MPF apresenta novo Ranking da Transparência

O Pará aparece em 16º lugar entre os estados e Belém em 6º colocação das capitais

O nível de transparência de estados e municípios brasileiros aumentou cerca de 31% em seis meses, a partir da atuação coordenada do Ministério Público Federal (MPF) em todo o país. Esse é um dos resultados obtidos pelo projeto Ranking Nacional da Transparência, patrocinado pela Câmara de Combate à Corrupção do MPF. A nova classificação foi divulgada nesta quarta-feira, 8 de junho.

Após a expedição de mais de 3 mil recomendações, em dezembro do ano passado, o Índice Nacional de Transparência – média de notas alcançadas por todos os municípios e estados brasileiros – subiu de 3,92, em 2015, para 5,15, em 2016. Estados e municípios que ainda descumprem as leis de transparência serão acionados judicialmente. Até o final do dia, 1.987 ações civis serão propostas pelas unidades do MPF.
Metodologia

O ranking, idealizado pela Câmara do MPF que atua na área de Combate à Corrupção, concentra-se na clareza das contas públicas como instrumento para fortalecer a participação social no controle das receitas e despesas. O projeto contemplou 100% dos 5.568 municípios, 26 estados brasileiros e Distrito Federal e foi feito a partir da avaliação da transparência passiva e ativa, incluindo itens como divulgação de salários de servidores e servidoras, diárias, cópias de contratos, licitações, empenhos, entre outros.Saiba mais em:
http://www.combateacorrupcao.mpf.mp.br/ranking

Compartilhe:

Escola de Vila Itainópolis recebe Circuito Mineração

Os alunos da Escola Marechal Rondon, da Vila de Itainópolis na zona rural de Marabá, tiveram um dia de aula diferente. Mais de 280 estudantes participaram do projeto Circuito Mineração, que mostra a atuação da Vale no Pará e como os minérios estão presentes em objetos e utensílios do nosso dia a dia. O projeto também levou o engenheiro ambiental, Daniel Coltro, que palestrou sobre reciclagem e educação ambiental.

O Circuito Mineração é uma exposição itinerante da Vale e tem como objetivo levar informações sobre a atuação da empresa no Pará, as características dos minérios produzidos na região e em quais elementos eles se transformam. O projeto é realizado, em Marabá, desde 2013. A exposição também é apresentada em Belém e nas cidades onde a Vale atua no Pará.

Compartilhe:

Temer dá uma sova em Dilma

Na primeira pesquisa publicada até agora, Michel Temer dá uma sova em Dilma Rousseff. Segundo a pesquisa CNT/MDA, o desempenho pessoal de Michel Temer é reprovado por 40,4% dos eleitores. Na última pesquisa antes da impeachment, Dilma Rousseff era reprovada por 73,9%. Michel Temer é aprovado por 33,8% dos brasileiros. Dilma Rousseff era aprovada por apenas 21,8%. Temer: 11% x 28% Os dados da pequisa CNT/MDA divulgados pela Reuters mostram ainda que 11,3% da população avaliam Temer positivamente. Já 28%, de forma negativa. IMPEACHMENT E CORRUPÇÃO A percepção de corrupção também foi consultada. Para 46,6%, a corrupção no atual governo será igual ao do governo da petista, 28,3% acreditam que será menor e 18,6% consideram que será maior. A pesquisa mostra ainda que a maioria dos entrevistados, 62,4%, aprova o afastamento de Dilma do cargo. Por outro lado, 33% acreditam que a decisão do Senado, que a afastou da Presidência no dia 12 de maio, foi errada e que Dilma não precisava ter sido afastada. Para 61,5%, o processo de impeachment foi legítimo. Para 33,3% dos entrevistados não foi. A CNT/MDA tambem traçou cenários para as eleições presidenciais de 2018. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera as inteções de voto no primiero turno. Nas simulações de segundo turno, no entanto, Lula perde para Marina Silva (Rede) e Aécio Neves (PSDB-MG). Em todos os cenários, Michel Temer seria derrotado. Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/governo-temer-tem-avaliacao-positiva-para-apenas-113-diz-cntmda-19463894#ixzz4B0jhqxRz © 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser…

Pânico no Planalto

A decisão do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedindo ao STF a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do ex-presidente da República José Sarney (PMDB-AP), do senador Romero Jucá (PMDB-RR) e do presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), dominou ontem (07) o noticiário nacional e internacional. De acordo com Janot, eles foram flagrados tramando contra a Operação Lava-Jato em conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.

Pânico II

Os pedidos de prisão já estão com o ministro Teori Zavascki, do STF. Na decisão, Janot também solicitou o afastamento de Renan da presidência do Senado, usando argumentos similares aos empregados no pedido de destituição de Cunha da presidência da Câmara e do mandato de deputado federal, o que acabou sendo atendido pelo órgão. Ai, ai, ai…

Outro lado

Ao longo do dia, os alvos da decisão de Janot foram dando suas versões, que mais parecem desabafos. O ex-presidente Sarney se disse “revoltado”, Renan Calheiro falou em “abuso”, Romero Jucá afirmou ser uma “vítima” e Eduardo Cunha viu “constrangimento” na atitude do procurador-geral da República.

Adiado…

… novamente. Ainda sobre a política e os políticos do Planalto, o Conselho de Ética voltou a adiar o pedido de cassação do mandato do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha. Hoje

Ricardo Ferraço protocolou  nesta quarta feira 8/6 no STF ofício solicitando acesso aos pedidos de prisão de Renan Calheiros, Romero Jucá, José Sarney e Eduardo Cunha.

Teori Zavascki precisa dar transparência ao processo.

Compartilhe:

MARABÁ:Mulher aceita carona de desconhecido e é estuprada

Na noite da última segunda-feira (6) uma jovem de 18 anos foi estuprada em Marabá, no sudeste do estado, por volta das 22 horas. De acordo com o Delegado Álvaro Ikeda, que estava de plantão na 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil a adolescente registrou boletim de ocorrência e o caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam).
A vítima foi abordada na saída da Escola Gaspar Viana, na folha 22, Bairro Nova Marabá. O suspeito persuadiu a jovem, dizendo que seu pai estava embriagado e que ela teria que conduzir a moto do seu pai até sua casa. Ele a levou para um matagal às margens do Rio Itacaiúnas, próximo à Vila Poupex e abusou sexualmente da menor.
“Segundo ela, um homem, estranho, apareceu no colégio e disse que o pai dela estava chamando-a. Ela subiu na moto, ele a levou para outro local e cometeu o ato. Ainda estamos investigando. Temos que ouvir com calma e ver se há testemunhas”, relatou o Delegado. Ressaltando que a adolescente irá retornar a Delegacia para fazer o retrato falado.
É mais um caso que entra para triste  estatística da Secretaria de Estado de Segurança (Segup) que apontam que entre janeiro a abril desse ano exatamente 594 pessoas foram vítimas de estupro no Pará. O que dá uma média diária de 5 (4,9) registros de violência sexual, no Estado.

Compartilhe:

MARABÁ: ALUNOS DA JÔNATHAS PONTES ATHIAS PROTESTAM CONTRA FECHAMENTO DA ESCOLA

Estudantes da escola Jonathas Pontes Athias em Marabá, realizaram uma passeata na manhã desta quarta-feira (8). Eles foram até a sede da prefeitura protestar pelo fechamento da escola.

A  prefeitura esclarece por meio de nota que a cessão das instalações da Escola “Jônathas Pontes Athias” ao IFPA para a instalação de uma faculdade pública ainda está no campo das hipóteses. Portanto, não há nada de concreto, o assunto ainda será discutido com a Semed. Após essa discussão terá de passar pela Câmara Municipal. Então é um processo longo. E, caso isso venha a acontecer, os alunos serão realocados para outras escolas, sem prejuízos ao ano letivo nem prejuízos à carga horária dos professores.

Compartilhe:

Japonês da Federal é preso em Curitiba após ação da polícia

Newton Ishii ficou conhecido por conduzir presos da Operação Lava Jato. Ele foi preso na tarde de terça-feira (7), de acordo com a Polícia Federal. O agente federal Newton Ishii, chamado de “Japonês da Federal” e que ficou conhecido em fotos de prisões da Operação Lava Jato, foi preso na terça-feira (7) em Curitiba. O mandado foi expedido pela Vara de Execução Penal Justiça Federal de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Ele está detido na Superintendência da Polícia Federal na capital paranaense. Até 9h57 a Polícia Federal não havia informado o motivo da prisão. Nome citado na Lava Jato O nome de Newton Ishii foi citado na gravação que levou à prisão o senador Delcídio Amaral, em Brasília. No áudio, o senador fazia tratativas com o chefe de gabinete dele, Diogo Ferreira, o advogado Edson Ribeiro e o filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, Bernardo, buscando um plano de fuga para Cerveró, que estava preso na carceragem da PF em Curitiba. O agente é citado durante a conversa quando o grupo discute quem estaria vazando informações para revistas. Delcídio chega a chamar um policial que seria ele de “japonês bonzinho”, sendo tratado como o responsável pela carceragem da PF em Curitiba, para onde são levados os presos da Lava Jato. A Polícia Federal disse, na ocasião, que iria apurar se o nome citado na conversa era o do agente. Réu na Operação Sucuri O agente é réu em uma ação que surgiu a partir da Operação Sucuri. As investigações mostraram que os…

Portal para Adequação Ambiental

Donos de áreas desmatadas no Pará agora podem acessar num só lugar todas as informações sobre procedimentos e critérios de regularização de propriedades. O secretário de Estado de Meio Ambiente, Luiz Fernandes Rocha, lançou o Portal para Adequação Ambiental (http://sigam.semas.pa.gov.br), que ensina ao produtor rural como comercializar seus produtos de maneira legal.  Para o produtor, é segurança jurídica para desenvolver sua atividade econômica, ressalta o procurador da República Daniel Azeredo, que atua pelo MPF na promoção da sustentabilidade na pecuária da Amazônia.

Cumpridos os requisitos, o interessado poderá emitir, no portal, a Declaração de Adequação Ambiental Provisória. Se não houver outras áreas com incidência de desmatamento, o imóvel será excluído da lista de irregularidades e terá a situação ambiental regularizada. Na ocorrência de análise desfavorável, o interessado poderá firmar Termo de Ajustamento de Conduta no próprio portal, sem prejuízo de responsabilidade administrativa, civil e criminal, a ser discutida em processo administrativo específico. A assinatura do TAC pelo órgão ambiental será efetivada através de certificado digital. Depois de assinado e averbado, ficará disponível, via upload do arquivo, que é obrigatório. A adequação ambiental de áreas desmatadas antes de 22 de julho de 2008 continuará sendo feita por meio do Programa de Regularização Ambiental. Saibam como aderir ao PRA aqui.

O Portal para Adequação Ambiental tem como base o Sistema Integrado de Gestão Ambiental (Sigam), ferramenta doada ao governo do Estado do Pará pelo Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).

Compartilhe:

COMO COMEÇOU A BAIXARIA ENTRE WLAD E ZÉ GERALDO

 

https://youtu.be/2xcwxadfO1U

 

 

 

Durante a discussão do relatório de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), os deputados Zé Geraldo (PT-PA) e Wladimir Costa (SD-PA) bateram boca em uma discussão acalorada, na qual Wladimir chamou o colega de “vagabundo”, “bandido” e “ladrão safado”.

A discussão começou depois que Zé Geraldo pediu a palavra para dizer que Wladimir Costa foi denunciado à Justiça sob suspeita de desviar salários de seus assessores para seus irmãos e também por supostas irregularidades no recebimento de recursos por uma ONG ligada a ele.

“O deputado Wladimir, nem se lavar a boca com soda cáustica durante uma semana, ainda ele não pode falar mal do PT e da presidente Dilma. Esse parlamentar no Pará tá mais sujo que pau de galinheiro”, afirmou Zé Geraldo.

Ao pedir a palavra para rebater, Wladimir se exaltou: “O senhor é vagabundo, bandido”. Zé Geraldo tentou interromper, mas Wladimir continuou: “Cala a tua boca, vagabundo. Você é ladrão safado”.

O petista afirmou que não está denunciado à Justiça e rebateu chamando o adversário de “picareta”.

Ao fim da discussão, o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) comentou ironicamente: “Estamos no Conselho de Ética”.

Wladimir Costa é contra a cassação de Cunha, enquanto Zé Geraldo é favorável. A discussão ocorreu antes do início da votação do parecer sobre o presidente afastado da Câmara.

 

Compartilhe:

São Félix do Xingu: Funcionário da Celpa morre atropelado

Ânderson de Souza Pinto sofreu acidente de trânsito e faleceu no local, na manhã desta terça-feira (07). Ele trabalhava na Celpa e pilotava uma motocicleta no momento do acidente.

Segundo informações o acidente foi provocado por uma caminhonete que teria entrado na Av. Goiás pela contra mão. Não há informações se Souza estava usando capacete.

Compartilhe: