Fazenda tibiriçá:Reforma agrária beneficia 256 famílias no Sul do Pará

A Superintendência Regional do Incra no Sul do Pará criou na última sexta-feira (29/01), os primeiros projetos de assentamentos no ano de 2016. São dois imóveis, que totalizam 7.146 hectares, incorporados à reforma agrária que beneficiarão 256 famílias de agricultores. Localizado há apenas 11 quilômetros da cidade de Marabá, o Projeto de Assentamento Três Ilhas foi criado a partir da desapropriação da Fazenda Tibiriçá. Possui área total de 2.306 hectares onde serão criadas 147 unidades agrícolas familiares. O nome escolhido para o assentamento foi o mesmo da praia de água doce que está situada nas imediações do imóvel, às margens do rio Itacaiúnas. O superintendente Paulo Garcia destaca que o assentamento tem potencial para produzir e fornecer alimentos para Marabá, pois está bem próximo da cidade e dessa forma, gerar renda para as famílias no curto e médio prazos. “Além da segurança jurídica, pois agora essas famílias terão um lugar seguro para produzir, a criação do assentamento vai dar condições dignas de moradia e contribuir para o desenvolvimento social e econômico do território onde ele está inserido”, acrescentou. Para Garcia, graças à sua localização estratégica, o assentamento Três Ilhas já nasce integrado às demandas urbanas, que espera do campo alimentos saudáveis, ao mesmo tempo em que os assentados terão a oferta dos bens e serviços que a cidade dispõe. “Este será, certamente, um exemplo desta sinergia entre o campo e a cidade”, enfatizou. Marajaí dos Carajás Nas Glebas Buriti C e Rio Maria, áreas públicas localizadas nos municípios de Sapucaia, Xinguara e Curionópolis, foi criado…

Receitas passarão a valer por 180 dias para remédios do programa Farmácia Popular

Os usuários do programa Farmácia Popular do Brasil, da União — que compram medicamentos em unidades próprias do governo federal ou em redes privadas credenciadas —, poderão usar prescrições (receitas), laudos ou atestados médicos por um prazo maior. A partir do dia 12 deste mês, o prazo de validade desses documentos — usados para a obtenção de remédios gratuitos ou para a compra com descontos de até 90% — terão o prazo de validade estendido de 120 para 180 dias. Além disso, passarão a incluir obrigatoriamente o endereço da residência do paciente.

Segundo o Ministério da Saúde, que publicou a portaria com as mudanças no dia 29 de janeiro, a exigência do endereço no receituário ou no atestado está prevista na Lei 5.991/1973, que dispõe sobre o Controle Sanitário do Comércio de Drogas, Medicamentos, Insumos Farmacêuticos e Correlatos. A nova portaria também prevê que, além dos médicos, os farmacêuticos possam preencher as informações do endereço completo do beneficiário.

 

Compartilhe:

Tarifas de embarque sobem em aeroportos públicos a partir de março Para voos domésticos, taxa será de até R$ 27,68; internacionais, R$ 91,41.

Aeroporto Internacional de Belém – Val de Cans
 

As tarifas de embarque para voos domésticos e internacionais, partindo de alguns dos principais aeroportos públicos do país, vão subir a partir de 2 março. Uma portaria com os novos valores foi publicada nesta segunda-feira (1º) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). As novas tarifas começam a valer a partir de 2 de março.

Para embarque em voos domésticos, a teto, ou seja, o valor máximo que poderá ser cobrado de cada passageiro, que hoje está em R$ 24,64, passará para R$ 27,68 em 14 aeroportos, considerados categoria 1: Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ), Recife (PE), Salvador (BA), Porto Alegre (RS), Fortaleza (CE), Curitiba (PR), Manaus (AM), Florianópolis (SC), Belém (PA), Cuiabá (MT), Maceió (AL), Boa Vista (RR) e São Luís (MA).

Tarifa de conexão
A portaria também autoriza aumento em outras tarifas, como a de pouso e permanência de aeronaves, cobradas das empresas aéreas, além da de conexão, que pode ser cobrada dos passageiros.

No caso da tarifa de conexão, o teto, hoje em R$ 7,53, passará a ser de R$ 8,47, para os aeroportos de categoria 1. Para os de categoria 2, sobe de R$ 5,92 para R$ 6,65. A alta também vale a partir de 2 de março.

Compartilhe:

BBB 16: Facebook de Laércio tem fotos de adolescentes seminuas: “Efebófilo”

As queixas de que o brother Laércio, 53, seria pedófilo estão por toda a rede e, especialmente, em grupos anonimos no Facebook. No último fim de semana os internautas acharam a conta do participante e o que acharam é de deixar muita gente assustada: o brother publica fotos de adolescentes seminuas, curte páginas de armas e até curtiu a fanpage da participante de “Master Chef Junior” que esteve envolvida em polêmicas. Laércio é designer de tatuagem no Paraná Até que demorou para a página do brother vir à tona. No Facebook do participante, os internautas acharam fotos de adolescentes de sutiã e calcinha e a fanpage da participante de 12 anos do “MasterChef Júnior” que teria sido alvo de pedofilia. Além disso, também descobriram que o participante segue páginas de armas e supremacia racial. Reprodução/Facebook Insternautas acharam o perfil do brother na rede e descobriram que o tatuador comaprtilha fotos de menores semi-nuas  Um dos compartilhamentos que mais ganhou foco foi de 2013, quando o tatuador compartilhou em sua página a foto de uma adolescente seminua. Um amigo do participante brincou chamando-o de “pedófilo” e, em resposta, o brother escreveu “efebófilo” – quem sente atração por adolescentes. Os internautas não gostaram nada nada e teve quem comentasse a atitude do tatuador. Após comunicar os outros brothers na casa que seria adepto da poligamia e de namorar meninas de 16 e 17 anos, Laércio chamou a atenção e gerou certo medo nas sisters. Ana Paula foi a única a desabafar sobre o brother após perceber que o mesmo a…

Morre lateral do XV de Piracicaba que passou mal em treino

Uma notícia triste vem à tona nesta segunda-feira. O jovem lateral-direito Canavarros, do XV de Piracicaba, faleceu na manhã deste dia 1º, por morte cerebral. O atleta estava internado em estado grave depois de ter passado por uma cirurgia de crânio para implante de cateter frontal direito, realizada após ser constatado que o jogador possuía um edema cerebral, e acabou não resistindo.

Durante o treinamento da equipe na parte no último dia 25, o lateral sofreu uma parada cardíaca e caiu no gramado do estádio Barão de Serra Negra. Ele foi imediatamente ressuscitado pela equipe médica com o uso de um desfibrilador e levado para um hospital na cidade interiorana.

Compartilhe:

Começa a valer hoje a nova bandeira tarifária

  Em fevereiro, a bandeira aplicada ainda será a vermelha, mas em um patamar mais baixo do que o cobrado anteriormente AGÊNCIA BRASIL Começa a valer hoje o novo valor para a bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz dos brasileiros. Em fevereiro, a bandeira aplicada ainda será a vermelha, mas em um patamar mais baixo do que o cobrado anteriormente: R$ 3 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos, em vez dos R$ 4,50 pagos até o mês passado. Desde que o sistema de bandeiras tarifárias foi implantado, em janeiro de 2015, todos os meses a bandeira aplicada foi a vermelha. O valor da bandeira vermelha começou em R$ 3 para cada 100 kWh consumidos, depois aumentou para R$ 5,50 e em agosto caiu para R$ 4,50. O sistema reflete o custo maior de geração de energia, por meio das termelétricas. Na semana passada, a Aneel aprovou mudanças no sistema de bandeiras tarifárias. Assim, a bandeira vermelha terá dois patamares: o de R$ 3 e o de R$ 4,50, aplicados a cada 100 kWh. O valor da bandeira amarela também foi atualizado passando de R$ 2,50 para R$ 1,50. Quando a bandeira verde é aplicada, significa que o custo de geração de energia está mais baixo, e não há cobrança adicional. A Aneel explicou que o novo patamar da bandeira vermelha foi possível por causa do desligamento de termelétricas de maior custo, motivado pelo início da operação de novas usinas, além do aumento do nível dos reservatórios das hidrelétricas do Sul e Sudeste.…

Governo aumenta imposto sobre chocolate, cigarro e sorvete

A partir de 1º de maio de 2016, chocolates, sorvetes e fumo picado ou de rolo passam a recolher o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) com um percentual sobre o preço de venda e não mais em centavos por unidade de medida.

As alterações na cobrança do IPI devem elevar a arrecadação em R$ 641,69 milhões para o ano de 2016; R$ 1,06 bilhão para o ano de 2017 e R$ 1 bilhão para o ano de 2018.

Os chocolates e sorvetes estarão sujeitos a uma alíquota de 5% e o fumo solto ou de rolo, a uma alíquota de 30%.

Até então, os chocolates estavam sujeitos a uma tributação de R$ 0,09 (chocolate branco) e R$ 0,12 (demais chocolates) por quilo.

Os sorvetes de dois litros sujeitavam-se a um imposto de R$ 0,10 por embalagem. O fumo picado, por sua vez, estava onerado em R$ 0,50 por quilo.

As mudanças valem a partir de 1º de maio de 2016 e estão no Decreto nº 8.656, publicado em edição extra do Diário Oficial da União, no dia 29 de janeiro.

Compartilhe:

Notiticação de casos de zika passa a ser obrigatória

O registro de casos de infecção pelo vírus Zika terá notificação obrigatória no Brasil. O anúncio foi feito no dia (1º) pelo Ministério da Saúde, que deve anunciar os detalhes da medida na próxima semana.

Atualmente, a pasta não contabiliza o número de pacientes que tiveram a doença, e as secretarias não são obrigadas a registrar todos os casos, já que a capacidade de diagnóstico laboratorial do Brasil ainda é baixa e também porque em 80% das ocorrências não aparecem sintomas.

Há duas semanas, o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, informou que a pasta está aumentando a capacidade de diagnóstico laboratorial e  que, com isso, a notificação dos casos seria reavaliada. Na ocasião, Maierovitch disse que a pasta aumetaria de mil para 20 mil a capacidade mensal de diagnósticos de Zika no país.

Compartilhe:

Banda Vingadora desponta como hit do verão com ‘Paredão Metralhadora’ Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.glbanda-vingadora-desponta-como-hit-do-verao

Se 2016 ainda não tem um “Lepo lepo” para chamar de seu, o principal candidato ao disputado posto de hit do verão vem dos paredões de som do interior da Bahia. Foi nessas tradicionais festas que a Banda Vingadora, criada há cerca de um ano e liderada pela vocalista Tays Reis, estourou com “Paredão Metralhadora” e seu “Trá-trá-trá” de refrão. Recheada de referências claras a esses sistemas de som (“Paredão zangado/ Grave tá batendo/ Médio tá no talo/ Corneta tá doendo”), a música-chiclete da vez virou um fenômeno na internet.Em pouco mais de um mês, seu clipe, uma produção em clima de guerra pós-apocalíptica assinada pela Agência Califórnia, já ultrapassou a marca de 26 milhões de visualizações. Segundo a empresa de aferição Crowley, a canção aparece em rádios de todo o país.

O Paredão Metralhadora existe mesmo, é um desses sistemas de som. O “trá-trá-trá” é uma referência ao barulho que sai das caixas. E a música fala dessa disputa de sons. Mas acho que o principal é a coreografia, que vende a música. Além de levar alegria, a dança também vende saúde. E a Bahia gosta disso, de músicas gostosas, dançantes. Mas é claro que não imaginávamos esse sucesso todo. É difícil uma banda tão nova emplacar uma música a nível nacional, com tantos ídolos cantando. Sou muito grata a eles. Se não fossem Ivete e Anitta, ainda estaríamos ralando muito no interior.

Compartilhe:

Bill Gates é a pessoa mais rica do mundo, de novo

Bill Gates: patrimônio estimado em 87,4 bilhões de dólares,
O fundador da Microsoft Bill Gates foi novamente considerado a pessoa mais rica do mundo. Desta vez, Gates ficou no topo do ranking das 50 pessoas mais ricas do mundo, elaborado pela consultoria Wealth-X, em parceria com o site Business Insider.

Segundo a consultoria, a fortuna do fundador da Microsoft chega hoje à cifra de 87,4 bilhões de dólares. Portanto, ele está “apenas” 20 bilhões de dólares à frente do segundo colocado, o espanhol Amancio Ortega, dono da rede de lojas de roupas Zara.

O biblionário da Microsoft é figura constante no topo das listas de maioresbilionários do planeta. No ano passado, ele esteve mais uma vez na primeira posição da lista da revista Forbes.

Compartilhe: