Ex-primeira-dama dos Estados Unidos Nancy Reagan morre aos 94 anos

Ela foi casada com o presidente Ronald Reagan, morto em 2004. Foto de 1999 mostra a primeira-dama dos EUA, Nancy Reagan, na Biblioteca Ronald Reagan, em Simi Valley, Califórnia (Foto: Reuters/Sam Mircovich) A atriz Nancy Reagan, ex-primeira-dama dos Estados Unidos, morreu aos 94 anos. Ela foi casada com Ronald Reagan, que foi o presidente americano entre 1981 e 1989. Nancy – que se tornou uma das mulheres mais influentes na história dos Estados Unidos durante a presidência de seu marido republicano – morreu devido a uma falência cardíaca. Ela será enterrada ao lado de seu marido na Biblioteca Presidencial Ronald Reagan, em Simi Valley, na Califórnia. Ronald Reagan morreu em 2004 depois de uma longa batalha contra o Alzheimer. Trajetória Nascida em Nova York no dia 6 de julho de 1921, de pai vendedor de carros e de uma mãe atriz, chegou a Hollywood aos 28 anos ainda como Nancy Davis. Ela atuou em Hollywood durante os anos 1940 e 1950 e casou-se com Reagan, então também ator de cinema, em 1952. Ela, então, foi a primeira-dama da Califórnia, onde Reagan foi governador de 1967 a 1975 antes de se mudar para a Casa Branca depois de sua vitória decisiva sobre o presidente democrata Jimmy Carter, em 1980. O projeto mais conhecido que desenvolveu enquanto primeira-dama foi a campanha anti-drogas “Just Say No” (Apenas Diga Não). Depois que seu marido desenvolveu Alzheimer, ela se tornou uma incentivadora da descoberta da cura da doença. Como esposa, parceira política e conselheira de Reagan, ela se tornou uma das…

COM INSTALAÇÃO DA SIDERÚRGICA AÇOS DO PARÁ, MARABÁ RETOMA VERTICALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO MINERAL, DIZ BETO SALAME

Na manhã desta sexta-feira (4), o deputado federal Beto Salame, em Belém, ao lado de diversas outras autoridades, assinou o protocolo de intenções que viabiliza a construção da Aços do Pará, empresa que pertence ao grupo argelino Cevital. A ação conjunta do governo do Estado, da Prefeitura Municipal e do setor produtivo acabou garantindo a implantação da siderúrgica em Marabá. “A parceria entre os setores público e privado foi fundamental para garantir que a Aços do Pará escolhesse Marabá. Cevital, Vale, Governo do Estado, Prefeitura de Marabá e as lideranças empresariais da cidade estão de parabéns. Acredito que chegou a hora de retomarmos o caminho que vai nos levar ao crescimento econômico e ao desenvolvimento social”, disse Beto Salame ao desejar boas-vindas à nova empresa. “A confirmação que teremos mais uma siderúrgica de grande porte em Marabá é motivo para comemorarmos. Desde o fechamento das guseiras, alguns anos atrás, a cidade vinha lutando para conseguir retomar a verticalização da produção mineral, um objetivo estratégico para garantir nosso desenvolvimento”, comentou Beto ao final do evento. Um acordo entre a Vale e a Cevital permite que a Aços do Pará aproveite a área e a infraestrutura inicialmente destinadas à implantação da Alpa. A Aços do Pará também vai aproveitar as licenças ambientais e as obras começarão ainda este ano, com a conclusão prevista para 2019. Uma planta técnica da Cevital está sendo desinstalada na Itália e será trazida para Marabá. Com a implantação deste empreendimento, serão gerados 2,5 mil empregos diretos e de 6 a 8 mil…

Morre o Professor de Sociologia Marcos Marcelo

Será sepultado hoje as 16h no cemitério da Nova Marabá o corpo do professor Marcos Marcelo, 44 anos. O velório está ocorrendo na rua Silvino Santis bairro Santa Rosa. Marcos estava internado no hospital Regional há vários dias após uma cirurgia de vesícula ele teve seu quadro agravado e ontem, por volta das 11h da manhã, não resistiu e faleceu.
O professor atuou na escola Alvorada, na rede estadual de ensino e trabalhou nas lojas Leolar por cerca de dez anos.
A família Paixão convida parentes e amigos para o sepultamento as 16h no cemitério da Saudade, Nova Marabá.
Marcos Marcelo era cunhado do professor Wilson Paixão, da Lemar.

Compartilhe:

Com um a menos, Paysandu vence Remo nos pênaltis e leva 1º turno 7 DE MARÇO DE 2016 Antes de iniciar a partida, jogadores de Remo e Paysandu subiram ao gramado do Mangueirão com camisas que pediam a doação de sangue aos hemocentros do estado. Em campo, metaforicamente, foi bem o que aconteceu. Os atletas encarnaram espíritos guerreiros e travaram uma luta incessante pela vitória, tendo a chuva com mais um adversário. Melhor para os bicolores, que, após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, venceram por 4 a 1 nos pênaltis e comemoraram o título da Taça Cidade de Belém, o primeiro turno do Campeonato Paraense. Com isso, o Paysandu já está garantido na Taça Açaí, a grande final do estadual. Isso se o Papão não for conquistar também o segundo turno, que começa oficialmente no próximo sábado, dia 12. O Paysandu recebe o São Francisco em casa, no Estádio da Curuzu. O Remo volta a jogar apenas no domingo, contra o Paragominas, na Arena Verde. Pelo Parazão, o Paysandu volta a campo no sábado (12) para enfrentar o São Francisco na Curuzu e o Remo enfrenta o Paragominas, no domingo (13), na Arena Verde. FICHA TÉCNICA PAYSANDU: Emerson; Roniery, Fernando Lombardi, Pablo e Raí; Ricardo Capanema; Augusto Recife, Marcelo Costa (Bruno Veiga) e Raphael Luz; Fabinho Alves (Marcão) e  Betinho (Leandro Cearense). Técnico: Dado Cavalcanti REMO: Fernando Henrique; Murilo (João Vitor), Henrique, Ítalo e Levy; Alisson, Michel, Yuri (Léo Paraíba), Eduardo Ramos e Marco Goiano (Whelton); Ciro Técnico: Leston Junior Paysandu 1…

MARABÁ

BATE PAPO EMPREENDEDOR: Delegado da policia federal ministrar palestra sobre operação LAVA JATO para jovens empresários
Nesta quinta-feira, dia 10/03, as 18: 30hs, no Auditório da ACIM, o ( CONJOVE)  Conselho de Jovens Empresários de Marabá, realizará mais uma edição do Bate Papo Empreendedor.O convidado da primeira edição de 2016, é Delegado da Polícia Federal em Marabá, Antônio Carlos Cunha Sá, Chefe da Delegacia de Polícia Federal em Marabá. Ele faz parte grupo de Delegados da Polícia Federal responsáveis pelas investigações do núcleo político da operação “LAVA JATO”, em andamento no Supremo Tribunal Federal. Ele vai falar sobre a atuação em Marabá e Região, das principais operações, Lava Jato, segurança pública, entre outros assuntos. Caetano Cândido dos Reis Neto, Presidente conjove, afirma que o Bate Papo Empreendedor, tem o objetivo de capacitar os jovens empresários com a participação dos Associados e Diretores da ACIM e convidados de diversos setores do mundo empresarial.

Compartilhe:

Com Mangueirão reduzido, Paysandu e Remo decidem turno do Paraense

As duas maiores forças do futebol do Norte do Brasil decidem neste domingo o primeiro turno do Campeonato Paraense. Paysandu e Remo se encontram no Mangueirão, que foi cercado de certa polêmica durante a semana. Devido as obras do BRT na Avenida Augusto Montenegro, os orgãos de segurança diminuíram a capacidade do estádio para 25 mil pessoas e anteciparam a partida para começar às 15h. Do lado bicolor, o treinador Dado Calvacanti fez mistério para definir a equipe, que ainda nao sabe o que é derrota na competição. O Papão tem quatro desfalques, mas deve manter a mesma forma que vinha atuando. O meia Marcelo Costa, que em 2014 no Joinville colocou Eduardo Ramos no banco de reservas, ganhaa primeira oportunidade de começar uma partida como titular. Já do lado azulino, Leston Júnior ganhou os retornos do volante Chicão e do atacante Silvio, que estavam lesionados e ficarão como opções no banco. O zagueiro Henrique, que deve ficar com a vaga de Max, lesionado, e o atacante Potita, último contratado do clube para a temporada, devem ser as novidades no time, em relação a última partida contra o Independente, pela semifinal. Caso a partida termine empatada, a decisão da Taça Cidade de Belém será nos pênaltis. Joelson Nazareno Ferreira Cardoso será o árbitro, tendo com auxiliares Luís Diego Nascimento Lopes e Lúcio Ipojucan Ribeiro da Silva de Mattos, todos paraenses. A partida começará às 15h deste domingo, com o Globoesporte.com acompanhando tudo em Tempo Real, com vídeos dos gols. Paysandu: o time que deve começar…

Condução coercitiva de Lula não é ‘antecipação de culpa’, diz Sérgio Moro

Após forte repercussão da 24ª fase da Lava Jato, juiz divulgou nota Neste sábado (5),  juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, responsável pelas ações da Operação Lava Jato na primeira instância, divulgou nota sobre as ações de sexta-feira (4), nas quais o ex-presidente Lula foi alvo de um mandado de condução coercitiva. Moro destaca que as medidas de busca e apreensão e condução coercitiva de Lula “não significam antecipação de culpa”. O juiz afirma ainda que foram tomados cuidados para preservar a imagem de Lula. “Lamenta-se que as diligências tenham levado a pontuais confrontos em manifestação políticas inflamadas, com agressões a inocentes, exatamente o que se pretendia evitar. “Lamenta-se que as diligências tenham levado a pontuais confrontos em manifestação políticas inflamadas”, disse Moro O juiz repudiou “atos de violência de qualquer natureza, origem e direcionamento, bem como a incitação à prática de violência, ofensas ou ameaças a quem quer que seja, a investigados, a partidos políticos, a instituições constituídas ou a qualquer pessoa”. Confira a íntegra da nota: Nota oficial da 13ª Vara Federal de Curitiba A pedido do Ministério Público Federal, este juiz autorizou a realização de buscas e apreensões e condução coercitiva do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva para prestar depoimento. Como consignado na decisão, essas medidas investigatórias visam apenas o esclarecimento da verdade e não significam antecipação de culpa do ex-Presidente. Cuidados foram tomados para preservar, durante a diligência, a imagem do ex-Presidente. Lamenta-se que as diligências tenham levado a pontuais confrontos em manifestação políticas inflamadas, com agressões a inocentes, exatamente…