#EuSouSobrevivente: mulheres relatam casos de violência sexual

Campanha foi feita após o caso chocante de uma adolescente estuprada por 33 homens no Rio de Janeiro A notícia da adolescente que sofreu um estupro coletivo por mais de 30 homens no Rio de Janeiro chocou o Brasil e levantou novamente o debate sobre a cultura do estupro e da violência contra a mulher. Nas redes sociais, a empreendedora e ativista Sabrina de Campos, de 35 anos, compartilhou a história de abuso sexual que viveu há 19 anos, quando tinha apenas 16. O post, divulgado na última sexta-feira (27/5), viralizou nas redes sociais e já acumula mais de 139 mil curtidas e 54.272 compartilhamentos.   Com a #EuSouSobrevivente, ela incentiva que outras mulheres também relatem sobre o que viveram. “Em quase 20 anos já passei por todas as fases de uma sobrevivente de violência, de um crime hediondo: de ter pena do infeliz sendo abusado na cadeia todos os dias, até desejar sua morte nos meus pesadelos. De tentar achar alguma explicação espiritual a pensar que talvez a culpa fosse minha. De silenciar, de sentir vergonha, de fingir que estava tudo bem a mandar tudo à merda e expor mesmo. De ter pânico ao saber que teria uma filha e chorar por semanas, com medo do que poderia acontecer no futuro com ela”, escreveu.   Outras mulheres criaram coragem e também divulgaram suas histórias. Leia mais: ‪#‎eusousobrevivente‬ app-facebook Deborah Cattani no domingo Quem me conhece sabe que falo pouco do assunto ou nunca falei. A primeira vez foi quando eu tinha 14 anos. A…

Desemprego fica em 11,2% no trimestre terminado em abril, aponta IBGE

Foi o pior resultado da série histórica da pesquisa. Em igual período do ano passado, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 8,0%
O número de desempregados cresce de forma exponencial: no trimestre encerrado em abril já eram 11,4 milhões de pessoas sem trabalho no país. Um aumento de quase 2 milhões de pessoas desocupadas em relação ao trimestre anterior (novembro a janeiro). O dado faz parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta terça-feira (31/5), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi o pior resultado da série histórica da pesquisa.No trimestre anterior, de novembro de 2015 a janeiro de 2016, o índice correspondia a 9,6 milhões, representando um acréscimo de 18,6%, ou mais 1,8 milhão de pessoas nesse contingente. No confronto com igual trimestre do ano passado esta estimativa subiu 42,1%, significando um aumento de 3,4 milhões de pessoas desocupadas na força de trabalho.

Compartilhe:

Tarifas mais caras Senado aprova MP que transfere rombo de R$ 3,5 bilhões para contas de luz

O Senado aprovou a Medida Provisória 706/2015, que renova a concessão das distribuidoras do grupo Eletrobras e transfere um rombo de R$ 3,5 bilhões dessas empresas para a conta de luz de todos os consumidores nos próximos anos. Se não fosse aprovada nesta terça-feira, 31, a MP 706 iria caducar. Agora, a proposta segue para sanção presidencial. De acordo com o relator da proposta, senador Edison Lobão (PMDB-MA), o custo adicional para os consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste será de 0,2% a 0,3% nos próximos anos. — É uma elevação imperceptível na conta de luz. Em contrapartida, teremos uma solução definitiva para milhões de consumidores — afirmou. A proposta apresentada inicialmente por Lobão previa um custo extra de R$ 14,2 bilhões e exigiria, segundo cálculos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), um novo tarifaço em 2017. A mobilização da Aneel e da indústria, que é grande consumidora de energia, fez com que o texto fosse revisto em busca de um acordo. Pelo texto final da MP 706, as perdas que as distribuidoras têm com roubo de energia — os chamados gatos — serão integralmente repassadas para as tarifas e não vão mais gerar prejuízo para as companhias. As normas da Aneel impunham um limite para essas perdas para evitar que as empresas fossem displicentes. Com a medida, os clientes dessas companhias, que atuam no Amazonas, Roraima e Amapá, passarão a pagar mais caro por um serviço pior. Para evitar que esse custo aumente excessivamente a conta de luz dos usuários da região Norte,…

Bateria em perfeito estado é essencial para o veículo

Ela é a responsável por alimentar todo o sistema elétrico. Sem ela, o veículo não funciona
Com a chegada desse tempo mais frio na nossa região, os proprietários de veículos precisam atentar sobre a importância de uma revisão no sistema elétrico e da própria bateria, para garantir partidas eficientes e fazer o motor funcionar neste período de baixa temperatura.
Se por acaso a bateria chegou ao fim de sua vida útil, ela deve ser substituída por outra com o mesmo padrão, que tenha idêntica capacidade de armazenamento de energia do modelo original. Se a bateria instalada no veículo tem 60 Ah (capacidade igual a 60 Ampères/hora), deve-se observar a informação contida no rótulo e escolher o modelo com capacidade igual ou superior, especialmente se o carro for equipado com muitos dispositivos eletroeletrônicos. Com isso, evitam-se problemas futuros, especialmente com capacidade de armazenamento de energia, potencial de partida e durabilidade do produto.
Pra finalizar, ao substituir uma bateria esgotada, entregue-a à loja onde adquiriu a nova, para que seja encaminhada para reciclagem: são enviadas à fábrica, que seleciona o plástico das caixas e o chumbo para a produção de novas baterias e destina o ácido para uso na agricultura, com absoluta preservação do meio ambiente.

Compartilhe:

EMPREENDEDOR INADIMPLENTE PODE PERDER INSCRIÇÃO

As pessoas cadastradas como Microempreendedores Individuais (MEI) devem ficar atentas para não perder sua inscrição e até mesmo serem excluídas do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). A medida será aplicada a partir do dia 1º de julho para quem não estiver em dia com suas contribuições mensais.

O cadastrado pode verificar sua situação, acessando o Portal do Empreendedor, onde também podem ser geradas as guias para pagamento de contribuições. De acordo com o Sebrae, nos 28 municípios que compõem o Território Litoral Sul, quase metade (49,93%) dos microempreendedores estão inadimplentes.

Além daqueles que não estiverem em dia com suas contribuições mensais, a exclusão irá atingir os microempreendedores que não tiverem entregado as declarações dos anos de 2014, 2015 e 2016.

Compartilhe:

PF indicia presidente do Bradesco e mais 9 na Operação Zelotes

A Polícia Federal indiciou o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, e mais nove pessoas em um inquérito na Operação Zelotes pelos crimes de tráfico de influência, corrupção ativa, corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro. Em nota, a assessoria de imprensa do Bradesco informou que o banco e seus executivos não participaram e não contrataram os serviços do grupo investigado na Zelotes e que irá “apresentar seus argumentos juridicamente por meio do seu corpo de advogados” (veja a íntegra da nota ao final desta reportagem). O inquérito foi concluído na última semana e enviado para análise do Ministério Público Federal no Distrito Federal. A Procuradoria da República no Distrito Federal confirmou que recebeu o relatório e que, a partir de agora, vai analisar os elementos apontados no documento para decidir de apresentará denúncia à Justiça Federal denúncia contra os indiciados. O inquérito que apurou a participação de executivos do banco em fraudes nas decisões do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), da Receita Federal, foi concluído na última semana. O Bradesco é investigado na Zelotes desde o ano passado por ter contratado o grupo que, segundo as investigações, pagava propina em troca de decisões favoráveis no Carf – onde são julgadas as multas da Receita a empresas e contribuintes. O Carf é uma espécie de tribunal administrativo responsável por julgar os recursos contra essas multas. Relatório de 2015 da PF Em relatório de janeiro de 2015, a Polícia Federal já havia apontado que ex-conselheiros do Carf e pessoas ligadas a empresas de advocacia tentaram manipular decisões para favorecer…

Dia Mundial sem Tabaco: OMS defende embalagens padronizadas de cigarro

No Dia Mundial sem Tabaco, lembrado hoje (31), a Organização Mundial da Saúde (OMS) defendeu a adoção por países-membros de embalagens padronizadas de cigarro e correlatos. A ideia é que todas as embalagens desse tipo de produto passem a ser iguais, seguindo um padrão definido e que determine forma, tamanho, modo de abertura, cor e fonte, mantendo-se apenas o nome da marca. Ainda de acordo com a proposta, as embalagens padronizadas de cigarro e derivados do tabaco não devem conter logotipos, cores e imagens específicas, design característico ou textos promocionais. Seriam mantidas, no país, apenas as advertências sanitárias que tratam dos malefícios provocados pelo tabagismo – atualmente exigidas no Brasil pelo Ministério da Saúde – e o selo da Receita Federal. Em nota, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) definiu as embalagens de cigarro como um grande instrumento de publicidade utilizado pela indústria, que investe em seu aprimoramento visual, formato e localização estratégica em pontos de venda. “Lançadas em edições limitadas, com brindes, em diferentes formatos, as embalagens de produtos de tabaco estão cada vez mais sedutoras”, destacou o órgão. No Brasil, tramitam no Congresso Nacional três projetos de lei que tentam instituir embalagens padronizadas de produtos derivados do tabaco. O Projeto de Lei nº 103/2014 propõe que as embalagens não contenham dizeres, cores e demais elementos gráficos além da marca e da logomarca, em letras de cor preta sobre fundo branco, e de advertência sobre os malefícios do tabagismo, acompanhada de imagens que ilustrem o sentido da mensagem. Já o Projeto de Lei Suplementar nº 769/2015…

PARAUAPEBAS :POLÍCIA DIVULGA RETRATO FALADO DE HOMEM ACUSADO DE CRIME BÁRBARO NA CIDADE

Na manhã de 14 de fevereiro de 2012 um corpo com mutilações e sem os braços e a cabeça, com características de que fora usado em algum ritual macabro de magia negra foi encontrado nas imediações do loteamento Paraíso, próximo ao viaduto na entrada da cidade.

Depois de recolhido pelo IML, o corpo foi identificado como sendo da jovem Thais Santos Feitosa, de apenas 12 anos, que estava desaparecida há alguns dias.
Na época o fato trouxe grande preocupação aos pais, já que volta e meia chegavam as notícias pelas redes sociais de que novas crianças haviam desaparecido. Na realidade não houve outros casos, todavia boa parte dos pais sequer estavam deixando seus filhos irem para a escola.
A Polícia Civil de Parauapebas, desde o desaparecimento tenta identificar o autor do sequestro e morte de Thais. Mas até o momento não conseguiu êxito.
Quem tiver informações que levem ao paradeiro do autor do crime que entre em contato com a Polícia Civil através do telefone 3346-22-50, do Disque Denúncia Parauapebas.

Compartilhe:

MARABÁ:VAZAMENTO DE GÁS GLP PROVOCA INCÊNDIO E DESTRÓI COZINHA DE ESCOLA MUNICIPAL

Uma explosão, causada por um botijão de gás, incendiou a cozinha da Escola Municipal Fé em Deus, em Morada Nova, na manhã desta segunda-feira (30). Segundo a Diretora da Escola, Agleides Cordeiro, o acidente ocorreu por volta das 9 horas, durante a troca de botijão de gás enquanto as merendeiras preparavam a refeição das crianças. “Funcionávamos com um fogão velho e um novo, no momento da troca as canaletas estavam vazando e o fogo passou por cima do fogão. O botijão jogou chama para todos os lados e deu um a explosão”, conta a Diretora. As chamas queimaram praticamente toda a merenda que a escola tinha armazenada, além do fogão, vasilhas, panelas, armários de madeira, forro e papeis utilizados pelas merendeiras.No momento da explosão havia quatro pessoas na cozinha, três mulheres e um rapaz que trocava o botijão de gás. Este sofreu queimaduras no braço e foi levado para o hospital. O incêndio causou um grande susto nos funcionários e principalmente nas crianças. “Foi um momento de muito desespero. Muitas crianças passando mal, desmaiando. Um alvoroço muito grande”, descreve a Diretora. Os alunos foram evacuados por duas saídas, alguns correram para a rua e os do pavilhão detrás arrobaram o portão e saíram pela Escola Pedro Peres. O Corpo de Bombeiros chegou ao local vinte minutos após o início do incêndio e controlou as chamas. A Secretaria de Educação também esteve no local e suspendeu as aulas até a próximaquarta-feira. O Corpo de Bombeiros constatou que a escola não possui nenhum extintor de incêndio e…