Seis em cada dez brasileiros não sabem quanto devem

Desemprego e queda na renda justificam falta de pagamentos, segundo pesquisa do SPC Brasil e CNDL O descontrole das finanças pessoais que levou uma parcela dos brasileiros à inadimplência nos últimos 12 meses é tão grande que seis em cada dez devedores não sabem o valor de sua dívida e 36% desconhecem a quantidade de empresas para as quais devem. Entre os que têm conhecimento de suas dívidas, o valor médio é de R$ 3.422, segundo pesquisa feita em parceria entre o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) e a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas). Na média, os brasileiros têm ou tinham contas em atraso nos últimos 12 meses com 2,1 empresas, segundo os entrevistados que sabiam indicar seus credores. O número de parcelas feitas no momento da compra também é alvo do esquecimento dos inadimplentes. Para o financiamento de um carro ou moto são contratadas 47,6 parcelas, em média, sendo que 9,6 delas não foram pagas. Para empréstimos, 9,6 das 26 parcelas contratadas, em média, também não foram pagas. Cartão de crédito O cartão de crédito é apontado como o maior vilão dos inadimplentes, com 43,4% dos entrevistados apontando o pequeno pedaço de plástico como o meio de pagamento que os levaram a ficar com o “nome sujo”. Os empréstimos aparecem em segundo lugar, com 23,5%, seguido pelo cartão de lojas varejistas (19,3%). As principais justificativas para a falta de pagamento das contas foram o desemprego (29,2%) e a redução da renda (14,6%). “A atual conjuntura econômica está causando uma alta no número…

O FIM DE UMA ALIANÇA DE 13 ANOS PMDB ROMPE COM GOVERNO

Confira o discurso de Romero Jucá na reunião que pôs fim aos 13 anos da aliança do PMDB com o PT.
O ato durou apenas 3 minutos.
Romero Jucá selou o desembarque do PMDB com “Viva o Brasil”.
Só faltou completar com um “E salve-se quem puder”.
foi uma reunião curta e grossa. O PMDB votou por aclamação sua saída da base do governo e Romero Jucá anunciou que “ninguém no país está autorizado a exercer qualquer cargo federal em nome do PMDB”.
“A decisão está tomada. Viva o Brasil”, disse.

 

 

Compartilhe:

Questionada por Beto Salame, Aviação Civil Descarta Redução de Voos no Aeroporto de Marabá

Após  interpelação do deputado paraense, Aviação Civil desmente redução e aponta para aumento do número de voos e investimentos em infraestrutura em aeroporto. Informado por diversos usuários que a empresa aérea GOL pretendia reduzir o número de voos que tivessem Marabá como destino ou origem, o deputado federal Beto Salame (PP), tratou de tirar o assunto a limpo. Imediatamente, contactou o ministro da Aviação, Mauro Lopes, titular da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) e conseguiu garantias que não haverá qualquer redução. “Fui informado pelo ministro Mauro Lopes que a empresa em questão não manifestou qualquer intenção em reduzir a oferta de voos ligando Marabá a Brasília e a outros destinos”, disse Beto Salame, ao sair da reunião realizada na última terça-feira (22), na SAC, em Brasília. Servida por quatro modais de transporte – rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo, Marabá tem a vocação natural para ser uma espécie de entroncamento para onde convergem cargas e passageiros de todas as partes do País que tenham por destino a maioria das 39 cidades da região do Carajás. A redução do número de voos para a cidade causaria forte impacto, principalmente no momento em que, depois de alguns anos em marcha lenta, a economia da região retoma o dinamismo. “Olha, tive a oportunidade de lembrar ao ministro que Marabá passa por um processo de retomada do crescimento com investimentos importantes feitos pelo prefeito João Salame Neto em  asfaltamento, saneamento, educação e saúde, enquanto se prepara para receber obras como a conclusão da hidrovia Araguaia-Tocantins, a implantação da Aços…

OAB VAI OFERTAR CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PARA ADVOGADOS E ESTUDANTES DE DIREITO

O advogado Haroldo Gaia, presidente da OAB Marabá confirma que a entidade vai ministrar palestras e cursos para atualizar a categoria. Segundo ele, no dia 2 de abril começa o curso de Direito Penal Geral, e no mês de maio curso de Direito do Trabalho. O palestrante será o Juiz Ney Maranhão.
As inscrições serão feitas na sede da OAB e será voltada para os advogados e os acadêmicos de Direito, principalmente das universidades Unifesspa e Faculdade Carajás. A OAB vai deslanchar a campanha contra a CPMF  que o atual governo pretende recriar. Segundo o presidente da OAB o brasileiro já sofre com alta carga tributária, e a subseção Marabá vai seguir a orientação do Conselho Federal da Ordem, com a campanha contra a volta do imposto.
Outra iniciativa é a campanha de combate ao Zika Virus. A entidade vai contar com o apoio do Exército e a Associação Comercial. Haroldo Gaia destaca que no mês de março em homenagem as mulheres, foram realizadas palestras de prevenção para as mulheres gestantes.
O objetivo é dar continuidade a conscientização de combate à Dengue.

Compartilhe:

FAMÍLIAS DA INVASÃO DA INFRAERO REALIZAM PROTESTO EM FRENTE À PREFEITURA MAS NÃO CONSEGUEM AUDIÊNCIA COM O GESTOR MUNICIPAL

Das 400 famílias que ocupam uma área da Infraero, 100 estiveram em frente a Prefeitura na manhã de ontem com o objetivo de se reunir com o prefeito João Salame. Eles reivindicam que a prefeitura decrete parte da área de interesse social. Eles estão preocupados com o despejo que deve ocorrer dentro de 15 dias por meio de liminar da Justiça de Marabá.
O movimento saiu frustrado do protesto porque não conseguiram audiência com o prefeito que chegou de viagem nesta segunda-feira (28). Eles foram recebidos pelo vereador Ubirajara Sompré que se comprometeu em agendar uma audiência com o gestor municipal para tratar da pauta do movimento que reivindica o direito a moradia na área da Infraero.
A informação foi repassada por uma fonte da Ascom da prefeitura.

Compartilhe:

Duplo Registro de Filiação Homoafetiva agora é Obrigatório

O Conselho Nacional Justiça editou o provimento nº52/2016 que torna mais simples registrar crianças geradas por técnicas de reprodução assistida, como a fertilização in vitro e a gestação por substituição, mais conhecida como “barriga de aluguel”.

A partir desse mês os oficiais registradores estão proibidos de se recusar a registrar as crianças geradas por reprodução assistida, sejam filhos de casais heteroafetivos ou homoafetivos. Se houver recusa do cartório, os oficiais poderão responder processo disciplinar perante a Corregedoria dos Tribunais de Justiça nos estados.

Veja a íntegra da decisão do CNJ: http://bit.ly/1WGed0O

Compartilhe:

Fazenda Cedro:Policia já indiciou 12 invasores por atos de vandalismo ninguém foi preso

 
Em mais um ataque nesta madrugada o grupo armado ateou fogo no laboratório de inseminação e baleou um policial
Policiais da Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá e uma equipe do Centro de Perícias Científicas foram deslocados para a fazenda Cedro, localizada entre os municípios de Marabá e Parauapebas, com o objetivo de ouvir testemunhas e fazer o levantamento preliminar das informações acerca da invasão ocorrida à propriedade, na madrugada desta segunda-feira, 28.

Segundo informações da Polícia Militar, por volta de 1h30 de hoje um grupo de trabalhadores sem terra, armados com espingardas, invadiu o escritório, laboratórios e alojamentos dos funcionários da fazenda Cedro, localizada no quilômetro 40 da BR-155, após a Vila Sororo. Os “sem terra” expulsaram os funcionários e seus familiares, ateando fogo às dependências e saqueando os bens e móveis da fazenda, e queimaram veiculos. Acionada para atender a ocorrência, a guarnição da PM da Vila Sororo foi recebida a tiros pelos invasores.

Um policial foi atingido na perna, assim como o veículo da PM. O militar foi levado para o hospital municipal de Marabá com o apoio do Corpo de Bombeiros e passa bem. Uma guarnição do Grupamento Tático está dando apoio ao trabalho da polícia na fazenda, que já foi totalmente desocupada pelos militares.

Investigações – A Delegacia de Conflitos Agrários já fez 12 indiciamentos de invasores por atos de vandalismo, o que motivou, inclusive, a representação de prisões preventivas ao Judiciário. Contudo, até o momento nenhum desses pedidos foi concedidos.

Compartilhe:

MARABÁ 103 ANOS: 50 MIL PESSOAS SÃO ESPERADAS PARA CELEBRAR O ANIVERSÁRIO DA CIDADE

    NA PROGRAMAÇÃO TEM  MISSA CAMPAL COM DOM VITAL E BANDA ANJOS DE RESGATE NO SHOW CATÓLICO
Para os eventos que vão marcar o aniversario de 103 anos da Cidade de Marabá dia 5 de Genival Crescêncio, secretário municipal de cultura, tem a expectativa é que as festividades possam alcançar cerca de 50 mil pessoas, desde as atividades do palco onde serão realizados os grandes shows, além das programações que serão realizadas em Praças Públicas, Cine Marrocos e da Biblioteca Municipal.
Durante a programação a Vale vai apresentar a exposição Vale Celebrar, que vai circular por vários pontos de Marabá com fotos em homenagem a cidade.
Marabá vai ter ainda eventos como apresentação de danças, papo literário, festival de cinema e shows musicais. A agenda começa no dia 1.º de abril e vai até o dia 21.
Entre as atrações tem Aviões do Forró, dia 5, ponto alto da festa, no Palco Principal, na VP-08 à altura da Folha 28. O grupo Anjos de Resgate esta confirmado para animar o show católico no aniversario da cidade dia 3 de abril. A diocese de Marabá informa que na data ocorrerá missa campal que será celebrada pelo Bispo Dom Vital Corbelini as 19hs. E apresentações de bandas regionais.

Compartilhe:

Pioneira: Semsur promove Audiência Pública

A Prefeitura de Marabá, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), realiza audiência pública no próximo dia 31, das 17h30 às 21h, no auditório do Cine Marrocos, na Marabá Pioneira. O objetivo é ouvir e colher contribuições da população acerca das obras de reforma, ampliação e adequação às normas de acessibilidade na Praça São Félix de Valois, calçadas de canteiros centrais da Avenida Antônio Maia, Praça Duque de Caxias e Orla do Rio Tocantins.
Os interessados em se manifestar verbalmente durante a audiência podem se inscrever até às 18 horas do dia 30 no endereço eletrônico urbprojetos@gmail.com. Após esse prazo, inscrições no dia da audiência podem ser consideradas caso o tempo real para as manifestações não esteja completamente preenchido, considerando que cada pessoa inscrita terá cinco minutos para se manifestar.
O que prevê o projeto?
Na Avenida Antônio Maia as calçadas serão readequadas, com nivelamento e rebaixamento, implantação de rampas, revitalização dos canteiros centrais e restauração das condições de saúde das árvores. Será feito ainda o seccionamento, em determinados pontos, dos canteiros para dar condições de travessia de pedestres, com faixas.
As calçadas também receberão os pisos táteis a fim de dar condições aos deficientes visuais para que façam a locomoção independente. Haverá também a regulamentação da faixa de estacionamento, implantando um martelo urbanístico, conhecido como martelo urbano, para definir uma área de afastamento das esquinas, onde os veículos não podem estacionar.

Compartilhe:

Do Congresso em Foco

Arquivo da Odebrecht acusa MP de proteger políticos Análise da companhia diz que empreiteiras e outros fornecedores da Petrobras foram achacados desde a década de 1990 para financiar projetos de poder Divulgação Documento situa empreiteiras como vítimas da classe política Um documento apreendido pela Polícia Federal no escritório da empreiteira Odebrecht, no Rio de Janeiro, durante a 23ª fase daOperação Lava Jato, acusa procuradores do Ministério Público Federal (MPF) de proteger políticos com mandato para não perder a alçada das investigações e dos julgamentos em curso. A análise, feita para consumo interno da companhia, diz que os procuradores “querem julgar rapidamente os empresários como os responsáveis pelas mazelas da corrupção no país, tornando-se heróis da pátria, julgando somente uma parte do problema, como se esta fosse causa principal”. E deduz: “Talvez porque considerem que a verdadeira causa, que será julgada pelo STF, vai acabar em pizza”. Lista da Odebrecht é ainda maior e tem 316 nomes O documento com sete páginas e sem assinatura é parte de um exame mais extenso sobre a situação geral das empreiteiras. O texto acusa o MPF de adotar uma “interpretação corporativa e leviana, que só aborda um lado da questão” da corrupção no país. Disponibilizada pelo juiz Sérgio Moro, a peça não tem data ou timbre da Odebrecht. Junto com extratos bancários e uma listacom nomes de centenas de políticos de 24 partidos que receberam ajuda financeira da companhia, o texto foi resgatado no escritório de Benedicto Barbosa da Silva Júnior, diretor da Odebrecht, e faz parte do item…