Pró-Saúde oferta vagas para 23 cargos em Barcarena

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar está com vagas abertas para 23 cargos no Hospital Materno Infantil, em Barcarena, no nordeste paraense. Todas as vagas também são destinadas a pessoas com deficiência (PCD), observando-se, obrigatoriamente, os critérios descritos em edital, conforme legislação vigente. As vagas abertas são para os cargos de: assistente de SAME/Estatística; assessor de comunicação pleno; auxiliar administrativo de compras; auxiliar administrativo SAU; auxiliar de farmácia; biomédico; coordenador contábil / financeiro; coordenador de enfermagem; eletricista; enfermeiro; enfermeiro NEP/SCIH; farmacêutico; faturista; fonoaudiólogo; jardineiro; lactarista; Llder de atendimento; coordenador de farmácia; técnico de enfermagem; técnico de informática; técnico de laboratório; técnico de manutenção; e técnico de nutrição. Os interessados devem se candidatar pelo site www.prosaude.org.br/trabalheconoscoaté o dia 17/3/2018. Os currículos também podem ser enviados para o e-mail trabalheconosco@prosaude.org.br, colocando como assunto “HMIB e nome da vaga de interesse”. Porém, é imprescindível que a candidatura também seja realizada pelo site da entidade. Mais informações sobre o edital de abertura de vagas e os cargos, podem ser obtidas em www.prosaude.org.br. O Hospital Materno Infantil de Barcarena, na região do Baixo Tocantins, será um dos mais modernos do Estado do Pará. A unidade terá capacidade para 60 leitos, sendo 10 de UTI Adulto, 10 de UTI Neonatal e 10 de UCI Neonatal. A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar possui 50 anos de atuação e é considerada uma das maiores instituições de gestão de serviços de saúde e administração hospitalar do País. Presente em todas as regiões do Brasil, a entidade tem sob sua responsabilidade cerca de 2.000 leitos…

Monitor da Violência Dia Internacional da Mulher e nada a comemorar

nesta quinta-feira, 8 de março, países do mundo todo celebram o Dia Internacional da Mulher, data que simboliza a busca pela igualdade entre homens e mulheres. A data é percebida por muitos como um momento festivo, no qual se distribuem flores e mensagens que ressaltam a importância da mulher na sociedade. Mas neste 8 de março, nós, mulheres brasileiras, não temos muito a celebrar. Os dados divulgados pelo Monitor da Violência, parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, revelam que o Brasil permanece como uma das nações mais violentas do mundo para as mulheres. As estatísticas levantadas pelo G1 mostram que 4.473 mulheres foram vítimas de homicídio em 2017, um crescimento de 6,5% em relação a 2016, quando 4.201 mulheres foram assassinadas. Isso significa que uma mulher é assassinada a cada duas horas no Brasil, taxa de 4,3 mortes para cada grupo de 100 mil pessoas do sexo feminino. Para que o leitor tenha ideia do que isso representa, se considerarmos o último relatório da Organização Mundial da Saúde, o Brasil ocuparia a 7ª posição entre as nações mais violentas para as mulheres de um total de 83 países. O levantamento também inclui dados sobre feminicídios e revela que foram registrados 946 casos no país ano passado, aumento de 16,5% em relação a 2016. Neste caso, o aumento é uma notícia positiva, pois indica que os estados estão se empenhando em aprimorar os registros deste crime. Mas é evidente que ainda há subnotificação. O feminicídio é o…

Susipe, Adepará e UFPA oferecem 69 vagas

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) vai preencher 48 vagas temporárias, distribuídas nos municípios de Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, Belém, Bragança, Breves, Itaituba, Mocajuba, Parauapebas, Redenção, Santa Izabel, Santarém e Tucuruí. Há oportunidades em cargos de todos os níveis de escolaridade, com salários que variam entre R$ 1.508 e R$ 3.636,72. Os interessados podem se inscrever até quinta-feira (8), através da página eletrônica da Susipe.
A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) vai promover processo seletivo para preencher quatro vagas temporárias nas cidades de Chaves, Marabá e São João do Araguaia. As inscrições serão recebidas nos dias 8 e 9 de março pelo site www.sipros.pa.gov.br. Os cargos oferecidos são de Auxiliar de Campo (1), Agente Fiscal Agropecuário (2) e Fiscal Estadual Agropecuário – Engenharia Agrônoma (1), exigem nível fundamental, médio e superior. Os salários variam entre R$ 1.304,67 e R$ 1.880,64.
A Universidade Federal do Pará (UFPA) vai contratar 17 professores visitantes com dedicação exclusiva e substitutos. Os salários variam entre R$ 3.121,76 e R$ 9.585,67. As inscrições podem ser feitas até sexta-feira (9). Há oportunidades nos Institutos de Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Letras e Comunicação, Tecnologia, Ciências Exatas e Naturais e nos campi do Marajó – Breves, Castanhal e Tucuruí. O processo seletivo será composto por prova escrita, didática e julgamento de títulos. O resultado terá validade de um ano.

Compartilhe:

PA: Seduc abre inscrições para os Jogos Estudantis Paraenses (JEPs)

As inscrições de estudantes para os Jogos Estudantis Paraenses (JEPS), categorias A e B, dos municípios do interior do Estado, podem ser feitas a partir desta segunda-feira (5) até 5 de maio, no portal da Seduc, no link do Núcleo de Esporte e Lazer (NEL). O evento celebra este ano 60 anos de incentivo aos estudantes na participação e competição de esportes.

Serão disputadas as etapas regionais (de 18 de abril a 27 de maio) e metropolitana (19 de maio a 17 de junho). Os vencedores participarão da fase estadual, em Belém, no fim do semestre. Os atletas estaduais selecionados disputarão a fase regional dos

Jogos Escolares da Juventude.

As inscrições das etapas regionais são abertas a escolas públicas federais, estaduais e municipais e a escolas particulares, todas habilitadas junto ao Ministério da Educação (MEC). A categoria A da etapa regional do JEPs abrange atletas de 12 a 14 anos, e a etapa B, de 15 a 17 anos, no masculino e feminino. (Agência Pará)

Compartilhe:

Caminhoneiro envolvido em acidente que matou 4 PMs na PA-287 tem prisão preventiva decretada

decisão ocorreu durante audiência de custódia nesta terça, 6. Motorista dirigiu em zigue-zague e atingiu viatura da PM. Quatro policiais morreram. motorista da carreta, envolvida no grave acidente com viatura da Polícia Militar que deixou quatro policiais mortos e um ferido na PA-287, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça nesta terça-feira (6). A decisão veio do juiz da Comarca de Conceição do Araguaia, sul do Pará. O G1 entrou em contato com o Tribunal de Justiça do Pará e aguarda mais informações sobre o processo. Até as 17h30, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) ainda não tinha confirmações sobre a entrada no sistema prisional. Segundo a Polícia Civil, o condutor já está preso e sendo transferido para Redenção. O motorista foi preso em flagrante e levado para a delegacia, ainda segundo a Polícia, com sinais característicos de embriaguez. Um exame de alcoolemia foi realizado. No dia do acidente, a Polícia havia informado que a carreta colidiu frontalmente com a viatura da Polícia Militar, que estava a serviço do Grupo Tático Operacional (GTO), em deslocamento para Santana do Araguaia. Viatura levava cinco policiais militares (Foto: Divulgação/ PRE) Quatro policiais morreram no local do acidente e um continua internado com estado grave no hospital de Redenção. Nesta terça-feira (6) policiais, familiares e amigos participaram de homenagens em Conceição do Araguaia. Um cortejo seguiu desde o centro da cidade até o aeroporto onde todos se concentraram para a despedida. Homenagens a PM que morreu em acidente continuam (Foto: Divulgação) Vítimas As vítimas foram identificadas como Cabo Arlan…

A cada quatro horas e meia, uma pessoa morre vítima de acidente de trabalho

Desde o começo de 2017, ao menos um trabalhador brasileiro morreu a cada quatro horas e meia, vítima de acidente de trabalho. O dado é do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, desenvolvido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) e cujos resultados atualizados foram apresentados hoje (5). Com base em informações disponibilizadas por vários órgãos públicos, o observatório estima que, entre o começo do ano passado e as 14h de hoje, foram registradas 675.025 comunicações por acidentes de trabalho (CATs) e notificadas 2.351 mortes. Ainda de acordo com o observatório, entre 2012 e 2017, a Previdência Social gastou mais de R$ 26,2 bilhões com o pagamento de auxílios-doença, aposentadorias por invalidez, auxílios-acidente e pensões por morte de trabalhadores. Além disso, com base em cálculos da OIT, o procurador do trabalho e co-coordenador do laboratório de gestão (SmartLab de Trabalho Decente), Luís Fabiano de Assis, afirma que o país perde, anualmente, 4% do seu Produto Interno Bruto (PIB) com gastos decorrentes de “práticas pobres em segurança do trabalho”. Segundo Assis, no ano passado, estas perdas gerais à economia com acidentes de trabalho foram equivalentes a cerca de R$ 264 bilhões. Para os procuradores do trabalho, os números “alarmantes” são apenas a “ponta do iceberg”, não representando a real dimensão do problema. Assis ainda acrescenta que as notificações não vem caindo. “Quando analisamos o número de [trabalhadores] expostos [ao risco de acidente], o número de contratos de trabalho existentes, o número de acidentes não caiu em comparação a 2016.…

Assembleias 2018 da Sicredi na região começam nesta segunda-feira

A Sicredi Sudoeste MT/PA inicia na próxima segunda-feira (12) o período de Assembleias na região do Carajás. Trata-se do momento mais importante para a Cooperativa durante o ano, onde cada associado participa efetivamente da gestão, votando e decidindo as estratégias da Cooperativa. “A participação do associado nas Assembleias é fundamental e é um dos grandes diferenciais do Sicredi para as demais instituições financeiras. Aqui, todo o investimento do associado é revertido no desenvolvimento da economia local. Desta forma, a rede de negócios é fortalecida, beneficiando a comunidade. Além disso, o associado também recebe a sua parte proporcional à sua movimentação e aos resultados do período”, explica Antonio Geraldo Wrobel, presidente da Sicredi Sudoeste MT/PA Além de participar das decisões da Cooperativa, os associados poderão acompanhar as ações e estratégias desenvolvidas, além do planejamento para 2018.   Confira abaixo as datas e locais das assembleias no seu município.   Calendário das Assembleias – Registro de presença às 19h, início das assembleias às 19h30. Exceto em Tucumã, onde o registro de presença será às 10h. Dia 12.03 – Parauapebas (Cidade Nova e Jardim) – Hotel Vale do Carajás Dia 13.03 – Canaã dos Carajás – Cristal Eventos Dia 14.03 – Redenção – Paróquia Cristo Rei Dia 15.03 – Rio Maria – Salão Paroquial da Igreja Católica Dia 16.03 – Xinguara – Salão Paroquial Dia 17.03 – Tucumã – Buffet Castanheira (às 10h) Dia 19.03 – Marabá – Centro de Convenções Leonildo Rocha Dia 07.04 – AGO (Assembleia Geral Ordinária) – 8h – Auditório da Sede da Cooperativa –…

Pró-Saúde abre procedimento para contratação de serviços médicos em Barcarena

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar está com procedimento aberto para a contratação de serviços médicos especializados no Hospital Materno Infantil, em Barcarena, no nordeste paraense.

O procedimento compreende a prestação de serviços médicos em anestesiologia, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto, pediatria, cirurgia geral pediátrica, ginecologia obstetrícia, nefrologia, hematologia, infectologia, radiologia, fisioterapia, cardiologia, endocrinologia, UTI Neonatal e unidade.

As empresas especializadas interessadas em prestar os serviços têm até o dia 9/3 para apresentar proposta por meio do Portal Eletrônico de Compras da Pró-Saúde, no site www.compras.prosaude.org.br. Qualquer dúvida sobre este processo, pode ser encaminhada ao e-mail: suporte.compras@prosaude.org.br.

O Hospital Materno Infantil de Barcarena, na região do Baixo Tocantins, será um dos mais modernos do Estado do Pará. A unidade terá capacidade para 60 leitos, sendo 10 de UTI Adulto, 10 de UTI Neonatal e 10 de UCI Neonatal.

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar possui 50 anos de atuação e é considerada uma das maiores instituições de gestão de serviços de saúde e administração hospitalar do País. Presente em todas as regiões do Brasil, a entidade tem sob sua responsabilidade cerca de 2.000 leitos e o trabalho de cerca de 12 mil profissionais. No Pará, além do Materno Infantil, a entidade gerencia mais nove hospitais, sendo seis públicos e três privados. Entidade filantrópica, sem fins lucrativos, a Pró-Saúde é certificada como Entidade Beneficente de Assistência Social na área da saúde.

Compartilhe:

O eSocial será apresentado nesta terça feira em Marabá durante coletiva

Na próxima terça-feira, será apresentado o E Social, no escritório do Sebrae, pelos representantes da Receita Federal, INSS, Ministério do Trabalho, Conselho Regional de Contabilidade e SEBRAE. Cada entidade fará uma apresentação para a imprensa explicando qual será seu papel no ESocial.

O eSocial é um novo sistema de registro, elaborado pelo Governo Federal, para facilitar a administração de informações relativas aos trabalhadores. De forma padronizada e simplificada, o novo eSocial empresarial vai reduzir custos e tempo da área contábil das empresas na hora de executar 15 obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas.
Todas as informações coletadas pelas empresas vão compor um banco de dados único, administrado pelo Governo Federal, que abrangerá mais de 40 milhões de trabalhadores e contará com a participação de mais de 8 milhões de empresas, além de 80 mil escritórios de contabilidade.

Na prática, as empresas terão que enviar periodicamente, em meio digital, as informações para a plataforma do eSocial. Todos esses dados, na verdade, já são registrados, atualmente, em algum meio, como papel e outras plataformas online. No entanto, com a entrada em operação do novo sistema, o caminho será único. Todos esses dados, obrigatoriamente, serão enviados ao Governo Federal, exclusivamente, por meio do eSocial Empresas.

Compartilhe: