Novos membros do CMDCA tomam posse

Titulares e suplentes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), para o biênio 2016/2018, tomaram posse nesta sexta-feira (29), em cerimônia realizada no auditório da Secretaria Municipal de Assistência Social (Seasp). Ao dar as boas vindas aos conselheiros, a assistente social Nadja Lúcia de Oliveira Lima, diretora técnica da Seasp, lembrou a grande responsabilidade de cada um no processo de garantia de direitos dos menores, “Os conselheiros, além de fiscalizar as entidades, têm o papel fundamental de formular políticas públicas para as crianças e adolescentes. E a Seasp está de portas abertas”, afirmou ela. O CMDCA é um órgão paritário, composto por membros da Sociedade Civil e do Poder Executivo Municipal. É deliberativo, formulador e controlador das políticas públicas voltadas para atendimento à criança e ao adolescente, criado pela Lei nº 4.231 de 29/11 de 1990. Além de formular Políticas Públicas, é também atribuição do CMDCA manter o registro das entidades que atuam com crianças e adolescentes, bem como de seus programas e projetos, zelando para que esta ação seja realizada de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os membros empossados hoje foram: Titular: Pela Seasp, Adnancy Rosa de Miranda, Suplente: Anderson Coelho Viana: Secretária Municipal de Educação, titular: Martha Helena Santana, Suplente: Jorge Sales de Araújo; Secretaria Municipal de Saúde, Titular: Nagib Mutran Neto, Suplente: Isabel Cristina Maia Rocha; Secretaria Municipal de Planejamento, Titular: Roberval Marco Rodrigues, Suplente: Alyne Dias Carneiro; Secretaria de Esporte e Lazer, Titular: Heriomar Pereira de Souza, Suplente: Santino Ribeiro de Jesus;…

Carnaval: Celpa alerta para a segurança dos foliões

Para aproveitar o período de Carnaval sem contratempos, a população deve atentar para algumas orientações sobre segurança com a rede de energia elétrica. Segundo os registros da Celpa, existem três causas principais de acidentes nesta época do ano. A primeira é o contato entre a fiação e pessoas que estão em cima de trios elétricos. Depois vem as ligações provisórias do comércio informal, quando são feitas de maneira irregular. A direção perigosa, por conta do excesso de bebidas alcoólicas, finaliza esse ranking com os choques entre veículos e postes de energia. Para o executivo da área de segurança da Celpa é muito importante que sejam tomadas algumas precauções já durante a organização dos blocos que saem acompanhados de trios elétricos. “Nós orientamos que esses carros sejam conduzidos o mais longo possível da fiação elétrica. A distância mínima deve ser de dois metros dos fios, para evitar que as pessoas situadas em cima do veículo sofram acidentes”, alerta Alex. Quanto aos riscos envolvendo as ligações provisórias do comércio informal, a concessionária orienta que o pedido de fornecimento de energia seja feito com antecedência nas agências de atendimento para que o serviço ocorra dentro do prazo e das condições de segurança. No caso dos acidentes provocados por motoristas alcoolizados, deve-se manter distância da fiação que fica caída exposta no chão após o choque de veículos com os postes. Deve-se entrar em contato imediatamente com a Celpa por meio do 0800 091 0196 para que a situação seja resolvida. Essas ocorrências provocam interrupções no fornecimento de energia elétrica…

Salame perde apoio do deputado João Chamon‏

Neste sábado, 30, o Jornal Correio, de Marabá, publicou entrevista com o deputado estadual João Chamon, sobre a retirada do seu apoio ao prefeito João Salame. Por meio de nota em uma rede social, o deputado confirmou a informação e reafirmou seu compromisso com a população da região.
 
“Olá amigos e amigas,
Tenho mantido essa rede social como meio de comunicação direta com todos vocês na divulgação das ações do meu mandato na Assembleia Legislativa do Estado do Pará, bem como as ações voltadas para a querida cidade de Marabá e as das regiões Sul e Sudeste. Concedi uma entrevista ao Jornal Correio, que foi publicada hoje, 30, onde relato os motivos de retirar meu apoio ao prefeito de Marabá. Reafirmo meu total e irrestrito carinho e dedicação a toda população desta cidade que tanto amo.
Para que vocês possam ler toda a matéria segue o link da versão On-line do jornal.
Um grande abraço a todos e vamos em frente, com Deus no comando, SEMPRE!”.
 
Abaixo, o texto da entrevista na íntegra. bit.ly/1nuISCj

Compartilhe:

CARANAVAL 2016: BLOCO VAI QUEM QUER FAZ FESTA LANÇAMENTO DE ABADÁ NESTE SABADO

Os abadás do Bloco vai Quem Quer já estão a venda na loja Yara Confecções, e com Vendedores Credenciados na folha 29. O bloco carnavalesco convida a todos os foliões para participar do lançamento do abadá 2016, que vai ocorrer dia hoje 30 de janeiro sábado a partir das 17hs00. Na Galinha caipira saudade folha 31, com atrações locais. O tradicional arrastão será dia 08 de fevereiro, nas folhas do bairro nova Marabá, com saída da folha 28 as 15hs30 min e chegada o tradicional show com vários cantores no canteiro central da VP-8. Na terça-feira dia 09 de fevereiro, terá o encerramento com o jogo de saia, com os homens vestidos de mulheres e o tradicional caldão.

Compartilhe:

Marabá:justiça manda João Salame dar posse a concursados aprovados

A juíza de direito substituta Nilda Maria Miranda de Freitas Jácome, respondendo pela 3ª Vara Cível da Comarca de Marabá, determinou, em Mandado de Segurança coletivo em face de ato omissivo do Prefeito Municipal de Marabá João Salame Neto (foto), consistente na não nomeação dos aprovados e classificados no Concurso 01/2010, que o prefeito João  Salame proceda com a nomeação dos aprovados dentro do número de vagas  ofertadas no referido concurso no prazo de 30 (trinta) dias, sob pena de responsabilização pelo crime previsto no art. 330 do Código Penal, conforme preconiza o art. 26 da Lei 12.016/2009.
Para a hipótese de descumprimento da decisão, a magistrada fixou multa diária no valor de R$ 1.000,00 (mil reais).
Conforme os autos, João Salame alegou em sua defesa que a prefeitura de Marabá não tinha previsão orçamentária para efetuar a nomeação dos concursados, e que não haveria, também, a carência de servidores no município.
Os argumentos foram rechaçados pela magistrada, já que, segundo ela, se o concurso aconteceu é porque havia necessidade de contratação, caso contrario, em regra, não se justificaria a abertura do certame com disponibilidade de vagas, assim como deveria haver previsão orçamentária.
Clique aqui e confira a íntegra da sentença.

Compartilhe:

TRANSPORTE COLETIVO: SALAME DIZ QUE REAJUSTE DA TARIFA SÓ SAI SE AUMENTAR NUMERO DE ÔNIBUS.

Durante reunião na tarde ontem no gabinete do prefeito municipal, Entre representantes das empresas de ônibus,e o conselho de transpostes, ficou decido que a passagem vai aumentar de $ 2.50.para $3 reais. O reajuste deverá entrar em vigor até dia 10 de fevereiro. No entanto segundo Rogério Matias coordenador de transporte do (DMTU) Departamento Municipal de Transito, o novo preço só será sancionado pelo prefeito João Salame se empresas fizerem a reposição dos ônibus que deixaram de circular, e aumentar a frota operacional para 70 ônibus. Outra exigência é a construção pontos de conexão de passageiros para melhorar a distribuição dos veículos. Os empresários Se comprometeram em repor a frota que deixou de circular devido a pendências com financiamento, via judicial, se não conseguirem vão trazer ônibus da matriz de Anápolis, em melhores condições que a atual frota. Em relação aos pontos de conexões que devem funcionar como terminais de integração, já tem uma proposta do  shopping Pátio Marabá em  ceder  local, se empresas adequarem o espaço a estrutura do Shopping.

Compartilhe:

Pará lidera a lista dos estados onde os estudantes mais abandonam o ensino médio

Aulas pouco atrativas, falta de infraestrutura nas escolas ou necessidade de conciliar os estudos com o trabalho são apenas alguns fatores que podem explicar o que leva um adolescente a abandonar a escola. No Brasil, 7,6% dos jovens matriculados no ensino médio desistem das aulas antes de se formarem. O percentual, considerado alto, já foi bem pior – em 2006, por exemplo, 15,3% dos jovens matriculados nesta etapa abandonaram os estudos. O momento em que mais gente sai das escolas é o 1° ano do ensino médio. A explicação, segundo especialistas, é que muitos jovens chegam a um novo ciclo sem o conhecimento básico da etapa anterior. Ao encontrar dificuldades para acompanhar o conteúdo ministrado em aula, acabam deixando as aulas de lado. Longe das escolas, esses meninos e meninas terão muito menos chances no mercado de trabalho e poderão receber salários até 35% menores se comparados aos que conquistaram o diploma do ensino médio. Raio-x dos estados O Pará é quem lidera a lista dos estados com o maior percentual de adolescentes que abandonam o ensino médio. No 1° ano, por exemplo, quase 20% dos adolescentes paraenses deixam a sala de aula. Na outra ponta, aparece o Pernambuco – onde 3,2% dos jovens desistem dos estudos. No gráfico abaixo, você encontra a taxa média de abandono do ensino médio em cada estado. Ela é calculada a partir do índice de desistência do 1° ao 4° ano (no caso de ensino técnico). Na conta, também entra o percentual de jovens que abandonam as salas não-seriadas…

IBGE seleciona jornalistas para vagas temporárias

O IBGE, por meio da Cesgranrio, abriu inscrições para processo seletivo simplificado que prevê, entre outras, 16 vagas temporárias para jornalistas, que trabalharão no Censo Agropecuário 2016.
As vagas são distribuídas em 12 Estados e a inscrição para a seleção custa R$ 120. Para participar, o candidato deve ter curso superior completo em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo.
O salário será de R$ 7.166,00, mais benefícios (auxílio alimentação, auxílio transporte, férias e 13º). O contrato de trabalho é de até 31 meses.

Compartilhe:

Ocupantes permanecem em fazenda na BR-155

Ocupantes permanecem em fazenda na BR-155A operação de reintegração de posse ‘Redenção-Marabá’, coordenada pela Polícia Militar e demais órgãos de segurança pública, avança pela rodovia BR-155. Na manhã de segunda-feira (25), a equipe esteve na fazenda Surubim, no município de Piçarra, para a desocupação de mais de 100 casas à beira da rodovia com integrantes do LCP (Liga dos Camponeses Pobres). No entanto, após a avaliação dos técnicos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC), verificou-se que as casas estão inclusas dentro da ‘faixa de domínio’ da rodovia, ou seja, o espaço de 40 metros entre o centro da pista e a lateral que está fora da propriedade privada.   Polícia Militar, Polícia Civil, Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), um Oficial de Justiça e Corpo de Bombeiros Militar chegaram em comboio coordenados pelo coronel da PM Leão Braga. Após a leitura da decisão judicial, os militares fizeram a medição da área ocupada junto aos peritos do CPC.   Com a conclusão de que os moradores ocupavam uma área de faixa de domínio, a polícia negociou os termos de conduta para que não houvesse conflito entre os moradores da área ocupada e a fazenda. ‘Com isso, a responsabilidade passa para o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte). Aproveitamos para conversar sobre os termos de conduta e convivência entre os funcionários da fazenda e os moradores, para que eles possam ter o direito de ir e vir sem sofrer qualquer tipo de agressão ou ameaça’, declarou o coronel…

Não é a maconha! Álcool é a ‘porta de entrada’ das drogas, aponta pesquisa

“A maconha é a porta de entrada das drogas”. Quem nunca ouviu isso? Bem, agora a ciência nos ajuda a acabar com esse mito. O álcool é a primeira substância consumida por pessoas que mais tarde apresentam problemas com o uso de drogas. Esse é o resultado de uma pesquisa publicada neste mês no Journal of School Health, nos Estados Unidos, e que você pode acessar aqui. Pesquisadores da Texas A&M University e da University of Florida avaliaram os padrões de uso de drogas nos Estados Unidos ouvindo 2.835 estudantes. A pesquisa informa ainda que o consumo de álcool entre os jovens, na maioria das vezes, precede do uso de tabaco ou maconha. Há também uma relação entre a idade em que os jovens começam a consumir álcool e a predisposição para o abuso de outras substâncias mais tarde. “Os entrevistados que iniciaram o uso de álcool na sexta série relataram tempo de vida significativamente maior no uso de substâncias ilícitas e também o uso de substâncias ilícitas mais freqüentes do que aquelas que iniciam o uso de álcool na nona série ou mais tarde”. A conclusão é: “Nossos resultados apontam que quanto mais cedo ocorre o contato com álcool, mais provável é que as pessoas se envolvam com o uso de substâncias ilícitas no futuro”. Estudos anteriores já apontavam a total falta de veracidade na frase de que “a maconha é a porta de entrada das drogas”. Mas apontar o álcool como o grande vilão é novo. E esclarecedor também. De Rafael Nardini, via…