Impeachment: PMDB tem até programa de governo para o pós-Dilma Rousseff

Caso a presidente Dilma Rousseff seja afastada, o PMDB do vice, Michel Temer, tem até programa de governo pronto para assumir o poder. O documento foi discutido em Congresso realizado pelo partido no começo do mês. É marcado por sugestões econômicas liberalizantes – como o fim da vinculação dos benefícios previdenciários ao salário mínimo, adoção de idade mínima para a aposentadoria e flexibilização da lei trabalhista. As informações são do jornal Gazeta do Povo.

Na prática, o texto é um aceno para o mercado sobre como seria uma administração do PMDB. O material de 19 páginas, nomeado como “Uma ponte para o futuro”, foi elaborado pela Fundação Ulysses Guimarães (FUG), órgão de formulação do ideário político da sigla, com contribuições dos economistas Delfim Netto e Marcos Lisboa.

É comparado pelo presidente da FUG e aliado de primeira linha de Temer, Moreira Franco, à “Carta ao Povo Brasileiro”, apresentada pelo PT às vésperas da eleição de 2002 como um compromisso com a estabilidade econômica. Continue lendo

Compartilhe:

Para Serra, Temer seria nome para fazer ‘união nacional’

Claudio Humberto

O senador José Serra (PSDB-SP) afirmou nesta quinta-feira, 3, que um eventual governo Michel Temer (PMDB), caso ocorra o impeachment da presidente Dilma Roussef, deverá ser de “união nacional”.

“Minha esperança é que, havendo a remoção da presidente (Dilma), nós tenhamos o vice-presidente, que é o Michel Temer, assumindo, e que ele consiga fazer um governo de união nacional, juntando as forças”, afirmou Serra, em entrevista à rádio Jovem Pan, de São Paulo.

Nos bastidores da política, Serra costuma ser apontado como um dos tucanos mais próximos ao vice-presidente. A relação entre eles vem alimentando especulações de que o senador poderia ocupar um papel de destaque numa eventual gestão de Temer no Palácio do Planalto. Ambos, porém, negam qualquer conversa nesse sentido.

Compartilhe:

Parceria entre SegFaz e Cartório acelera recebimento de débitos com o fisco

 

A Secretaria Municipal de Gestão Fazendária (SegFaz) e o Cartório de Protestos, em Marabá, firmaram entendimento, nesta sexta-feira (4), para fins de remessa e o apontamento de protesto das certidões de divida ativa (CDAs), referentes aos débitos impagos e inscritos de IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano), ISS (Imposto sobre Serviço), ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) e outras taxas, como uma das formas de aumentar a arrecadação própria municipal.

Aliás, a remessa de CDAs para fins de apontamento de protesto, tem previsão legal no atual Código Tributário do Município em consonância com o Código de Normas dos Serviços Notariais e de Registro do Estado do Pará, sendo este último editado pelo Tribunal de Justiça do Estado.

A medida visa dar maior celeridade ao recebimento de tais débitos, além de, naturalmente, desafogar o Judiciário das cobranças de pequeno valor para priorizar outras demandas de maior vulto, também, de interesse do Fisco Municipal. (Fonte: SegFaz)

Compartilhe:

Nova siderúrgica: Prefeito vai esclarecer sobre papel do grupo trabalho criado pelo governo na Acim

Prefeito esclarecer hoje sobre implantação de uma nova siderúrgica em Marabá na Acim. O prefeito João Salame faz hoje no auditório da Associação Comercial explanação sobre a comissão criada pelo governador do estado para tratar da implantação de uma siderúrgica em Marabá. Nós já podemos antecipar que a primeira reunião para o grupo de trabalho vai ocorrer na próxima segunda-feira no gabinete do secretário de desenvolvimento Adnan Dermack, onde deve ser iniciado o estudo técnico para viabilidade da siderúrgica. Existe uma expectativa da tonelagem ser menor que a da Alpa em relação a produção e parceiros interessados em sociedade com a Vale. Serão discutidas também as questões técnicas para viabilizar o empreendimento que será 30% do que representava a Alpa, em torno de R$ 1 bilhão a Alpa era R$ 3 bilhões. A redução da produção é proporcional ao valor do investimento e o local de instalação será na mesma área da Alpa. Esse projeto não vai certamente impactar nos prejuízos que Marabá sofreu com o anúncio de implantação de grandes projetos que até hoje não saíram do papel. As pessoas apostaram, investiram na cidade e ficaram no prejuízo. Quem vai arcar com os investimentos que até hoje estão de portas fechadas com a perspectiva da vinda da Alpa para Marabá? Com os cortes que o governo vem fazendo no orçamento, aumentam as incertezas a respeito do Pedral do Lourenço que estava previsto para o fim deste ano. É provável que a Associação Comercial se manifeste sobre isso na reunião da noite de hoje por…

Deputado parabeniza evento em Tucumã sobre o combate ao trabalho escravo

O deputado estadual João Chamon, durante a Sessão Ordinária desta quarta-feira (02) falou sobre um importante evento realizado em Tucumã, no final de semana passado, que trouxe como tema uma chaga que o Pará ainda não conseguiu se livrar, que é o trabalho escravo.

O evento segue um planejamento pedagógico muito específico para o público infantil. De acordo com o deputado, é desse tipo de ação que o Pará precisa. “Precisamos de mais ações como essa para podermos crer em um amanhã mais próspero, e que essa situação do trabalho escravo um dia possa nos abandonar” afirmou o parlamentar, que utilizando uma rede social parabenizou o prefeito de Tucumã, Adelar Pelegrini e todas as entidades responsáveis pela realização do evento.

Assista o vídeo com meu pronunciamento sobre este importante assunto.

 

 

 

 

 

Compartilhe:

FUMAÇA:INFECTOLOGISTA DO HOSPITAL REGIONAL DO SUDESTE ORIENTA SOBRE O COMBATE AS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS E ALERGIAS

Alex Miranda diz que se a poluição for realmente provocada pelas queimadas como aponta as autoridades vai influenciar negativamente nas pessoas com problemas pulmonares e no surgimento de outras infecções. É obvio que se o problema fosse eliminado pela raiz, e acabassem com toda a fumaça seria o ideal, mais tem coisa que não depende da gente. Na impossibilidade da solução definitiva do problema, as principais medidas de prevenção é tentar se hidratar, e quem tem problemas respiratórios tentar evitar locais onde a fumaça esteja de forma mais acentuada.   Alex Miranda orienta que para se prevenir neste período, é importante tomar os remédios adequadamente que já vinha tomando, e quem não têm doenças do pulmão, e respiratórias e passarem a serem assintomáticas, procurarem assistência de preferencia um profissional médico, para tentar identificar o problema, e se for o caso, o profissional receitar o remédio.   As medidas são essas, hidratação alimentação, tomar o remédio regularmente, são coisas consideradas básicas mais que as vezes  as pessoas se esquecem de fazer. Ele ressalta que não resta duvidas que solução definitiva é  eliminar a poluição do ar.       O infectologista afirma que quem tem alergia respiratória, com a fumaça o problema fica mais exagerado, e muito às vezes o uso de alguns medicamentos a base de corticoides podem até minimizar, no entanto alerta que eles tem dois lados, resolve o problema, porém  podem criar outro, portanto ele orienta que deve ser usado de forma orientada por profissional médico, e nunca e maneira aleatória, sem saber …

Destinação de 24,7 mil hectares à reforma agrária beneficia quase 500 famílias no Sul do Pará

A criação de dois assentamentos em municípios situados na área de atuação da Superintendência Regional do Incra no Sul do Pará – sede em Marabá – beneficiará quase 500 famílias de trabalhadores rurais. O maior deles fica em Santa Maria das Barreiras. A antiga Fazenda Jahú, com 23.381 hectares, abrigará 463 famílias. Já o assentamento Cristo Rei II, no município de Conceição do Araguaia, tem 1.366 hectares e contará com 34 unidades agrícolas familiares. As prefeituras municipais são responsáveis pela inclusão das famílias no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) do Governo Federal, que contém informações como escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras. No caso dos futuros assentados em Conceição do Araguaia, de acordo com Secretaria de Assistência Social do município, essa etapa já foi cumprida. Ao figurarem no cadastro, as famílias podem ser atendidas pelo Brasil Sem Miséria, programa coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). No assentamento Jahú, em Santa Maria das Barreiras, o Incra e a prefeitura local estão promovendo ações durante esta semana para agilizar o cadastro e a seleção dos candidatos. “Espero que todas as famílias selecionadas estejam em Relação de Beneficiários até o final deste mês e quero entregar os Contratos de Concessão de Uso até o final do mês de janeiro”, afirma o superintendente do Incra no Sul do Pará, Paulo Garcia. A chefe da Unidade Avançada do Incra em Conceição do Araguaia, Vânia Carvalhais Marques, fala da importância da criação do assentamento, que, além de descentralizar o acesso à terra e melhorar as condições de…

Por requerimento de Beto Salame, audiência pública vai discutir segurança nas barragens de rejeitos de minério no Pará

A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia aprovou, nesta quarta-feira (2), requerimento do deputado Beto Salame (PROS-PA) para a realização de audiência pública, em conjunto com a Comissão de Minas e Energia, a fim de discutir o nível de segurança das barragens de rejeitos instaladas por empresas mineradoras no Pará. Segundo o parlamentar, o objetivo é discutir com os órgãos públicos quais são os procedimentos preventivos de monitoramento e inspeções técnicas utilizados na estrutura das barragens.
“É preciso saber se há planos de ações emergenciais para evacuação das pessoas que vivem nas áreas que poderão ser afetadas, num possível rompimento da barragem. Também queremos informações sobre como estão as licenças ambientais concedidas pelos órgãos públicos federal, estadual e municipal”, explicou.
Segundo informou Salame, nos anos 1980 o Pará já foi vítima de vazamento de rejeitos de barragens. O acidente ocorreu no Porto de Trombetas, no Lago Batata, na mineração Rio do Norte. “Vazou bauxita com o rompimento da barragem. Na época o desastre foi objeto de notícia no mundo inteiro. Por isso não é novidade a necessidade deste debate aqui no Parlamento”, ressaltou o parlamenta

Compartilhe:

Este é o Painel da Folha

Painel Dilma muda rotina e desabafa com auxiliares após anúncio de Cunha POR NATUZA NERY   Com que roupa Dilma Rousseff discutia a votação da nova meta fiscal. Como se percebesse algo ruim no ar, preferiu não almoçar em casa, decisão rara desde que a mãe ficou doente. Tudo indicava que o dia terminaria bem. Até Eduardo Cunha surgir na TV. Após minutos reflexiva, rompeu o silêncio. “Vou falar hoje”, disse, ordenando que um assessor buscasse no Alvorada a muda de roupa que usaria no pronunciamento. Na volta, desabafou: “Todos conhecem meus defeitos. Sabem que não sou ladra”.   Já deu Depois de escrever, com auxílio de alguns ministros, seu discurso de defesa de próprio punho, a presidente ligou para o vice Michel Temer: “Não podia mais ficar sob chantagem”, afirmou.   Apoio moral Lula telefonou para manifestar apoio enquanto a sucessora rascunhava o discurso. Tão logo retornou a seu gabinete após o pronunciamento, assessores e congressistas que a visitavam puxaram uma salva de palmas para a petista.   Apatia Temer soube da decisão por intermédio de Eduardo Cunha. A conversa durou alguns segundos. O vice não esboçou reação.   Deixa estar Temer, por ora, adotará postura de “recolhimento total”. Além de evitar ligação com a decisão do correligionário, o vice vai esperar para ver como o setor privado e o mercado financeiro amanhecerão.   Retiro Sentado em sua cadeira, Cunha pediu que todos os assessores e aliados se retirassem de seu gabinete antes de anunciar a abertura do processo de deposição. Passou um tempo…

Era só que faltava!!!!!!

Secretário de Canaã dos Carajás comemora nomeação com strip-tease em casa noturna  

O nome da “fera” é Maurício Mota.
Ele  foi recentemente nomeado diretor do Sine, em Canaã dos Carajás, pelo prefeito  Jeová Gonçalves de Andrade (PMDB).

Para comemorar a conquista do cargo, Maurício mostrou sua performance gogoboy em uma casa noturna, fazendo sessão de strip-tease, ao lado de outro rapaz.

A comemoração foi filmada e fotografada por amigos do secretário.
A vida pessoal de quem quer seja, deve ser respeitada.
Ninguém tem o direito de invadir a privacidade de nenhum cidadão. 
Mas a partir do momento em que alguém passa a ocupar cargo público, princípios fundamentais de conduta ética do servidor público, obrigatoriamente devem ser respeitados – bem como seus direitos. (Blog do Hiroshi Bogéa)

 

Compartilhe: