A pecuária que sustenta o projeto florestal

Em fazendas do Sul do Pará, pecuária intensiva garante receita em grande projeto de reflorestamento com teca.
Árvores de teca, com seus fustes retos, de casca enrugada e grandes folhas redondas, formam renques intermináveis, espalhando-se a perder de vista. Sob suas copas, vacas com bezerros ao pé desfrutam da sombra ou se protegem das chuvas torrenciais típicas da região, enquanto pastejam touceiras de capim mombaça. A cena foi registrada por DBO em Redenção, no sudeste do Pará, onde a Floresteca Brasil plantou 19.000 ha dessa espécie exótica, distribuídos por cinco fazendas (Santa Marta, Pau D’Arco, Santa Lúcia, Santa Marina e Arpa), com área total de 50.000 ha.

A empresa, sediada em Indaiatuba, SP, é a maior produtora de teca do País, atuando também no Mato Grosso, onde possui outros 24.000 ha de floresta. Seu foco é o mercado asiático, que paga de U$ 400 a U$ 1.200 pelo m3 de teca, dependendo da qualidade e bitola das toras. Trata-se de uma madeira resistente, leve e maleável, ideal para fabricação de navios, esquadrias, móveis e pisos, mas que demora 20 anos para atingir ponto ideal de corte. Enquanto esse dia não chega, os bois vão garantido lucratividade ao projeto paraense, devido a seu ciclo mais curto e liquidez imediata.

Consórcios silvipastoris estão se tornando comuns no Brasil, justamente porque permitem amortizar os custos de plantio das espécies madeireiras.

Fonte: DBO 426

Compartilhe:

Seagri planta mudas na Vila Sororó

Na manhã de domingo (8), Dia Das Mães, a Seagri (Secretaria Municipal de Agricultura) plantou 168 mudas de árvores da espécie nim (Azadirachta indica A. Juss), na Vila Sororó, a 35 km da sede do município, na margem da Rodovia BR-155. O objetivo é proporcionar sombra aos moradores que caminham ao longo da estrada e preservar o meio ambiente.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Pedro Torres da Silva, a espécie não dá frutos, mas ajuda muito nos momentos de intenso calor. Ele anunciou ainda que a ação será estendida a outras vilas.

Depois de plantadas as mudas, a responsabilidade em regá-las e protegê-las fica por conta dos próprios moradores da vila, os quais serão diretamente beneficiados pelas árvores. (Texto:

Compartilhe:

Andressa Urach posta foto em igreja e faz desabafo sobre o Dia das Mães

Andressa Urach mostrou a seus seguidores como passou a manhã do Dia das Mães. Em uma igreja de São Bernardo do Campo, em São Paulo, a apresentadora falou para fiéis sobre o que é ser mãe. Na imagem em que compartilhou em seu perfil do Instagram neste domingo, 8, ela aparece no altar.

“Eu amo o Altar, não poderia estar em lugar melhor que o Altar no Dia das Mães, para agradecer a oportunidade que Deus me deu! Hoje, sim, posso dizer que sou mãe”, escreveu Andressa na legenda. “Nem comparado com a pessoa que eu dizia ser e fazer tudo pelo meu filho, quando, na verdade, fazia por si só, me enganando no meu mundo de mentiras e ilusão. Presa dentro do meu Eu e vazia. Obrigada meu Deus por me dar uma nova vida, uma vida abençoada e transformada”, continuou.

Andressa recentemente também começou a remover suas tatuagens, pois, segundo ela, a faziam se “sentir suja”.

Fonte: Correio24horas

Compartilhe:

MANDADO DE SEGURANÇA CONTRA A DECISÃO DE WALDIR MARANHÃO

o deputado Carlos Sampaio.afirma que a oposição vai entrar imediatamente com um mandado de segurança no STF contra a decisão de Waldir Maranhão.

“É uma decisão maluca”, disse Sampaio. “Ele quer anular unilateralnente um ato jurídico perfeito, finalizado pela Câmara em plenário, em rito definido pelo Supremo.”

Repetimos: Waldir Maranhão é um vigarista chicaneiro.

O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), assinou decisão nesta segunda-feira (9) para anular a tramitação do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Congresso.

Ainda não há detalhes completos da decisão, que será publicada na edição do Diário da Câmara desta terça (10).

Compartilhe:

MARABÁ: reunião debate condições de trabalho dos enfermeiros da rede pública

As condições de trabalho dos enfermeiros que atuam na rede pública de saúde de Marabá foi tema de reunião realizada nesta sexta-feira (6) no auditório da Promotoria de Justiça do município. Participaram representantes do Conselho Regional de Enfermagem do Pará (Coren), da Secretaria Municipal de Saúde de Marabá, Hospital Municipal e Hospital Materno Infantil de Marabá. Na reunião, o Coren reforçou o trabalho da delegacia do Conselho, que atualmente funciona na Folha 31, Bairro Nova Marabá, e contará com um conselheiro permanente. Os representantes do Conselho de Enfermagem informaram que várias inspeções nas Unidades de Saúde de Marabá foram realizadas. Durante essas inspeções foram encontradas irregularidades quanto ao desempenho das atividades dos enfermeiros e demais profissionais e também em relação à estrutura física. Os relatórios serão encaminhados ao Ministério Público para o devido acompanhamento. A problemática que envolve a demora nos resultados dos exames de Preventivo do Câncer do Colo do Útero (Pccu) também foi abordada na reunião. O Conselho Regional de Enfermagem do Pará considera a questão grave e já informou que irá acompanhar de perto a situação. De acordo com os representantes do órgão, a coleta do material para o Pccu deve ser feito somente por enfermeiro, e não por técnico, uma vez que o enfermeiro tem a capacidade de verificar se já há necessidade de início do tratamento logo na coleta. A atenção básica de saúde também foi discutida no encontro, pois a má execução do serviço tem sobrecarregado o atendimento nos hospitais de Marabá em procedimentos que deveriam ser realizados nos…

UM POUCO DE “JAZZ POR AÍ”

Levar música para mais perto do público com apresentações de Blues, Jazz, Samba, Bossa Nova, Rock, Pop, Música Popular. É isso que pretende um grupo de mais de 10 músicos de Marabá com o projeto “Jazz Por Aí”.  Mesmo ainda sem patrocínio, mas com o apoio da Secretária Municipal de Cultura, eles colocaram a ideia em prática. Montaram os equipamentos e deixaram o som tomar conta da Praça Duque de Caxias, na Marabá Pioneira, na primeira apresentação. Para o idealizador, o músico Itair Rodrigues, que toca há mais de 15 anos, o ‘Jazz por aí’ quer expressar o que eles mais gostam de fazer, tocar, mostrar a música como ela realmente é… uma arte. Itair também ambiciona que o projeto, além de expor os músicos regionais, integre todo o movimento musical da cidade e região.  “De forma livre e gratuita, vamos nos apresentar todas às terças-feiras, em núcleos diferentes. Vamos difundir a cultura musical de Marabá” afirma o baixista Stênio Rodrigues que toca na noite marabaense há 15 anos. Quem quer ouvir música boa, ao ar livre e de graça, não pode perder as próximas apresentações. Dia: 10/05 (terça-feira na Praça Duque de Caxias, Velha Marabá as 19 hs.

Compartilhe:

Paysandu vence o São Francisco e fica com o titulo paraense

O Paysandu é o grande campeão do Campeonato Paraense da temporada 2016. O time bicolor derrotou a forte equipe do São Francisco de Santarém, na noite deste sábado (7), no Mangueirão e levantou a Taça Açaí e conseqüentemente o título do Parazão de forma invicta, após dois anos sem conquistas. Com gols de Fernando Lombardi no primeiro tempo e Fabinho Alves na etapa final, o Paysandu reconquistou a hegemonia no estado e se distanciou em números de títulos em relação ao seu maior rival. Agora são 46 conquistas azul e branco contra 44 do Remo. Com tudo ao seu favor, desde a forma com que a equipe vem jogando e também com o apoio da sua torcida, o Paysandu tratou logo de mostrar o seu “cartão de visita” e abriu o placar no Mangueirão. O gol saiu cedinho, logo no primeiro minuto de jogo. Em cruzamento do lado esquerdo, a bola encontrou a cabeça do zagueiro Fernando Lombardi, que testou bonito e abriu o placar do mangueirão. Paysandu 1 a 0. O Papão  continuou no ataque e teve chance de marcar o segundo, mas o goleiro Paulo Rafael fez ótima defesa no chute de Augusto Recife, que recebeu na entrada da área. Celsinho também teve boa chance, após receber dentro da área, mas foi travado na hora da conclusão. Mas engana-se que o jogo foi só Paysandu. O São Francisco, treinado pelo técnico Walter Lima, fez frente ao Paysandu. Primeiro a equipe santarena tentou de fora da área, foram dois chutes que assustou a defesa…

Comissão aprova relatório favorável ao prosseguimento do impeachment

A comissão especial do impeachment do Senado aprovou nesta sexta-feira (6), por 15 votos a favor e 5 contra, o relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) favorável à continuidade do processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff. O texto será submetido agora à votação no plenário principal do Senado.

Dos 21 integrantes do colegiado, apenas o presidente da comissão, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), não votou. Antes de autorizar a votação no painel eletrônico, ele explicou que só iria registrar voto caso ocorresse um empate.

Para que o relatório fosse aprovado, eram necessários os votos da maioria simples dos integrantes da comissão (11 votos).

Veja como votou cada senador da comissão do impeachment:

A favor (15)
Dário Berger (PMDB-SC)
Simone Tebet (PMDB-MS)
Waldemir Moka (PMDB-MS)
Helio José (PMDB-DF)
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Aloysio Nunes (PSDB-SP)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Ana Amélia Lemos (PP-RS)
Gladson Cameli (PP-AC)
Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
Romário (PSB-RJ)
Wellington Fagundes (PR-MT)
José Medeiros (PSD-MT)
Zezé Perrella (PDT-MG)

Contra (5)
Gleisi Hoffmann (PT-PR)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
José Pimentel (PT-CE)
Telmário Mota (PDT-RR)
Vanessa Grazziotin (PC do B-AM)

Fonte: G1

Compartilhe:

MARABÁ:Salame não irá se pronunciar sobre afastamento

  O prefeito João Salame ainda não foi notificado oficialmente sobre seu afastamento de 180 dias da prefeitura de Marabá. Ele e outros secretários foram afastados de suas atribuições pelo Juiz de Direito César Leandro Pinto Machado, titular da 4ª Vara Cível e Empresarial de Marabá, deferindo pedido do Ministério Público do Estado. Salame estava em Brasília na quarta (4) dia da divulgação do afastamento e foi diretamente para Belém ontem (5), onde está em contato com a assessoria jurídica, providenciando recurso contra a decisão do Juiz. Ainda não há previsão do retorno dele para Marabá, segundo a assessoria de comunicação da prefeitura e ele não vai se pronunciar sobre o assunto. Entretanto a prefeitura divulgou uma nota ontem (5), informando que “ao contrário do que diz o despacho do juiz César Leandro Pinto Machado, quando determina a indisponibilidade de bens do prefeito João Salame Neto no valor de R$ 31.520.586,54, nos cabe esclarecer: os bens do gestor municipal estão avaliados em R$ 770.000 (setecentos e setenta mil reais), conforme informado à Receita Federal na Declaração do IRPF-2015, valor muito abaixo do citado na ação, constituídos durante sua vida profissional como jornalista, deputado estadual por dois mandatos e agora prefeito, portanto”, declarou a nota. Ainda segundo a nota, “pelas nossas contas o volume de recursos pago a maior para o Ipasemar ultrapassa a casa dos R$ 20 milhões, enquanto a dívida que o Instituto nos cobra da parte do servidor chega à casa dos R$ 16 milhões. Na ação cobramos o encontro dessas contas”, declara…

MARABÁ:MEI é maior com vendas de roupas e calçados

De acordo com o Empresômetro, item que mede o número de criação de empresas, da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, o município de Marabá tem 15.214 empresas ativas, segundo o Serviço Apoio Micro e Pequena Empresa, Sebrae 5.400 empresas são Microempreendedor Individual (MEI). Segundo a entidade de 2015 a 2016 o setor de calçados confecções e acessórios foi o que mais cresceu, sendo o setor de beleza com destaque para salões de cabeleireiros o segundo maior crescimento. Dos 5.400 MEI ativos, 534 trabalham com venda de roupas, calçados e acessórios e 324 trabalham com salão de beleza. De acordo com dados do Sebrae a maioria dos microempreendedores são do sexo feminino. Teve início nesta segunda-feira (2) e segue até encerra hoje a oitava edição Semana do Microempreendedor Individual realizada pelo Sebrae. O evento tem foco no apoio aos negócios que precisam de regularização e ao preenchimento da declaração anual de faturamento, que deve ser entregue até o dia 31 de maio. O atendimento é realizado das 8 às 18h no Escritório do Sebrae, na folha 28. A Semana faz parte de um mutirão nacional, com ações em todos os estados e no Distrito Federal e traz o tema ‘A Semana para a sua empresa ficar em dia’. A programação compreende palestras sobre os direitos e deveres do MEI, e nesta quinta, foi realizada uma palestra com o Banco da Amazônia, onde foram apresentadas as linhas de crédito disponíveis para os microempreendedores. Na tarde de hoje(06), das 15h às 18h terá a oficina sobre…