VIOLÊNCIA CONTRA MULHER TEM PERFIL DE AGRESSOR SEGUNDO DENÚNCIAS ANÔNIMAS

A violência doméstica infelizmente é um dos crimes que atinge milhares de pessoas em todo o mundo. No Brasil mesmo depois de sancionada a Lei 11. 340 Maria da Penha, em agosto de 2006, cujo objetivo é punir e erradicar rigorosamente os agressores, coibindo de todas as formas de discriminação contra as mulheres, mesmo assim, esse tipo de crime ainda perpetua. Em Marabá, sudeste do Pará, a Central do Disque Denúncia por meio do DD Mulher traçou o perfil dos agressores nos casos de crimes de violência contra mulher, onde foi constatado que a maioria das vítimas, trata-se de mulheres jovens e negras de baixa renda e que mal possuem ensino fundamental completo. 74,09% dos crimes são praticados na própria residência da vítima, 97,27% da violência vêm do Próprio companheiro, 56,36% das vítimas têm filhos que também são agredidos. 81,81% das vítimas sofrem Violência Física, 51,81 Violência Verbal, 11,36 Cárcere, 31,36% Ameaças, 3,18% Violência Sexual. Além de praticar o ato, 51,81% dos agressores consomem algum tipo de bebida alcoólica ou faz uso de drogas, 35,45% dos crimes acontecem no período noturno, 57,27% dos agressores não se importam em praticá-los na presença de outras pessoas. A maioria das agressões são por socos, empurrões, chutes, estrangulamentos, arma branca ou arma de fogo. Como Denunciar A Coordenadora da Central em Marabá, Hellen Araujo, pede a ajuda da população que continue denunciando, através do Disque Denúncia Sudeste do Pará (94) 3312-3350, (94) 3346-2250 (Parauapebas – PA), ou pelo aplicativo Whatsapp (94) 98198-3350. “A violência doméstica, é, sobretudo, um problema…

Centenas de mulheres bloqueiam trecho da Ferrovia Carajás

Trem de passageiros não circula nesta terça
A Vale informa que o trem de passageiros não irá circular nesta terça-feira, 8 de março. A paralisação é decorrente de uma manifestação promovida pelo MST Mulheres que bloqueou a ferrovia no início da manhã e impediu que o Trem de Passageiros partisse hoje às 8h da Estação de São Luís com destino à Parauapebas. Com isso, cerca de três mil pessoas que utilizariam o serviço deixaram de viajar. A Vale repudia qualquer ato de invasão da Estrada de Ferro Carajás, que impede o direito de ir e vir de toda comunidade, e informa que já adotou as medidas judiciais cabíveis. A manifestação na ferrovia foi encerrada pela manhã.

Os passageiros que já haviam comprado seus bilhetes podem ir às estações e pontos de vendas para realizar remarcação à partir de quarta-feira, 9/3, ou solicitar reembolso a partir de sexta-feira, 11/3. Os usuários do Trem de Passageiros que desejarem obter mais informações, os contatos podem ser feitos por meio do Alô Ferrovias (0800 285 7000).

Compartilhe:

Conceição: Começa julgamento dos acusados da chacina do assentamento Estiva

Está acontecendo no Fórum de Justiça de Conceição do Araguaia o julgamento dos acusados de matar uma família inteira, inclusive, crianças na invasão da fazenda Estiva, no município de Conceição do Araguaia, na divisa com o município de Redenção.

A CHACINA
A chacina ocorreu na madrugada de terça-feira (17/02/2015), na colônia Estiva, localizada no município de Conceição do Araguaia, na divisa com Redenção. Dois elementos, que residiam no assentamento, contratados pelo antigo assentado, que detinha o direito da terra, e posteriormente retirado da área pela ausência no local, e doada à família de Washington Muniz, foram até ao barraco, amarram toda a família e a conduziu para à margem do rio Estiva, e lá mataram todos usando foices. Os assassinos ainda cortaram as gargantas e as barrigas das vítimas, depois as jogaram dentro do rio. Segundo a polícia, Oziel Moura é suspeito de ser o mandante do crime.

AS VÍTIMAS
Washington Muniz, sua esposa Leidiane, os filhos Júlio César, 15 anos, Wesley, 9 anos, e Sâmia, 13 anos, e também um sobrinho Mateus Soares, 15 anos.

Compartilhe:

Falsa Banda Vingadora é presa em São Paulo

Uma operação prendeu na madrugada do sábado (5) dois produtores musicais suspeitos de vender shows se passando pela Banda Vingadora. A prisão aconteceu no espaço Rc Dance Musica, em São Paulo. O grupo que se apresentava como Rainha Vingadora utilizava roupas, repertório e gênero musical e se apresentava como se fosse o grupo original.

Essa foi a primeira apresentação da banda se passando pelo grupo original. Agimos de forma rápida e assertiva. Estamos atentos e amparados pela lei para que possamos fazer esse tipo de operação em qualquer região do país”, declarou o advogado do grupo Leonardo Mascarenhas.

Já neste domingo (6) na cidade de São Francisco de Itabapoana, interior do Rio de Janeiro, o grupo Very Vingadora que também se apresentava como a Banda Vingadora, teve seus integrantes encaminhados a delegacia para prestar depoimento durante sua apresentação.

De acordo com a denúncia, além de copiar o nome e a identidade visual do grupo original, ainda tocavam as músicas autorais da banda. Segundo o advogado do grupo, os donos das casas de shows que realizarem a contratação de bandas se passando pela Banda Vingadora também serão indiciados por pirataria ou estelionato

Compartilhe:

Adélia, Munik e Ronan estão no paredão triplo do ‘BBB 16’

O paredão triplo pegou a todos de surpresa neste domingo, dentro do “Big Brother Brasil”. Matheus deu o anjo para Geralda, sem saber que ela poderia mandar alguém para o paredão. E ela indicou a Adélia. O líder Renan, como esperado, foi no Ronan. Justificando que o estudante de filosofia o tem como rival. No confessionário, houve empate. Munik e Renan receberam três votos. Ele, como era de se esperar, desempatou a seu favor.

No momento que Pedro Bial avisou que o imunizado pelo anjo teria um poder especial, Matheus achou que ele anunciaria a volta de Ana Paula para o jogo.

Fonte: Extra Online

Compartilhe:

Alagoano é convocado no lugar de Kaká que esta contundido

Kaká está desconvocado da Seleção Brasileira que enfrentará o Uruguai (25 de março, em Recife) e Paraguai (29 de março, em Assunção), os dois jogos válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia 2018.

O jogador sentiu um lesão no treinamento de sábado do Orlando City, o que o deixa impossibilitado de participar das partidas.

Roberto Firmino foi convocado para o lugar de Kaká. O atacante do Liverpool se apresenta com todo o grupo no dia 21 de março na Granja Comary, em Teresópolis.

Fonte: CBF

Compartilhe:

Ex-primeira-dama dos Estados Unidos Nancy Reagan morre aos 94 anos

Ela foi casada com o presidente Ronald Reagan, morto em 2004. Foto de 1999 mostra a primeira-dama dos EUA, Nancy Reagan, na Biblioteca Ronald Reagan, em Simi Valley, Califórnia (Foto: Reuters/Sam Mircovich) A atriz Nancy Reagan, ex-primeira-dama dos Estados Unidos, morreu aos 94 anos. Ela foi casada com Ronald Reagan, que foi o presidente americano entre 1981 e 1989. Nancy – que se tornou uma das mulheres mais influentes na história dos Estados Unidos durante a presidência de seu marido republicano – morreu devido a uma falência cardíaca. Ela será enterrada ao lado de seu marido na Biblioteca Presidencial Ronald Reagan, em Simi Valley, na Califórnia. Ronald Reagan morreu em 2004 depois de uma longa batalha contra o Alzheimer. Trajetória Nascida em Nova York no dia 6 de julho de 1921, de pai vendedor de carros e de uma mãe atriz, chegou a Hollywood aos 28 anos ainda como Nancy Davis. Ela atuou em Hollywood durante os anos 1940 e 1950 e casou-se com Reagan, então também ator de cinema, em 1952. Ela, então, foi a primeira-dama da Califórnia, onde Reagan foi governador de 1967 a 1975 antes de se mudar para a Casa Branca depois de sua vitória decisiva sobre o presidente democrata Jimmy Carter, em 1980. O projeto mais conhecido que desenvolveu enquanto primeira-dama foi a campanha anti-drogas “Just Say No” (Apenas Diga Não). Depois que seu marido desenvolveu Alzheimer, ela se tornou uma incentivadora da descoberta da cura da doença. Como esposa, parceira política e conselheira de Reagan, ela se tornou uma das…

COM INSTALAÇÃO DA SIDERÚRGICA AÇOS DO PARÁ, MARABÁ RETOMA VERTICALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO MINERAL, DIZ BETO SALAME

Na manhã desta sexta-feira (4), o deputado federal Beto Salame, em Belém, ao lado de diversas outras autoridades, assinou o protocolo de intenções que viabiliza a construção da Aços do Pará, empresa que pertence ao grupo argelino Cevital. A ação conjunta do governo do Estado, da Prefeitura Municipal e do setor produtivo acabou garantindo a implantação da siderúrgica em Marabá. “A parceria entre os setores público e privado foi fundamental para garantir que a Aços do Pará escolhesse Marabá. Cevital, Vale, Governo do Estado, Prefeitura de Marabá e as lideranças empresariais da cidade estão de parabéns. Acredito que chegou a hora de retomarmos o caminho que vai nos levar ao crescimento econômico e ao desenvolvimento social”, disse Beto Salame ao desejar boas-vindas à nova empresa. “A confirmação que teremos mais uma siderúrgica de grande porte em Marabá é motivo para comemorarmos. Desde o fechamento das guseiras, alguns anos atrás, a cidade vinha lutando para conseguir retomar a verticalização da produção mineral, um objetivo estratégico para garantir nosso desenvolvimento”, comentou Beto ao final do evento. Um acordo entre a Vale e a Cevital permite que a Aços do Pará aproveite a área e a infraestrutura inicialmente destinadas à implantação da Alpa. A Aços do Pará também vai aproveitar as licenças ambientais e as obras começarão ainda este ano, com a conclusão prevista para 2019. Uma planta técnica da Cevital está sendo desinstalada na Itália e será trazida para Marabá. Com a implantação deste empreendimento, serão gerados 2,5 mil empregos diretos e de 6 a 8 mil…