Aeroporto é mais influente que o de Brasília

O aeroporto de Marabá, terceiro em movimento no Pará, atrás apenas do de Belém e de Santarém, “rouba”, anualmente, cerca de 52 mil passageiros de Parauapebas, município vizinho e no qual está localizado o Aeroporto de Carajás.

Marabá também recebe viajantes de Canaã dos Carajás, Xinguara, Tucuruí, Belém, Redenção, Jacundá, Curionópolis, Tucumã e de outras 35 localidades de sua cercania, inclusive dos estados do Maranhão e Tocantins. Depois do Aeroporto Internacional de Belém, que recebe passageiros de 78 municípios, o de Marabá é o mais dinâmico no Estado.

Para se ter ideia disso, a influência da pista de Marabá é maior que a de Brasília (DF), uma vez que o Aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek, na capital federal, recebe passageiros de 43 municípios próximos, embora a quantidade deles seja imensamente superior ao volume marabaense. Assim, a influência tem a ver com a importância extramunicipal do aeroporto para além de onde esteja situado, o que pode balizar em médio prazo, por exemplo, a implantação de rotas diretas para destinos longínquos, mesmo em municípios de interior.

Em Parauapebas, o aeroporto local atende majoritariamente os passageiros domiciliados no município e os moradores de Canaã dos Carajás, além de outros 13 municípios da região.

Os aeroportos mais influentes do Brasil estão na tríade paulista Guarulhos, São Paulo e Campinas.

Compartilhe:

Nota ao Público

A Prefeitura de Marabá, por meio da Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas (Sevop), comunica publicamente que na manhã desta quinta-feira, 22, tentou, pela segunda vez se reunir com as lideranças do Núcleo São Félix – as mesmas que interditaram a Rodovia BR-222 na última terça-feira,20, – mas estas não compareceram à reunião remarcada para a sede daquela secretaria para às 8 horas de hoje. Essas mesmas lideranças também faltaram à reunião agendada para ontem, quarta-feira, 21, no mesmo local e horário, e sequer enviaram representantes ou entraram em contato com a Sevop para justificar a ausência. Esse silêncio e essa ausência reafirmam o fato de que a motivação da manifestação de terça-feira foi unicamente política com objetivo de tumultuar e insuflar a população daquele núcleo contra a Administração Municipal. Vale lembrar que o Núcleo São Félix, no atual governo, está sendo privilegiado com obras de drenagem, pavimentação, Educação e Saúde, como descrito a seguir: Várias ruas foram pavimentadas no São Félix I e II: São Paulo, Rua São Lourenço, Santos Dumont, São Jorge, Ceará, Magalhães Barata e São Caetano. Recapeamento total da Avenida Floriano Peixoto, uma das principais do bairro, por onde circula o ônibus coletivo. Construção da ponte no Igarapé do Geladinho, no Projeto de Assentamento Sabino São Pedro. A nova ponte, em concreto, tem 48 metros de extensão por seis metros de largura. A obra foi executada com recursos próprios da prefeitura, um investimento na ordem de R$ 338 mil. Iluminação total das ruas do Bairro Norte, um dos mais recentes…

Começam obras de drenagem no Bairro Bela Vista

 

A Prefeitura de Marabá começou as obras de drenagem no Bairro Bela Vista, no Núcleo Cidade Nova. Uma máquina retroescavadeira está nivelando e alargando a Rua VS-2 para a colocação de manilhas.

Uma das que está comemorando o serviço é a dona de casa Gleiciane Socorro dos Santos, 30 anos. “Toda vez que chove alaga tudo, porque a água entra pelos fundos de casa”, disse a mulher, ressaltando que com a drenagem que está sendo realizada ela acredita que não haverá mais alagamentos naquela área.

Quem também estava contemplando os serviços que estavam sendo realizados era o agricultor Jovenir Alves dos Santos, 48 anos. “Com certeza esse serviço que está sendo realizado aqui é de qualidade, porque eles estão começando com drenagem e não vai ficar o esgoto a céu aberto”, disse.

Segundo o encarregado Pedro Almeida Lima, responsável pelas obras, o serviço iniciou no bairro na última sexta-feira (16). Até a tarde desta quarta-feira (21) já haviam sido colocados 65 tubos de um metro e 1,5 metro de diâmetro.

No bairro também será realizado o serviço de drenagem e pavimentação na Rua 13 de Maio, Pará, Geraldo Veloso, criando assim um novo corredor de mobilidade, que vai trazer segurança ao trânsito, mais conforto ao transporte coletivo e promover desenvolvimento na região.

Compartilhe:

ELEIÇÕES 2016: ADVOGADO GARANTE QUE MAURINO PODE SER CANDIDATO EM MARABÁ

A absolvição do ex-prefeito de Marabá Maurino Magalhães abre um precedente e oportunidades para vários debates sobre o seu futuro político em Marabá, algo que ele já deixou claro que pretende fazer. Ontem ocorreu no tribunal de justiça o julgamento do ex-prefeito de Marabá Maurino Magalhães de Lima. Ele foi condenado pela justiça de Marabá a pedido do Ministério Público pela Vara da Probidade Administrativa que tem a frente o Promotor Júlio César. Ele era acusado de fazer convênio irregular com a associação de feirantes da Folha 28 e com outras associações e sindicatos. Na época da decisão do juiz Maurino foi condenado a ficar inelegível por oito anos e teria que prestar serviço por três anos a entidades filantrópicas. Ontem ele foi inocentado por unanimidade no tribunal de justiça. O Zeca News conversou com um advogado especialista no assunto para saber quais as chances de Maurino caso entre novamente no cenário político municipal. Segundo o advogado criminal e cível Cláudio Correia, ainda não houve uma conversa formal com Maurino Magalhães e agora as articulações irão começar para o pleito do ano que vem. Entretanto ele confirma que atualmente Maurino pode ser candidato às eleições de 2016. “O único processo que ele teria problema seria o que o enquadraria na questão da Ficha Limpa se o tribunal de justiça manter a decisão em primeira instância”, declarou. De acordo com o advogado, a questão da Ficha Limpa, que está em pauta desde as eleições de 2012, tudo porque existem muitos processos contra Maurino Magalhães, no total…

Adolescente de 14 anos que passou para Medicina lança livro

José Vitor diz que é importante entender a essência da prova – Divulgação. Ao passar para Medicina pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com apenas 14 anos, o estudante José Victor Menezes Teles virou celebridade nacional. Ele correu o país para dar palestras sobre sua história e, ao fim de cada apresentação, a mesma cena se repetia: um caminhão de perguntas sobre sua trajetória e pedidos de dicas para a prova mais disputada do país. Tantos questionamentos despertaram no garoto a ideia de escrever um livro, que será lançado no início de novembro pela Editora Foz. Com 168 páginas, a obra recebeu o sugestivo nome de “Como vencer aos 14 — Quebrando mitos e desafios do Enem”. – As pessoas queriam saber como consegui chegar a esse resultado. Então, comecei a escrever por conta própria. Ao falar sobre isso em entrevistas, o pessoal da editora entrou em contato para que o material pudesse ser lançado – conta ele, hoje com 15 anos. A história de José Victor ecoou pelos quatro cantos do país no começo do ano, quando foram divulgados os resultados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Morador de Itabaiana, no interior de Sergipe, ele estava no 1º ano do ensino médio quando fez o Enem 2014 e alcançou a média final de 751,16 pontos e 960 na redação. Com essa pontuação, conquistou uma vaga em Medicina na Universidade Federal de Sergipe (UFS). Apesar do desempenho, ele precisou entrar na Justiça para conquistar o direito de cursar a faculdade. O juiz, então, o…

Instituições vão avaliar possibilidade de recurso contra decisão no caso do naufrágio em Barcarena

Representantes da Defensoria Pública do Estado do Pará, do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) vão se reunir na próxima quinta-feira, 22 de outubro, para avaliar a decisão cautelar da Justiça Federal no caso do naufrágio do navio Haidar, publicada nesta terça-feira. Na reunião, marcada para as 9h30 na sede do MPPA em Barcarena, as instituições vão avaliar a possibilidade de entrar com recurso contra a decisão judicial, que negou o pedido de fechamento do porto de Vila do Conde, onde o navio afundou no último dia 6 com uma carga de 5 mil bois vivos. As instituições, que acompanham a evolução do desastre desde o naufrágio, pediram à Justiça que o porto permanecesse fechado até que as carcaças de bois que se soltaram do casco do navio e contaminam as praias da região sejam removidas na totalidade. Segundo o juiz federal Ruy Dias de Souza Filho, a Defensoria, o MPF e o MPPA não conseguiram provar a real necessidade de paralisação integral das atividades do porto como pressuposto para a retirada dos resíduos nocivos à saúde e ao meio ambiente. “Ademais, pela própria magnitude do Porto da Vila do Conde, bem como pelo impacto de suas atividades na economia regional, aí incluídos milhares de empregos direitos e indiretos, a adoção de medida da espécie afigura-se desproporcional no tocante à equação benefícios/malefícios, correndo-se o risco de que, sob a justificativa de solução para problema de ordem ambiental, crie-se ou agrave-se problema de ordem social em face dos efeitos negativos da providência sobre a atividade econômica”,…

Biometria: Cadastramento Itinerante nas Aldeias de Parauapebas começa nesta terça-feira

Até a próxima sexta-feira (23) a Justiça Eleitoral estará realizando o atendimento itinerante dentro das aldeias Ô-Ô-DJÀ, KATETÉ e DJUDJE-KÔ, localizadas próximo ao município de Parauapebas.

O TRE fará o recadastramento biométrico dos eleitores dessas aldeias buscando adequar a situação para as eleições de 2016, quando o município de Parauapebas fará sua primeira votação com identificação pela biometria.

A identificação biométrica é uma ferramenta que garantirá mais segurança na identificação do eleitor no momento da votação. “A partir da coleta biométrica a identificação do eleitor e o pleito ganham mais transparência, pois aliamos os dados biográficos já existentes aos biométricos como impressões digitais e fotografia” comenta Felipe Brito, Secretário de Tecnologia da Informação do TRE-Pa.

O município de Parauapebas tem mais de 137 mil eleitores, destes apenas 78 mil já realizaram o recadastramento biométrico, o que representa um pouco mais de 47% do total. Lembrando que, precisam fazer o recadastramento todos os eleitores dos municípios em revisão, sem exceção, sob pena de cancelamento do título eleitoral.

Compartilhe:

Importância do autoexame e mamografia

Não basta usar o lacinho cor de rosa. Conversem com seus amigos, vizinhos e parentes, compartilhem informações nas redes sociais e ajudem a salvar vidas. O autoexame é fundamental para detecção precoce de câncer nas mamas. A lei n° 11.664/2008 garante a realização da mamografia, pelo SUS, a todas as mulheres a partir dos 40 anos. A mamografia é o único exame capaz de diagnosticar os tumores em estágios iniciais e quando não apresenta sintomas e não são palpáveis no autoexame e no exame clínico (feito pelo médico). É preciso exercer direitos e assim reduzir a grande incidência dessa terrível doença, que quando não mata deixa sequelas físicas e psicológicas. Vejam como fazer o autoexame na figura em anexo.

Compartilhe:

Vale inscreve para Jovem Aprendiz e Mestrado Profissional

A Vale está com dois processos seletivos aberto: o Programa Jovens Aprendiz e o curso de mestrado profissional, com aulas presenciais no Instituto Tecnológico Vale (ITV) em Belém. O programa Jovem Aprendiz tem mais de cem vagas para atuação nas áreas de mecânica industrial, administrativo, eletrônica industrial, técnica em eletromecânica, solda industrial e operação de mina. Os interessados devem morar em Parauapebas, ter ensino médio completo e idade entre 18 e 22 anos. Não é necessária experiência anterior nestas áreas, já que o programa tem por objetivo preparar jovens para o mercado de trabalho. Os interessados podem se inscrever até o dia 31 de outubro no www.vale.com/oportunidades . O processo seletivo será dividido em seis etapas, todas eliminatórias: análise de documentos, prova online de português e matemática, entrevista coletiva, dinâmica de grupo, avaliação psicológica e exames médicos. As aulas têm início previsto para janeiro de 2016. O Programa Jovem Aprendiz é dividido em duas fases: teórica e prática. A primeira fase acontece no Senai Parauapebas. A segunda etapa em áreas operacionais da Vale, em Carajás, o que permite que os aprendizes vivenciem uma rotina de trabalho com os conteúdos vistos em sala de aula. Os selecionados terão direito a bolsa-auxílio, assistência médica, seguro de vida e transporte. Além disso, o programa oferece vale-alimentação e refeição na fase prática. Mestrado Profissional do ITV Para se inscrever a uma das vagas do mestrado do Instituto Tecnológico Vale (ITV), o candidato precisa ter formação superior.   As inscrições vão até 3  de dezembro e as aulas terão início em …

Mutirão da Cidadania atende indígenas no Sul do Pará

  Indígenas daFoto: Incra/Sul do Pará aldeia Gorotire, da etnia Kaiapó, localizada em Cumaru do Norte (PA), tiveram acesso, pela primeira vez, a documentos pessoais, tais como a Carteira de Identidade e o Cadastro de Pessoa Física (CPF) por meio do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural, vinculado ao Ministério do Desenvolvimento Agrário. A ação foi executada pela Superintendência do Incra Sul do Pará. A ação na aldeia resultou na emissão de 133 documentos de 100 indígenas e fez parte do Mutirão da Cidadania realizado no período de 28 de setembro e 17 de outubro, na zona rural de cinco municípios do Sul do Pará. Além de Cumaru do Norte, o mutirão passou ainda pelos municípios de Santa Maria das Barreiras, Conceição do Araguaia, Pau D’Arco e Marabá. No total, foram expedidas 812 Carteiras de Identidade e 740 CPF, totalizando 1.552 documentos e atendendo a 1.276 pessoas. Os documentos deverão ser entregues até o final de novembro próximo, nas mesmas localidades. A Secretaria de Assistência Social de cada município é responsável pela programação de entrega. A iniciativa visa emitir documentos para trabalhadores e trabalhadoras rurais, atendendo-os na própria localidade onde residem. O Programa de Documentação é realizado através de parcerias com outros órgãos públicos, como a Secretaria de Segurança Pública Estadual, a Receita Federal e as Prefeituras, por meio das quais é possível promover a inclusão de famílias no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) para que elas possam ter acesso à rede de proteção social como o Bolsa Família e…