São Félix tem três frentes de serviço

Seguem no Núcleo São Félix os trabalhos de drenagem profunda e terraplenagem e várias ruas que estão sendo preparadas para receber asfalto, sarjeta e meio-fio. Nesse pacote, de obras, nunca visto naquela área da cidade em governos anteriores a Avenida Magalhães Barata, com 500 metros de extensão será pavimentada. E quem atesta a qualidade do serviço é o morador José Maria da Silva, dono de um apequena sorveteria no local. “Acredito que agora vai ficar bom, pois o serviço que fizeram na gestão anterior não tinha drenagem. Por isso, esse trecho ficou totalmente destruído”, depõe. Já a dona de casa Maria de Jesus da Silva Macena, mãe de gêmeos, comentou que, passar na avenida Magalhães Barata com os filhos, era uma verdadeira via crucis. “Aqui a gente passava com muita dificuldade com o carrinho de bebê, mas acredito que depois de pronta, a rua vai ficar boa”, aposta. Esse trecho, segundo informou o secretário de obras Edivan Oliveira, em princípio seria apenas recapeado, mas estava tão danificado que o antigo asfalto foi todo retirado para a colocação de nova pavimentação. A obra deve ficar pronta esta semana. Avenida Contorno Outra importante via daquele bairro é a Avenida Contorno, que também está sendo preparada para receber pavimentação asfáltica. Ali a empresa responsável pela obra está com um kit de máquinas e pretende, ainda esta semana pavimentar o trecho. A via, nesta primeira fase, deve ser estender até a Avenida Magalhães Barata, formando um anel viário que facilitará o trânsito dentro do bairro. A empresa pretende pavimentar…

ELDORADO DO CARAJÁS:MST encerra protesto na BR-155 que durou 8 horas

Foi liberado na tarde desta terça-feira (17), o trecho da BR-155, entre Eldorado dos Carajás e Marabá, no sudeste paraense, que ficou interditado durante toda a manhã por integrantes do Movimento Sem Terra (MST). A manifestação durou mais de 8 horas, formando um longo congestionamento na via.

A interdição teve início às 5 horas da manhã desta terça-feira. Os trabalhadores rurais usaram pneus e madeira para bloquear a via, reivindicando que o Instituto Nacional da Colonização e Reforma Agrária (Incra) retome a entrega de cestas básicas e acelere o processo de desapropriação da fazenda Cedro, em Marabá, ocupada pelo MST há cerca de seis anos.

O ouvidor agrário do Instituto Nacional da Colonização e Reforma Agrária (Incra) foi até o local da manifestação para definir que todas as famílias acampadas na região sejam cadastradas para receber o auxilio de cestas básicas até a próxima semana.

 

Na próxima terça-feira (24), uma reunião deve tratar da situação das propriedades reivindicadas pelo MST na região, entre elas, a fazenda Cedro.

Compartilhe:

MARABÁ

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA: MOVIMENTO QUER RECONHECIMENTO DA DATA E SECRETARIA PARA DISCUTIR POLITICAS PÚBLICAS Dia da Consciência Negra é celebrado na próxima sexta-feira (20). a data foi escolhida para lembrar o assassinato de Zumbi, líder do quilombo dos Palmares, que aconteceu em 20 de novembro de 1695. Em 2011, a presidente Dilma Roussef sancionou (a lei 12.519/2011), que criou a data, mas que não obriga que ela seja feriado. Isso significa que ser feriado ou não vai variar de cidade para cidade. Compõem o calendário da Semana Nacional da Consciência Negra deste ano o lançamento da campanha Novembro pela Igualdade Racial, a Marcha das Mulheres Negras, a Conferência Livre das Mulheres Quilombolas e de Matriz Africana, entre outras atividades. Aqui  em marabá Semana da Consciência Negra e Cultura Afro-brasileira será realizada  nos dias 20, 21 com duas atividades  uma no Bairro Cabelo Seco  tradicional da cidade que tem referencia negra, a comunidade que deu origem uma cidade, mas também versa sobre o estudo de uma das personagens principais da história dessa formação, que é a mulher negra. Nesse sentido, pudemos observar durante as etapas iniciais do estudo que embora no bairro o processo de afirmação da identidade da mulher negra se encontre em reconstrução, com a presença de agentes, a exemplo de ativistas do movimento negro, provedores de ações que buscam apresentar a importância da constituição de uma consciência negra e de uma maior visibilidade da importância das mulheres negras, ainda são fortes, sobretudo nas gerações mais velhas, os silêncios e reticências sobre a…

MARABÁ: HAROLDO GAYA É REELEITO PRESIDENTE DA OAB COM 172 VOTOS

Em entrevista ao Zeca News após o pleito, o advogado Haroldo disse que foi uma vitória tranquila, a advocacia compareceu em peso as urnas, foi uma das maiores votações da historia das eleições OAB. Gaya diz que a vitória significa que entidade se fortalece, a classe da advocacia esta consciente de seu papel junto a sociedade, e a resposta que temos desta eleição, é o compromisso com a sociedade  marabaense, e o judiciário, é este nosso papel. Foram 172 x 105 Odilon Viera, uma boa diferença, a mesma votação na chapa OAB sempre mais por você, foi  para Alberto Campos, que venceu o Edilson, mostrou que os advogados corresponderam a todo trabalho de interiorização da OAB. Alberto Campos venceu seu concorrente pela diferença mínima de 66 votos. Em Marabá Compareceram as urnas 285 advogados para votar. A posse da nova diretoria ocorrerá em janeiro de 2016.

Compartilhe:

Grupo hacker Anonymous declara guerra ao Estado Islâmico

Olhar Digital
Dois dias após os atentados terroristas na cidade de Paris, na França, que mataram mais de 120 pessoas, o grupo hacker conhecido como Anonymous declarou guerra ao Estado Islâmico, organização que assumiu a autoria dos ataques.

Em vídeo, um porta-voz usando a máscara de Guy Fawkes – que é a marca do grupo Anonymous – disse que membros de todo o mundo vão “caçar” os terroristas do Estado Islâmico. “Esperem por nós. Saibam que vamos achá-los e não vamos deixá-los. Lançaremos nossa maior operação até hoje contra vocês”, diz o vídeo. Continue lendo

Compartilhe:

PROJETO DE LEI DE AUTORIA DO DEPUTADO JOÃO CHAMON QUE ALTERA O NOME DE ESCOLA EM TUCUMÃ FOI SANCIONADO PELO GOVERNADOR DO ESTADO

 

Durante a Sessão Ordinária desta terça-feira (17), o deputado João Chamon, festejou a publicação no dia 11 de novembro, no Diário Oficial do Estado (DOE), o decreto de lei que altera o nome da Escola Palmeira II, em Tucumã, para Escola Estadual Professora Maria Nilza de Oliveira.

“Este era um grande anseio da população deste querido município, que queria homenagear essa personagem tão importante no cenário educacional de Tucumã” disse o parlamentar saudando toda a classe educacional do município. A alteração atende ao projeto de lei n° 67/2015, de autoria do deputado Chamon, que apresentou em plenário no dia 24 de março de 2015.

Compartilhe:

MPE DIVULGA NESTA QUINTA RELATÓRIO QUE REVELA DESTRUIÇÃO NO RIO ITACAÍÚNAS

Será anunciado medidas visando a preservação e recuperação da mata ciliar do Rio que sofre com a destruição
.Força-tarefa composta por integrantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Fundação Casa da Cultura de Marabá (FCCM), Ministério Público Federal (MPF), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Polícia Civil fez duas incursões recentemente nas margens do Rio Itacaiúnas a fim de levantar as causas da destruição que ocorre naquele curso d’água.
Na quinta-feira, 19, no auditório do MPE, o grupo apresentará o relatório dessas fiscalizações bem como as medidas a serem tomadas visando a preservação e recuperação da mata ciliar.
Segundo a diretora ambiental da Semma, Maria do Livramento Almeida, um dos cenários mais chocantes das áreas fiscalizadas é o de um lago, às proximidades do balneário Taboquinha, que está sendo aterrado por lixo e entulho, “provavelmente para dar lugar a moradias”.
Esse lago, de acordo com observação de Livramento, é berçário de jacarés e pássaros, inclusive de galinha d’água, uma espécie de jaçanã comum nos rios e lagos da Amazônia, que vem diminuindo nesta região em consequência do desmatamento

Compartilhe:

MST interdita rodovias em Parauapebas, Canaã dos Carajás e Marabá

Desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (17) que membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) interditam as rodovias: PA-160 (Canaã dos Carajás); PA-275 (entre Parauapebas e Curionópolis) e BR-155 (Marabá). O movimento é realizado simultaneamente em várias partes do Brasil e vem causando um transtorno enorme nas estradas.

De acordo com lideranças do movimento, o MST tem em pauta as seguintes reivindicações que na sua grande maioria serão encaminhadas ao Governo Federal:

• Melhorias estruturais nos assentamentos;

• Vistorias e desapropriação de terras ocupadas;

• Abastecimentos com cestas básicas nos acampamentos;

• Cassação de Cunha;

• Ampliação dos créditos rurais para os assentamentos;

• Entre outras demandas que variam de cada região;

Compartilhe:

Hospital Regional realiza programação em Memória as Vítimas de Trânsito

Hospital Regional realiza nesta desta segunda feira as  11 horas, programação  alusiva ao dia Dia Mundial em Memória as Vítimas de Trânsito, lembrado no terceiro domingo de novembro. Data instituída em 2005 pela Assembléia Geral das Nações Unidas para homenagear as pessoas que morreram em virtude de acidentes de trânsito, além de seus familiares.
O objetivo da ação é promover aprendizado e interação de conhecimentos sobre a importância da prevenção de acidentes e educação no trânsito, através de um espaço educativo, discussões em grupo, apoio e orientação.
A programação, organizada pela Comissão de Revisão de Óbito e Comissão de Humanização, ocorrerá na segunda-feira (16) na recepção principal e ambulatório com diálogos participativos no tema “É hora de lembrar – Diga NÃO à Violência Viária”, facilitados pela Enfermeira Karla Luz e as Assistentes Sociais Arlene Pessoa e Iara Machado, direcionados para colaboradores, usuários externos e acompanhantes. Haverá distribuição de materiais educativos e broche em laço preto – símbolo de luto.

Além de estimular o fortalecimento de práticas de autocuidado, a ação busca a conscientização da população, objetivando minimizar número de vítimas e politraumatizados (maior demanda do HRSP). Para se ter uma ideia da gravidade dos acidentes de trânsito em Marabá, por exemplo, nada menos de 70% dos leitos do Hospital Regional estão ocupados por vítimas de acidentes (a maioria envolvendo moto).

Compartilhe: