PA: Apenas 15 municípios possuem mamógrafos

Mamografia é o exame mais eficaz para descobrir o câncer de mama. Doença representa 25% dos novos casos de câncer no Brasil.

O mês do outubro rosa está acabando, mas os cuidados na prevenção do câncer de mama devem ser constantes. A campanha serve de alerta para as mulheres sobre a importância de fazer a mamografia.

Atualmente, o Pará conta com 97 mamógrafos, sendo 33 do Sistema Único de Saúde (SUS). O procedimento só é realizado em 28 espaços médicos em apenas 15 municípios paraenses.

“O problema não é só comprar um mamógrafo e colocar no município. Atrás do mamógrafo tem outra situação. Tem que ter um médico especialista , além de profissionais treinados para fazer a mamografia”, explica Nazaré Falcão, do Núcleo de Apoio à Gestão na Atenção à Mulher.

Compartilhe:

Eldorado: MST invade, depreda e queima propriedade rural

Na madrugada da sexta-feira, 28, cerca de trinta homens ligados ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terras – MST, armados com espingardas, facões e foices, invadiram a Fazenda Serra Norte, localizada cerca de a 3 km da sede do município de Eldorado do Carajás.maioria formada por mulheres e crianças. Entre elas, uma criança especial foi ameaçada de morte a todo momento. Algumas esposas também foram desrespeitadas e coagidas psicologicamente e sexualmente, mas, segundo relatos, não houve estupro.

Casas foram queimadas pelos invasores

Funcionários da fazenda e seus familiares foram feitos reféns, a

Compartilhe:

Parazão: Gavião empata em casa

O time indígena de Marabá, Gavião, empatou dentro de casa em 2 a 2 com o Vênus, de Abaetetuba.
Placar
Castanhal 5 x 0 Tiradentes e Tuna 1 x 1 Desportiva. (25) Vila Rica 0 x 1 Pinheirense. (26) Gavião 1 x 1 Carajás e Sport 1 x 0 Tuna Luso. (29) Gavião 2 x 2 Vênus.

Próximos jogos
Grupo A: (31) Carajás x Castanhal. 03/11, Castanhal x Gavião e Vênus x Tiradentes, 15h30.

Grupo B:
(01/11) Desportiva x Vila Rica. 04/11, Vila Rica x Sport Belém e Pinheirense x Desportiva, 15h30.

Classificação
Chave A: Castanhal, 3 pontos, Gavião, 2 pontos, Carajás e Vênus, 1 ponto, Tiradentes 0.
Chave B: Sport 3, Tuna e Desportiva, 1 ponto, Vila Rica e Pinheirense, 0.

Compartilhe:

Brasil EDUCAÇÃO Termina hoje prazo para renovar contrato do Fies

No total, cerca de 1,5 milhão de contratos devem ser renovados; a renovação deve ser feita a cada semestre Agência Brasil Os estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm até esta segunda-feira, 31, para renovar os contratos. De acordo com o último balanço divulgado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), pouco mais de 813 mil estudantes haviam feito o aditamento até a semana passada. No total, cerca de 1,5 milhão de contratos devem ser renovados, o que significa que cerca de 700 mil ainda não haviam acessado o sistema. Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de educação superior. Em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no Sistema Informatizado do Fies (SisFies). No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa ainda levar a documentação comprobatória ao agente financeiro para finalizar a renovação. Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema online. Os aditamentos, normalmente feitos no início do semestre, ficaram congelados devido à falta de recursos. No entanto, após a aprovação de crédito suplementar para o programa pelo Congresso Nacional, o sistema foi liberado para renovações. O investimento nos financiamentos é de R$ 8,6 bilhões, já garantidos no orçamento, de acordo com o Ministério da Educação. A pasta assegura que, para 2017, o governo federal já enviou ao Congresso Nacional Projeto de Lei Orçamentária que…

Zenaldo continua prefeito de Belém do Pará

Com 100% de apuração em Belém, Zenaldo se elegeu com 52,33% e Edmilson ficou com 47,67% dos votos. Em números absolutos, foram 396.770 votos de Zenaldo contra 361.376 votos de Edmilson. No Rio de Janeiro foi eleito Crivella(PRB), em Curitiba(PR) Rafael Greca(PMN), em Goiânia (GO) Íris Rezende(PMDB), em Porto Alegre Nelson Marchezan Jr.(PSDB), em Campo Grande(MS) Marquinhos Trad(PSD), em Ribeirão Preto(SP) Duarte Nogueira(PSDB), em Belo Horizonte(MG) Khalil(PHS), em Vitória(ES) Luciano Rezende(PPS), em Macapá(AP) Clécio (Rede), em Florianópolis(SC) Gean Loureiro(PMDB), em Aracaju(SE) Edvaldo Nogueira(PCdoB), em Cuiabá(MT) Emanuel Pinheiro(PMDB), em Manaus(AM) Artur Neto(PSDB), em Fortaleza(CE) Roberto Cláudio (PDT) e em Recife(PE) Geraldo Julio (PSB).

Abstenção foi altíssima em Belém do Pará

A abstenção em Belém do Pará foi altíssima neste segundo turno: 221.641 eleitores não foram às urnas, o que significa 21,25% dos votantes. Somada aos votos nulos, que foram 42.853 (5,22%), e brancos, que alcançaram 20.579(2,50%), resulta em impressionantes 28,97% que preferiram não manifestar sua preferência. O TRE-PA acha que foi por causa do feriadão que desde a sexta tirou muita gente da cidade. Houve duas prisões por boca de urna e uma por venda de bebida alcoólica diante da Lei Seca, mas tudo correu dentro da normalidade.

Compartilhe:

PROTESTO:BR 230 BLOQUEADA ENTRE MARABÁ E ITUPIRANGA NO KM 21

Estudantes da rede estadual de ensino, e pais de alunos, interditaram na manha desta sexta feira 28 de junho,  a rodovia BR 230 a transamazônica no km 21, no trecho  entre Marabá  e Itupiranga.

Eles tem o apoio de agricultores, e moradores que  moram as  margens  da rodovia. No local o congestionamento é quilométrico.

Os manifestantes reivindicam ônibus escolares para os projetos de assentamentos, e reforma de escolas.

Outra reivindicação e a recuperação do asfalto que esta totalmente cheio de buraco a altura do km 21 da  BR-230.Ele exigem a presença  de representantes do DNIT, e do governo   do estado  para negociar a pauta  de reivindicação.
1- O ônibus escolar p buscar o alunos;
2- O ensino médio para a comunidade;
3- Quebra-mola na rodovia
4- E o salário dos Funcionários públicos;

Compartilhe:

Marabá: Duplo homicídio no bairro Filadélfia

Ontem por volta das 22h o casal de idosos Raimundo Alves Barros, 62 anos, e Iraci Rodrigues Lima, 62 anos, residentes na rua Belém do bairro Filadélfia foram mortos a tiros no interior da casa onde moram. A polícia já removeu os corpos para procedimento do IML. O delegado Benício que está a frente do caso esteve no local mas ainda não tem informações do que possa ter motivado o duplo homicídio.
Na manhã de hoje, a equipe do IML se deslocaram até São Domingos do Araguaia. Segundo informações de terceiros, naquele município, marido e esposa também foram mortos a tiros.
Já no bairro Araguaia em Marabá, mototaxista clandestino foi morto a tiros na Rua 14, já foi identificado até o momento pelo prenome de Luiz. A Polícia não tem pistas do autor deste homicídio.

Compartilhe:

A gestação é um momento único na vida da maioria das mulheres, durando em torno de 40 a 42 semanas de espera, que geralmente vem acompanhada de muitos planos repletos de alegria. Porém, algumas mulheres sofrem complicações durante o período de gravidez, e acabam tendo partos prematuros, desencadeando em diversas complicações na recuperação do bebê, que necessitam de cuidados especiais. No Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, as mães que se encontram em situações difíceis, tendo que acompanhar a recuperação de seus filhos de forma bem restrita, podem partilhar suas angústias e anseios em reuniões de grupo que acontecem uma vez na semana. A iniciativa faz parte do projeto “Amor Maior”, pensado para acolher as mães com filhos internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal e Pediátrica, formando uma rede de apoio afetivo-emocional, com objetivo de minimizar o sofrimento delas em relação à situação do bebê. Como foi o caso de Jéssica Jenifer Farias Costa, que viveu momentos difíceis durante os 30 dias em que seu bebê esteve internado na UTI Neonatal do HRSP. “Quando eu recebi a notícia de que meu parto seria prematuro, foi um susto muito grande, pois eu estava fazendo meu pré-natal certinho. Entrei em desespero e, por diversos momentos, eu achava que ia perder a minha filha”, relata a mãe, que teve complicações durante a gravidez e teve sua filha pouco antes de completar sete meses de gestação. Durante a internação da criança, Jéssica participou duas vezes do grupo “Amor Maior”. “Não…

Alunos ocupam o prédio do campus I da Universidade Federal, em Marabá A ocupação do campus ocorreu na madrugada desta quarta, 26. Eles protestam contra a PEC 241 e querem melhorias nas universidades.

Alunos da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, em Marabá(Unifesspa), ocupam todas as dependências do prédio do campus I da Instituição desde a madrugada desta quarta-feira (26).

Eles protestam contra a Proposta de Emenda Constitucional 241 (PEC), que prevê a limitação de gastos públicos por 20 anos. Os manifestantes também pedem melhorias nas universidades e dizem que não têm prazo para desocupar o prédio público.

Compartilhe:

Pará inicia vacinação contra febre aftosa

A partir do dia 1º de novembro inicia a segunda fase da vacinação contra a febre aftosa, organizado pelo Ministério da Agricultura. A campanha vai até o dia 30 de novembro e o Pará está incluindo entre os estados que participarão a ação.

O Brasil possui um rebanho de 215 milhões de cabeças: 213,8 milhões de bovinos e 1,1 milhão de bubalinos. O Pará tem o quinto maior rebanho bovino do país, com uma população aproximada de 20,8 milhões cabeças. Já em relação aos búfalos, o estado lidera a população nacional, com cerca de 429 mil cabeças.

No segundo semestre deste ano, a etapa já foi concluída na região da Calha do Rio Amazonas e Zona de Proteção do estado do Pará (municípios de Faro e Terra Santa), na divisa com o Amazonas. De acordo com os resultados contabilizados, 550 mil animais foram imunizados, com índices de vacinação superiores a 90%.

Nos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e São Paulo, todo o rebanho bovino e bubalino (búfalos) deverá ser imunizado. Já na Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul (exceto no Pantanal), Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins, além do Distrito Federal, a aplicação da dose de novembro é obrigatória apenas para os animais com até 24 meses de idade.

Compartilhe: