WhatsApp:’Não podemos fornecer informações que não temos’

No início da noite desta terça-feira os advogados do Facebook entraram com habeas corpus pedindo a liberdade do o vice-presidente do Facebook para a América Latina, Diego Dzodan, preso no início da manhã em São Paulo, pelo descumprimento de uma determinação judicial que exigia da empresa a quebra do sigilo de mensagens trocadas pelo aplicativo WhatsApp, comprado há dois anos pela companhia. O habeas corpus foi distribuído para o plantão judiciário e está nas mãos do desembargador Rui Pinheiro, que pode ou não julgá-lo hoje.

Em comunicado, o WhatsApp informou que discorda dessa “medida extrema”. Segundo o app, é impossível fornecer as informações exigidas pela Justiça.

“Estamos desapontados pela Justiça ter tomado esta medida extrema”, declarou a empresa. “O WhatsApp não pode fornecer informações que não tem. Nós cooperamos com toda nossa capacidade neste caso, e enquanto respeitamos o trabalho importante da aplicação da lei, nós discordamos fortemente desta decisão”. Segundo a nota, o aplicativo não armazena as mensagens dos usuários, apenas as mantém até que sejam entregues. “A partir da entrega, elas existem apenas nos dispositivos dos usuários que as receberam”.

Compartilhe:

Samsung apresenta Galaxy S7, novo top de linha da marca

A Samsung apresentou neste domingo a atualização da sua linha de smartphones top de linha. Durante o Mobile World Congress (MWC), em Barcelona, a fabricante revelou o Galaxy S7 e o Galaxy S7 Edge. Os aparelhos são quase idênticos aos modelos do ano passado. As principais novidades ficaram por conta da bateria, que a empresa promete ser de duração maior, e do retorno de recursos conhecidos dos fãs da marca, que haviam ficado de lado na linha S6: memória expansível por cartão SD e resistência à água.

As escolhas da Samsung para os novos aparelhos foram avaliadas pela imprensa especializada como uma “volta às raízes”, no mais novo esforço da coreana para concorrer com a rival Apple e as fabricantes chinesas, cada vez mais presentes no mercado mobile. O site Techcrunch classificou os lançamentos como “retrô”. Já o The Verge destacou que a atualização traz refinamentos para uma linha com “design consagrado”.

Compartilhe:

Será impossível prover acesso geral à internet até 2020 no ritmo atual

As Nações Unidas concordaram no ano passado que todo mundo, mesmo nos países menos desenvolvidos, deveria ter acesso à internet até 2020. No entanto, de acordo com um estudo realizado pela Alliance For Affordable internet (A4AI), provavelmente não atingiremos a meta.

Segundo a entidade, cujos membros incluem Google, Facebook, World Wide Web Foundation e vários governos, o acesso universal só se tornará real em 2042, se continuar no ritmo atual.

Divulgado no início do Mobile World Congress em Barcelona, o relatório diz o seguinte:

“Sem uma reforma urgente, em 2020 veremos apenas 16% das pessoas nos países mais pobres do mundo, e 53% do mundo como um todo, conectadas. Nós não só perderemos o alvo, mas perderemo-lo ‘por uma milha’. Este atraso na conectividade prejudicará o desenvolvimento global como um todo, contribuindo para a perda de oportunidades de crescimento econômico e negando a centenas de milhões de pessoas acesso a educação on-line, serviços de saúde, voz política, e muito, muito mais”.
imprimir

 

Compartilhe:

Estudo revela gene responsável por tornar cabelos grisalhos

Descoberta pode levar a produtos que retardam ou impedem característica, diz pesquisa.

Uma pesquisa divulgada nesta terça-feira revela, pela primeira vez, a existência de um gene responsável por tornar os cabelos grisalhos. A descoberta confirma que essa característica tem fundo genético, e não apenas causada por fatores externos.

No estudo publicado pelo periódico “Nature Communications”, cientistas da Universidade College London analsaram dados de mais de 6 mil pessoas na América Latina com diferentes ancestrais para identificar genes associados a cor, grisalhamento, densidade e forma dos cabelos. O gene responsável pelos cabelos grisalhos, chamado de IRF4, já era conhecido por desempenhar um papel na cor dos fios.

– Já conhecemos diferentes genes envolvidos na calvície e na cor do cabelo, mas é a primeira vez que um gene que torna os cabelos grisalhos é identificado em humanos, além de outros genes que influenciam a forma e a densidade dos fios – explica o principal autor do estudo, o professor Kaustubh Adhikari, da área de desenvolvimento biológico da universidade britânica.

De acordo com ele, isto só foi possível porque a equipe analisou um universo variado de pessoas, algo que ainda não tinha sido feito em tal escala. Para o cientista, a descoberta pode ser usada em estudos forenses e na área da cosmética, uma vez que amplia o conhecimento sobre a maneira como os genes influenciam nossa aparência. Os resultados podem, por exemplo, ajudar na criação de tecnologias forenses para reconstruir perfis visuais baseados em informações genéticas de uma pessoa.

Compartilhe:

MARABÁ: PROFESSORES CONSEGUEM APOIO DE 13 VEREADORES NA GARANTIA DOS DIREITOS MAS MANTEM GREVE

Câmara vai enviar para setor jurídico apreciar denuncia de possíveis irregularidades no Ipasemar e pedido de afastamento do prefeito Os trabalhadores da educação, e a comunidade escolar conseguiram demonstrar força, durante audiência nesta terça feira na câmara municipal de Marabá, e conseguiram sensibilizaram 13 vereadores, a aprovar o Decreto Legislativo, que  susta o Decreto do Executivo, que tinha a intenção de retirar direitos conquistados pelos educadores. Os professores afirmam vão continuar com movimento de greve, e discutir nova pauta da educação. A agenda de mobilização, e esclarecimentos nos bairros será mantida, junto às comunidades, e nos estabelecimentos que prestam serviço a sociedade. Joyce Rebelo Professora da Rede Municipal de Marabá, e Secretária Geral do SINTEPP afirma que somente através da luta, vão transformar a realidade da categoria. (No entendimento do presidente da câmara municipal vereador Miguel Gomes Filho (Miguelito) de certa forma o prefeito já tinha extinguido os efeitos do decreto, ao afirmar que qualquer mudança na lei seria determinada pela justiça). O vereador informa que também foi dada entrada de um pedido por parte de uma pessoa da comunidade, que pede o afastamento do prefeito de Marabá João Salame  da prefeitura .Miguelito informa  que uma comissão vai apurar o que aconteceu no IPASEMAR, instituto de previdência dos servidores. Ele afirma que pedido será encaminhado a assessoria jurídica para ser votado. Miguelito diz que valeu a presença dos professores no legislativo, o movimento faz pressão para que se volte a conversar, tem que ocorrer conversação entre os professores e  o poder público, para que  aconteça entendimento, e…

Receita Federal alerta mais de oito mil empresas do Simples Nacional

A Receita Federal informou nesta segunda-feira (29) que mais de oito mil empresas do Simples Nacional receberam comunicados de alerta desde o início de fevereiro. O objetivo é permitir a autorregularização desses contribuintes. A iniciativa contou com a parceria dos fiscos federal, estaduais, distritais e municipais. Os comunicados são disponibilizados automaticamente aos contribuintes incluídos no programa no momento de acesso ao portal para a geração do documento de arrecadação do Simples Nacional (DAS). Pelo levantamento da Receita, 8.039 empresas leram os comunicados do Alerta do Simples Nacional. O projeto integra o Plano Anual de Fiscalização 2016. As divergências encontradas pelos fiscos se referem a diferenças entre o total anual de receita bruta informada no Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – Declaratório  (Pgdas-d) e os valores das notas fiscais eletrônicas (NFe) de vendas emitidas, expurgadas das NFe de entrada de devoluções. No projeto, foram identificadas cerca de 18 mil empresas optantes pelo Simples Nacional com divergências. Como corrigir A Receita recomenda aos contribuintes com diferença a ser corrigida retificar o Pgdas-d dos meses relacionados, pagar ou parcelar os valores devidos. Não é necessário envio de cópia de documentos para a Receita Federal ou para os demais fiscos como prova de autorregularização, segundo os técnicos. Se entender que os valores declarados estão corretos, não é necessário procedimento adicional. Nem mesmo visita às unidades de atendimento da Receita Federal ou dos demais fiscos, informaram. Os comunicados continuarão a ser exibidos no Portal do Simples Nacional, permitindo que os contribuintes conheçam as divergências até abril.…

Aplicativo falso para Android clona cartões de crédito; proteja-se

Os usuários do Android devem ficar atentos. Um aplicativo falso de recarga de celular hospedado na Play Store, a loja online do Google, pode clonar cartões de créditos. De acordo com a Kaspersky Lab, o “Recarga Celular” promete ao usuário o dobro de crédito do valor recarregado pelo aplicativo, quando na verdade o golpista criou uma plataforma para coletar dados dos cartões. No ar desde novembro de 2015, de mil a 5 mil usuários já baixaram e instalaram o falso app a partir da loja oficial, segundo informações do próprio Google Play. Depois de instalado no aparelho do usuário, o aplicativo exibe as telas da suposta função de recarga, informando aceitar vários tipos de cartão de crédito. Para realizar a recarga é obrigatório informar o número do cartão. Ao conseguir os dados o aplicativo envia toda a informação coletada, como CPF, nome, valor da recarga, número do cartão, data de validade, CVV (Código de Verificação do Cartão), para um site que não tem nenhuma ligação com as operadoras de telefonia. De posse dos dados, o golpista pode clonar o cartão e usá-lo da forma como desejar. Na avaliação do aplicativo é possível encontrar reclamações de usuários que não receberam os créditos comprados e perceberam a fraude. “Já notificamos o Google quanto a existência do aplicativo malicioso na Play Store. Até o presente momento, o aplicativo ainda está no ar”, afirma Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky Lab no Brasil e responsável pela descoberta do falso app. Esta não é a primeira vez que aplicativos maliciosos são…

OSCAR DE MELHOR FILME

Spotlight não é um filme “anticatólico”, diz Jornal do Vaticano O caso Spotlight’, Oscar de melhor filme, relatou a investigação jornalística sobre os casos de abusos sexuais de menores na Diocese de Boston (EUA) O jornal do Vaticano destaca na sua edição desta segunda-feira, 29, a obra norte-americana ‘Spotlight’, vencedora do Oscar de melhor filme na noite de ontem, e afirma que o mesmo “não é anticatólico”. ‘O caso Spotlight’, do realizador Tom McCarthy, ganhou também o Óscar de melhor argumento original, e relata a investigação jornalística do ‘Boston Globe’ que em 2002 revelou os abusos sexuais de menores na Igreja Católica na Diocese de Boston, Estados Unidos da América. “Não é um filme anticatólico porque consegue dar voz ao desespero e à profunda dor dos fiéis perante a descoberta destas realidades horríveis”, refere o ‘Osservatore Romano’, na página dedicada à cerimônia deste domingo. No discurso em que agradeceu a distinção, McCarthy disse que o filme “deu voz” aos sobreviventes daqueles abusos. Segundo o jornal do Vaticano, o filme não visa o catolicismo, apesar das “inevitáveis generalizações”, e tem a “coragem de denunciar casos que têm de ser condenados sem qualquer hesitação”. O artigo elogia a documentação “substancialmente séria e credível” que dá vida a um trabalho considerado “muito pouco hollywoodesco”. “Em demasiadas ocasiões, a instituição eclesiástica não soube reagir com a necessária determinação perante estes crimes”, refere o jornal do Vaticano, que elogia, por outro lado, a ação do então cardeal Joseph Ratzinger, o Papa emérito Bento XVI, na gestão destes casos. Para o…

Venda de veículos tem pior resultado mensal desde 2007

A indústria automobilística vendeu 146,8 mil veículos em fevereiro, incluindo caminhões e ônibus. Foi o pior resultado mensal desde fevereiro de 2007, quando as vendas somaram 146,7 mil unidades.

Em relação a janeiro, houve queda de 5,4%. Já no comparativo com fevereiro do ano passado, a redução foi de 21%.

O resultado parcial se refere a licenciamentos realizados no mês passado. Os números oficiais devem ser divulgados no fim da tarde pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores

Em fevereiro, a General Motors manteve-se na liderança de vendas, com 21,7 mil veículos. A Fiat vem na sequência, com 21,5 mil e a Volkswagen segue em terceiro lugar, com 19,8 mil. Hyundai ficou em quarto lugar, com 13,9 mil unidades, e a Ford em quinto, com 13,4 mil.

A lista dos modelos mais vendidos traz o Chevrolet Onix no topo (10,3 mil unidades), seguido por Hyundai HB20 (7,8 mil), Ford Ka (5,5 mil), Fiat Palio (5,5 mil) e Toyota Corolla (5 mil).

Dados de produção, exportações e empregos no setor serão divulgados na sexta-feira pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Tópicos: Anfavea, Autoindústria, Setores, Indústrias em geral, Indústria, Vendas

Compartilhe:

ESTUDO MOSTRA QUE MAIS DE 1 MILHÃO DE JOVENS DE 15 A 17 ANOS ABANDONAM A ESCOLA

Um estudo com base em dados oficiais mostra que mais de um milhão de jovens abandonaram a escola. O levantamento, Aprendizagem em Foco, revela também que, quanto maior a renda, mais os estudantes avançam nos estudos. A porcentagem de jovens que concluem o ensino médio na idade certa – até os 17 anos – aumentou em 10 anos, passando de 5%, em 2004, para 19%, em 2014. Os dados estão em um estudo do Instituto Unibanco, feito com base nos últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Há, no entanto, 1,3 milhão de jovens entre 15 e 17 anos que deixaram a escola sem concluir os estudos, dos quais 52% não concluíram sequer o ensino fundamental. Entre aqueles que concluíram o ensino médio na idade correta, a média de renda familiar por pessoa é R$ 885. Entre os que não terminaram o ensino fundamental, a média cai para R$ 436. O ingresso no mundo do trabalho e s gravidez na adolescência estão entre os fatores que levam os jovens a deixar a escola. Do total de 1,3 milhão de jovens de 15 a 17 anos fora da escola sem ensino médio concluído, 610 mil são mulheres. Entre elas, 35%, o equivalente a 212 mil, já eram mães nessa faixa etária. Apenas 2% das adolescentes que engravidaram deram sequência aos estudos. Já entre os homens, o maior percentual, 63%, estavam trabalhando ou procurando emprego. O estudo aponta também o desinteresse como uma das causas da evasão escolar. A educação até os 17 anos…