento das margens dos rios provocado pelo desmatamento irresponsável, entre outras questões.

Para o evento foram convidados o chefe do Poder Executivo municipal, Ministério Público Federal e Estadual, órgãos ambientais federais, estaduais e municipais, bem como ONG’s com atuação no meio ambiente e sociedade civil organizad

Compartilhe: