PRESIDENTE DO PRORURAL FAZ BALANÇO DA EXPOAMA NESTA SEGUNDA FEIRA EM ENTREVISTA COLETIVA A IMPRENSA

DURANTE OS NOVE  DIAS DA 30ª EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA  UM PÚBLICO MÉDIO DE DEZ MIL PESSOAS DIARIAMENTE ESTIVERAM PRESENTES AO EVENTO.    A 30ª expoama encerrou com a final do rodeio. Foram cinco dias de competição. dos 40 competidores, restaram 15 para a final, sendo cinco para rodeio em cavalos modalidade cutiano e 10 em touros. o juiz foi Nenem Petrônio e os locutores: Jonhy Moraes e Hawai da silva.O grande vencedor do rodeio em cavalos foi o mineiro Flávio Conceição que há 27 anos compete pelo Brasil. recebeu cinco mil reais como premiação. e o vencedor do rodeio em touros foi o marabaense bicampeão Edivaldo Araujo que recebeu dez mil reais. Com investimentos de mais de um milhão e 300 mil reais por parte do sindicato dos produtores rurais de marabá e a companhia Ítalo todd que realizou quatro shows e o rodeio, a 30ª expoama foi considerada satisfatória com um público médio de dez mil pessoas diariamente. Foram realizados 9 leilões. Só o primeiro movimentou 2 milhões de reais. Esse ano o número de expositores foi recorde, chegou a marca de 230. Apesar do momento de crise econômica, o sindicato rural de marabá se orgulha de ter conseguido realizar a feira que já é referência na região norte em geração de negócios e entretenimento. logo mais as dez horas da manhã o presidente do sindicato dos produtores rurais de marabá antônio caetano vai divulgar o balanço da expoama 2016 em uma coletiva de imprensa no parque de exposições José Francisco Diamantino. Um dos anseios…

FHC vai colocar marcapasso

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso será internado no sábado, 9, para colocar marcapasso. Com 85 anos, o tucano fez exames em casa nesta sexta-feira, 8, e identificou falhas no ritmo de seu batimento cardíaco. A equipe médica que atende o tucano diagnosticou que as batidas estavam em velocidade mais lenta do que o recomendável. As informações são do Diário do Poder.

Compartilhe:

EXPOAMA: Autoriades Prestigiam Fundadaçaõ Acripará

Deputados João Chamon Neto, e Tiaõ Miranda   participam  de  reunião com pecuaristas para a criação da Associação de Criadores do Pará neste Sábado 9/7.

No auditório do Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá do Parque de Exposições José Francisco Diamantino.

A entidade  surge para explanar aos produtores as vantagens de se formar uma associação que é uma entidade independente que somará as demais na luta por melhorias para o setor da pecuária de corte.

 

Compartilhe:

MP do Pará denuncia Jobson por estupro e divulgação de pornografia

Jobson está preso sob acusação de estuprar duas adolescentes. MP denunciou outros 2 homens suspeitos de participação nos crimes. Atacante Jobson, ex-Botafogo, é preso acusado de estupro    O Ministério Público do Estado do Pará, por meio da promotora de Justiça de Conceição do Araguaia Cremilda Aquino da Costa, ofereceu denúncia contra Jobson Leandro Pereira de Oliveira, Lucas de Lima e Gilvan de Miranda Alves. Os três são acusados de vários crimes ao levarem duas adolescentes de 13 e 14 anos para encontros em uma chácara localizada no município. As informações foram divulgadas nesta sexta-feira (8). Por telefone, a defesa de Jobson informou que apenas na segunda-feira (11) terá acesso ao documento. O ex-jogador de futebol Jobson está detido desde o último dia 23 de junho, suspeito de estupro contra quatro adolescentes. Os abusos teriam ocorrido na chácara do ex-jogador, em Conceição do Araguaia, sudeste do Pará. Jobson nega as acusações. Ele está afastado dos campos por dopping até o ano de 2018. A denúncia do MPE cita duas acusações de estupro, contra jovens de 13 e 14 anos. Jobson é acusado dos crimes estupro de vulnerável, ameaça, disponibilização de fotografia pornográfica de adolescente na internet e oferecimento de bebida alcoólica a adolescente, enquanto que Lucas Lima e Gilvan Alves devem responder pelo oferecimento de bebidas às adolescentes que frequentaram o local. Acusações Conforme apurado nas investigações e depoimentos constantes do inquérito policial, no dia 13 de junho Jobson Leandro manteve relação sexual com uma adolescente de 13 anos. Nesse mesmo dia estavam na Chácara…

Aposentadorias por invalidez serão revistas

Além de auxílio-doença, INSS vai passar pente-fino em benefícios mais antigos As aposentadorias por invalidez concedidas pelo INSS há mais de dois anos também serão alvo de pente-fino. Depois de anunciar que os segurados que recebem auxílio-doença por mais de 24 meses terão que fazer nova perícia, o governo interino informou ontem que fará esforços para detectar fraudes na aposentadoria por invalidez e reduzir despesas. Segundo a União, hoje existem três milhões deste tipo de benefícios pagos por mais de dois anos e que provocam gastos mensais de R$ 3,6 bilhões. O Palácio do Planalto editará medida provisória com as regras para revisar as aposentadorias. Na mesma MP, o governo também vai tratar das revisões dos auxílios-doença fixando prazo máximo de 120 dias para pagamento quando o benefício for concedido pela Justiça sem data de suspensão. Caso o segurado não peça a manutenção, o auxílio será automaticamente cancelado. Os beneficiários mais antigos serão os primeiros convocados para reavaliação médica. O INSS enviará cartas para esses segurados. De acordo com o governo, são 840 mil que recebem auxílios-doença há mais de dois anos, representando despesa de R$ 1 bilhão. Os Benefícios de Prestação Continuada (BPC), que são pagos a idosos ou pessoas com deficiência de baixa renda, também serão reavaliados. Quem recebe entrará no Cadastro Único do governo, que confrontará os dados com as informações dos segurados inscritos em outros programas sociais. Haverá revisão a cada dois anos. No ano passado, o governo gastou R$ 39,6 bilhões com os BPCs. As revisões dos benefícios por incapacidade…

Ourilândia: Polícia Federal busca suspeitos de explorar garimpo ilegal

Oito pessoas já foram presas na operação iniciada na quinta-feira, 7. Mais de R$ 700 mil em ouro e prata foram apreendidos durante a ação.
Polícia Federal procura três homens suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em garimpo e venda ilegal de ouro extraído do interior da terra indígena Kaiapó, em Ourilândia do Norte. Oito pessoas já foram presas durante a operação Muiraquitã, iniciada na quinta-feira (7) para combater o esquema.

Foram apreendidos R$ 731.450 em ouro e prata durante a operação. Além dos metais preciosos, os policiais encontraram R$ 262.829 em dinheiro e apreenderam máquinas pesadas no valor de R$ 522 mil. As apreensões totalizam R$ 1.529.279, sem contar as joias encontradas no garimpo. A estimativa da Fundação Nacional do Índio (Funai) é que os garimpeiros extraiam 20 quilos de ouro por semana, que representa uma movimentação mensal avaliada em R$ 8 milhões.

Dois indígenas foram presos suspeitos de receber R$ 30 mil por mês para liberar o garimpo. “A partir do momento que você se associa e presta ao garimpeiro toda assistência material que ele precisa, permitindo que ele explore a área, delimitando a área onde ele pode ficar e recolhendo com habitualidade a renda dali extraída, ele é autor do crime”, disse a delegada Shirley Caselani, da Polícia Federal.

Compartilhe:

ENTREVISTA EXCLUSIVA Brasil é um país de política histérica, afirma padre Zezinho

 

“O Brasil é um país histérico, de política histérica, onde um ataca o outro e não são capazes de dialogar”. É o que afirma o sacerdote dehoniano, José Fernandes de Oliveira, o padre Zezinho, em entrevista exclusiva à equipe do Repórter CN. Além de política, o sacerdote falou sobre evangelização, cidadania, fé e seus trabalhos atuais.

Nas duas partes da entrevista que foram ao ar pela TV Canção Nova nos últimos domingos, o padre explica a “mística da compaixão” que une duas expressões da Igreja: a Renovação Carismática Católica e o carisma dehoniano com a espiritualidade da reparação. Padre Zezinho recorda os anos em que conheceu o fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib, e destaca como os dois carismas podem caminhar juntos.

O religioso fala ainda da proporção que tomou sua evangelização nos meios de comunicação, o que muitas vezes, lhe rendeu críticas. Apesar na inevitável fama, ele afirma que nunca quis ser um padre pop star.

“Fugi muito de ser artista e de ser o homem da televisão. O brilho não estava em mim, mas ao meu redor. Nunca procurei as câmaras ou espaços para aparecer. Mas quando vinha, eu aceitava. Nunca procurei essa fama, mas quando veio não fugi dela”.

 

Compartilhe:

Condutas vedadas a agentes públicos em período eleitoral

A legislação eleitoral proíbe aos agentes públicos, servidores ou não, diversas condutas passíveis de alterar a igualdade de oportunidades entre os candidatos nas eleições. As vedações estão no artigo 73 da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97) e são replicadas na Resolução TSE nº 23.457/2015, que trata da propaganda eleitoral, do horário gratuito no rádio e na TV e das condutas ilícitas na campanha de 2016. O artigo estabelece penalidades que vão desde multa até a cassação do registro ou do diploma do candidato eleito que desrespeitar as proibições impostas. Entre as restrições contidas no artigo, o agente público não pode ceder ou usar, em benefício de candidato, de partido ou de coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. No caso, aqui é aberta uma ressalva para a realização de convenção de partido. Também não é permitido o uso de materiais ou serviços, custeados pelos governos ou casas legislativas, que ultrapassem as limitações contidas nos regimentos e normas dos órgãos que integram. E ainda ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, de partido ou de coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou o empregado estiver licenciado. O agente público não pode fazer ou permitir uso promocional em favor de candidato, de partido ou de coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter…

WLAD TEM MANDATO CASSADO

O parlamentar ainda poderá recorrer da decisão A Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) julgou, em unanimidade, pela cassação do diploma de mandato do deputado federal Wladimir Afonso da Costa Rabelo por violação ao art. 30-A da Lei 9.504/1997, configurando o ato de arrecadação e gastos ilícitos em campanha eleitoral. A decisão foi proferida na sessão de julgamento dessa sexta-feira (08), na Plenária do TRE-PA. A representação foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral e teve a relatoria da Juíza Federal Lucyana Said Daibes Pereira, que a partir das provas produzidas concluiu pela existência de gastos eleitorais não escriturados na prestação de contas e indícios de falsidade documental, que, em conjunto, alcançaram o montante de R$410.800 mil de recursos financeiros. Da decisão da Justiça Eleitoral do Pará cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral com efeito suspensivo.   No pedido que fez ao Tribunal para que condenasse o deputado, o Procurador Regional Eleitoral do Pará, Bruno Valente, afirmou que as graves omissões encontradas na prestação de contas de Wladimir Costa impedem a verificação sobre a regularidade da campanha. “E mais, demonstram total desprezo com a demonstração de regularidade, uma vez que foram identificadas despesas não contabilizadas e, consequentemente, sem comprovação da origem dos recursos arrecadados (caixa dois)”, diz no processo. A prestação de contas do político já havia sido impugnada e foi rejeitada pelo pleno do TRE em sessão de 2014. O processo do MP Eleitoral se baseia em pareceres técnicos do próprio Tribunal que apontam abuso de poder econômico e listam todas as despesas…

LEILÃO DE BEZERROS DA FAZENDA REVEMAR COMERCIALIZA MIL E QUATROCENTOS ANIMAIS

NESTA SEXTA FEIRA ACONTECEU LEILÃO PRESENCIAL DE TOUROS REVEMAR FORAM VENDIDOS 125  TOUROS.  
 
Leilão comercial de bezerros do grupo Fazenda Revemar comercializou cerca mil e quatrocentos animais, muitos compradores compareceram ao evento no parque José Francisco Diamantino na Expoama, os negócios superaram as expectativas nesta quinta feira 7/7.
Nesta a sexta feira oito de julho encerrou por volta das 18hs o leilão presencial de touros Revemar, foram  leiloados cento e vinte cinco animais, todos provados e avaliados, pronto para utilização.
“O  leilão Touros Revemar gera oportunidades e grandes negócios, agradecemos a todos da região que participaram conosco, fortalecendo a atividade pecuária em Marabá, e nos arredores”, pontua, Odilon José Claudino Soares, gerente administrativo, e financeiro da Fazenda Revemar”.
09/07 – Leilão Agropecuária Santa Bárbara – 13 h e 19 h
10/07 – Leilão Fazenda Escondida – 13 h

Compartilhe: