Marabá:Salame diz porque o município está em meio a crise financeira

Por quase três horas na manhã desta segunda-feira, 26, o prefeito João Salame Neto recebeu a Reportagem do CORREIO para uma longa entrevista. Logicamente, fora da sede do Poder Executivo, que estava cercada naquele momento por grevistas que exigiam pagamento de salários e outros direitos. No local da entrevista, Salame manuseava várias planilhas com custos da máquina pública, comparações com governos anteriores e dava sinais de cansaço mental, além de ter citado, por pelo menos duas vezes, o fato de estar decepcionado com o cargo de prefeito. O vice foi um dos principais alvos de João Salame durante a entrevista. Lamentou que Luiz Carlos Pies (PT) tenha tomado decisões durante os três meses em que atuou como prefeito, as quais acabaram atrapalhando o pagamento da folha salarial dos servidores nos meses subsequentes. Na educação, João Salame tomou longo tempo para explicar como o setor está ingovernável por conta da folha salarial inchada e prevê que ficará pior ainda para quem ganhar a eleição no próximo domingo, 2 de outubro, e assumir o cargo em 1º de janeiro de 2017. Com um gráfico na mão, começou pelo governo de Tião Miranda, em 2007, mostrando o quanto era gasto com a folha de pagamento a partir dos recursos recebidos do Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica) e como disparou a partir do PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração) do Magistério aprovado em 2011, no governo de Maurino Magalhães. “A folha de Tião em 2007 e 2008 era de R$ 105 milhões e o Fundeb mandou…

DISQUE DENÚNCIA DIVULGA BALANÇO DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016

                                  O primeiro turno das Eleições 2016 será no dia 2 de outubro, e o segundo turno no dia 30 de outubro. Nessas eleições os eleitores Marabaenses vão escolher através do voto e dentro de seus próprios municípios, um prefeito com seu respectivo vice-prefeito, assim como os vereadores que vão integrar a Câmara Legislativa Municipal.   O Disque Denúncia Sudeste Pará auxilia ativamente para o combate de irregularidades nas eleições, permitindo que os eleitores façam denúncias de propaganda eleitoral irregular, possibilitando o recebimento de fotos e vídeos através do aplicativo Whatsapp (94) 98198-3350 e ligações através dos telefones (94) 3312-3350 Marabá/ (94) 3346-2250 Parauapebas. Por exemplo, se um eleitor encontrar um outdoor de um candidato na rua, que é proibido, pode tirar uma foto e mandar pelo aplicativo, que automaticamente a denúncia será encaminhada para o órgão competente. Também é possível denunciar outras irregularidades como compra de votos, uso da máquina administrativa, gastos irregulares ou pessoas entregando materiais impressos com informações sobre o candidato e tentando convencer os eleitores a mudarem de opinião no dia da eleição (boca de urna).   Do total de denúncias atinentes a crimes eleitorais recebidas na central 21%refere-se às eleições 2016, onde mais da metade dessas denúncias são referentes ao crime de compra de votos com um total de 73%, seguido do crime de poluição sonorareferente à companha com 13%, e 14% são outros tipos variados como colagem de cartazes sem autorização do proprietário. Nas eleições de 2012 houveram denúncias como compra de votos com 54%, boca de…

Exército destrói mais de três mil armas em Marabá, no sudeste do Pará

O material destruído foi apreendido em operações pela PF e o Exército.
Peças de armamento do Exército também foram destruídas na ação.
O Exército destruiu mais de três mil armas de fogo nesta quarta-feira (28), em Marabá, no sudeste do Pará. Elas foram transportadas em um contêiner até o alta forno da empresa Sinobras onde feita a  e incineração .

São armas que foram apreendidas pela Polícia Federal e pelo Exército em operações no Pará e Amapá, de janeiro até setembro de 2016. Também foram destruídas peças de armamento do Exército que foram substituídas nos últimos meses.

Compartilhe:

Faltam 4 dias: eleitor com deficiência pode ser auxiliado na cabina de votação

Somente aquelas pessoas que tenham alguma restrição de acessibilidade, que tenham dificuldade de locomoção (ou de visão) ou que precisem de um auxílio para votar podem ser acompanhadas na cabina de votação por uma pessoa de sua confiança. Ou seja, um eleitor que tenha plena condição de votar não pode ser acompanhado pelo filho ou filha ou outro parente na cabina. As urnas eletrônicas contam com uma marca de identificação em relevo na tecla 5, para o eleitor cego se orientar no momento do voto com relação às outras teclas, e um sistema de áudio, que é automaticamente habilitado para o eleitor que já se identificou perante a Justiça Eleitoral como deficiente visual. Além da marca de identificação, todas as teclas da urna têm Braille. O teclado da urna corresponde ao teclado telefônico. Para o eleitor que notadamente tiver deficiência visual, o mesário poderá habilitar, no instante do voto, o sistema de áudio da urna, a fim de facilitar a votação deste eleitor. Nestas Eleições, 601.085 eleitores informaram ter algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida. A Justiça Eleitoral disponibilizará 32.271 seções eleitorais especiais acessíveis no dia 2 de outubro. Programa Por meio de resolução aprovada em junho de 2012, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) instituiu o Programa de Acessibilidade da Justiça Eleitoral, destinado ao eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida. O Programa de Acessibilidade tem como meta implantar gradualmente medidas para remover barreiras físicas, arquitetônicas, de comunicação e de atitudes, sempre com objetivo de promover o acesso, amplo e irrestrito, com segurança e autonomia,…

Durante entrevista na TV nesta quarta feira 28 candidato a prefeito Tião Miranda promete um governo mais técnico do que politico para equilibrar contas da prefeitura

NA CAMPANHA ELEITORAL NAS RUAS, NO RADIO E TEVÊ VOCÊ ESCOLHEU, O TEMA  VOCÊS ESTÃO COM SAUDADE DO TIÃO PORQUÊ ?
foto Facebook ontem
Porque entregamos um governo após sete anos de mandato, com apagamento dos salario em dia, dentro  do mês, fornecedores, comercio,a prefeitura tinha  credibilidade. E agora e muito importante resgatar essa credibilidade da prefeitura , a maior  empresa da cidade, ela tem que ter esse credito, pagar os fornecedores,e os  empreiteiro, em dia, com isso o recurso gira na cidade, e ajuda a diminuir a pobreza . Na realidade a comunidade tem saudade disso, porque  atualmente o  servidor não  recebe  em dia, e o  comercio não quer  vender para prefeitura, então  o povo tem saudade  disso, da  gestão, da administração, o meu  governo  se eleito vai  ser muito  mais técnico, do que politico, porque a gente preza muito pela questão técnica, empregar bem o recurso mostrar  para o cidadão, e colocar pessoas preparadas para ocupar cada pasta, e a gente fiscalizando.

A saudade é de uma gestão com compromisso e transparência, receitas e despesas  equilibradas, melhorar a cidade criar capacidade de investimento.

Já foram entrevistados no canal 2 da RBA os candidatos Rigler Aragão PSOL,Manoel Veloso do DEM.

Nesta quinta feira 29  de setembro uma da tarde, e a vez  da entrevista com médico Jorge Bichara do PV, ele  falar das suas propostas, e responder perguntas dos eleitores por meio dos canais  interativos da emissora, e pelo Apresentador Wellington Moreira.

Compartilhe:

Disque Denúncia já tem 3.635 casos com provas

O Disque Denúncia, que funciona através de ligações gratuitas pelo 0800 091 4751 e é ferramenta do Comitê de Combate à Corrupção Eleitoral, parceria entre a Comissão Justiça e Paz da CNBB Norte II – Pará e Amapá, Tribunal Regional Eleitoral e Ministério Público Federal, já recebeu exatas 3.635 denúncias com provas (fotos, vídeos, documentos). Do total, 1.458 são referentes a propaganda eleitoral irregular, 385 a uso da máquina pública, 271 a compra de votos e 815 a crimes eleitorais diversos. As cidades com mais denúncias são Ananindeua (407), Belém (384), Redenção (137, Barcarena (135) e Tucuruí (128)

Compartilhe:

IDEAL TECIDOS ADERE AO LIQUIDA GERAL MARABÁ

O empresário Elidío Gomes, da Ideal Tecidos informou ao Zeca News que loja já aderiu ao liquida geral Marabá, que ocorrerá nos dias 7 e 8 de outubro. Nesta promoção da Acim, Conjove, e Sebrae- PA ,os consumidores vão  comprar muito mais barato, ou de limpar o seu nome. Mais de 60 empresas fizeram a adesão, e vão liquidar tudo. Compre somente nas lojas credenciadas com a marca do liquida geral

Compartilhe:

Ação social e de saúde realiza mais de 500 atendimentos

O Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP) foi uma das instituições parceiras da ação social e de saúde realizada neste sábado, 24/9, na escola Professora Albertina Sandra Moreira dos Reis, no bairro da Folha 6, em Marabá. Mais de 500 atendimentos foram realizados durante a programação. O HRSP disponibilizou à comunidade consulta médica, avaliação nutricional, aferição de pressão e teste de glicemia. Cláudia Alves da Cruz, de 43 anos, também aproveitou a programação para fazer umcheckup. Antes das dez horas, ela já tinha verificado a pressão e o nível de glicemia e passado pela consulta médica e nutricional. “A gente tem é mais que aproveitar isso porque, para quem trabalha e não pode faltar ao serviço, como eu, não é sempre que dá para ir ao médico. Faz tempo que eu estava precisando de uma consulta. Essa noite mesmo não me senti bem”, explicou Cláudia. Também graças à ação de saúde realizada neste sábado, na Folha 6, que a doméstica Francisca de Assis Silva, de 55 anos, percebeu que estava tomando o medicamento de forma incorreta. Ela chegou ao consultório com a taxa de glicose altíssima e dores no estômago. ‘Estava sentindo uma queimação, não agüentava mais. Hoje nem tinha tomado o remédio justamente por isso. Ai quando cheguei na ação a médica me mostrou que eu estava tomando errado o remédio. Achei tudo maravilhoso aqui”, disse. Extra-muro A ação social e de saúde contou com o apoio do HRSP por meio do projeto “Hospital Regional Amigo da Comunidade”, que é…

Será?

“Não é a política que faz o candidato virar ladrão. É o seu voto que faz o ladrão virar político”. Frase de uma campanha em Campo Mourão chamada “Educação pela Cidadania” com apoio de várias entidades, incluindo OAB e Associação Comercial. Pelo contexto, acaba generalizando e colocando todos os políticos ou pretensos políticos como ladrões.

Compartilhe: